Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: O amor simplesmente acontece AyA


Capítulo: 714

1529 visualizações Denunciar


Holaaaaa Mundo!!! Obrigada pelos comentários novos e mais alguns favoritos! Mauks


annaponny: Pois é, Anna!!! O bêbado realmente estregou a festa!


julia_loveponny_aya: hahahahaha será que não mesmo, Juh????


clara_herrera: Que bom que vc gostou do capitulo anterior, Clara!!! ♥ Awn, realmente eles já seguem os votos, sem estarem casados rsrs


Mila Puente Herrera ®: hahahahahaha não sei como faz, Mila! 


Mikaella Borges: Herrera deu deixou barato, mesmo sem uma arma de choque! kkkkkk




 


Já deitados, com as luzes apagadas, Alfonso fazia cafuné nos cabelos da noiva, que estava deitada com o rosto afundado na curva do pescoço do moreno.


Poncho: Tudo bem? - - perguntou baixinho, afastando um pouco o rosto dela, para poder checar a expressão da noiva


Any: Uhum... - - recusou se afastar dele, afundando o rosto ainda mais.


Poncho riu: Hey... olha pra mim...


Anahi resmungou, apertando os braços em volta dele.


Poncho: Tá parecendo uma gatinha manhosa


Any riu, soltando seu ar no pescoço dele, fazendo-o arrepiar: Só estou um pouquinho manhosa...


Poncho: E eu posso saber o motivo dessa manha toda? - - entrelaçou seus dedos aos dela


Any: Ah, eu estou dodói... - - o olhou e fez beicinho, parecendo uma criança


Alfonso sem perder tempo sorriu e capturou o lábio inferior dela e uma mordida delicada.


Any: Au... eu falo sério, seu ridículo


Poncho: Então eu vou cuidar de você, minha gatinha manhosa...


Any: Miau... - - imitou o miado do felino, enquanto arranhava a barriga desnuda do noivo


Poncho: Olha, olha... não provoca, senhorita... - - segurou a mão dela, que já encontrava-se beirando o cós da cueca


Any gargalhou: Ok, desculpe - - beijou a bocecha dele


Poncho: Vamos ter que ficar 3 semanas sem nossas brincadeirinhas? - - a encarou, como se tivesse acabado de perceber o sacrifício.


Any riu: Quem disse? - - levantou o tronco, deitando metade do corpo no peito dele


Poncho: Suponho que você não pode mexer a perna, né? - - franziu o cenho


Any ponderou: É, mas... é só fazermos com cuidado, sabe? Bem devagarzinho... - - sussurrou, roçando seus lábios nos dele


Poncho: Tem certeza? - - falou baixinho acariciando as costas dela


Any assentiu: Absoluta... - - se inclinou mais um pouquinho, até por fim tomar os lábios do moreno em um beijo calmo.


Anahí estava com meio corpo em cima do peitoral de Alfonso, beijavam-se tranquilos, aproveitando os movimentos lentos e as línguas quentes e úmidas. A loira, insatisfeita com a posição, tentou subir mais um pouco, em uma tentativa falha de ficar na altura de Poncho, pois mesmo instante que ela mexeu o pé imobilizado, a dor fora inevitável.


Any: Aiiiiiii.... - - trincou os dentes, deixando o corpo cair ao lado do noivo.


Poncho: O que foi? Any? - - acendeu a luz do abajur, às pressas.


Any: Mexi meu pé... - - respirou fundo, contendo a dor


Poncho: Ai, amor... - - levantou da cama, indo até uma das portas do guarda roupa – Eu disse que não era uma boa ideia!


Any: Eu mexi sem querer! - - o observou pegar três travesseiros extras


Poncho: Deixa eu levantar esse pé... - - empilhou os travesseiros, deixando o pé da loira mais alto. – Assim ajuda um pouco. - - a encarou, com as mãos na cintura.


Any riu: Não me olha assim, amor!


Poncho tentou ficar sério, mas não aguentou: Eu nunca mais vou cair na sua, ouviu? Você é teimosa! - - voltou para o colchão e apagou o abajur.


Any: Desculpe por te assustar... - - tentou abraçá-lo, mas ele a impediu.


Poncho: Você não vai sair dessa posição!


Any: Que? Tá brincando, né?


Poncho: Não, não estou brincando! Você não vai mexer um músculo se quer, ao menos essa noite.


Any: Ah, certo... então, cada um vai dormir no seu canto, é isso? - - o olhou com cara de zangada, cruzando os braços


Poncho riu: Claro que não, gatinha manhosa e bravinha! - - se aproximou dela. – Eu vou te abraçar, bem assim. - - passou um dos braços por baixo da cabeça dela, a trazendo pra perto, enquanto a outra pousou na cintura.


Any: Ótimo. - - sorriu, de olhos fechados, segurando a mão dele que estava em sua cintura. – Nada se compara com afundar o rosto em seu pescoço e dormir sentindo o seu cheirinho, mas.... por enquanto, assim está bom.


Poncho riu: Amanhã nós pensamos em uma outra posição confortável e segura pra você dormir sentindo o meu cheiro, sem que você se machuque. - - beijou a testa dela, enquanto começou um lento cafuné entre os cabelos dela


Any sorriu: Eu amo quando você faz isso...


Poncho: Isso o que?


Any: Se preocupa comigo desse jeito...


Poncho: Ah, pensei que era o cafuné! - - soltou um risinho


Any: Lógico que isso também, amor! - - suspirou – Acho que vou dormir...


Poncho: Então dorme... vou te acordar às 3h30 pra tomar o remédio, ok?


Any: Aaaah nããão... - - resmungou


Poncho: Sim senhora... - - a beijou novamente na testa. – Dorme bem, princesa.


Any: Você também, meu amor. Eu amo você.


Poncho suspirou, fechando os olhos: eu também...


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Nathy

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Hola Mundooooooo!!! ♥    Valéria_Traumadinha: Awn!!! Obrigada Val!!!!! hahahaha, faz um tempão do primeiro capítulo, hein??!! annaponny: hahahahaah o cheiro do herrera fica na imaginação, apenas! eduardah: Opa, Duda!!! kkkkkkk isso é verdade!! O que é uma perna imobilizada para AyA? ligia: Awn, muito fofo ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 9341



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • NoExistente Postado em 28/01/2021 - 19:16:34

    Lembro de quando eu acompanhava isso. Faz tanto tempo

  • taynacolucci Postado em 11/06/2020 - 13:41:22

    não abandona, porfa

  • taynacolucci Postado em 11/06/2020 - 13:41:06

    posta maaaais :(

  • Beca Postado em 02/10/2019 - 08:36:24

    Por favor finaliza essa história merece um fim a altura

  • ligia Postado em 20/09/2019 - 19:55:10

    Finaliza por favor, uma estória tão bonita merce um final digno.

  • Mila Puente Herrera ® Postado em 14/06/2019 - 18:25:09

    Eu só queria o final da minha fanfic mais baby :'(

  • Beca Postado em 12/05/2019 - 21:10:50

    Por favor finaliza

  • misterdumpet Postado em 18/07/2018 - 21:17:38

    Algumas histórias não podem ser esquecidas, relembre a trajetória de Padre Guilherme. Um homem de bom coração que sempre seguiu um caminho de fé, porém pode ser acusado injustamente de pedofilia, devido a provas forjadas que foram feitas para lhe prejudicar. Para não ser preso e expulso da Igreja Católica, Guilherme terá que simular sua própria morte e assumir uma nova identidade, numa outra cidade, tendo uma esposa, num casamento conturbado e uma filha adolescente e revoltada. Mas os valores adquiridos não serão perdidos e no final das contas, em vez de Guilherme mudar, é ele que vai mudar a vida daqueles que estão ao seu redor, pois ele jamais se renderá ao DESVIO DE CONDUTA. Leia novamente esta saga em https://fanfics.com.br/fanfic/12089/desvio-de-conduta-terminada

  • foreverrbd Postado em 12/07/2018 - 23:08:38

    Por favor finalizem essa história!! ♥♥

  • leonarda_martins Postado em 20/05/2018 - 23:05:55

    Continua por favor❤❤❤



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...