Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Inimigos Apaixonados (Ponny) (Finalizada) | Tema: Anahí e Alfonso Herrera


Capítulo: 54

327 visualizações Denunciar


- Sente muito pelo quê? - questionou.

- Por vocês terem desmanchado o namoro. Deve ter sido difícil para você.

- Ele conseguiu um trabalho em Ridgeway, só isso. Foi por isso que partiu. Tem trabalhado o tempo todo e... – Sabrina parou de falar repentinamente, e seus olhos castanhos enche­ram-se de dúvida. - Bem, preciso ir, Any. Foi bom ver você.

Foi até a cabine de telefone público, seguida por Sol. Poncho olhou para Any com uma mistura de admiração e sur­presa pelo modo como ela lidara com as duas mulheres.

- Sua família quer se despedir de você - Any informou.

- Obrigado.

Ele não tinha certeza do que dizer.

Sabia que Anahí estava magoada, mas também que não de­monstraria seus sentimentos, que agiria como se nada tivesse acontecido.

- Obrigada por permitir que eu usasse a cozinha da taverna, Alfonso. - ela agradeceu com tamanha educação, que o irritou. - Depois de juntar minhas coisas, também vou embora.

- Tudo bem.

"Não, não está nada bem", ele desmentiu, falando consigo mesmo. "Diabos, Any, por que não mostra sua fúria? Não xinga, grita, ou bate em alguém?"

Observou-a afastar-se, voltando para a cozinha.

"Ok, não vou perder meu tempo me preocupando com Anahí", co­mentou consigo mesmo. "Ela sabe se cuidar. Deixou isso bem claro. Para mim, Anahí Puente é uma página virada."

Any sabia que Poncho observava-a e estava ciente de que ele esperara que ela reagisse, após ouvir os comentários cruéis de Sol e Sabrina. Mas aprendera, havia muito tempo, a esconder seus sentimentos, a fingir que tudo estava bem, quan­do não estava, e a só liberar suas emoções quando estava so­zinha, para que ninguém visse sua perturbação.

Caminhou com passos firmes, embora o aperto que sentia no peito fosse quase insuportável, entrou na cozinha, pegou seu casaco do cabide e saiu pela porta dos fundos. O ar da noite estava frio. Somente a luz da lua iluminava o caminho. Ela sentou-se num banco do pequeno jardim entre a taverna e a casa de Alfonso, cobriu as faces com as mãos trêmulas e deixou que as lágrimas rolassem.

Any, a rainha dos hunos. Anahí, a selvagem.

Ela sempre estivera ciente do que as pessoas pensavam a seu respeito, sabia que não era querida, porém, ouvir aquelas palavras em alto e bom som confirmara o que sempre achara: ninguém nunca lhe daria amor. Seu pai não a amara, a mãe também não, muito menos Derick. E, com certeza, Alfonso jamais a amaria.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a):

Este autor(a) escreve mais 3 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

As palavras de Sol e Sabrina, embora cruéis, eram verdadeiras. Any chorou ainda mais copiosamente, ao relem­brá-las. De súbito, sentiu que Boomer subira no banco. Ele lhe uma lambida quente na mão, e ela afagou a cabeça peluda, sor­rindo ao pensar que logo Boomer era o único que parecia gostar dela.Aquela fora uma noite marav ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 883



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • pamela.zf Postado em 20/05/2014 - 22:09:50

    Linda a fic, amei... Comecei a ler e não consegui parar

  • isajuje Postado em 27/07/2013 - 11:55:48

    Ah não D: acabou? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Fiquei feliz por você ter postado, mas acabou #triste Eu não preciso dizer sobre esses momentos aí porque eu já disse da outra vez e agora eu tô com preguiça U_U hehe Obrigada por compartilhar esta história <3'

  • lyu Postado em 12/07/2013 - 18:23:58

    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • isajuje Postado em 12/07/2013 - 14:51:39

    Eita, pera lá hein, quando vocês me conheceram eu já era assim U___U e eu garanto, que eu sou bem melhor do que isso (: quer dizer, dependendo do ponto de vista, pior. Mas melhor né KK

  • LuanaFernandes Postado em 12/07/2013 - 13:57:22

    Hahahahahahahaha Dramaqueen e convencida! Criamos um monstro, Camila! rs.

  • isajuje Postado em 11/07/2013 - 00:04:15

    Noss' como eu sou respeitada aqui, me chamam at¨¦ de rainha, obrigada minhas s¨²ditas, me amem U_U KKK

  • camillatutty Postado em 10/07/2013 - 23:56:18

    Eu conheço essa série dos Sullivans assim, tenho alguns no telefone. Perfeitos! Mas acho que ainda não li todos, por vira das dúvidas vou acompanhar!!!!

  • LuanaFernandes Postado em 09/07/2013 - 00:47:31

    I'M BACK BITCHES! Hahahahaha. Camilla, amiga! Nem ligo mais pras cenas da Isa, dramáaaaatica toda vida, rs. Voltei e voltei com novidades. Tô postando os livros da série os Sullivans. É liiiiiiiiiiiiindo de morrer. Você Camilla, deve conhecer, conhece tudo --', rs. De qualquer forma, eu tenho esses livros e percebi que algumas pessoas não conheciam e resolvi postar pra ver se elas procuram conhecer e comprar, rs. Não adaptei, mas é ótimo do mesmo jeito. Lyu! Eu tenho que dar um drama né? É tipo fim de novela. Tenho que deixar o povinho curioso! rs

  • lyu Postado em 08/07/2013 - 23:47:32

    uhuhul ela voltou mais pouco postou

  • camillatutty Postado em 08/07/2013 - 01:48:00

    Aeeeeee, ela voltou, ela voltou!!! Que felicidade! Preocupada agora com a cozinha do restaurante. Preocupada e curiosa!!! Isa: #dramaqueen!!!



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...