Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Reino dos Contos Hots *AyA*Ponny* | Tema: Ponny,AyA


Capítulo: Alfonso, O Meu Irmão

2123 visualizações Denunciar


Sou Anahí, tenho corpo e cabelo sensacionais , segundo o meu irmão Alfonso. Apesar de não me achar grande coisa, acho que causo impacto nos elementos do sexo oposto, altura em que me tornei "Um Mulherão" como o meu primeiro namorado me chamava.


Devia ter dezessete anos quando transei com o meu irmão. Sempre me dei muito bem com ele, somos muito próximos, e éramos muito amigos.


Meus pais tinham ido viajar e, eu e meu irmão, tínhamos ficado por nossa conta.


Era sábado à noite o meu irmão estava na sala a ver televisão e eu e meu namorado da altura estávamos deitados no sofá da sala no amasso, beijando e tal e quando o clima aqueceu eu sai, porque a gente estava namorando há muito pouco tempo e eu não tinha a certeza se queria avançar com ele.


Ele foi embora e eu fui tomar um banho, me perfumei toda e tava pronta pra ir pra balada mais aí começou a chover e eu acabei indo pra sala de novo, com um vestidinho bem justo e bem pequeno sem calcinha.


Deitei no sofá, ai meu irmão começou a me olhar e veio deitar no sofá junto comigo. Ele foi ficando encoxadinho em mim e fechou os olhos eu tentei relaxar mais estava ficando molhadinha apesar de virgem.


Dentro da bermuda o pau de meu irmão foi ficando de pé e bem duro. Então Alfonso, que eu julgava dormindo começou a passar a mão em meu corpo até descer a minha bucetinha por cima do vestido que tava louca de tesão.


Beijei ele de forma bem molhada e ele levantou. Pensei que ele tivesse se sentindo culpado ou arrependido mas ele se sentou e me sentou no colo de frente pra ele.


Eu sentei e ele sorriu maliciosamente quando reparou que eu tava sem calcinha. Alfonso e eu nos beijamos de novo e eu tirei a camiseta dele enquanto ele ia abrindo o fecho do meu vestido que ficava nas minhas costas bem devagar, eu tava arrepiada e ele perguntou se eu queria parar.


Eu falei pra ele que tava arrepiada porque era minha primeira vez, e ele sorriu de novo de um jeito bem carinhoso. Nos beijamos mais e ele levantou me levando nos braços e apagando todas as luzes enquanto me beijava.


Ficamos as escuras completamente e quando dei por isso estávamos pelados no sofá da sala, ele subiu pra cima de mim e me apontou seu pau do jeito de quem quer um boquete.


Eu nunca tinha feito e comecei por dar pequenas lambidas na cabeça do seu pau, a chupar tudo em lentos movimentos de vai e vem que foram aumentando de ritmo, e pela cara de prazer dele eu percebi que estava fazendo tudo certinho.


Meu irmão me avisou que ia gozar ai ele tirou o pau da minha boca e despejou tudo bem em cima da minha buceta, depois de jorrar porra em cima de mim e no sofá ele começou a massagear meu clitóris e a lamber minha buceta que estava bem depiladinha.


Meu tesão e o dele era tão grande que eu gemia alto e gritava de prazer ao mesmo tempo que ele, não demorou até gozar na boca dele enquanto gemia murmurei pra ele.


- Vai, come tua irmã, me penetra logo, não aguento mais de tanto tesão.


Ele me pegou, encostou na parede de pé, eu enrolei minhas pernas à volta da cintura dele e bem colada nele e apertada nele, enquanto ele chupava meus peitos que nem um louco, o pau dele ia entrando, me doendo muito.


- Essa dor já vai passar, mana! Eu não deixo meu pau entrar mais, se quiser parar me fala ta bom?


Eu acenei com a cabeça enquanto ele me beijava o rosto, a boca o pescoço, enquanto sentia a prova da minha virgindade escorrer, ele me deixou escorregar de novo e o pau dele entrou todo em mim, a dor inicial foi se transformando em prazer.


A gente continuou a nossa transa, fomos nessa posição até o quarto dele e ele me deitou na cama, continuando a me beijar e fazendo movimentos vai e vem bem lentos enquanto eu, quase desfalecendo nos braços dele, pedia para ele aumentar o ritmo.


Então ele parou, empurrou o pau dele todo pra dentro, senti o saco dele encostado em mim, e senti o pau dele pulsando de tesão, ele avisou que ia gozar.


Eu respondi:


- Enche a buceta de tua irmã de porra, vai mano.


Ele gozou dentro de mim e depois a gente acabou se beijando, tomamos um banho juntos sempre se beijando feito casalsinho de namorados e dormimos juntos nessa noite, bem coladinhos e peladinhos.


A semana inteira a gente ficou se comendo e depois de meus pais voltarem de viagem a coisa tomou um rumo diferente.


Comecei a andar em casa com shortinho bem curtinho e quase transparente sem calcinha e com blusas quase transparentes sem sutiã na frente dos meus pais, a sentar no colo do meu irmão que deixou de usar cueca e a gente se provocava assim na frente do papai e da mamãe.


Eu tava perto de fazer dezoito anos nessa altura. Tinham passado uns dois meses e eu tinha terminado com o meu namorado.


A uma semana de fazer dezoito anos eu fui num barzinho bem legal com Alfonso e a gente ficou conversando sobre o que tava acontecendo entre a gente.


Ele me falou:


- Olha eu sei que é muito triste isso, o que a gente tem porque somos irmãos, mas eu não vou ficar só naquela de "ficar com você de vez em quando", eu tô apaixonado por você Anahí!


- Eu também não, eu te amo, mas a gente não pode fazer nada, eu tô fazendo dezoito anos, e não quero provocar um escândalo na nossa família, por isso eu mudo de casa e a gente nunca mais se vê ou se fala.


Chegando em casa eu fui falar com meus pais e disse que queria ir estudar no exterior, queria ir para Alemanha fazer faculdade e quem sabe ir viver depois nos Estado Unidos, assim que fizesse dezoito anos.


Meu pai deixou escapar uma lágrima do olho e disse que sabia que eu e Alfonso estávamos juntos e que sabia que eu dormia sempre na cama dele.


Depois levantou a cabeça e me enfrentou, mandou eu chamar ele também na sala, e quando ele veio ele me fez a revelação que mais que fez odiá-lo até hoje.


Ele disse que Alfonso tinha sido adotado, que a gente não eramos irmãos de sangue e que nunca tinha falado para a gente a verdade com medo que rolasse algum clima.


Eu e Alfonso não aguentamos e nos beijamos na frente de meu pai. A gente acabou mesmo fugindo da cidade, tratamos dos papeis e nos casamos meses mais tarde no rio de Janeiro.


Depois a gente veio morar para Los Angeles. Estamos casados há sete anos e fruto do nosso incesto, que não era incesto, temos dois lindos gemêos.


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Mila Puente Herrera ®

Este autor(a) escreve mais 101 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Me chamo Anahí, e jamais esqueço os fodas com meu primo, Alfonso. Eu sempre fui fogosa, mas tinha uma certa timidez, tinha vergonha de acariciar e chupar, e não me soltava muito no que se trata de gemidos e safadezas sussuradas. Sempre fiz o tipo gostosa, seios fartos, bunda grande, lábios carnudos, pernas grossas, por onde passo arranco olhares ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 83



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • sophibersh Postado em 30/08/2019 - 22:54:01

    oii gente, tudo bem?? quem tiver interesse e quiser conhecer minha fanfic eu garanto que não vai se arrepender! O MELHOR AMIGO DO MEU IRMÃO- VONDY. Poncho, na verdade, não é meu irmão. Minha mãe casou com o pai dele quando a gente tinha uns onze anos, e, desde então vivemos na mesma casa. Isso não é um problema, muito pelo contrário. A gente é bem amigo e se dá super bem. Temos gostos parecidos e a mesma roda de amigos. Ou quase a mesma... Christopher, (que vive me enchendo o saco), é o melhor amigo de Poncho, e vive em casa. Ou melhor vivia. Agora ele tá voltando de um intercâmbio, ficou quase um ano na Austrália. O filho da puta deve tá mais gato do que saiu... E mais chato também, com certeza. https://fanfics.com.br/fanfic/59231/o-melhor-amigo-do-meu-irmao-vondy-rbd-vondy

  • clara_herrera Postado em 14/11/2015 - 12:42:15

    Ui , que hot ! Devo concorda com a Mikaella : Hot com irmão é mais , digamos ... não sei com descrever ! ^_^=/ Gostei do primeiro foi bem legal , e toda ás vezes que eles são parentes são os melhores .

  • Mikaella Borges Postado em 13/11/2015 - 23:47:19

    Eu? Ñ sou perva ñ, eu só disse (EEREEHHHH IRMÃOS) isso significa q eu acho fofo o fogo.. ops o amor deles Amei essa cena de IRMÃOS. foi tão romântica, pra ñ dizer outra coisa kkkkkkk

  • Mikaella Borges Postado em 11/11/2015 - 17:35:19

    EEEEEHHHHH IRMÃOS

  • clara_herrera Postado em 11/11/2015 - 13:50:25

    Nossa que lindo , além do hot , a história super perfeita , ainda bem que eles não eram irmão de sangue , já que iam se separar ! Mesmo assim fugiram de casa , e tiveram gêmeos já até imagino um de olhos verde e o outro azul . Eu simplesmente amei a história . ! Posta mais , linda !

  • Mikaella Borges Postado em 07/11/2015 - 00:22:00

    JA DISSE Q AMO AS DOS IRMÃOS ? AIII EU QUERIA TER UM IRMÃO FEITO ALFONSO HERRERA , NOSSSA EU SERIA TÃO FELIZ

  • clara_herrera Postado em 05/11/2015 - 18:14:08

    Nossa , quanto fogo . Posta mais, linda . Eu tó gostando muito,muito mesmo , desse contos que você posta ! Sempre com um-gostinho-de-quero-mais . !

  • biia_portilla_herrera Postado em 05/11/2015 - 17:53:21

    Mila vc já postou os 2 últimos contos...posta mais hj

  • Lisa_Cross Postado em 04/11/2015 - 18:23:04

    EU SENTI UMA DOR QUANDO EU VI QUE NÃO TINHA ''PRÓXIMO CAPÍTULO" ME DOEU O CORAÇÃO! AGORA POSTA! POSTA QUE EU PRECISO LER :(

  • marcellarbd Postado em 04/11/2015 - 18:11:36

    Aêêêêê!!!Apareceu a margarida ops a mila vc voltou e voltou com tudo hein sei como é ficar sem tempo mas relaxa é só não abandonar viu kkk



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...