Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Uma linda mulher Vondy (finalizada)


Capítulo: Ultimo poste

1946 visualizações Denunciar


 Nossa chegou ao fim,OMG..... Sem palavras, simplesmente pura emoção.Eu ai postar a noite mais não consegui esperar,muita ansiedade.....Mais estarei aqui on line, a tarde e noite.


Amo vocês!!!!!!!!!




 



Any - Você ficar andando de um lado para o outro não vai adiantar nada Christopher...


Christopher parou por alguns segundos observando Anahí sentada com Linda em seus braços na sala de espera do Hospital e Maternidade San Diego, sua barriga dava voltas e desconfiava que a que momento iria por o almoço para fora, Gabriel estava o lado de Anahí que tinha comprado para o distrair algumas revistas em quadrinhos, Maite acabava de chegar sozinha, Loreno havia ficado com Bruno em casa, o pequenino havia pegado uma fraca virose...


Mai - Eaí, já te chamaram ?


Chris - Não, ainda não, droga Mai, eu vou enlouquecer nesta sala de hospital ! - Maite sorriu dando um forte abraço em seu irmão, estavam todos reunidos em sua casa comemorando a notícia de uma nova gravidez, dois meses após seu maravilhoso casamento então, de repente Dulce havia se sentido mal, o enjoou havia vindo com toda fúria e o desmaio havia acontecido assim que Christopher correndo havia a alcançado antes que ela caísse no chão... Havia a pegado nos braços, e mais assustado do que qualquer outra pessoa havia pedido para que olhassem as crianças, logo depois havia entrado no carro e em tempo recorde chegado ao hospital... - Ninguém dá noticias, estamos aqui faz mais de uma hora, Clarissa disse que logo voltariam para me chamar, não sei o que está acontecendo, Dulce está pálida, e... - seus lábios tremeram fortemente - Há algo errado Mai, eu sinto, eu a sinto!


Gabriel - Mamãe está bem pai ? - Christopher chamou o filho o pegando no colo, Gabriel era grande e esconder as coisas do garoto não era certo...


Maite se sentou ao lado de Any, pegou Linda para que Any pudesse ligar para Alfonso que também havia ficado com Anna na casa de Maite, precisava lhe dizer que não havia noticias...


Chris - Eu ainda não sei meu amor, mamãe vai ter o nosso bebezinho hoje ! - Gabriel sorriu arregalando os olhos -
Gabriel - Sério, finalmente !


Chris - Só que ela passou mal, muito mal antes de chegarmos aqui, e papai está esperando alguém dar notícias... - Gabriel deixou de sorrir e automaticamente seus olhos se encheram de lágrimas...


Gabriel - Ela está doente igual ficou doente quando teve a Linda ? - Christopher engoliu a seco...


Chris - Não filho, ela não está doente igual...


Gabriel - Não quero que aconteça nada de ruim pai, não quero...


Chris - Eu também não filho... Eu também não... Precisamos de calma, precisamos estar preparados para quando a mamãe precisar de nós...


Mai - Chris, a doutora Clarissa... - Christopher deixou o filho no chão -


Chris - Vá e cuide da sua irmãzinha, você é o homem da casa... - Gabriel assentiu com toda responsabilidade -


Gabriel - Sim, eu sou o homem da casa, cuide da mamãe..


Chris - Sim eu vou cuidar filho... - Gabriel caminhou se sentando lado de Maite, que havia olhado e dado um sorriso confiante para Christopher, Anahí havia desligado o telefone e havia feito mesmo, passando com seu olhar que tudo ficaria bem...

Clarissa - Desculpe a demora... - caminhavam com pressa pelos corredores...


Chris - Dulce está bem ?


Clarisa - Dulce precisa ter essa criança agora...


Chris - Clarissa, estou perguntando se está tudo bem, com ela e com o bebê ? - Clarissa ficou em silêncio até entrarem em uma sala onde rapidamente enfermeiros deram a roupa higiênica que Christopher precisaria usar, seu coração batia apressado, então parou de caminhar, com seus instintos gritando que havia algo errado...


Chris - O que está acontecendo ? - Olhou Clarissa nos olhos e ela se sentiu na obrigação de responder ...


Clarissa - Dulce não está passando bem Christopher, e os batimentos do bebê estão caindo a cada contração... - Christopher levou as mãos sobre os olhos franzindo a testa - Vamos fazer uma cesárea de emergência...


Christopher se vestiu com rapidez, com sua mente lhe dando flashs dos últimos meses, das gargalhadas de Dulce e de seus gemidos quando faziam amor, haviam vivido tudo de forma tão intensa que a idéia de que seu interior lhe dissesse que alguma coisa estava acontecendo o estava colocando em estado de choque, lavou as mãos demoradamente junto com Clarissa, que dizia um monte de coisas aos enfermeiros que lhe perguntavam diversas instruções e procedimentos, em fim caminharam para a sala ao lado e Christopher correu para perto de Dulce, o olhar estava focalizado no teto, as lágrimas escorriam pelos seus olhos se perdendo no lençol sobre o colchão...

Chris - Estou aqui... - ela desviou o olhar o procurando, quando finalmente encontrou aqueles olhos tão conhecidos, fechou os seus, e deu seu primeiro soluço... -Não, não faça isso, estou aqui, olhe para mim abra os olhos, segure a minha mão...


Dul - As crianças ? - sua voz era afoita e preocupada - As crianças Christopher ? Gabriel ? Linda ? Estão bem ? Estão seguros ? - Christopher assentiu lhe beijando a testa, os olhos dela ficaram ligeiramente turvos antes que voltassem para seu foco...


Chris - Dulce ? - a chamou, engolindo o choro, ‘seja forte Christopher, seja forte`, Dulce ? - seus lábios tremeram, sabia que ela estava o olhando, mais sabia que não podia o enxergar... - Dulce... CLARISSA TEM ALGO DE ERRADO... CLARISSA... - Um enfermeiro murmurou alguma coisa e Christopher pode ver que Clarissa iniciava o parto... Outra enfermeira veio até Dulce, a chamando com voz alta dizendo a Clarissa que não respondia... - CLARISSA... - Christopher se levantou com a sensação de pavor o corroendo a alma, sua visão embaçou e ele levou as mãos sobre os lábios, então tudo girou, alguém o segurou e ele lutou contra sair da sala...


Chris- Dulce... Não, eu estou bem, ela...CUIDEM DELA NÃO DE MIM...DULCE... - ele se aproximou, lhe tocou a face voltando a sentar se no banco, lutou com unhas e dentes contra seus instintos, murmurou um último pedido a quem estivesse olhando por eles naquele momento, a olhou nos olhos, com lágrimas com facilidade escorrendo pelos seus - Não faça, não faça isso comigo, não faça, não faça isso comigo, não faça isso comigo, acorde, ANDA DULCE, ACORDE...CLARISSA, HÁ ALGO DE ERRA... - o choro de bebê ecoou pela sala, Christopher franziu a testa mirando sua filha tão pequenina ser rapidamente pega e examinada pelas enfermeiras que trabalhavam com velocidade e acima de tudo agilidade...


Clarissa - FALE COM ELA CHRISTOPHER, ELA PODE TE OUVIR, FALE COM ELA... - Clarissa gritou, sua testa suava e o outro médico não estava tão diferente, Christopher arregalou os olhos em pânico, ainda podia ouvir o choro de sua criança, alto e agudo, ouviu seu nome ser gritado mais uma vez, e voltou a olhar nos olhos de Dulce, abertos e imóveis sobre os seus...


Chris - Eu tenho uma proposta para te fazer...- manteve os olhos abertos, vidrados nos dela com a testa franzida lutando contra o medo que assumia o controle de seu corpo - Sabe que sou um empresário... - sua voz se abafou pelas lágrimas, o desespero estava tomando conta de seu corpo - E preciso de companhia diária, para os meu jantares de negócios que também são diários... - aumentou o tom de voz, levando às mãos ao rosto de Dulce, a acariciando com fúria , Deus o que é que estava acontecendo ? Clarissa trabalhava sem parar em algo, dando e recebendo instrumentos, mirando os olhos de Christopher assentindo com a cabeça, dizendo para que continuasse...- Quanto você quer para ficar a semana inteira ? - levou as mãos trêmulas sobre os próprios lábios - CLARISSA... - seu grito ecoou pela sala, perdeu o ar por alguns instantes...


Clarissa - CONTINUE CHRISTOPHER....


Chris - EU TENHO UMA PROPOSTA PARA TE FAZER... - soluçou a segurando nos cabelos escorridos pela maca - SABE QUE SOU UM EMPRESÁRIO... - ouvi o barulho insistente da máquina que marcava os batimentos cardíacos de Dulce - E PRECISO DE COMPANHIA DIÁRIA, PARA OS MEUS JANTARES E NEGÓCIOS QUE TAMBÉM SÃO DIÁRIOS... Dulce... - lhe beijou os lábios frios, uma e duas vezes... - Dulce, as crianças estão esperando por você... - Clarissa deixou escorrer uma lágrima, lutando incansavelmente junto com o doutor á sua frente - Querida, as crianças... Dulce... meus Deus Dulce, Meu Deus as crianças estão esperando por você... Escuta ? Nosso milagre está chorando, Dulce, não faça, não faça isso comigo... - O som da busca alucinada por ar, ecoou na sala, seguido de um tosse estridente... Christopher observou os olhos de Dulce voltarem ao foco para os seus, a respiração completamente descontrolada, os batimentos acelerados e seu peito subir e descer na busca incessante por ar, Clarissa gritou algo e foi rapidamente atendida...
Enfermeiros se aproximaram colocando aparelhos que a ajudasse a respirar...


Christopher se levantou sentindo tudo girar, a sala escureceu e não ouviu e nem sentiu mais nada...


Christopher abriu os olhos sentindo seus lábios secos, levou a mão à cabeça tentando se recordar de onde estava, sua cabeça girou aos seus olhos constatarem uma sala de repouso, arregalou os olhos se levantando rapidamente, tirando a agulha que levava o soro ao seu corpo...


Mai - Hey, Hey se acalme... - ouviu a voz de Maite a olhou nos olhos -


Chris - Dulce, a minha... Dulce... A respiração... - Maite o segurou pelos dois lados do rosto...


Mai - Se acalme, Dulce está bem, ela está bem Christopher ! - elevou o tom de voz e ele pareceu se acalmar, a porta de abriu em um estrondo...


Gabriel - Papai a minha irmãzinha é a coisa mais fofa desse mundo ! Se parece com a Linda, mais a tia Any disse que tem os seus olhos ! - Christopher mirou o filho com a respiração ainda desregular, Anahí assentiu e concordou com os olhos emocionados, com Gabriel...
Christopher procurou novamente os olhos da irmã, e Maite novamente assentiu, soltando um sorriso de conforto e alegria...


Mai - É linda e saudável e não tem só os seus olhos, é você inteira ! - Christopher fechou os olhos se permitindo a sorrir, sentou novamente na maca,suas pernas lhe faltaram... Recebendo o abraço de Gabriel que ainda comentava sobre os traços da irmã, emocionado demais para dizer algo estendeu os braços para Linda que do colo de Anahí veio rapidamente para o seu, abraçou os filhos como pode, deixando que aquela sensação de alívio o percorresse dos pés a cabeça...


Dulce abriu os olhos sentindo a mirada fixa de Christopher sobre si, suspirou se sentindo um tanto confusa, levou as mãos ao ventre e se lembrou do choro estridente de sua menina, voltou a fechar os olhos para depois os abrir, mirando Christopher...


Dul - Ela está bem? - ele assentiu, e Dulce abriu um sorriso emocionado, engoliu a saliva olhando nos olhos de Christopher, havia algo errado... - O que aconteceu ? Correu tudo bem não foi ? - Christopher negou com a cabeça - O que aconteceu ? Ela está bem ? Está com alguma coisa ? Algum problema ? - se apavorou e Christopher novamente negou com a cabeça - Christopher, diga, diga alguma coisa eu, eu...O que está acontecendo ?


Chris - Eu quase perdi você... - enfim a voz dele saiu baixa e abafada, suas mãos subiram até os cabelos de Dulce os acariciando... - Eu quase perdi você... - repetiu fechando os olhos por alguns instantes, Dulce se emocionou, o beijou nos lábios voltando a o olhar nos olhos.


Dul - Eu sinto muito... - ele assentiu com a cabeça e ela soube que ainda não estava recuperado do medo que havia sentido - Sente meu calor? - o beijou novamente - Estou aqui Christopher...E não vou a lugar nenhum! - Então ela sorriu e ele suspirou a abraçando como pode, sim... Sentia seu calor...


A porta se abriu e a enfermeira trazia um pequeno pacotinho em seus braços, Dulce sorriu mirando Christopher, que observava a cena com fascinação...
Enfermeira - Tem gente com fome, mamãe ! - Dulce largou a sorrir ainda mais, abriu os braços recebendo sua filha sonolenta e perfeita pela primeira vez...


Dul - Oh Deus Christopher, é você por inteira ! - Christopher sorriu tocando as bochechas da filha, ela abriu os olhinhos, mexendo o pescoço de ajeitando nos braços da mãe - Oh meu pequeno milagre, seja bem vinda filha !


Chris - Você é linda garotinha... - Dulce deixou a primeira lagrima escorrer, Christopher a beijou na testa, ainda lhe acariciando os cabelos, Gabriel e Maite com Linda nos braços entraram de fininho na sala,Any veio logo atrás, emocionados e ansiosos para ver a garotinha...
Dulce beijou o filho e soltou um beijo no ar para Linda que parecia não muito segura se estava gostando da situação...


Gabriel - Qual é o nome dela mamãe ? - Dulce mirou Christopher que sorriu -


Chris - Você escolhe... - ela sorriu mirando o rostinho perfeito e redondinho os olhos em um castanho claro, Céus tão claro...


Dul - São tantos nomes que tenho em mente...Tantas pessoas que seguiram comigo nessa jornada... - acariciou o rosto da filha - Mais em algum momento dessa hora em que tive você meu amor, sonhei com Marieta... E quero um nome que cada vez que eu te chame eu me lembre dela... - Mariana... - mirou Christopher que com a testa franzida de emoção olhava a filha - Isso, Mariana Christopher, esse pequeno pedaço de mim e de você se chama Mariana...


Talvez fosse a noite que ajudava para o ambiente gostoso em que se formava a sala de estar da casa de Dulce, talvez fosse a música que tocava que os faziam sorrir e gargalhar das piadas de Christopher e de Loreno...
Dulce estava com Linda sentada em seu colo, brincava de uma velha brincadeira e a menina se esbaldava em divertimento, Gabriel e Lucas controlavam seus carrinhos de controle remoto, um mimo que Christopher havia proporcionado aos dois, Mariana estava no colo do pai, dormindo como fazia na maior parte do tempo após ser bem alimentada e limpa, a filha de Nelita conversava animada com Anahí, uma bela mulher que teria um futuro brilhante na Venturini, Nelita por sua vez mirava a filha com adoração, orgulhosa pela última conquista de um excelente emprego...Loreno caminhava com Bruno lhe mostrando os objetos da estante, lhe dizendo de forma pacientemente o que podia e o que não podia mexer, Maite acariciou a barriga que começava a dar sinais de crescimento, o marido perfeito, seria um pai maravilhoso ! Alfonso segurava Anna de pé em seu colo, mostrando a esposa, algo na filha que fazia com que os dois sorrissem de ternura, se olharam nos olhos, com um beijo apaixonado voltaram a dar atenção a Anna...Christopher se levantou deixando Mariana no colo da irmã, a beijou ternamente na testa, Maite sorriu assentindo, piscou para o irmão aconchegando a pequena Mariana em seus braços...


Chris - Querida ? Preciso falar com você... - Dulce assentiu se levantando, Linda que queria ir ao chão, gritou ‘bil` como chamava o irmão e Gabriel se aproximou a incluindo na brincadeira...


Dul - Mai, fica só de olho por favor...


Mai - Pode deixar, Loreno está ali perto deles ! - Dulce sorriu e agradeceu, caminhou até o quintal ao redor da grande piscina onde Christopher a esperava...


Dul - O que foi amor ?


Chris - Preciso apenas passar alguns instantes com você... - Dulce sorriu, então Christopher de repente ficou sério...


Chris - Hoje nessa manha, eu ousei me perguntar se existe algum homem nesse mundo, mais feliz do que eu... - Dulce permaneceu sorrindo - E quando você acordou, e me olhou nos olhos me dizendo bom dia eu soube que não, que não existia... Mais de tudo isso você sabe, eu a tenho certeza ! Mais o que acontece é que eu queria lhe dar uma coisa, uma coisa muito importante para mim que só você, como minha mulher e esposa, seria capaz te ter a dignidade de usa-lo... - Christopher pegou uma caixinha no bolso, a abrindo, Dulce franziu a testa vendo outra aliança, a aliança da mãe de Christopher! Havia lhe mostrado na última semana, mais fina porém brilhante como a sua... - Me lembrando do começo, me lembrei de algo que acho que não fiz da maneira correta, ou da maneira que você esperava que eu fizesse... - Dulce arregalou os olhos deixando de sorrir, seu coração bateu acelerado quando Christopher pegou sua mão esquerda...


Chris- Que casar comigo ? Eu sou arrogante ás vezes, ou estúpido, com toda certeza possessivo, tenho três filhos e um amor incondicional pela minha mulher...Quer casar comigo ? Prometo-te fidelidade amor e prazer pelo resto da vida... Que casar comigo ? - Dulce sorriu levando a outra mão sobre os lábios - Eu venho observando você durante alguns anos e eu diria que tudo o que você tem por dentro e por fora é incrível... Quer casar comigo Dulce ? Porque um homem como eu, meu amor... - negou com a cabeça e Dulce mordeu os lábios sentindo seu interior explodir de amor... - Um homem como eu, em vida ou depois dela, jamais poderia viver sem uma mulher como você... Compreende? - deslizou a aliança de sua mãe pelo dedo de sua mulher... Dulce sentiu seu estômago dar voltas de alegria, estava sem reação, sua vontade era de gritar de o beijar até que se sufocasse de amor...Então algo veio em sua cabeça, se aproximou deslizando as mãos sobre o peito de Christopher, lhe olhando com aquele ar fatal de pura sensualidade e paixão, ele mordeu os próprios lábios mergulhando naqueles olhas inundados de promessas e emoção...


Dulce - Aceito... - lhe mordeu o lábio inferior, Christopher escorregou as mãos para a cintura dela pronto para lhe beijar, então ela negou com a cabeça, lhe abriu o primeiro botão da camisa... - Mais sabe o que é Christopher Uckermann ? - ele negou com a cabeça, abrindo um sorriso malicioso esbanjando sensualidade como ela - Eu tenho uma proposta para te fazer...Sabe que sou uma empresária, e preciso de companhia diária, para os meus negócios que são diários também... - Christopher jogou a cabeça para trás com sua gargalhada ecoando por todo o quintal, Dulce o seguiu e lhe desabotoou outro botão da camisa... - Quanto você quer... Para passar o resto da vida ao meu lado ? - ele voltou a mirar, fingiu pensar a apertando ainda mais pela cintura, colando seus corpos, deslizando as mãos para dentro de sua fina bata...


Chris - Você não poderia pagar... - negou com a cabeça a olhando nos olhos, notando aqueles olhos brilhando em prazer e felicidade prontos para mais um desafio, qualquer desafio...


Dul - Se atreva...


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): ardillacandy

Este autor(a) escreve mais 7 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

   "Tudo acaba mas o que te escrevo continua. O que é bom, é muito bom, o melhor ainda não foi escrito. O melhor está nas entrelinhas."  Chegou ao fim, agradeço as todas leitoras maravilhosas e leitores, na verdade tenho tanta coisa para falar,para agradecer que de certa forma nem sei por onde começar.......Poderia ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 3594



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • lukinhasmathers Postado em 10/09/2020 - 00:20:12

    To pensando em le ela de novo

  • dayanerodrigues Postado em 23/05/2020 - 15:38:16

    Parabéns muito lindo

  • dayanerodrigues Postado em 23/05/2020 - 15:38:03

    A melhor fic que já li. Olha que já li muitas

  • lukinhasmathers Postado em 08/03/2019 - 23:58:52

    melhor história de todas

  • lukinhasmathers Postado em 01/03/2019 - 11:21:09

    ..

  • lukinhasmathers Postado em 17/07/2018 - 13:29:54

    queria puder ter acompanhado essa história

  • lukinhasmathers Postado em 17/07/2018 - 13:29:15

    você sumiu! por onde andas?

  • raylane06 Postado em 22/04/2018 - 04:07:24

    Muito bom a história, nossa senhora, cada capitulo ficava mais ansiosa, curiosa, desesperada. Sério haja coração pra ler achei q no final eles não fosse ficar juntos. Cada obstáculo para atrapalhar eles. Mais realmente no final tudo deu certo. Chorei e rir muito com a história parabéns..

  • lukinhasmathers Postado em 19/03/2018 - 10:24:55

    Amei de mais sua história na moral, a melhor de todas sem comparação, já li 4 vezes e pretendo ler mais kk !!!

  • stellabarcelos Postado em 12/05/2016 - 18:41:33

    Muito muito linda!



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...