Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Volvere Junto a Ti | Tema: Portiñon


Capítulo: Capitulo 170

1017 visualizações Denunciar


Anahi: Amor ..


Finalizou o beijo com um selinho.


Anahi: Poncho ta vindo pra cá, bom que vocês veem.


Dulce: To com saudade dele, de todo mundo. Mas bem que a gente podia fazer uma coisa.


Anahi: O que?


Dulce: Eu to louca de saudade de todos, mas não diz pra ninguém que to aqui ainda, deixa pra amanhã, porque hoje eu queria ficar só com você. Que tal?


Começou a dar beijinhos pelo rosto de Anahi.


Anahi: Claro meu amor, ai a gente faz algo especial.


Dulce: Isso! 


Anahi: Só vou ter que ir no haras, to cheia de coisas pra fazer lá e infelizmente não tem como eu não ir.


Dulce: Não se preocupe amor, vai lá resolver suas coisas, eu espero.


Anahi: Enquanto isso vai no hotel, pega suas coisas e trás pra cá.


Dulce: Vou sim. Vou morrer de saudade.


Anahi: Eu também, muita!


Elas se beijaram, depois ficaram conversando, almoçaram e namoraram mais um pouco, até que infelizmente deu a hora de Anahi ir pro haras. Se despediram a muito custo e Anahi foi, em seguida Dulce foi para o hotel pegar suas coisas.


18:30 Anahi chegou no apartamento, ao fechar a porta Dulce apareceu na sala chegando da cozinha.


Dulce: Oi meu amor.


Dulce sorriu indo até ela já para abraçá-la.


Anahi: Oi amor, vem cá.


Anahi deixou a bolsa no sofá e abriu os braços. Dulce se aproximou colocando as mãos na cintura dela, e ela pondo as suas no seu ombro. Deram um selinho longo e se abraçaram apertado.


Dulce: Que saudade que já tava.


Anahi: Tava contando as horas pra voltar pra casa.


Elas se olharam e deram um beijo, logo buscaram suas línguas. Depois finalizaram o beijo com mais dois selinhos longos.


Anahi: Que cheirinho bom é esse vindo da cozinha?


Elas se sentaram no sofá, uma do lado da outra e Anahi com as pernas sobre as de Dulce, enquanto conversavam brincavam com seus dedos entrelaçados.


Dulce: To fazendo algo especial pra você.


Anahi: Sério? Quer dizer que aprendeu a cozinhar?


Dulce: Aprendi, e olha, até que não me tornei uma má cozinheira.


Anahi: E o que você ta cozinhando?


Dulce: Surpresa.


Anahi: Bom, pelo cheiro vejo que vai ficar delicioso.


Anahi deu um beijo na bochecha dela, depois desceu pro pescoço, dando beijinhos carinhosos.


Anahi: Pegou suas coisas?


Dulce: Peguei. (Dulce sorria, sentindo os beijinhos dela) E o trabalho?


Anahi: Tranquilo. Só pensava em vir pra casa te ver.


Dulce: Vem cá vem.


Dulce se levantou puxando ela pela mão, em seguida a abraçou por trás e foram caminhando assim para o quarto.


Anahi: Já vai me levar pra cama amor?


Dulce: Só pensa em safadeza né?


Elas riram. Logo chegaram no quarto. Dulce começou a abrir os botões da blusa dela.


Dulce: Como você acabou de chegar do trabalho merece um bom banho pra relaxar.


Anahi: Vai tirar minha roupa pra mim? Assim fico mal acostumada viu?


Dulce sorriu dando um selinho nela em seguida.


Dulce: Não tem problema ..


Ela tirou a blusa dela por completo a jogando na cama, depois a sentou na cama e tirou as botas dela e as meias, em seguida puxou ela pela mão a fazendo ficar em pé novamente e abriu a calça dela, depois foi abaixando e por fim a tirou, permaneceu abaixada e levou as mãos a lateral das pernas dela acariciando e começou a dar beijinhos suaves nas coxas dela, depois foi subindo os lábios pra perto da virilha fazendo Anahi ofegar.


Se ajoelhou e deslizou as mãos pro quadril dela, agora dando beijos na intimidade dela pela calcinha, Anahi olhava o que ela fazia mordendo o lábio, Dulce subiu os lábios dando beijos pela barriga dela, as vezes passava a língua, brincou com o umbigo dela e subiu com os beijos, ficou em pé e agora seus lábios estavam entre os seios dela, Anahi ofegou mais e seu desejo era crescente. Dulce deslizou as mãos pelas costas dela até o feixe do sutiã e enquanto o abria já estava com os lábios no pescoço dela, dando chupadas com desejo, porém devagar. 


Anahi se arrepiava por inteira e as vezes dava uns gemidos baixinhos. Dulce abriu o sutiã e o tirou o jogando pelo chão. Deitou Anahi na cama e continuou os beijos pelo pescoço dela, deu algumas mordidinhas e Anahi acariciava as costas dela com uma mão e bagunçava os cabelos de sua amada com a outra, com os olhos fechados sentindo as caricias dela, já bem molhada. Dulce chegou aos seios, acariciava um com uma mão, e com os lábios e língua acariciava o outro, o chu..pou e depois passou a pontinha da língua devagar, dando lambidas lentas, Anahi gemeu ficando mais molhada ainda.


Dulce fez movimento circular com a língua e depois tremeu ela ali, Anahi estava indo a loucura com essa calma dela. Dulce repetiu os mesmo no outro seio, e depois desceu os lábios pela barriga dela até chegar na calcinha, arranhou a barriga dela de leve com as unhas, não deixando Anahi parar de se arrepiar. Em seguida foi abaixando a calcinha dela, e beijando onde ia fixando exposto, quando a calcinha estava nas coxas de Anahi ela passou a pontinha da língua de leve pela intimidade dela, Anahi gemeu tentou afastar as pernas querendo mais, só que como a calcinha estava em suas coxas, a impedia, o que a enlouqueceu mais.
Levou as mãos tentando abaixá-la, mas Dulce a impediu e mais uma vez passou a língua pela intimidade dela, levou a língua quente ao clitóris dela o massageando. Anahi ia a loucura sentindo frio na barriga e seu tesão indo nas alturas, estava desinquieta com as pernas, pois não conseguia afastá-las mais, e queria sentir mais a língua e boca de Dulce, queria sentir com vontade e aquela tortura estava a enlouquecendo. Dulce a torturou assim por um tempinho e sorria vendo o desespero dela. Anahi gemia e pedia manhosa pra ela parar de torturar. Dulce então tirou a calcinha dela por completo e deu beijos no lado interno das coxas dela. Quando chegou perto da intimidade dela, foi dando lambidas com a língua e quanto mais aproximava, mais Anahi gemia e sentia o coração disparar no peito.


Dulce levou as mãos aos seios dela, os massageando e finalmente chegou a intimidade dela. Passou a língua da entradinha dela até o clitóris. Depois ficou só no clitóris o massageando com a língua, depois deu lambidinhas lentas nele e Anahi gemia mais, suas mãos estavam sobre as de Dulce apertando seus seios  e seu corpo desinquieto. Dulce chu..pou o clitóris dela, depois desceu pra entradinha dela, penetrando a língua fazendo vai e vem, penetrava a língua o mais fundo que conseguia, sem parar de movê-la, depois deu um beijo de língua e Anahi gemia constantemente, Dulce amava ouvir aquilo, amava deixar sua amada assim, enlouquecida, gemendo sem parar, aquele gemidos manhosos e alguns meio roucos.


Dulce depois voltou ao clitóris dela o chu..pando e alternou em vários movimentos, depois penetrou um dedo na intimidade de Anahi e fez vai e vem sem parar de mover sua língua no clitóris dela, Anahi hora dessas gemia alto e agora suas mãos apertavam os lençóis, estava prestes a gozar, seu coração batia forte, sua respiração ofegante e aquela sensação gostosa de prazer tomava conta do seu corpo, até que ficou cada vez mais intensa e gozou muito, gemendo como Dulce gostava. Dulce tirou o dedo de dentro dela e o chu..pou, enquanto olhava Anahi deitada na cama com o peito ofegante e o corpo sem forças, com os olhos fechados e a sensação de prazer ainda estampada no rosto dela.


Depois foi a intimidade dela sugando todo o seu gostinho. Dulce beijava e passava a língua sugando tudo e Anahi agora a olhava e gemeu sentindo o corpo relaxado, e aquela sensação gostosa de sentir os lábios de Dulce em sua intimidade depois de ter gozado. Dulce acabou e foi subindo com beijos carinhosos pelo corpo dela, Anahi voltou a cabeça a cama e quando Dulce já estava com o rosto frente ao seu, elas sorriram se olhando nos olhos, em seguida Anahi deu um suspiro.


Anahi: Não poderia me fazer relaxar de forma mais gostosa.


Elas riram e Dulce a beijou nos lábios, um beijo lento onde suas línguas se buscavam com calma. Anahi fazia carinho no rosto e nuca dela, logo finalizaram o beijo com um selinho longo.


Dulce: Todo dia vou te receber assim quando chegar do trabalho, por isso temos que casar logo.


Elas riram novamente.


Anahi: Por mim casava com você amanhã mesmo.


Dulce: Por mim eu casava agora.


Anahi: Que linda. 


Disse derretida e Dulce se derreteu mais ainda pelo jeito dela.


Dulce: Eu te amo muito! 


Anahi: Também te amo muito!


Elas se olhavam nos olhos e deram outro beijo lento.


Dulce: Agora meu benzinho vai pro banho.


Anahi: E você vem comigo.


Anahi mordeu a pontinha da orelha dela, a arrepiando toda.


Dulce: Ai meu Deus, não me provoca assim amor. Que o nosso jantar ta no forno e não pode queimar. (rindo)


Anahi: Ah mas quero te fazer go..zar gostoso também, como acabou de fazer comigo.


Dulce se levantou e a puxou pela mão, a abraçando pela cintura em seguida.


Dulce: Se tomo banho com você a gente fica sem jantar. E já tomei banho também.


Anahi: E quem disse que a gente ia tomar banho? (sorriu maliciosa com os braços em volta do pescoço dela)


Dulce: Eu vou te levar logo pro banho porque eu to me segurando pra não te agarrar de novo.


Elas riram.


Anahi: Ta, não vou estragar o jantar que ta fazendo pra gente. To louca pra provar sabia? 


Dulce: Você vai adorar.


Já estavam na porta do banheiro e enquanto se beijavam Dulce abriu a porta, fez Anahi ficar de costas pro lado interno do banheiro e entrou com ela a beijando, depois finalizaram o beijo.


Dulce: Agora vamos ao banho que preparei pra você.


Dulce a virou de frente pra banheira, estava cheia, tinha pétalas de rosas vermelhas dentro dela, sais e umas velas aromáticas em volta dela, e um balde de gelo com uma garrafa de vinho dentro, e duas taças dentro, ao lado da banheira. Anahi olhou surpresa, amando o que viu, sorriu surpresa e boba.


Anahi: Amor que lindo.


Dulce: Pra você relaxar enquanto acabo nosso jantar.


Ela se virou dando um selinho longo em Dulce.


Anahi: Você é perfeita sabia?


Dulce: Você que é.


Dulce a levou pra perto da banheira e antes dela entrar, colocou a mão na água vendo a temperatura.


Dulce: Coloquei a água bem quente, mas enquanto a gente tava no quarto ela ficou numa temperatura ótima.


Anahi: Safada, tudo calculado né? 


Dulce: Claro! (sorriu maliciosa)


Anahi prendeu os cabelos e Dulce a ajudou a entrar na banheira, segurando a mão dela. Anahi entrou e se sentou, sentindo a água morninha.


Anahi: Ai que delicia amor, esse banho merece você aqui comigo.


Enquanto ela se ajeitou na banheira Dulce se sentou na borda da banheira e abriu a garrafa de vinho. 


Dulce: Mas hoje é só pra você princesa.


Dulce serviu vinho em uma taça pra ela, e a entregou, depois se serviu. Antes de provarem brindaram.


Anahi: A sua volta amor, a você ter voltado pra mim e já estar me fazendo a pessoa mais feliz do mundo.


Dulce: E a nossa segunda chance princesa, por você ter ido atrás de mim e nos proporcionado isso que estamos vivendo agora, por estar me fazendo me sentir feliz de verdade novamente.


Dulce segurava a outra mão dela e a beijou com carinho, em seguida Anahi beijou a dela, ambas fizeram isso sem deixar de olhar nos olhos uma da outra. Depois continuaram com o olhar um no outro e sorriram com seus olhos cheios de lágrimas, Dulce se inclinou e deram um selinho longo e carinhoso, ao fecharem os olhos suas lágrimas caíram, ao abrí-los continuaram se olhando e deram um leve riso de pura felicidade, ambas secaram as lágrimas uma da outra e depois deram um gole em suas bebidas.


Dulce: Agora vou deixar você aqui e ir tomar conta do nosso jantar amor.


Anahi: Vou morrer de saudade, vou aguentar muito ficar aqui sem você não amor.


Disse dengosa e Dulce sorriu.


Dulce: Pra mim também não vai ser fácil, porque só quero ficar grudada em você depois de todo esse tempo. Mas vamos ter que aguentar até eu preparar tudo, prometo que não demora.


Anahi: Ta bom, mas vai vir aqui as vezes né? (fez bico)


Dulce: Ai meu Deus, que dengo esse biquinho. (se derretendo) Venho sim, venho pra dar beijinho e pegar mais vinho.


Anahi deu um tapinha no braço dela.


Anahi: Só quer saber de vinho.


Elas riram.


Dulce: Vou lá amor, que assim que você chegou coloquei nosso jantar no forno, e agora fez 40 minutos isso. (olhou seu relogio) Te amo!


Dulce deu um selinho nela.


Anahi: Mas calculou tudo mesmo. (elas riram novamente) Ta bom, vai lá, te amo!


Deram outro selinho e Dulce saiu com sua taça na mão, antes de sair na porta olhou pra trás e jogaram beijo uma pra outra. Anahi deu um gole em seu vinho e ao mesmo tempo que estava delicioso naquela banheira, e amou que Dulce tenha preparado pra ela, estava louca pra ficar grudada nela, era um esforço ficar ali sozinha sabendo que ela estava na mesma casa que ela. Pra Dulce era a mesma coisa, mas queria fazer daquela noite uma noite especial pra sua amada, e infelizmente tinham que ficar esse tempinho separadas, porque para ambas depois de 6 anos esperando por isso, era difícil se separarem por pelo menos meia hora no primeiro dia juntas depois de tudo.


10 minutos depois Dulce voltou ao banheiro e Anahi estava com a cabeça escorada na borda da banheira de olhos fechados, Dulce ficou contemplando a beleza de sua amada e ao se aproximar mais, viu ela abrir os olhos e ganhou um sorriso, sorriso lindo que ela tanto amava.


Anahi: Tem tempo que ta ai?


Dulce: Não muito.


Dulce se aproximou, se sentou na borda da banheira e fez carinho no rosto dela.


Dulce: Ta bom ai?


Anahi: Só falta você. (sorriu)


Dulce serviu mais vinho pra Anahi e depois se serviu.


Dulce: Vim dar um beijinho e pegar mais vinho.


Anahi: Cachaceira!


Elas riram. Dulce deu um selinho nela e se levantou, enquanto foi caminhando até a porta Anahi ficou olhando ela ir, e a olhava boba ainda com o sorriso nos lábios. Depois que Dulce saiu ela suspirou feliz e tomou mais um gole do vinho. Logo Dulce apareceu na porta de novo.


Dulce: Ah, e só saia dai quando eu vir te buscar.


Anahi: Ta bom, só não demora. Saudade.


Dulce sorriu.


Dulce: Também amor.


Ela jogou um beijo e saiu. 10 minutos depois ela apareceu no banheiro de novo.


Dulce: Vem amor, hora de sair.


Dulce pegou um roupão, se aproximou da banheira estendendo a mão, Anahi segurou e se levantou. Saiu da banheira e Dulce segurava o roupão pra ela por os braços, depois amarrou ele. Foram pro quarto, tinha um vestido em cima da cama e um par de sapato junto.


Anahi: Que lindo amor, e esse sapato?


Anahi passou a mão no vestido e olhava tudo boba.


Dulce: Fica linda pra mim que volto aqui daqui 20 minutos.


Anahi: 20?


Dulce riu.


Dulce: Uma mulher linda como você não tem muito trabalho pra ficar linda.


Anahi: Oun, assim eu derreto.


Ela se aproximou de Dulce, segurou o rosto dela com as duas mãos dando um selinho.


Anahi: Amei o vestido e o sapato, são perfeitos.


Dulce: Por isso combinam com você.


Anahi: Você é um sonho.


Dulce: Boa! (sorriu) Agora se arrume que logo volto aqui.


Dulce deu um selinho nela e saiu. Anahi olhou o vestido sorrindo boba, logo começou a se arrumar. 30 minutos depois Dulce bateu na porta, Anahi já estava pronta, afinal ganhou 10 minutos a mais.


Ao abrir a porta quase babou com o que se deparou, ficou estática olhando. Dulce estava maravilhosa, também usando um vestido, com sandálias muito bonitas que combinavam, e a maquiagem nada muito exagerado, estava perfeita.


 



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): angelr

Este autor(a) escreve mais 8 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

E também babava em Anahi, estava exatamente linda como pensou que ficaria naquele vestido. Anahi também usava uma maquiagem sem exageros, estava linda como Dulce. E ambas muito cheirosas. Anahi: Meu Deus, ta muito linda amor! Dulce: Linda ta você, ta perfeita! Elas sorriram se olhando, se sentiam sortudas por terem uma a outra. Dulce deu a mão a ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 698



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ..Peekena.. Postado em 15/01/2018 - 13:58:15

    Amei a fanfic!!!

  • angelr Postado em 09/01/2016 - 22:43:26

    naiara_ - Avisarei por aqui hahaha

  • flavianaperroni Postado em 04/01/2016 - 00:09:07

    Linda, perfeita que roubou meu coração, caraca essa web é tao linda, encantadora e nos prende fácil, amei acompanhar mais um trabalho seu, parabéns, e obrigada a autora que permitiu a postagem da fanfic,e esperarei para ler mais webs suas angelr.

  • babiportinon Postado em 31/12/2015 - 22:23:48

    Mds que final perfeito... web perfeita amei Angel...

  • pekenna Postado em 31/12/2015 - 19:47:38

    Que lindo final! Mto linda a fic <3

  • naiara_ Postado em 31/12/2015 - 09:23:38

    Mto lindo o final..aí um mobte de neném amo mto. Mais como vamos saber da proxima ficvc vai anunciar onde?

  • Furacao Maite Postado em 30/12/2015 - 23:38:05

    Fic lindaaaaa !!! Pena que no final foi rudo tao corrido !!!! Obrigada por postar e obrigada lana por deixar!!!! Feliz ano novoooooo. Beijoooos

  • portinonnessa14 Postado em 30/12/2015 - 01:15:48

    Briga por causa se ciúmes aí que fofo mais a Dulce não precisava ser mal educada também né grosseira sem necessidade isso Que triste que vai acabar Angelr não vai mais postar nada para a gente ?

  • babiportinon Postado em 29/12/2015 - 23:52:30

    Nossaaa perdi muita coisa por aqui :O .. Nossa foi tenso o que a Any passou com a mãe dela mas ainda bem que agora ta melhorando, e agora ela é titia *-* o Fernando deve ser lindo. E a Sindy nossa que vontade de dar uns tapas, mas ainda bem que ela caiu em si e volto atras antes de arruinar seu casanento. E tadiinho do Chris ele ta sofrendo tanto, gosto muito dele. Agora sobre a situação atual que palhaçada é essa Dulce? Confia no seu taco não? Porque você mesma não foi la e esfrego na cara dessa mulherzinha que a Any tem dona? Ai ja vai brigar por causa de quem não vale a pena. Sério mesmo que ja ta acabando? :( que pena gosto tanto dessa fic. Posta mais Angel.

  • Furacao Maite Postado em 29/12/2015 - 23:24:19

    genteeeeee!!! amanhã vai ser quente!!! estou triste porque a fic vai acabar!!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais