Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Namorada de Aluguel A&D | Tema: Portiñon


Capítulo: 465

1498 visualizações Denunciar


Dulce narrando:


 


Tinha me arrumado e estava só esperando a Anahi chegar, o que milagrosamente não demorou muito rs. Ela buzinou, então me despedi da minha mãe e fui até ela. Nos cumprimentamos com um selinho, ao nos separar ela me olhava sorrindo.


 


- Oi.
- Oi.
- E então, vamos pra onde? - perguntei.
- Um restaurante italiano. - sorri porque adorava comida italiana.
- Adorei! - falei e ela deu partida no carro.


 


Em pouco tempo chegamos no restaurante, era numa subida, por isso tinha uma bela vista. 
Descemos do carro e pelo que eu entendi ela tinha feito uma reserva porque a recepcionista procurava o nome dela numa lista.


 



- Você tá linda. - ela sussurrou no meu ouvido enquanto a moça não se pronunciava. Eu sorri e a olhei, como ela tava atrás, nossos rostos ficaram bem próximos.
- Você que tá! - a moça interrompeu o momento que eu admirava o sorriso q ela havia me dado nos chamando. Seguimos ela até nossa mesa.


 


Assim que sentamos o garçom nos trouxe o cardápio, pedimos um vinho. Logo pedimos a comida porque, sinceramente, eu estava com fome.


 



- Gostou daqui, amor? - ela me perguntou tocando na minha mão, sobre a mesa.
- Sim, muito. É linda a vista daqui. Você já conhecia?
- Não, mas minha mãe sempre elogia aqui, resolvi ver se era verdade mesmo rs.
- Tô adorando. Aliás, esse vinho tá ótimo também.
- Que bom! - ela sorriu e puxou minha mão, dando um beijo nela- A intenção era essa mesmo hahah.
- Qual? - não entendi.
- Que você gostasse, amor... Achei que a gente estava precisando né? Foi uma semana meio conturbada né.....- sorri porque ela sempre pensava em tudo.
- Tá perfeito como sempre!


 


Ela sorriu e logo depois a comida chegou, comemos e depois dividimos uma sobremesa. Mousse de chocolate, uma delicia!!
Cerca de duas horas depois saímos de 
lá. 


- Tá com frio, amor? - ela me abraçou de lado enquanto caminhávamos até onde o carro estava parado.
- Só um pouquinho...- passei a mão nos braços e ela me abraçou de lado, depois deu um beijo no meu ombro.


Assim que chegamos no carro, ela me abraçou pela cintura apoiando meu corpo no carro, não me deixou entrar.



- Você tá muito gata nesse vestido, amor....- ela sussurrou no meu ouvido colando o corpo no meu- Todo apertado na perna....gostosa....- ela mordeu o lóbulo da minha orelha depois de sussurrar roucamente.
- Eu tinha comprado ele desde o ano passado mas nunca usei.
- Adorei! - ela começou a beijar meu pescoço e eu comecei a me arrepiar. Principalmente quando ela foi levando a mão a minha nuca e enfiando devagar pela minha nuca.
- O que você tá fazendo?
- Eu? - ela disse passando o lábio pelo meu pescoço indo na direção da minha boca- Nada. Por quê?


 


Não consegui responder com ela me provocando, fingindo que ía me beijar mas não fazia nada, só roçava nossos lábios. Ela deu uma repuxada no meu lábio inferior ao mesmo tempo que levou uma das mãos a minha nuca.
Suspirei de olhos fechados, totalmente entregue.


 



- Quero dormir com você. - ela sussurrou, quando eu achei que ela me beijaria.
- Também. - respondi da mesma forma, apertando sua cintura.
- Quer? - ela sussurrou ainda me provocando. Apertou minha cintura também- Vamos pro motel comigo então? - ela voltou a sussurrar beijando meu pescoço, descendo pro meu queixo.
- Motel, Annie? - sorri e a olhei, surpresa.
- Aham. - ela me olhou- Quero inovar hoje. - ela mais uma vez sorriu- Vamos?
- Vou pra onde você quiser.
- É? - ela me olhou com aquele olhar safado, forçando mais seu corpo no meu, quase se esfregando em mim na verdade. Apertou minha coxa ao mesmo tempo.



 


Eu só suspirei. 
Essa garota estava me deixando louca!


 


- Aham. - passei os braços pela nuca dela, puxando ela mais pra perto de mim e finalmente a beijei. Não estava agüentando mais!


 



E o beijo não foi nem um povo delicado, fruto da provocação que ela estava fazendo comigo. Mantive nossos corpos colados, porque apertava sua cintura e ao mesmo tempo a puxava pela nuca. Paramos o beijo ofegantes.


 



- E então, vamos ou não pra esse motel? - estávamos com as bocas coladas.
- Agora mesmo! - sorrimos ao mesmo tempo. Em seguida entramos no carro e fomos pro tal motel. 


Assim que entramos no quarto, ela foi fechar a porta e eu me sentei na cama. Quando ela se virou pra mim, deve ter visto meu rosto e veio sorrindo até mim.


 



- Que foi que você está me olhando assim? - ela afastou minhas pernas que estavam cruzadas e se postou no meio delas.
- Assim como? - me fiz de inocente.
- Assim...- ela apoiou as duas mãos na minha perna e sussurrou o resto da frase- com essa cara de safada.
- Tô te olhando normal, amor. - puxei ela pela nuca pra me olhar.
- É mesmo? - ela me olhava com o rosto próximo ao meu. 


 


Aproveitei que tinha sua atenção e passei a língua nos lábios, bem lentamente. Ela sorriu me olhando.


 



- Tá querendo me provocar, Dulce Maria? - ela falou enquanto se ajoelhava na minha frente, entre minas pernas.
- Tá dando certo? - perguntei com um sorriso nada inocente no rosto a olhando. Ela sorriu. Um sorriso de quem sabia o que estava fazendo.
- Vamos ver quem ganha....- ela disse baixo.


 


Quando percebi os lábios dela distribuíam beijos pela minha perna enquanto suas mãos passeavam pela mesma na direção da minha virilha. Só tive tempo de respirar fundo.
Minhas pernas estavam levemente afastadas porque ela estava no meio, então ela tinha livre acesso e conforme os beijos dela íam subindo e ficavam mais intensos, minhas pernas íam ficando mais moles e inconscientemente eu mesma as afastava mais.
Quando os beijos chegaram na minha virilha ela parou e me olhou. Percebi que ela ía se levantar mas não deixei.


 



- Não. Continua. - forcei a cabeça dela pra baixo.
- Desistiu de me provocar? - ouvi o risinho dela contra a minha virilha.
- Aham. Você ganhou. - apertei os cabelos da nuca dela. Ela sorriu e suspirou.
- E o que você quer que eu faça? - me olhou ao perguntar. Puxei ela pel nuca a trazendo pra mim. Virei ela nos deixando de lado.
- Cansei de provocação! Vou te fazer minha agora! - vi o olhar de desejo nela.
- Então vem. Vem que eu tô doida pra te dar. - ela disse me olhando e puxando meu cabelo.


 



A Anahi sabia realmente me provocar!


 



- Vem pegar o que é seu, amor!


 



Não perdi tempo, me virei sobre ela e abaixei a alça do vestido e caí de boca nos seios dela. Passando a língua ou o colocando todo na boca, eu desci uma das mãos até o vestido, o subindo, até q fosse possível ver a calcinha dela. Ela gemia e me puxava.
Quando vi a calcinha parei, reparando nela.


 



- É nova? - parei tudo que fazia e a olhei.
- Comprei hoje no shopping com o Chris, aliás ele que disse pra eu comprar.
- Você foi no shopping com ele hoje? - perguntei porquw eu não sabia.
- Fui. Queria comprar um vestido mas quando entramos na loja e ele viu, me fez comprar hahah.
- Me lembre de agradecer a ele então. - a calcinha era preta de renda com detalhes rosa. Linda e pequena!- Mas agora eu prefiro você sem ela. - ela me olhou com aquele olhar " Anahi" que eu tanto amava, com um sorriso.


 



Tirei e joguei a calcinha em cima dela, no rosto pra ser mais especifica, de propósito mesmo. Ela sorriu ao tirar, aquele sorriso cafajeste, depois se virou sobre mim, sentando no meu quadril.


 



- Tá esperando o que pra fazer o que você disse que ía fazer? - ela deu uma leve reboladinha no meu quadril ao dizer. Eu a olhava hipnotizada quando ela resolveu tirar por completo o vestido e o jogar longe.
- O que eu disse que ía fazer? - perguntei só porque eu queria ouvir ela dizer.
- Me come, Dulce! - ela disse isso passando a mão pelo corpo e apertando um dos seios ao final.


 


Meu Deus, que mulher é essa?!


 



- Vem cá, senta aqui na minha cara.


 


Ela sorriu cafajestemente, pra não falar outra coisa hahah, de novo e veio na direção da minha boca. Sentou e antes mesmo de eu encostar nela, já ouvi o primeiro gemido. Assim que toquei nela com a minha língua ela gemeu alto, já rebolando.


 



- Ahhh amor...- puxava meu cabelo rebolando e eu ali embaixo, tendo aquela visão toda daquela mulher exposta pra mim e gemendo- assim....ahhhhh...- ela rebolava devagar mordendo o lábio. Me deixando cada vez mais louca!


 



Dei um puxão na bunda dela pra ficar mais perto se é que era possível, ela gemeu mais ainda.


 



- Chupa Dul, chupa gostosoooo.....aiii assim, mais forte vaiiiii!! Ahhhh.....ahhhhhh....


 


Ela começou a aumentar o ritmo das reboladas, apertando os seios.
Eu precisava ver ela gozando e tinha que ser logo! Por isso a segurei forte pela cintura e aumentei o ritmo, passando a língua repetidamente no clitóris dela.


 



- Ahhhh amorrr....ahhhh....- ela deixou o corpo cair um pouco, apoiou um dos braços na cama e eu sabia que ela estava gozando. Continuei com o ritmo alto e ela gozou intensamente na minha boca!


 



Em seguida perdeu as forças e caiu na cama ao meu lado. 


- Nossa! - ela mal conseguia falar. Nem abria os olhos.
- Culpa sua que me provoca....- a olhei ao dizer e ela sorriu de olhos fechados- Linda! - me virei pra ela e dei um beijo na sua perna, depois não resisti e mordi.
- Ai amor. Não faz isso. - me olhou.
- Por que?
- Porque dói.
- Mas é gostoso. - eu ri a olhando e dei uma outra mordida.
- Aii. - ela reclamou de novo me empurrando.



Levantei a cabeça e ela estava de bico, não me agüentei e ri. Depois me levantei e fui na direção do rosto dela.


 



- Gostosa! Da vontade de morder você todinha, sabia? - puxei ela que ficou em cima de mim agora.
- Prefiro quando você faz outras coisas....
- Ah é? Tipo o que? - sorri pra ela ao perguntar com uma das mãos emaranhadas nos cabelos dela.
- Tipo isso. - ela desceu o rosto até a altura do meu pescoço e começou a beijá-lo. Começou devagar e ía passando a língua de vez em quando.
- É interessante também... - falei já ficando com a voz mole.
- Também acho....principalmente quando eu te deixo arrepiadinha...
- Como? - eu começava a ficar ofegante já.


 



Ela desceu um pouco mais o corpo, levou uma das mãos até a minha nuca e puxou de leve meus cabelos fazendo com que meu queixo subisse um pouco, desceu os beijos pro meu colo, passava a língua e de vez em quando chupava, comecei a me arrepiar e levei a mão a cabeça dela a guiando. Depois subiu um pouco e desceu a alça do meu vestido, expondo meu colo. Ela começou os beijos desde o ombro até meu colo de novo, fez isso dos dois lados e com a mão apertou meus seios, ao mesmo tempo. Gemi mais alto mas ela não continuou, desceu o corpo até minha cintura e subiu meu vestido, quando ele estava todo embolado na cintura, ela me puxou pro colo dela e tirou meu vestido por completo.
Sentei no seu colo com as pernas envolta do seu quadril e a primeira coisa que senti foram as mãos dela no meu seio, ela os massageava enquanto sugava meu pesoço, eu estava mais que excitada! Comecei a gemer mais intensamente e a puxar forte pelos cabelos.


 



- Ah...amor....


 


Ela desceu a mão que massageava meus seios e foi até a minha calcinha, não penetrou mas ficou fazendo um movimento de vai-e-vem no meu sexo, muito rápido, eu ficava mais molhada a cada segundo.


 



- Aiii Annie.....vai logo!!


 


Com a outra mão ela apertava a minha bunda e a mão que estava no meu sexo ela começou a pressionar meu clitóris, eu estava indo a loucura!


 



- Por fav...or, am...oorrr....
- Deita! - ela sussurrou no meu ouvido e eu obedeci, é óbvio hahaah.


 


Ela mais que rapidamente tirou minha calcinha e penetrou dois dedos em mim.


 



- Ahhhhh!!


 


Ela me penetrava forte e rápido enquanto chupava meus seios.


 



- Rebola Dulce, rebola pra mim! - sussurrou no meu ouvido- Geme. Quero ouvir você gemer, vai!


 


Ela voltou a chupar meus seios e eu estava indo a loucura, quase gozando já. Pra piorar o meu desespero ela posicionou o dedão sobre o meu clitóris e começou a pressionar.


 



- Ai Annieee....assimmmm.....ahhh, eu vou goz..aaarrrrrrr!!!


 


Eu rebolava rápido no dedo dela que havia subido o corpo e estava com a testa colada na minha agora, me olhava.


 



- Goza amor...- ela sussurrou.
- Tô...ahhhh...- passei as pernas pelo quadril dela a segurando ali e aumentei o ritmo das reboladas até que finalmente gozei.


 


Ela tirou os dedos devagar e se deitou ao meu lado, eu estava morta e sem ar hahahah. 


No domingo a tarde, estávamos lá em casa, na sala, depois do almoço quando o celular da Carol toca. Pelo que pudemos ouvir era a Priscila.


 



- Sim, a Anahi e a Ju estão aqui. Pode vir. - foi a frase final dela, antes de desligar.
- Ela tá vindo? - a Annie perguntou.
- Tá. Ela disse que queria conversar, falei pra ela vir pra cá.
- Que bom né, pelo menos está partindo dela já, já é um avanço hahah. - Julia.
- É verdade. - Annie.


 


Continuamos sentadas ali na sala mesmo conversando enquanto ela não chegava, meu irmão também estava ali. Uma meia-hora depois ouvimos a campainha.


 



- Deve ser ela. - Annie.
- A porta. - meu irmão falou- Quem é?
- É a Pri, Bê, prima da Annie.
- "Abe".
- Quer ir lá abrir? Pode ir lá. - eu falei e ele ficou me olhando, na dúvida hahah.
- Vem, eu vou lá com você abrir. - a Julia falou e em seguida se levantou e foi com ele até a porta.


 



As duas se cumprimentaram e depois ela falou com meu irmão que ficou todo sem graça hahah, pegou na mão da Julia e eles voltaram.


 



- Oi gente. - Priscila.
- Olá. - respondemos todas.
- Gente, eu não atrapalhei nada não né? - ela se sentou num sofá perto da Carol. A Julia tinha ficado no chão com meu irmão.
- Claro que não garota, não viaja. - Carol.
- É Pri, tá tudo bem. Mas diz aí, aconteceu alguma coisa? - Annie.
- Aconteceu. - ela disse e depois desviou o olhar pro meu irmão.
- Pode falar, ele nem vai entender. - falei.
- É. Ele está vendo televisão, diz aí. - Julia.
- Ok. - ela falou mas fez um silêncio.
- Ai Pri, fala logo. Tô curiosa hahaha. - Annie disse a olhando.
- É a Mai cara, ela tá me deixando louca!! 
- Por quê?? - a olhei sem entender.
- Porque ela termina comigo, caga na minha cabeça e depois me agarra!
- Oi?! - Carol a olhou. Todo mundo boiando.
- Na terça, faríamos mais um mês de namoro, por isso eu fiquei pior ainda. Fiquei na rua bebendo e do nada entro num restaurante e a vejo lá toda feliz com a mãe e um idiota qualquer lá.
- Como assim? - Julia a olhou.
- Sei lá, ela estava com um garoto lá.
- Mas você não sabe se ela estava mesmo com o garoto. - Annie falou.
- Você já sabia disso, amor? - a olhei ao perguntar.
- Eu tinha contado pra ela.
- Você nem falou nada. - reclamei.
- Porque eu não sabia se ela queria que contasse.
- Deixa ela falar. Continua Pri. - Carol.
- Então como eu já estava mal fui até a mesa dela, por mais que tivéssemos terminado eu não acreditava que ela pudesse fazer aquilo, principalmente naquele dia! Nem me importei com nada! Enfim, falei tudo que estava entalado e saí de lá, só que naquela noite eu tive um sonho estranho, bom, eu não sei se foi sonho ou real ainda.
- Que sonho? - perguntei.
- Que transávamos. Eu perguntei a ela mas ela disse que não foi lá, eu não sei....- deu de ombros olhando pro lado.
- Tá, mas e a parte que ela te agarrou? Foi nesse sonho aí? - Julia.
- Não, foi na sexta-feira. - ela falou e a olhamos surpresas- Lembra que eu dei aula pra vocês, Annie? - minha namorada fez que sim com a cabeça- Então, depois que acabou ela veio falando várias loucuras pra mim que eu dava em cima de alunos, não entendi nada e do nada me agarrou e me beijou!
- Bapho!! - Julia.
- Mas e aí?? - Carol.
- E aí que como sempre ela saiu correndo, disse que foi um erro e saiu. Só que eu não entendo! Eu sinto no beijo que ela quer, eu tô ficando maluca já!!
- Tô entendendo mais nada....- Julia.
- Imagina eu então! - Priscila suspirou passando as mãos no rosto- Por isso eu vim aqui pra ver se vocês podiam me ajudar sei lá, me dá uma luz pra entender antes que eu enlouqueça!
- Eu acho que ela quer mas tem medo de alguma coisa. - Annie falou e a olhamos- Nós percebemos lá na sala como ela ficou alterada quando te viu, nervosa mesmo.
- E você, Carol, Dulce, vocês são amigas dela....o que vocês acham?


 


A Carol me olhou, depois virou pra Priscila.


 


 


- Eu não sei Pri, a Mai se fechou nesse assunto. Ela não fala.
- Pois é, ela se afastou da gente. - falei.
- Mas eu acho que tem dedo da mãe dela. - Carol.
- Como assim? - Priscila a olhou.
- Eu não sei, não posso te dizer o que é porque não sei, mas que é estranho é, então só consigo pensar nisso que a mãe dela possa estar a ameaçando ou chantageando com alguma coisa.
- Você acha, amor? - Julia a olhou.
- Não sei, pode ser...
- Mas eu já disse pra ela que não tenho medo da mãe dela.
- Mas talvez ela tenha....- Carol.
- Será?? - Priscila.
- Pode ser né Pri, por que você não tenta conversar com ela sobre isso? - Annie sugeriu.
- Como se ela não me ouve?! Só foge de mim!
- De repente vocês podiam tentar gente...você e a Dulce, amor. - Julia.
- Podemos. - Carol respondeu e me olhou- Né, Dul?
- Claro.
- Não sei se é isso não. Ela foi tão fria comigo quando terminou que eu custo a acreditar nisso. - Pri.
- Mas então qual a explicação pra ela ter te beijado? - Anahi a olhou ao perguntar.
- Sei lá, vai ver bateu saudades ou quiz só brincar um pouco mais comigo, já que ela disse que o garoto lá estava damdo em cima de mim.
- Que garoto?! - Annie a olhou espantada.
- Sei lá, um garoto lá da sala de vocês. Maluca!
- Então ela ficou com ciúmes? - Carol a olhou ao perguntar, a Pri só a olhou e a Carol ergueu uma sobrancelha- Mais um ponto pra minha tese.
- Sei lá Cah, só sei que eu tô ficando doida! - ela se recostou no sofá suspirando.
- Então fica aí, vamos ver um filme, você se distrai. - Annie.
- Não vou atrapalhar os planos de vocês não?
- Claro que não! A gente já ía ver um filme mesmo. - Carol.
- Mas sei lá né...
- Pára de bobeira! - falei- A gente podia pedir uma pizza também né?
- Boa idéia! - Julia.
- Eu "quelo" também. - meu irmão.
- Então fechou, vou pedir a pizza enquanto vocês escolhem o filme.


Passamos o resto de domingo lá em casa e ela só foi embora mais tarde, junto com a Annie que a deixou em casa. Foi bom porque ela conseguiu distrair.
Fui dormir depois que elas foram, porque amanhã já era segunda e teria que acordar cedo.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): srtac

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

* Era segunda-feira, horário do intervalo.Priscila estava na sala dos professores lendo, distraída quando ouve chamarem seu nome. Quando ela levantou a cabeça viu Natália parada na porta, do lado de fora, enquanto que do lado de dentro um professor segurava a porta a olhando. - Ela quer falar com você, Priscila. - ele falou, então el ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 166



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:45:58

    Boa noite pessoal! Como havia prometido comecei a postar minha nova história no site "Lesword". Não é a continuação dessa porém é AYD, estou deixando o link aqui pra vcs como prometido... Espero que curtam! Bjsss

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:45

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:44

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • belvondy Postado em 19/08/2017 - 22:53:52

      Posta a segunda temporada vai

    • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:46:56

      O link: http://www.lesword.com/capitulo-1-outubro-2010/ O nome da história é: A verdadeira história de Anahi e Dulce....(?)

  • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:33:06

    Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos 😞 Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • belvondy Postado em 17/07/2017 - 15:11:28

      Nossa que legal!Lembro quando você escrevia pro Orkut,eu era uma das meninas que ficavam Vai posta mais....Por favor!acompanhei tudo da primeira temporada e estou muito empolgada esperando a segunda.Posta logo!Não quero que elas percam esse jeito ciumento delas kkkkk bjs!Até mais!

  • juhfer Postado em 19/04/2017 - 22:42:52

    já li umas 3 vezes essa história.... amaria uma segunda temporada, pfvr autora prossiga <3

  • annie_ayd Postado em 18/03/2017 - 12:27:43

    Boa tarde pessoal! Sou a autora dessa web, tô com a web que falei (a&d) praticamente com a primeira temporada completa e tô com a ideia de talvez uma segunda temporada pra essa.... Alguém interessado? Bjs

    • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:32:33

      Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos &#128542; Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • samarab1002 Postado em 09/05/2017 - 09:29:19

      Pelo amor de Deus, posta qq coisa q eu leio!!! Adoro a forma q vc escreve, vou adorar qq coisa q queira postar, basta dizer onde vai publicar!!!

    • jeeoliveira Postado em 22/03/2017 - 08:43:00

      uma segunda temporada para essa seria incrível e uma nova historia tbm... Li a historia inteira em 2 dias e amei, o amor que os casais tem é algo magico

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 22:01:10

    eu vi o comentário dela de mais de ano atrás, ela perguntou se gostaríamos de ler outra história, mas não deixou o link :( eu leria até mesmo se fosse com outros personagens, nem precisava ser ayd sabe... se ela não quisesse postar aqui ok, em qualquer site eu acompanharia, inclusive daria como sujestão o site ''lettera'', mas infelizmente ela sumiu... :(

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 21:56:46

    fic maravilhosa!!!! amei demais! gostei até da parte da mai com a priscila. a história delas foi bem escrita e envolvente! as partes de ayd nem preciso falar mt, amava principalmente as partes de ciumes (principalmente quando era a anahi com ciumes hahaha). Minha única crítica: queria uma continuação, queria ver a continuação da lua de mel delas e a vida de casadas, parece ter ficado inacaba, apesar da grande quantidade de cap's, mas..... :( PS: essa autora merece infinitamente ser enaltecida, e uma pena que ninguém aqui tenha algum contato com ela, pq eu queria mt ler uma próxima fic dela.... ela escreve tão bem, eu fiz essa conta só pra comentar essa fic poxa :/

  • dashneerblai Postado em 21/03/2016 - 22:12:44

    Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89 Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89

  • giovannamaria Postado em 13/03/2016 - 22:39:42

    Sim, vou reler essa web

  • tammyuckermann Postado em 11/11/2015 - 18:18:07

    Passa o link Annie tbm quero ler...

  • victorianegreiros Postado em 22/10/2015 - 15:17:35

    Onde acho sua outra fanfic, Annie? Manda link, por favor. :D



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...