Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Namorada de Aluguel A&D | Tema: Portiñon


Capítulo: 480

1326 visualizações Denunciar


 



ÚLTIMO CAPÍTULO - PARTE I


 



 

 


 


- Por favor, vamos a valsa! Abram espaço, gente....- ouvi o dj falar ao lado da cerimonialista.


 



Entramos na mini tenda que ela tinha armado ali, onde seria a festa, tudo no jardim. Todos em pé nos olhando, confesso que estava meio sem graça rsrs, a música começou a tocar. Paramos no meio e ela me olhou sorrindo, em seguida me puxou pela cintura.


 



- Tá com vergonha, amor? - sussurrou no meu ouvido.
- Um pouco....- eu sorri falando do mesmo jeito que ela. Ela me deu um beijo na bochecha e voltou a sussurrar enquanto dançava devagar comigo.
- Fecha os olhos..... Imagina que sou só eu e você aqui, mais ninguém. - se separou um milímetro só pra me olhar nos olhos- Dança comigo.....- eu sorri e fiz que sim.


 



Fiz o que ela falou, só ouvia a música, a respiração dela no meu rosto e então a vergonha foi embora, porque pra mim, realmente, só tinha a gente ali.


 



- Primeira dança como minha esposa, oficialmente....- ela me olhou ao falar. Eu sorri colando nossas testas.
- Completamente minha agora! - falei de olhos fechados.
- Totalmente! - ela respondeu e em seguida nos beijamos.


 



Soltei a mão dela que eu segurava pela valsa e levei a nuca, ela continuava me segurando pela cintura mas me puxou mais pro corpo dela. Ouvimos aplausos e ela repuxou meu lábio inferior no beijo.
Aos poucos fomos nos separando.


 



- Minha vez? - era o pai dela. Eu sorri a entregando a ele, me afastei um pouco e quando vi o Gabriel estava ao meu lado.
- Posso? - o olhei surpresa mas feliz.
- Claro.


 



Começamos a dançar e ele falou.


 



- Sei que não sou seu pai, Dulce, nunca pretendi ser mas eu gosto muito de você, como uma filha mesmo, assim como gosto do seu irmão. Pra mim, somos uma família. - ele me olhou. Eu já estava sensível com tudo, agora eu ía chorar- E pode contar comigo como se fosse seu pai, ok? - eu não agüentei e deixei uma lágrima cair.


 



Era muita emoção, ainda lembrar do meu pai e tal, não consegui.....até porque era pra estar com ele ali né?
Ele sorriu e me deu um beijo na testa, voltando a dançar comigo. 


 


* Enquanto Dulce dançava com Gabriel, Anahi dançava com o pai.


 



- Tá feliz né, minha filha?
- Muito! - Anahi respondeu o olhando, com um sorriso invejável no rosto.
- Da pra perceber.....- ele também sorriu e eles voltaram a dançar- Mas eu quero que saiba que eu sou seu pai e vou continuar sendo, mesmo depois de você casada. Pode correr sempre pro meu colo, tá? - Anahi riu e o olhou.
- Eu sei, pai. - ele também sorriu.
- Não vou te dizer que foi assim que eu sonhei, mas da pra ver de longe que você está feliz com ela....
- Nenhum homem me faria mais feliz do que a Dulce, pai, pode ter certeza.
- Eu sei, eu tô vendo isso. Por isso, tenho muito orgulho de você, do que vocês construíram e tenho certeza que serão muito felizes!! - Anahi sorriu- Eu te amo. - ele deu um beijo na bochecha dela.
- Também te amo, pai.


 



* Logo depois Christian pediu a vez enquanto Dulce dançava a com Gabriel. 
O pai de Anahi deu uns passos pra trás indo dançar com a esposa enquanto Annie se virou pra dançar com ele.


 



- Posso te dar um abraço antes dessa dança? - a própria Anahi falou sorrindo pra ele que nada respondeu, sorriu também e abriu os braços pra ela- Muito obrigada por tudo!!!
- Tô muito feliz por vocês, por terem conseguido..... E foi uma honra ajudar!!!


 



* Os dois se soltaram e se olharam sorrindo.


 



- Agora posso dançar com você? Hahahha.
- Pode.


 



* Os dois então voltaram a dançar.


 



- Já contou tudo pra ela? Da lua de mel e do apê?
- Já. Resumi né, mas contei.
- Deve ter amado....
- Aham. - Anahi o olhou ao falar- Sabe, eu imaginei isso diversas vezes, sonhei várias vezes com esse momento mas nunca pensei que seria assim..... Tá muito melhor, mais lindo, e eu mais feliz do que poderia imaginar.....


 



* Ele sorriu antes de falar.


 



- Você tem que ver os seus olhos brilhando pra falar, Annie. É por isso que tá tudo perfeito, porque fizemos com amor e porque vocês se amam muito.....- ela sorriu e o abraçou voltando a dançar.
- Eu já disse que te amo?! - ele sorriu a abraçando mais e deu um beijo na bochecha dela.
- Também te amo, loira.


 



* Eles terminaram de dançar enquanto Dulce dançava com Ucker.


 



- Nunca imaginei hein pequena, você casando.....
- E você, pai....


 



* Os dois sorriram, se olhavam agora.


 



- O mundo dá voltas mesmo! 
- Muita! - ela concordou olhando pra Anahi que dançava com Chris- Sempre foi meu sonho mas eu nunca imaginei, sério mesmo.....- ele sorriu a vendo olhar pra Anahi enquanto falava.
- Sabe, eu acho o amor de vocês lindo.....- ela o olhou quando ele começou a falar- Tudo bem que ela vacilou no começo, mas eu sonho em ter com a Paty isso que vocês tem....- Dulce já estava com os olhos marejados, sorriu pra ele.
- Para. - deu um tapa no ombro dele o abraçando- Vai me fazer chorar! Já bastou a Carol e a minha mãe.


 



* Os dois riram e terminaram a música.


 



- Posso ter de volta? - eles se separaram pra ouvir a voz de Anahi, ela estava parada ao lado deles.
- Claro, toda sua. Vou lá atrás da Paty. Parabéns de novo!!
- Brigada. - as duas sorriram ao dizer.
- Estava com saudades....- Dulce.


 



* Anahi se aproximou pra beijá-la, mas foi interrompida pela cerimonialista.


 



- Desculpa, meninas, mas temos que fazer as fotos.
- Agora?? - Dulce.
- Aham. Vamos, enquanto os outros dançam a gente tira as fotos.


 



* As duas sem muita opção foram.
Tiraram várias fotos lá fora, na entrada do salão. Isso durou cerca de meia-hora, a música já tinha até mudado, já começava a festa mesmo.


 



- Vamos fazer a foto da champanhe e depois com os pais e padrinhos, tá?
- Tudo bem. - Anahi respondeu.


 



* Elas entraram lá, fizeram as fotos com o champanhe perto do bolo, depois os pais e os padrinhos foram chamados pra foto.
Primeiro com os pais e com o champanhe, brindando. Depois Dulce pegou o irmão no colo pra tirar foto, depois vieram os padrinhos.
Primeiro os seis, Dulce, Anahi, Chris, Carol, Ucker e Paty, depois Dulce com os padrinhos dela, que eram Carol e Chris, depois Anahi com os dela e depois inverteram.
Eles nem conseguiram se falar direito porque foi mega corrido.


 



- Acabou? - depois de mais de uma hora de fotos, Dulce virou pra moça ao perguntar.
- Sim, agora acabou. Podem curtir a festa!
- Ai, graças a Deus! - ela falou e então se virou pra Anahi, a moça saiu- Tô morrendo de sede, amor. Nem consegui beber essa champanhe direito.
- Hahahah. Vamos, eu também tô, mas temos que falar com todo mundo.
- Eu sei, mas podemos beber algo antes.
- Hahahah, vamos lá. - Anahi a puxou pela mão e elas foram até a entrada da cozinha e pediram duas taças.


 


* Foram falar com todos e começaram pelos parentes, pela ordem da mesa. Falaram com os pais, tios, avós..... A próxima mesa era Paty, Ucker e os pais dos mesmo. Cumprimentaram os pais deles primeiro e depois Anahi foi falar com a amiga e Ucker e Dulce se abraçaram mais uma vez.


 



- Minha amiga casou!!! Nem acredito.....
- Às vezes nem eu, amiga. - as duas estavam abraçadas ainda.
- Sério, tô muito feliz por você!! - elas se olharam e as duas estavam emocionadas- Não vou nem falar muito porque não tô agüentando, mas só seja feliz, Annie, só isso!!!! 
- Serei! - ela balançou a cabeça e sorriu, também estava emocionada.
- Eu te amo! - abraçou novamente Anahi que sussurrou o mesmo pra ela.


 


* Logo se separaram e Ucker e Anahi se abraçaram.


 


- Dul, parabéns! - Paty falou- Mas parabéns mesmo! 


 


* As duas riram e Anahi revirou os olhos.


 


- Não revira os olhos não! É sério hahahah.
- Oh, e você cuida bem dela, ouviu? - Ucker falou pra Anahi brincando mas sério.
- Vou cuidar. E você, - deu ênfase no "você"- cuida bem das duas! Senão....
- Nossa, mas esses meninos estão bravos hahahah. - Dulce falou e todos riram. Anahi a puxou a abraçando pelo pescoço, porque estava atrás dela.
- Eu vou te mostrar o menino já, já, sua palhaça! - novamente eles riram.
- Amor, temos que continuar.....- Dulce.
- Verdade. Você tá bem, amiga? - perguntou pra Paty.
- Ótima! 
- Já até dançou comigo hahahah. - Ucker.
- Que bom, vamos lá então, amor? - se virou pra Dulce.
- Vamos sim.


 



* Passaram por mais alguns parentes até que chegaram nos amigos, estavam todos juntos.
Assim que chegaram lá, ouviram uma salva de palmas.


 


- Aêêêêêêê!! - elas sorriram.
- Ai, gente, deixa eu falar com ela que não falei ainda. - Chris passou na frente de todos indo abraçar Dulce.
- Tá casadaaaaaa hahahahahah, nem eu acredito!!!!! - ela riu também, depois se separaram- Juro! Vocês estão lindas!!! - as olhava- Tô muito feliz por vocês!!!!
- Gente, eu queria agradecer, sério! - Anahi- Se não fosse por vocês, nem sei....
- Vocês são demais mesmo!!!
- Mas a ideia foi toda dessa louca aí....- Carol falou apontando pra Anahi que riu.
- E você, é uma vaca! - Dulce falou pra Carol- Me fez chorar, sabia?! - Carol sorriu.
- Acho que ela fez todo mundo né hahaha. - Mai.
- Verdade. Foi lindo, Carol, brigada. - Anahi falou e deu um abraço nela.
- Tô aqui tentando convencer ela a virar jornalista mas tá difícil hahahaha. - Mai falou e todos riram.
- Eu achei que nem ía conseguir! Estava tão nervosa que não conseguia nem dar nó naquela venda hahahaha.
- Tadinha do meu amor....- Dulce que estava um pouco na frente de Anahi se virou dando um beijo no rosto dela- E você, ainda fez ela falar de novo, tadinha.....- falou com Chris.
- Depois você vai me agradecer, ficou lindo!!
- Ficou mesmo!! - Pri.
- Eu acho que agora a gente podia dançar né? Afinal isso aqui é uma festa hahahah. - Rafa.
- Super apoiado. - Chris.
- Cadê a Julia, Carol? - Dulce perguntou, agora Anahi a abraçava por trás, com o rosto apoiado no pescoço dela.
- Foi no banheiro.
- Ah tá. Depois eu falo com ela então....- ela disse isso e Carol a olhou surpresa assim como Anahi, mas ninguém falou nada e ela não percebeu porque tinha virado o rosto. Preferiram não comentar e foram dançar.


 


* Com as noivas abrindo a pista de dança, logo ela foi enchendo. Até Paty e os mais velhos se juntaram a elas. O dj já começou animando, colocando todos pra dançarem, começou com pop mas logo depois já emendou um hip-hop.
Uma hora mais tarde ainda estavam dançando, por ordem da própria mãe de Anahi começaram a servir a comida em pequenos potinhos, eram comidinhas. Afinal, pela filha ela percebeu que estavam bebendo demais, todos bebiam mas Anahi estava virando taça atrás de taça.


 



- Gente, acho que vou sentar pra comer um pouco. - Paty.
- Vai lá sim, amiga. Você já está muito tempo em pé.
- É amor, eu vou com você. - Ucker.
- Faz ela comer algo. - Paty sussurrou pra ruiva quando passou por ela. Dulce fez que sim com a cabeça.


 



* Dulce estava comendo em pé, Mai e Pri também tinham pego algo pra comer. Anahi já havia se juntado a Carol, Julia, Chris e Rafa na pista assim que Paty saiu.


 



- Eu vou ali, ver se ela come algo, gente.
- Vai sim. Ela tá bebendo muito. - Pri.


 



* Dulce então foi até onde ela estava.


 



- Amor, não quer comer nada não?
- Quero não, amor. Tô sem fome.
- Mas você não comeu nada e esse strogonoff tá ótimo!
- Quero não, bebê.
- Só um pouquinho, vai amor. Você está só bebendo.
- Mas eu tô bem, amor. - ela a olhou sorrindo.
- Tá bom. Então senta ali comigo enquanto eu como? - Dulce pediu pegando na mão dela e Anahi não teve como recusar. 


 


Dulce narrando:


 



Resolvi apelar pra sentarmos na mesa pra ver se assim eu fazia ela comer. O garçom passou na nossa mesa, ela pegou uma taça de champanhe e eu peguei outra comida, pra dar pra ela.
Dei duas garfadas e depois dei uma pra ela.


 



- Não quero, amor.
- Só umazinha vai, por favor....- ela balançou a cabeça dizendo que não- Amor, por favor? Você só está bebendo. - ela ficou me olhando- Tô te pedindo, por favor? - ela suspirou mas acabou aceitando- Tá bom, não tá?
- Tá.


 



Vi o meu irmão passando correndo por onde a gente estava, ele é outras crianças que eu não fazia ideia de quem eram.


 



- Quem são essas crianças?
- Uma é filha de uma amiga minha da faculdade, o outro eu não sei. - ela riu.
- Hum.


 



Ele passou de novo dando voltas na mesa que a gente tava.


 



- Bê, não corre! - tentei falar mas óbvio que ele não ouviu ou não deu atenção- Bernardo!!
- Deixa ele, amor.
- Vem cá, então. Bê, vem cá. - chamei e consegui pegar ele no colo- Você vai cair assim hein!
- Dú...- ele falou com aquele riso sapeca e me olhando de baixo pra cima.
- Oi. Que foi? - já sabia que ele queria algo.
- "Quelo cocolate".
- Chocolate? - olhei pra Anahi porque eu não sabia de chocolate- Que chocolate?
- Lá. - ele apontou lá pra fora.
- Devem ser os doces que estão na mesa, amor.
- Ahm. Aqueles não podem agora amor, só depois que cortar o bolo tá?
- Vai ter "palabens"? - ele me olhou batendo a palma e achei engraçado a associação dele, acabamos rindo.
- Não, parabéns não. Mas vamos cortar o bolo e depois te dou o docinho tá? - ele me olhou meio confuso e abaixou a cabeça.
- Ele não entendeu nada. - Anahi falou nos olhando.
- Não. Rsrs.
- Vem cá comigo, Bê. - ela se levantou e ele a olhou- Vou te dar o chocolate. - ele se jogou no colo dela na hora né hahahah.
- Mas vai estragar a mesa amor, e ele vai querer toda hora.
- Não vai nada que eu vou conversar com ele né? - ela falou com ele que fez que sim com a cabeça e os dois foram lá pra fora, na direção da mesa.


 



Ela foi e uns dez minutos depois voltou.


 



- Deu pra ele?
- Aham. - ela sentou novamente na cadeira que estava antes- Dei dois e pedi pra ele levar lá sua mãe pra ela abrir pra ele. - olhei pra ele e realmente, ele dava pra minha mãe todo feliz.
- Eu acho tão fofo ver você assim com meu irmão, sabia? - ela sorriu e me deu um selinho.
- Casar com a família, lembra do que ela falou? - nós duas sorrimos.
- Verdade. Então eu escolhi direitinho, porque eu quero você pra ser a mãe dos meus filhos!
- E você vai ser o pai? - ela falou e deu uma gargalhada. Também ri.
- Palhaça! - bati nela que riu mais uma vez. Voltei a comer e aí me lembrei de algo- Amor? - ela me olhou- E a Mel?


 



Ela respirou fundo, desviou o olhar e deu um gole na bebida dela.


 



- O que tem? - ainda não me olhava.
- Ela sabe? Você tem falado com ela?
- Sim, falei e sim, ela sabe. - a olhei surpresa- Tem um tempo que não a vejo mas falo com ela de vez em quando por telefone.
- E o que ela disse quando soube? - ela olhou pro lado e riu- Fala, Anahi.
- Brigou comigo.
- Brigou?!?? - mas que abuso!!!!- Por que?? Ela não tem direito nenhum de brigar com você!
- Não, não tem. - ela me olhou- Mas mesmo assim brigou Dul. Ela disse que me ama. - me olhou nos olhos ao falar.
- É o que?!?
- Ah amor....deixa ela. Não aconteceu nada e nem vai acontecer, a gente conversou e está tudo bem.


 



Que raiva dessa garota, cara!!!!
Virei o rosto pro lado, bufando de raiva mas eu não queria brigar com ela.


 



- Ai, amor, para vai. - ela chegou o rosto perto de mim, deu beijos no pescoço- Não vamos brigar por causa dela né? Ela não fez mais nada, não fala mais disso. Ela entendeu que eu sou sua....- a olhei quando ela disse isso e ela sorriu- Eu te amo, minha linda!! Muito, muito!!


 



Eu sorri e ela me beijou.


 



- Para de bobeira meu amor.
- Tá. - fiz que sim com a cabeça e ela me roubou mais um selinho.
- Não chamei a Mel, não chamei a outra lá. Só a gente e quem gosta da gente. - eu sorri.
- Então come mais um pouquinho comigo? - ela revirou os olhos.
- Não quero Dul, já disse.
- Você comeu alguma coisa depois que chegamos? Aposto que não né! Quer ficar bêbada na sua festa de casamento??
- Não, mas....- não deixei ela terminar.
- Então come. - empurrei o pratinho pra ela, não tinha nem metade. Ela deu umas duas colheradas e parou.
- Não quero mais, quero dançar. Vem! - me puxou pela mão me levantando, acabei indo. Não tinha jeito mesmo.


 



Entramos na pista de dança e ela já dançando.


 



- Não comeu nada né? - Pri.
- Não. - vi ela balançando a cabeça. 
- Deixa ela gente....- Mai.
- É, não tem jeito. Bom, vou lá no banheiro, já venho.
- Tá. - elas respondeu e eu fui pro banheiro, Anahi nem me viu sair.


 



Cheguei lá na porta do banheiro e estava a Julia lá.


 



- Anda logo, amor! - ela tava encostada na parede com uma cara de quem estava de saco cheio.
- O que houve?
- A sua amiga que não sai desse banheirooooo. - ela gritou "banheiro" , porque a gente estava do lado de fora mas era aberto.
- Eu já tô indo, que coisa! - a Julia revirou os olhos e eu não entendendo nada rsrs.
- Bom, eu vou lá no banheiro. - avisei e estava entrando quando dou de cara com a Carol. 


 


 


- Dul?!
- Oi. - eu ri, quase batemos.
- Até que enfim hein, Carolina! - ela revirou os olhos e nem olhou pra Julia hahahah.
- Já cheguei, vamos. - ela virou pra Julia.
- Ai, peraí. Espera só um pouco, preciso de ajuda pra abrir e fechar o vestido.
- Tá bom. Pode ir indo lá, Ju.
- Ok.


 



Entramos, ela abriu o vestido pra mim. Eu estava muito apertada.


 



- Fecha aqui pra mim, Carol. - saí da cabine pra ela fechar.


 



Enquanto ela fechava eu me olhava no espelho, me ajeitando também.


 



- O vestido ficou lindo em você, mesmo! 
- Já sabia também? - perguntei a olhando pelo espelho. Ela estava atrás de mim.
- Não. O Chris quem foi com ela escolher, mas eu tinha visto por foto. Ficou lindo! - eu sorri porque também tinha adorado.
- Já tô sem batom....- eu estava me olhando no espelho, tentando me ajeitar.
- Também depois daquela beijação toda, fora os que a gente não viu hahahha.
- Nem foram todos assim....- eu ri e a olhei- Tô bem assim?
- Tá ótima, tá linda! - ela sorriu, ajeitando a mecha do meu cabelo atrás da orelha. - eu sorri.
- Brigada.
- Nada. - ela piscou pra mim.
- Não, brigada mesmo, por tudo! - a olhei nos olhos ao falar, ela também me olhava e logo sorriu.
- De nada, Dul....
- Sério, depois de tudo....- ela me cortou.
- Não vamos falar disso hoje Dul. Hoje é dia de festa. Vamos esquecer tudo isso, já foi....- ela me falou sorrindo. Concordei com a cabeça porque se eu começasse a falar sabia que ía chorar, e ela também.
- Então vamos?
- Vamos que eu já deixei a Ju muito tempo sozinha.
- Hahahahha.


 



Voltamos pra lá e todos estavam dançando, nos juntamos a eles. 


 


Anahi narrando:


 



A Dulce finalmente relaxou e parou de pegar no meu pé por causa de bebida e comida. Eu não estava bêbada, alegre sim mas também eu estava feliz, era minha festa de casamento e eu só queria aproveitar! Sabe quando você tira um peso enorme das costas porque tudo deu certo? Eu estava muito nervosa com tudo, tanto que nem tinha almoçado direito hoje, e agora que tinha acabado eu só queria beber, dançar e aproveitar!!
A Dulce tinha voltado do banheiro com a Carol e tinha se juntado a nós na pista, mas ela estava mais perto da Carol e da Mai, enquanto eu dançava com a Paty e o Chris, e eu estava achando que eu estava perdendo a linha hahahaha. Tinha muito tempo que eu não dançava assim, desde que a conheci eu me segurava mas antigamente, isso aqui era fichinha pro que eu fazia, tanto que a Paty me acompanhava, assim como o Chris.
A música que estava tocando eu não fazia ideia de qual era! A Dulce de vez em quando me olhava mas não falava nada, eu ria pra ela e voltava a dançar.


 



- Ai, tô cansando. - Paty.
- Também né! Você está grávida, não pode mais ficar dançando assim hahaha.
- E você, casada. - nós duas rimos.
- Meu pai tá me olhando com uma cara, acho que vai me matar! Hahahah.
- E o Ucker!?
- Mas ele te conheceu assim, tem essa diferença! - falei fazendo sinais com os dedos.


 



Acho que tô bêbada hahahahha.


 



- Ai, preciso beber alguma coisa. Tô morta de sede! Quero mais um champanhe!
- Também queria.....- ela falou fazendo bico.
- Mas você não pode!
- É, eu sei. Mas vamos lá, tô com sede. - ela foi meio que me empurrando e fomos saindo na direção da cozinha- Eu pego uma água e você se embebeda mais hahahaha.


 



Eu ri também e fomos lá.
Voltamos e a Paty quis ir sentar, fui com ela. Estávamos conversando, meus pais ali perto também quando percebi que a música parou e ouvi a voz do dj. 


 


 


Dulce narrando:


 



Subi no palco que tinha ali e o dj parou a música. Com isso todos se viraram pra mim.


 



- Gente, a noiva quer falar.....- ele me entregou o microfone.


 



Vi a Anahi se virar, ela não tinha me visto ali porque estava conversando com a Paty e os pais.


 



- Boa noite pessoal! - eu sorri- Eu só quero falar uma coisa, prometo ser rápida hahahah, sei que todos querem voltar pra festa mas eu só queria agradecer.....- aos poucos quem estava afastado foi chegando perto, como ela- Agradecer a todo mundo que está aqui, quem ajudou e mesmo quem de longe não ajudou mas que eu sei que esteve torcendo esse tempo todo!! Obrigada mesmo por essa festa linda, por estarem aqui nesse momento maravilhoso e único da minha vida, das nossas vidas né.....- sorri a olhando que me sorriu de volta- Queria agradecer em especial a você, mãe....- olhei pra ela que me olhava com lágrimas nos olhos- sei que tem dedo de você nisso tudo, sei também que não foi fácil.....- ela sorriu- Queria te agradecer muito mesmo por tudo que fez e faz por mim, obrigada Deus por ter me dado a melhor mãe do mundo, e eu queria que você soubesse que eu te amo muito, mas muito mesmo!!!! - eu estava com várias lágrimas no rosto, ela também, e não só ela, muita gente ali rs- Queria agradecer aos meus sogros também, porque sem eles nada disso aqui seria possível, sem eles você não estaria aqui meu amor, - a olhei- e muito menos eu- Então, eu só tenho a agradecer a vocês, e prometo ser uma nora bem boazinha....- eles riram, aliás todo mundo- Obrigada mesmo!


 



Respirei fundo pra pegar fôlego e falar novamente.


 



- Gabriel, queria te agradecer também, apesar de estar casado com a minha mãe há pouco tempo, gosto muito de você e obrigada por me aturar, sei que você deve ficar perdido naquela casa cheia de mulher, de brigas hahahaha. - olhei pra Carol e ela ria. Ele riu também- Brigada!!! - ele sorriu pra mim fazendo que sim com a cabeça.


 



Olhei pro outro lado agora, ainda com o microfone na mão.


 



- Chris e Mai....- eu os olhei e eles sorriram, abraçados aos namorados- a gente se conhece há mil anos, sei lá, lembro da gente criança, fazendo besteira, eu subindo naquela escada pra falar com a Mai fugida da minha mãe hahahha. - todo mundo riu.
- Tá vendo como a gente descobre as coisas hahahah. - minha mãe falou aumentando o riso de todos.
- Enfim, e acho que se tem alguém que conhece a Anahi tão bem quanto eu, são esses dois, de tanto ouvir eu falar hahahha. Obrigada por me aturarem esse tempo todo, eu amo muito vocês e obrigada por estarem aqui hoje!! Eu sei que vocês tem muito a ver com isso também.....- sorri os olhando e a Mai apontou pro Chris que sorriu. Eu sabia que ele tinha ajudado e muito ela rsrs.....- Ucker....- o olhei e ele sorriu, estava em pé, ao lado da cadeira da Paty, porque a barriga dela estava enorme já- você sempre foi como um irmão pra mim, você sabe né, um irmão mais velho sempre cuidando de mim, se bem que de vez em quando merecia uns esporros hahahaha. - todos riram e a mãe dele que estava atrás, riu e fez que sim com a cabeça, concordando comigo- Mas deu certo tia, tá aí oh, praticamente casado e com uma filha que logo, logo vai chegar pra gente babar hahaha. - ele fez que sim com a cabeça sorrindo- E sei que muito disso é graças a você, Paty.....- ela sorriu- Brigada e brigada também por ter ajudado a por um pouco de juízo na cabeçinha dessa aqui....- apontei pra Anahi q riu abaixando a cabeça, em seguida elas se olharam e riram.
- Não foi fácil....- a Paty falou rindo.
- Eu imagino. - a Anahi só ria- Mas mesmo assim brigada e cuida desse maluco e dessa princesa que está vindo aí! - ela sorriu e piscou pra mim- Pri e Rafa.....vocês já são da família mas eu queria dizer que gosto muito de vocês, Rafa, você teve participação direta nessa história né hahahah. Enfim, já amo vocês só por amarem meus amigos, cuidem bem deles hein!!! - os dois riram e fizeram sinal de "ok" com as mãos.


 


Dps eu olhei pra frente. Estava a Julia abraçada a Carol, que estava na frente dela e do lado a Anahi.
Dei uma pausa....respirei fundo e falei.


 



- Julia....- as três me olharam surpresas, com certeza a Julia não devia estar esperando.


 



Talvez fosse fruto do álcool já na minha cabeça mas eu sentia que tinha que falar mesmo sem saber, ao certo, o que dizer. Fiquei olhando pra ela um tempo, assim como ela.


 


- Eu não sei direito o que te dizer mas.....é estranho, eu te odiava- eu sorri, balançando a cabeça- mas a Carol é insistente....- nós rimos- e sei lá, acho que com o tempo sem eu nem perceber, eu já não te odiava mais, eu não te odeio mais. - falei a olhando nos olhos e ela fez que sim com a cabeça, todo mundo sorria- E sei lá, foi um erro e minha mãe me ensinou a perdoar, então....- eu disse dando de ombros, afastando o microfone da boca pra em seguida voltar a falar- Quem sabe no futuro a gente possa.....- parei de falar porque eu já tinha falado né, e até demais.


 



Todo mundo aplaudiu, assobiou, gritaram hahahah. A Julia me olhou e fez que sim com a cabeça, a Carol a beijou, sabia que ela estava muito feliz com isso, fiz por ela também.


 



- Mas se você fizer ela sofrer de novo, eu juro que te mato!!


 



Elas me olharam e todo mundo riu, inclusive elas.


 



- Carol....- quando eu falei todo mundo silenciou, ela me olhou. Suspirei a olhando.


 



O que falar pra ela?


 



- Eu....- olhava pra ela mas nada saía, senti minha voz embargar, ela também me olhava emocionada porque pra ela não falar nada, era porque estava. Tirei o microfone da boca, olhei pro lado e quando voltei a olhá-la, falei- eu não sei o que te falar mais..... Eu....- respirei fundo- desculpa por tudo e muito obrigada!!!! - todo mundo aplaudiu achando que tinha acabado mas não- Sabe....- respirei fundo- uma vez você me disse que eu era a irmã que você sempre quis e nunca teve.....naquele dia a gente estava brigada e eu não pude te responder, mas você pode ter certeza que você é a irmã que eu quero!!! E eu tenho muita sorte porque eu tenho os dois melhores irmãos do mundo!!!! Eu amo você! - respirei fundo- E eu vou parar, antes que eu não consiga mais hahahaha. - todo mundo riu. Ela fez um coração na mão me olhando, sorri- Queria agradecer também a uma pessoa que não está aqui mas que....- parei de falar porque eu não agüentei, abaixei a cabeça- desculpa..... Eu...- respirei fundo- aonde quer que você esteja pai, só queria dizer que eu te amo muito! Você foi o melhor pai do mundo! - olhei pra minha mãe e ela também chorava.  


 


Respirei fundo balançando a cabeça, tentando afastar aquilo tudo. 
E agora viria a parte mais difícil e mais fácil.


 



- Vamos falar de coisa boa então. Falar de você, meu amor, o que falar pra você, que fez tudo isso? Que é a pessoa mais linda, perfeita do mundo pra mim?? Te agradecer parece pouco, dizer que te amo também parece pouco, acho que eu só tenho que agradecer a Deus por ter colocado você no meu caminho, na minha vida..... Você é tudo, Anahi, simplesmente, tudo! - eu parei porque estava com a voz embargada, ela também tinha lágrimas nos olhos.
- Eu te amo....- ela sussurrou só pra mim. Sorri e respirei fundo em seguida.
- Bom, vou parar porque já não tenho mais condições....- sorri- Obrigada a todos, amo vocês!!! E que o conto de fadas comece....- olhei pra ela e pra Carol ao dizer, as duas sorriam- Vamos voltar a festa!!!!!


 



Todo mundo gritou e aplaudiu enquanto o dj me ajudava a descer do palco.
A primeira a vir na minha direção foi a Anahi.


 



- Você não toma jeito né?
- Por que? - ela estava com as mãos no meu rosto.
- Já me fez chorar mais aqui do que na minha vida inteira hahhaha. Só você mesmo....- eu sorri e ela me beijou. Quando abri os olhos minha mãe me chamava, fomos lá nela. 


 


* Priscila e Mai estavam do outro lado ainda comentando sobre o que Dulce tinha falado.


 



- Já pensou quando for a gente? - Pri perguntou abraçada a ela. 
- Você vai casar comigo? - Mai a olhou ao perguntar.
- O que você acha? - Priscila sorriu aproximando seus rostos. Mai sorriu também passando os braços pelo pescoço da namorada, elas se beijaram e ao se separar Priscila percebeu ela suspirando- O que foi amor?
- Nada....- ela desviou o olhar.
- Ficou com uma carinha triste de repente.....- Priscila tocou no rosto dela, fazendo carinho- O que houve? - Mai a olhou e suspirou.
- Sei lá, eu só....- deu de ombros.
- Sua mãe né?


 



* A morena deu um sorriso triste, olhando pra baixo de relance pra depois desviar o olhar pro lado.


 



- Eu sei que você não gosta de falar disso e tem até razão mas eu....
- Mas ela é sua mãe. - Priscila completou a frase dela.
- É....- ela olhou pra baixo.
- Fica assim não, amor.....- ela se aproximou da morena, fazendo carinho no braço dela, depois a abraçando- Uma hora ela vai ver o que tá fazendo, você vai ver.....
- Você acha? - Mai a olhou.
- Tenho certeza, meu amor. - Priscila deu mais um beijo nela- Agora tira essa carinha que hoje é dia de festa tá?
- Tá certo. - Mai sorriu- Vamos lá falar com a Dul?
- Vamos.


 



* Elas foram até Dulce que estava falando com a mãe, Gabriel e os sogros. Ficaram conversando e logo depois Carol e Julia apareceram.


 



- Da pra você parar de me fazer chorar hoje?!? - Carol falou e logo riu.
- Tenho culpa de você ser fresca.
- Fresca é você, sua palhaça! - as duas riram e se abraçaram- Também te amo! - as duas se separaram sorrindo.


 



* Ficou aquele clima meio silencioso assim que elas se separaram, todas meio na duvida do que fazer. 
Julia estava ao lado, meio na frente de Carol enquanto Anahi estava entre ela e Dulce, de lado.


 



- Eu nem falei com vocês depois do casamento né....parabéns....- Julia falou olhando pras duas mas mais pra Dulce.
- Brigada.
- E....quanto ao que você falou, acho que podemos tentar né? - Julia falou a estendendo a mão.


 



* Anahi e Carol só olhavam, não ousavam falar nada.
Dulce a olhou por um tempo antes de falar qualquer coisa.


 



- Claro. - deu um leve sorriso- Por que não? - estendeu a mão pra ela e as duas apertaram. Anahi olhou pra ela, mas quem falou foi Carol.
- Por que vocês não dão um abraço logo? Sei que estão doidas pra dar e ficam aí de "mimimi". - Anahi a olhou sorrindo.


 



* Dulce e Julia se olharam e também sorriram, ainda estavam com as mãos uma na outra, quem puxou Julia pela mão foi Dulce. As duas se abraçaram.


 



- Desculpa....- Julia pediu e Dulce fez que sim com a cabeça, falavam baixo por isso as outras não ouviram.


 



* Em seguida se separaram e Anahi e Carol as olharam sorrindo.


 



- Eu sei que esse devia ser o dia mais feliz da vida de vocês, mas eu tenho que dizer que é o dia mais feliz da minha vida!! - Carol falou abraçando Julia por trás. Todas sorriram.
- O mais feliz! - Anahi completou dando um beijo na namorada e a abraçando em seguida.


 



* Ficaram lá conversando por um tempo a mais, até que Dulce percebeu q seu irmão dormia no colo de Gabriel.


 



- Mãe, não quer botar ele lá dentro?
- Não. Tenho medo dele acordar e não ver ninguém.
- Eu seguro ele Dul, pode deixar.....
- Ele tá pesado né?
- Sem problemas....- Gabriel sorriu ao dizer.


 



* Nisso Bernardo meio que acordou, começou a se remexer no colo de Gabriel que tentava fazer com que ele dormisse de novo. 
Ao mesmo tempo, uma das amigas dela da faculdade chegou ali perto com várias outras.


 



- Vem, vamos tirar foto! 
- Peraí, já vou. - ela falou porque estava vendo que seu irmão estava acordando.
- Vem Carol e Julia! - uma outra puxou elas.
- Vamos. Então com a noiva né? Vem Anahi. - Carol a puxou.
- Vem amor! - Anahi a chamou.
- Já vou, peraí. - ela voltou a falar porque seu irmão começou a querer chorar.


 



* As três foram tirar foto.


 



- Bê, o que foi? - ela se agachou ao lado de Gabriel pra falar com ele.


 



* Ele começou a chorar inclinando o corpo pra trás, chorando porque estava com sono.


 



- Bê, vem cá, vem com a mamãe. - ela tentou pegar ele no colo mas ele não quis.
- O que foi, amor? - Dulce falava com ele- Não quer dormir mais? - ele fez que não com a cabeça- Quer vir aqui comigo?
- Filha, deixa que eu fico com ele. É sua festa.
- Não tem problema. - ela se levantou esticando os braços pra ele que veio pro colo dela. Logo deitou a cabeça no ombro dela- Ele vai dormir rápido, mãe....


 



* Fátima sorriu e ela saiu dali, indo lá pra fora. As meninas ainda tiravam fotos quando ela passou, Anahi nem percebeu ela saindo, assim como Carol.
Ela foi lá pra fora, pro jardim com ele. Ficou fazendo carinho nos cabelos dele, como ele já estava com sono e já era de madrugada, não demorou muito pra ele dormir, mas ela ficou ali pra ver se ele não acordaria de novo.
Um tempo depois ela viu Julia se aproximando. 


 


- Dormiu? - ela perguntou quase num sussurro.
- Acho que sim. - Dulce respondeu da mesma forma pra ele não acordar, sem deixar de mexer no cabelo dele. Julia se aproximou um pouco pra ver e ele realmente dormia.
- Parece que sim.....
- Quer que eu fique com ele?
- Não precisa.
- Vai curtir sua festa, Dulce. Eu fico com ele, não tem problema. - Dulce ainda a olhava quando Julia completou- Eu não vou fazer nada com ele, pode confiar....
- Eu sei. - Julia ficou a olhando, com um leve sorriso- Ok então. - ela entregou o irmão devagar pra Julia pra ele não acordar- Brigada. - Dulce sorriu pra ela que piscou de volta.


 



* Entrou e foi primeiro falar com a mãe, avisar que o havia deixado com Julia lá fora, mas que ele dormia.
Depois foi em direção a Anahi que a abraçou assim que a viu.


 



- Onde você estava, amor? Fiquei com saudade....- Dulce sorriu e deu um selinho nela.
- Lá fora, com meu irmão. Ele dormiu.
- E cadê ele?
- Ficou com a Julia. - Anahi a olhou sem entender- Ela disse que ficava com ele pra eu poder vir pra festa. - Anahi ficou a olhando com um sorriso no rosto- Que foi?
- Você e a Julia, viraram amiguinhas agora é? - Dulce a olhou irritada e Anahi caiu na gargalhada.
- Você é chata sabia?! Quando eu brigava com ela você reclamava, agora que tô tentando conviver bem também fica rindo!
- Não tô rindo de você, amor. - Anahi não conseguia parar de rir- Eu acho legal, tenho muito orgulho de você, por estar fazendo isso.
- Então por que está rindo da minha cara?!
- Hahahhahahaha. Mas é bravinha, meu Deus. - Anahi a puxou mais pelos braços, a abraçando mais- Minha marrentinha! - Anahi a beijou- Vem, vamos dançar! Quero dançar com você! - ela saiu puxando Dulce pra pista de dança.


 



* Um tempo depois, Carol sentiu falta de Julia ali dentro e foi atrás dela que ainda estava com Bernardo no colo.


 



- Amor? - ela estranhou ver os dois lá fora porque nem estava sabendo de nada. Julia sorriu pra ela mas não falou nada- O que você está fazendo aqui? Ele acordou? - Carol chegou mais perto.
- Tinha acordado. Ele estava aqui com a Dulce mas eu falei que ficava com ele pra ela aproveitar a festa. - Carol também a olhou estranhando.
- Você ajudando a Dulce agora? Hahahah. Tô ficando maluca agora....
- Fala baixo que vai acordar a criança! - Carol riu a olhando- E para de palhaçada, Carol.
- Hahahaha. Tá, desculpa....- chegou mais perto olhando pra ele, pra ver se ele dormia mesmo- Ele já dormiu, amor. Não quer levar ele lá pra dentro? Ele tá pesado né.
- Não tem problema não, mas não sei se a Fátima quer que leve ele pra lá, tá muito barulho lá dentro.
- É. Quer que eu veja com ela?
- Pode ser.
- Vou lá. - Carol respondeu enquanto fazia carinho no cabelo dele- Ele tá suando.....
- Tá....- Julia olhou pra ele enquanto falava- Amor? - olhou pra Carol que ainda olhava pra ele, depois a olhou- Quando vamos ter o nosso?
- O nosso o que? - Carol a olhou surpresa.
- Filho. - Julia a respondeu a olhando nos olhos, Carol a olhou surpresa. Deu um leve sorriso, ainda meio assustada.
- Filho?


 



* Com a outra mão, a que ela não segurava Bernardo, puxou Carol pela cintura mas devagar, pra não acordar ele.


 



- Sim, filho. - ela aproximou os rostos- Eu quero tudo isso com você. - Carol sorriu, as duas estavam com os lábios quase colados.
- Eu te amo.


 



* Julia a segurou pela cintura mais forte e as duas se beijaram, mas um beijo leve, até porque Bernardo ainda estava no colo dela.


 



- Vou lá falar com a Fátima. - Carol avisou se separando um pouco dela, com um sorriso no rosto.
- Tá. - Julia respondeu sorrindo, também.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): srtac

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

ÚLTIMO CAPÍTULO - PARTE II       Anahi narrando:   Acho que foi a primeira vez naquela noite que o garçom passou e eu não quis beber hahaha, não que eu estivesse mal mas acho que tinha que dar uma parada.Eu continuava na pista com a Dul, mas acho que cansei. Abracei ela e parei de dançar.   - Qu ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 166



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:45:58

    Boa noite pessoal! Como havia prometido comecei a postar minha nova história no site "Lesword". Não é a continuação dessa porém é AYD, estou deixando o link aqui pra vcs como prometido... Espero que curtam! Bjsss

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:45

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • tammyuckermann Postado em 26/02/2021 - 22:30:44

      Vc posta fic no spirit ou Wattpad?

    • belvondy Postado em 19/08/2017 - 22:53:52

      Posta a segunda temporada vai

    • annie_ayd Postado em 24/07/2017 - 23:46:56

      O link: http://www.lesword.com/capitulo-1-outubro-2010/ O nome da história é: A verdadeira história de Anahi e Dulce....(?)

  • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:33:06

    Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos 😞 Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • belvondy Postado em 17/07/2017 - 15:11:28

      Nossa que legal!Lembro quando você escrevia pro Orkut,eu era uma das meninas que ficavam Vai posta mais....Por favor!acompanhei tudo da primeira temporada e estou muito empolgada esperando a segunda.Posta logo!Não quero que elas percam esse jeito ciumento delas kkkkk bjs!Até mais!

  • juhfer Postado em 19/04/2017 - 22:42:52

    já li umas 3 vezes essa história.... amaria uma segunda temporada, pfvr autora prossiga <3

  • annie_ayd Postado em 18/03/2017 - 12:27:43

    Boa tarde pessoal! Sou a autora dessa web, tô com a web que falei (a&d) praticamente com a primeira temporada completa e tô com a ideia de talvez uma segunda temporada pra essa.... Alguém interessado? Bjs

    • annie_ayd Postado em 22/06/2017 - 21:32:33

      Oi gente! Tudo bem?? Tô com a primeira temporada da web ayd pronta, e já até escrevendo a 2ª temporada porém preciso de tempo para a dividir em capítulos &#128542; Mas eu aviso quando tiver feita, espero que logo!!! Beijos

    • samarab1002 Postado em 09/05/2017 - 09:29:19

      Pelo amor de Deus, posta qq coisa q eu leio!!! Adoro a forma q vc escreve, vou adorar qq coisa q queira postar, basta dizer onde vai publicar!!!

    • jeeoliveira Postado em 22/03/2017 - 08:43:00

      uma segunda temporada para essa seria incrível e uma nova historia tbm... Li a historia inteira em 2 dias e amei, o amor que os casais tem é algo magico

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 22:01:10

    eu vi o comentário dela de mais de ano atrás, ela perguntou se gostaríamos de ler outra história, mas não deixou o link :( eu leria até mesmo se fosse com outros personagens, nem precisava ser ayd sabe... se ela não quisesse postar aqui ok, em qualquer site eu acompanharia, inclusive daria como sujestão o site ''lettera'', mas infelizmente ela sumiu... :(

  • juhhdm Postado em 30/08/2016 - 21:56:46

    fic maravilhosa!!!! amei demais! gostei até da parte da mai com a priscila. a história delas foi bem escrita e envolvente! as partes de ayd nem preciso falar mt, amava principalmente as partes de ciumes (principalmente quando era a anahi com ciumes hahaha). Minha única crítica: queria uma continuação, queria ver a continuação da lua de mel delas e a vida de casadas, parece ter ficado inacaba, apesar da grande quantidade de cap's, mas..... :( PS: essa autora merece infinitamente ser enaltecida, e uma pena que ninguém aqui tenha algum contato com ela, pq eu queria mt ler uma próxima fic dela.... ela escreve tão bem, eu fiz essa conta só pra comentar essa fic poxa :/

  • dashneerblai Postado em 21/03/2016 - 22:12:44

    Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89 Onde vai chegar? (Portiñon) #wattpad http://w.tt/25h5d89

  • giovannamaria Postado em 13/03/2016 - 22:39:42

    Sim, vou reler essa web

  • tammyuckermann Postado em 11/11/2015 - 18:18:07

    Passa o link Annie tbm quero ler...

  • victorianegreiros Postado em 22/10/2015 - 15:17:35

    Onde acho sua outra fanfic, Annie? Manda link, por favor. :D



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...