Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Namorada de Aluguel A&D | Tema: Portiñon


Capítulo: 471

1359 visualizações Denunciar


- Bom dia!! - Carol desceu toda animada com Julia pra tomar café da manhã.


- Boa tarde né?! - Dulce a olhou. Estavam só as quatro na cozinha, afinal já era tarde.


- Bom dia pra mim, não comi ainda. - Carol- Aliás, eu tô morrendo de fome.


- A Dul fez ovo mexido, tá quente ainda, se quiser.... Eu não aguento mais. - Anahi.


- Quer amor? - Carol.


- Quero.


 


 


* Elas comeram enquanto conversavam. O assunto passou a ser o da festa de ontem.


 


 


- Vocês ficaram até o final? - Anahi perguntou porque elas tinham vindo embora antes.


- Não, eu não aguentei. Viemos embora com a Priscila, uma meia-hora depois de vocês. - Julia.


- E como ela estava? - Anahi.


- Bêbada! - Carol.


- Gente, que bafão né! Ela e a Natália! Nunca pensei....- Dulce.


- Nem eu. Não estava sabendo de nada, porque ninguém me conta né...- deu um beliscão de leve em Carol.


- Ai! Gente, deixa isso pra lá, ela e a Natália nada a ver!


- Ah não? E aquilo ontem foi o que? - Dulce a olhou.


- Aquilo foi um acidente de percurso..- Carol sorriu ao falar.


- Do que você está rindo, Carol? - Dulce.


- Nada gente, eu só sei.


- Sabe como? É aquela história de ontem né que você não quiz me contar? - Dulce apoiou os cotovelos na mesa se debruçando sobre ela.


- É. - Carol não a olhou ao falar, continuou comendo.


- Não vai falar mesmo o que é? - Dulce insistiu e então Carol a olhou.


- Não posso, tenho que falar com a Priscila antes. Aliás, tô indo lá logo antes que ela saia. - se levantou.


- Do jeito que ela estava, dúvido....hahah. - Julia.


- Você não vai falar mesmo não? - Dulce insistiu.


- Dul, eu não posso. Não começa, não me olha assim! Depois eu te conto. - Carol deu um beijo na bochecha dela depois se virou pra namorada- Vai comigo amor?


- Vou pra casa, mas vou com você. - Julia também se levantou- Tchau meninas.


- Tchau. - Anahi falou- Mas precisa dessa pressa toda gente? Deixa a garota acabar de comer, Carol.


- Já acabei, estava sem fome....- Julia sorriu ao falar- Vamos baby?


- Vamos. - as duas saíam da cozinha quando Carol parou na porta e olhou pra Dulce- Não fica bravinha não que quando eu voltar de lá te conto tá? - ela piscou pra Dulce que não disse nada. Elas saíram e Anahi sorriu a olhando.


- Deixa de ser brava amor....


- Não tô brava, só não entendi porque eu não posso saber....


- Ela não disse que vai te contar quando voltar? Então....


- Aposto como a Julia sabe...- Dulce falou em meio a um resmungo olhando pro lado. Anahi riu e aproximou o rosto do pescoço dela.


- Mas é ciumenta hein hahaha. Deixa de bobeira, vem cá....- Anahi puxou o rosto dela e lhe deu um selinho, mas que não demorou muito porque sempre tinha medo de Bernardo entrar lá. Depois disso, subiram pro quarto.


 


 


* Carol deixou Julia em casa, depois seguiu no taxi pra casa de Priscila. 


 


* Ela já tinha batido mais de dez vezes na porta e nada dela atender, já estava quase ligando pra casa dela quando ouviu barulho de chave na porta.


 


 


- Você quer quebrar a porta?! - Priscila abriu a porta com uma cara péssima, mal conseguia abrir os olhos, na verdade só um estava aberto pela claridade. Carol nem deu assunto pra ela e entrou.


- São quatro horas da tarde, Priscila!


 


 


* Agora quem não deu bola foi Priscila. Ela largou a porta que se fechou e andou até o sofá da sala, se jogando nele.


 


 


- O que você quer? Eu tô com sono, me deixa vai...- cobriu o rosto virando pro lado no sofá. Carol andou até ela e sentou-se na mesa de centro de frente pro sofá, cruzou as mãos e tentou iniciar a conversa.


- A gente precisa conversar.


- Ah não Carol! - ela pegou uma almofada e colocou no rosto- Na boa, não tô afim, minha cabeça está explodindo!!


- Claro. Bebeu igual uma louca ontem....


- Olha só, se você veio aqui pra isso, nem começa. Não quero ouvir!


 


 


* Carol respirou fundo, sabia que daquele jeito não ía conseguir falar nada mesmo.


 


 


- Você já comeu hoje?


- Eu estava dormindo!


- Ok. Vou fazer alguma coisa pra você comer.


- Não quero, tô enjoada. - Priscila se virou pra ela ao falar e viu Carol se levantando.


- Mas vai. Vou fazer um café também, já venho. - Priscila a olhou se afastar e revirou os olhos.


 


 


* Não ía conseguir se livrar dela mesmo... Voltou a por a almofada no rosto, sua cabeça explodia e a única coisa que ela queria era dormir.


Uns vinte minutos depois Carol voltou com uma xícara de café e um sanduíche pra ela.


 


 


- Anda Pri, levanta. - ela sentou na beirada do sofá e puxou a almofada que cobria seu rosto.


- Carol, na boa, por que você não apaga a luz e me deixa dormir?


- Anda Priscila, senta.


 


 


* Priscila bufou revirando os olhos, teve que se sentar.


 


 


- Você é pior que a minha mãe, sabia?!


- Aham. Agora come. - colocou a bandeja na frente dela- Vou lá ver se acho um remédio pra você.


 


 


* Saiu e Priscila não teve outra opção a não ser comer. Um tempo depois Carol voltou com um remédio. 


 


 


* De volta a casa de Dulce....


 


 


- Ah, amor, não acredito que você vai me deixar sozinha o dia todo?


 


 


* Elas estavam na sala.


 


 


- Bebê, a minha mãe tá me pertubando pra ir. Já enrolei ela a beça dizendo que não podia, hoje eu tenho que ir.


- Poxa...- Dulce abaixou a cabeça fazendo bico, Anahi a abraçou.


- Ah Dul, não fica assim. Amanhã a gente se vê tá? Prometo.


- Oi meninas. - era Fátima, ela e Anahi se entre olharam- Tudo bem?


- Vai sair, mãe? - Dulce perguntou ao se virar pra ela e ver ela arrumada.


- É, pois é...- ela olhou de relance pra Anahi.


- Poxa, todo mundo vai me abandonar hoje? - ela fez uma carinha de cachorro sem dono, Anahi sorriu e a abraçou. Ela e Fátima se entre olharam.


- Por que, filha?


- A Anahi também vai sair.


- Hum. - Fátima falou como se não soubesse de nada- Aproveita então e cuida do seu irmão pra mim? O Gabriel vai ficar aí, não vai comigo não.


- Hum, tá né....


- E a Carol, cadê? - Fátima.


- Saiu também.


- Ahm.


- Bom, meu amor, eu preciso ir. - Anahi se virou pra ela e deu um beijo na bochecha dela. Já haviam se despedido direito no quarto.


- Tá né, te levo na porta.


- Não precisa, eu saio com a sua mãe.


- Tá bom então. Tchau pras duas.


- Tchau filha. - deu um beijo na testa dela.


- Cadê o Bê, mãe?


- Tá lá com o Gabriel, filha.


- Vou lá então...tchau. Me liga depois Annie?


- Claro.


 


 


* Dul subiu e as duas se entre olharam e sorriram, respirando aliviadas.


 


 


- Achei que ela ía querer ir com a gente. - Fátima.


- Vamos logo então antes que ela volte. Minha mãe tá nos esperando lá já.


- Vamos!


 


 


* As duas seguiram então pro local combinado. Iriam se encontrar com o decorador e o cerimonialista porque era o único dia que ele estava mais livre, por isso teve que ser no domingo mesmo. 


 


 


* Voltando pra casa de Priscila....


 


 


- O que você tá fazendo aqui? - Priscila perguntou um tempo depois, se sentia um pouco melhor mas a cabeça ainda doía demais.


- Vim ver voc. - Carol continuava sentada na ponta do sofá, com os cotovelos apoiados na perna e inclinada pra frente- Saber como você tá....


- Sei lá Carol....- Priscila abaixou a cabeça.


- Posso te fazer uma pergunta?


- Faz. - Priscila a olhou.


- Você sentiu alguma coisa quando beijou a Natália? - Priscila a olhou- Quero dizer, alguma coisa mudou?


- Não, claro que não. Por que tá me perguntando isso?


- Porque eu conversei com a Mai ontem....


- Ah não! Não quero saber!! - ela gritou e sentou a cabeça doendo- Tá vendo?! É só falar dessa garota que sinto dor.


- Essa garota te ama, Priscila!


 


 


* Ela deu uma gargalhada alta.


 


 


- Aham, tá. - Priscila ria e quando olhou pra Carol viu que ela permanecia séria.


- Te ama sim e teve que ver aquilo ontem.


- Eu acho que você deve estar com algum problema Carol! Tá com amnésia é?? Esqueceu tudo que ela já me falou?? Porque eu me lembro muito bem!!


- Ah é? Então por que ela chorou no meu ombro ontem depois do que viu?! - Priscila a olhou surpresa e Carol manteve o olhar, em seguida ergueu uma das sobrancelhas. Priscila não entendia nada.


- Chorou? - Priscila perguntou quase num sussurro.


- Priscila, tem muita coisa que você não sabe.... Quem tinha que te contar isso era ela mas como acho que ela não vai, resolvi te falar, mesmo ela pedindo silêncio....


- Claro que ela não vai! É covarde demais pra isso!


- Priscila pára! Ela tá fazendo isso por você!


- Fazendo o que? Eu não pedi pra ela fazer nada por mim!


- É, mas quando a gente ama a gente faz mesmo sem a pessoa pedir.......


- Pára de ficar falando que ela me ama Carol, ela não me ama nada! Nunca amou pelo visto.....


- Vamos fazer o seguinte.....me ouve? Depois você tira suas conclusões...


 


 


* Priscila suspirou, sabia que teria que ouvir mesmo e a verdade é que Carol tinha posto uma pulga atrás da orelha dela.


 


 


- Ok.


- É o seguinte....vou te contar tudo que ela me falou ontem, mesmo ela me pedindo pra jurar que você nunca saberia..... Bom, a mãe dela a está chantageando, ameaçando você, por isso ela terminou contigo.


- O que?? - ela deu um grito tão alto que sua cabeça voltou a doer.


- Isso que você ouviu. A mãe dela disse que se ela não terminasse com você, ela te denunciaria.


- Peraí Carol. - Priscila se sentou melhor no sofá vendo que o assunto era sério- Isso é sério mesmo?


 


 


* Carol fez que sim com a cabeça.


 


 


- E ela escondeu isso de todo mundo esse tempo todo, porque ela não queria estragar a sua vida, ela acha que a mãe dela vai mesmo cumprir essas ameaças..... E sinceramente, eu acho que sim também.


- Que ameças Carol? O que aquela mulher falou?? 


 


- Disse que iria na faculdade contar tudo o que provavelmente faria você perder o emprego, te denunciaria na polícia por aliciação de menores, além de transferir ela pra outra cidade, parece que isso ela só não fez ainda porque a Mai conseguiu convencê-la a deixar terminar o semestre aqui.


 


 


* Carol a olhou e Priscila estava com o olhar vago, assustada, surpresa....tudo ao mesmo tempo.


 


 


- Ou seja, ou ela te largava ou a mãe dela iria destruir sua vida profissional e separar vocês de qualquer jeito, a mandando pra longe.


- Ela deveria ter me contado....- Priscila falou baixo, mais pra ela mesma do que pra Carol.


- Pra que? Pra você ir lá e bater de frente com a mãe dela e piorar tudo?? Olha Pri, eu só tô te contando porque tô vendo como vocêos estão, eu nem sei se tem um jeito, mas sei lá..... Eu sei que você não ía me perdoar se eu soubesse disso e não te contasse, e a deixasse ir assim....- Priscila não falou nada, olhava pro nada- E agora que você sabe....vai fazer o que?


- Eu não sei Carol, eu....- ela a olhou, abraçando as pernas, depois olhou pra baixo e em seguida pra Carol ao falar- Parece que eu levei uma porrada.....ela não podia ter feito isso comigo! Tudo que eu sofri então.....foi pra nada? - olhou pra amiga com lágrimas nos olhos.


- Ela também sofreu, Pri....


- Mas ela não teve que ouvir que não significou nada, ela não ficou por horas, dias, madrugadas inteira pensando no que ela fez errado......eu cheguei a pensar várias vezes que não ía aguentar e agora isso? - ela não conseguiu controlar e deixou uma lágrima escapar.


- Eu sei disso tudo Pri, mas pra ela não deve ter sido fácil também.... Imagina o que não foi conviver com aquela mulher e ouvir as loucuras que ela devia falar todo dia pra ela?


- Ela devia ter me contado!! - gritou se levantando- Droga!! Eu teria enfrentado tudo com ela!!


- Ela deve ter sentido medo Pri...- Carol se virou pra ela ao falar.


- Medo de quê?? Dessas ameaças infundadas da mãe dela??


- Não são tão infundadas Pri.


- Claro que são Carol!! Vai me denunciar? Me poupe! A Maite tem mais de dezoito anos, a mãe dela não pode fazer nada com ela que ela não queira!


- Mas pode te fazer perder o emprego...


- Dane-se o emprego!! Ela achou mesmo que eu ía preferir um emprego do que ela???


 


 


* Carol sorriu porque ela tinha falado o mesmo.


 


 


- Eu disse o mesmo pra ela.


- Tá vendo?! Você parece que me conhece melhor do que ela!


- Calma Pri, também não é assim....- Carol se levantou indo até ela- Olha, eu sei que não deve ser fácil ouvir isso mas se põe no lugar dela, ela só quiz te proteger..... Ela não quiz estragar sua vida....


- Então o tiro dela foi pela culatra, porque ela estragou tudo!! Eu só queria ela....- Priscila contiunava com os olhos molhados. Carol sorriu e se aproximou da amiga tocando em seu rosto.


- Eu sei, ela sabe.... Vocês se amam, calma, vai dar tudo certo....- Priscila respirou fundo e Carol a abraçou.


 


 


* Priscila aceitou o abraço e acabou desabafando tudo que estava tentando segurar.


Depois de um tempo quando ela se acalmou, voltaram a conversar.


 


 


- Olha, eu sei que você pode estar magoada mas devia conversar com ela. Se acertem....


- Ela vai saber que você me falou....- Pri a olhou.


- Não ligo. - deu de ombros- Desde que vocês se acertem.....- sorriu e Priscila também sorriu.


- Brigada. - a abraçou.


- Me agradece se acertando com ela e sendo feliz...- elas se separaram ainda sorrindo.


- É sério.....não sei o que eu teria feito esse tempo todo se não fosse você.....brigando comigo, me botando pra cima, enfim....tudo!


 


 


* Carol sorriu a olhando e brincou pra desanuviar o clima.


 


 


- Eu sei que sou foda e vc me ama, mas não faz meu tipo não.....e a minha namorada é brava...


* As duas riram.


 


 


- Sempre com as suas gracinhas né...hahahah. Acho que seu sonho é que eu fosse apaixonada por você.


- Ohhh. - as duas riram de novo. Carol a olhou- E a Natália?


 


 


* Priscila respirou fundo se encostando no sofá.


 


 


- Ela sabe que eu amo a Mai.


- Ficaram de boa então?


- Aham. - ela a olhou e sorriu.


- Que bom. Bom, agora que eu já fiz minha boa ação vou te deixar aí pra pensar no que fazer e dormir....hahahah. - se levantou.


- Brigada de novo, Carol. - ela piscou pra Priscila.


- Vai falar com ela?


- Vou, mas não hoje. Preciso pensar no que fazer, fora que hoje eu teria que ir na casa dela e não vou conversar com a mãe dela lá.


- Tá certa. Bom, qualquer coisa me liga e fica bem tá? - deu um abraço nela.


- Pode deixar. Manda beijo pra Julia....


- Mando sim, beijos.


 


 


* Priscila fechou a porta e respirou fundo, precisava pensar no que fazer da vida e no que ela realmente queria.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): srtac

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

* Na segunda-feira, ela havia acabado de dar aula e saía da sala junto com Natália, porque tinha dado aula pra ela. Conversavam besteiras quando se deparam com Maite, quase no portão da faculdade, a morena logo saiu.     - Espera. - Priscila gritou e ela parou. - Depois a gente se fala.....tchau Mai...- Natália falou e não obt ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 166



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:45:58

    Boa noite pessoal! Como havia prometido comecei a postar minha nova história no site "Lesword". Não é a continuação dessa porém é AYD, estou deixando o link aqui pra vcs como prometido... Espero que curtam! Bjsss

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:45

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:44

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • belvondy Postado em 19/08/2017 - 22:53:52

      Posta a segunda temporada vai

    • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:46:56

      O link: http://www.lesword.com/capitulo-1-outubro-2010/ O nome da história é: A verdadeira história de Anahi e Dulce....(?)

  • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:33:06

    Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos 😞 Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • belvondy Postado em 17/07/2017 - 15:11:28

      Nossa que legal!Lembro quando você escrevia pro Orkut,eu era uma das meninas que ficavam Vai posta mais....Por favor!acompanhei tudo da primeira temporada e estou muito empolgada esperando a segunda.Posta logo!Não quero que elas percam esse jeito ciumento delas kkkkk bjs!Até mais!

  • juhfer Postado em 19/04/2017 - 22:42:52

    já li umas 3 vezes essa história.... amaria uma segunda temporada, pfvr autora prossiga <3

  • annie_ayd Postado em 18/03/2017 - 12:27:43

    Boa tarde pessoal! Sou a autora dessa web, tô com a web que falei (a&d) praticamente com a primeira temporada completa e tô com a ideia de talvez uma segunda temporada pra essa.... Alguém interessado? Bjs

    • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:32:33

      Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos &#128542; Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • samarab1002 Postado em 09/05/2017 - 09:29:19

      Pelo amor de Deus, posta qq coisa q eu leio!!! Adoro a forma q vc escreve, vou adorar qq coisa q queira postar, basta dizer onde vai publicar!!!

    • jeeoliveira Postado em 22/03/2017 - 08:43:00

      uma segunda temporada para essa seria incrível e uma nova historia tbm... Li a historia inteira em 2 dias e amei, o amor que os casais tem é algo magico

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 22:01:10

    eu vi o comentário dela de mais de ano atrás, ela perguntou se gostaríamos de ler outra história, mas não deixou o link :( eu leria até mesmo se fosse com outros personagens, nem precisava ser ayd sabe... se ela não quisesse postar aqui ok, em qualquer site eu acompanharia, inclusive daria como sujestão o site ''lettera'', mas infelizmente ela sumiu... :(

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 21:56:46

    fic maravilhosa!!!! amei demais! gostei até da parte da mai com a priscila. a história delas foi bem escrita e envolvente! as partes de ayd nem preciso falar mt, amava principalmente as partes de ciumes (principalmente quando era a anahi com ciumes hahaha). Minha única crítica: queria uma continuação, queria ver a continuação da lua de mel delas e a vida de casadas, parece ter ficado inacaba, apesar da grande quantidade de cap's, mas..... :( PS: essa autora merece infinitamente ser enaltecida, e uma pena que ninguém aqui tenha algum contato com ela, pq eu queria mt ler uma próxima fic dela.... ela escreve tão bem, eu fiz essa conta só pra comentar essa fic poxa :/

  • dashneerblai Postado em 21/03/2016 - 22:12:44

    Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89 Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89

  • giovannamaria Postado em 13/03/2016 - 22:39:42

    Sim, vou reler essa web

  • tammyuckermann Postado em 11/11/2015 - 18:18:07

    Passa o link Annie tbm quero ler...

  • victorianegreiros Postado em 22/10/2015 - 15:17:35

    Onde acho sua outra fanfic, Annie? Manda link, por favor. :D



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...