Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Fuego (Vondy) [1ª/2ª temporada]


Capítulo: Capítulo 361

1389 visualizações Denunciar


Christopher baixou a cabeça em direção à perna de Dulce. Mordendo-lhe, foi subindo, subindo e subindo, até chegar ao queria. Começou com um contato delicado e ligeiro que fez que se abrisse a ele, expondo o brilhante clitóris rosado. Lambeu-o brandamente e o sentiu tremer e endurecer. Depois passou a dar lambidas mais firmes, tendo que segura-la com força para mantê-la ainda na cama, enquanto a mão dela lhe apertava os cabelos. Ela estava cada vez mais úmida e toda a feminilidade dela estava inchada. Ainda segurando-a pelo quadril, Christopher envolveu todo o clitóris dela com a boca e o sugou, sugou e sugou, até que sentiu o corpo de Dulce estremecer violentamente e ela inclinou a cabeça para trás, gritando seu nome.
O corpo de Dulce tombou na cama ao mesmo tempo em que suspirava satisfeita. Enquanto ela flutuava lentamente de volta a terra, Christopher beijou-lhe as coxas com carinho e ternura. Ao levantar os olhos e olha-la, viu que a face dela estava corada e suada, e um sorriso lânguido o brindava. Roçando seus corpos, ficou deitado por cima da esposa, esperando que o corpo dela acalmasse do incrível orgasmo que o sacudira.
Quando seu corpo estava mais calmo, Dulce empurrou Christopher para cama, fazendo-o cair de costas sobre a mesma com um gemido.
[Christopher] Que susto! (disse enquanto a via sentar novamente sobre si).
[Dulce] Tadinho! (disse com um sorriso provocante).
Com uma perna de cada lado do corpo do marido, Dulce segurou-lhe o pênis e começou a esfregar sua intimidade na ponta dele, para lhe mostrar o quanto estava excitada. Sim, estava muito escorregadia, pensou Christopher com desespero.
[Dulce] Gosta disso? (perguntou de olhos fechados, antes de umedecer os lábios).
[Christopher] Uhum. (emitiu esse som com dificuldade). Vem, Dulce! (gemeu apertando-lhe o quadril). 

Dulce, percebendo o desespero dele, parou e, ainda segurando-lhe a ereção, o fez penetra-la, enquanto gemiam em resposta a isso. Ela fez mais pressão para baixo e gemeu antes de sorrir ao senti-lo todo dentro de seu corpo. Se acomodou sobre ele e lentamente começou a se movimentar, apoiando-se na barriga de Christopher, que lhe segurava pelo quadril. Quando ele a olhou nos olhos, Dulce sorriu, fechando os seus em seguida, e gemeu. Como gostava... disso!
Ela subia e descia sensualmente. E a lentidão que seus corpos estavam se amando o estava deixando louco. Queria mais rápido...
E o fez. Segurando-a com força pelo quadril, aumentar a velocidade da esposa. Dulce mordeu o lábio inferior e jogou os cabelos para trás, gemendo. Christopher abriu os olhos e gemeu ao ver aquela cena. Ela estava incrivelmente sexy com a cabeça levemente tombada para trás, com a boca aberta procurando por ar e os olhos fechados. A camisola vermelha transparente estava enrolada em torno da cintura dela e Christopher observou como os seios de Dulce balançavam devido ao ritmo dos movimentos de seus corpos. Subiam, desciam, subiam, desciam...
Cerrando os olhos com força, Christopher sentiu que não agüentaria.
[Dulce] Christopher, eu vou... (disse ofegante).
Ele não teve tempo de dizer nada. Prendeu o quadril dela com força contra o seu enquanto erguia o seu contra o dela. Dulce gritou franzindo o rosto e cravando as unhas na barriga do marido, ouvindo o gemido alto de prolongado de satisfação dele.
Ambos atingiram o clímax ao mesmo tempo.
O corpo de Dulce tombou por cima do de Christopher, que a acolheu num abraço terno. Dulce ouvia as batias aceleradas do coração do marido e sentia o seu bater da mesma maneira. Ofegantes, não conseguiam dizer nada e resolveram esperar que suas respirações se tranqüilizassem. 

Christopher] Você está bem, pequena? (perguntou quando seu corpo e sua respiração estavam calmos).
[Dulce] Estou. (respondeu satisfeita).
Os dedos de Christopher lhe acariciavam as costas e os dela lhe acariciavam o ombro. Beijando-a os cabelos, disse.
[Christopher] Vamos nos cobrir. Ta esfriando.
Dulce assentiu com um balanço de cabeça e saiu de cima dele. Ajeitando a camisola, saiu da cama e pegou a cueca do marido no chão, entregando para ele.
[Christopher] Obrigada. (colocou a cueca e entrou debaixo do lençol). Vem cá. (a chamou quando a viu pegar uma calcinha e colocar).
Dulce também entrou debaixo do lençol e colou seu corpo ao dele, sentindo-o abraça-la.
[Christopher] Por que colocou calcinha? (perguntou roçando os lábios no ombro dela).
[Dulce] Porque a gente vai dormir e algo me diz que essa madrugada a Lalau vai vir aqui.
[Christopher] (sorrindo). Você esteve maravilhosa!
[Dulce] (sorriu encabulada) Pára, Christopher. Não vamos falar disso.
[Christopher] (sorriu divertido) Não, mas por quê? Foi uma noite sensacional!
[Dulce] Concordo, foi incrível. Mas me sinto envergonhada. Sei lá.
[Christopher] (ao ouvido dela) Você não imagina como fica linda quando alcança o orgasmo. Seu rosto cora, sua respiração se torna rápida e se corpo treme, ou melhor, convulsiona. 

Dulce] Foi assim que fiquei quando você estava me... me...
[Christopher] Sim, assim mesmo. (procurou os lábios dela num beijo apaixonado). Você é uma amante espetacular!
[Dulce] (sorriu) Você me deixou assim. (segurando-lhe o rosto, beijou rapidamente). Agora vamos dormir. Estou cansada e se continuarmos a falar sobre isso, não me responsabilizo por meus atos.
Rindo, a beijou a cabeça.
[Christopher] Boa noite, minha vida.
[Dulce] Boa noite, amor.
Christopher a puxou mais para si e adormeceram assim, abraçados, com a cabeça de Dulce encostada em seu peito.

Era 1h quando Ana Laura apareceu no quarto do casal e chamou Dulce, fazendo Christopher despertar também.
[Christopher] O que houve, filha?
[Ana Laura] Posso dormir com vocês? (perguntou murmurando).
[Dulce] Pode, vem.
Contente, Ana Laura subiu na cama e deitou por baixo do lençol, entre eles. Christopher passou um braço por cima da filha e Dulce também, acariciando o do marido que fez o mesmo com ela. Logo os três caíram num sono pesado. 

O despertador soou às 6h30min. Christopher acordou no susto e passou as mãos pelo rosto, contrariado. Era uma sacanagem ter que voltar a trabalhar após uma semana maravilhosa de lua-de-mel. Sentou na cama e se espreguiçou. Ao olhar para o lado, viu Ana Laura abraçada a Dulce. Cara d’uma, focinho da outra, pensou sorrindo. Com cuidado, se levantou da cama e colocou Ana Laura deitada no seu lado, separando mãe e filha. Deu a volta na cama, sentou no cantinho da mesma e começou a chamar Dulce, acariciando-lhe os cabelos. Ela acordou e se virou para ele.
[Dulce] O que foi? (perguntou sorrindo enquanto se espreguiçava).
[Christopher] Você não vai na escolinha da Lalau falar com a professora dela? (perguntou acariciando-a o rosto).
[Dulce] É verdade! (bocejou enquanto sentava na cama). Ai, que preguicinha! (disse abraçando o marido, que acariciou-lhe os cabelos).
[Christopher] Eu também não estou com vontade de ir trabalhar, mas tenho.
[Dulce] (apoiou o queixo no peito dele, mirando-o nos olhos) Você não quer ir comigo falar com a professora e depois voltar pra casa... leãozinho? (brincou).
Christopher revirou os olhos e passou uma das mãos pelo cabelo, antes de olhá-la novamente.
[Christopher] Proposta tentadora... (disse apertando-a contra si) Mas, infelizmente, tenho que ir pra empresa, pequena. Além do mais, tenho que falar com o Jack sobre as casas que ele encontrou.
[Dulce] Ai, é verdade! Havia me esquecido completamente. (o olhou sorrindo sedutora) A nossa lua-de-mel me fez esquecer de tudo... até da casa! Esse é o seu poder sobre mim... Me faz esquecer de tudo quando estou com você! (Christopher selou-lhe os lábios) 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): dulyuckerforervondy

Este autor(a) escreve mais 2 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Christopher] Não faz assim, pequena. Tudo que menos quero é ir trabalhar e te deixar em casa.[Dulce] Então não vá. Eu gosto de passar a manhã com você, sabia?[Christopher] (suspirou) Eu sei, meu anjo, mas não posso. Tenho que ir.[Dulce] Tudo bem. (chateada).[Christopher] Não fica assim, meu anjo. (disse segurando- ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 6667



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Una Vondy Loca Postado em 09/10/2016 - 01:07:03

    Continuuaaa

  • anny_freitas Postado em 22/09/2016 - 15:47:48

    continuaa

  • Postado em 07/09/2016 - 21:03:38

    continuaaa

  • anacarla Postado em 03/09/2016 - 12:41:47

    Quero a suas salsicha kkkk morri de rir com essa. Continuaaaaa!!!

  • anacarla Postado em 03/09/2016 - 12:32:47

    Quero a suas salsicha kkkk morri de rir com essa. Continuaaaaa

  • anacarla Postado em 31/08/2016 - 15:09:51

    continuaaa esses dois sao puro fogo!!!

  • anacarla Postado em 23/08/2016 - 20:17:00

    continuaaaa

  • Postado em 22/08/2016 - 21:06:01

    maldade parar logo agora ein? Continuaaa to amando!

  • cmsvondy Postado em 22/08/2016 - 10:43:00

    Ahhh amo essa fic !!!!!!

  • dulcemariaeclp Postado em 20/08/2016 - 20:26:56

    Olá, Amores! Gosta de Vondy? Então tenho um fanfic para você. Se puder conferir eu agradeço muito. Obrigada desde já. https://fanfics.com.br/fanfic/54739/alguns-anos-depois-vondy



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...