Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Volvere Junto a Ti | Tema: Portiñon


Capítulo: Capitulo 173

1267 visualizações Denunciar


Um tempinho depois, no apartamento de Anahi, ela abria a porta, Maite chegava. As duas se abraçaram e logo Dulce apareceu na sala, as duas se abraçaram afobadas cheias de saudade, Poncho e Sindy já estavam lá.


Maite: Como chega e não avisa?


Dulce: Ah, é que ontem sabe como é né, reconciliação e tal.


Maite: Sei, safadeza pura né? Isso sim. (rindo)


Elas sentaram no sofá.


Dulce: E a Angel? Vem depois do jantar né?


Maite: Sim, ta louca pra te ver, mas logo ela chega ai. E o Chris?


Anahi: Foi conhecer os sogros.


Maite: Sério?


Poncho: É, a coisa com o Rafa ficou séria.


Anahi: Rafa chamou ele pra jantar lá pra apresentar ele aos pais e as irmãs.


Maite: Gente que bom isso, o bom é que a família do Rafa aceitam.


Anahi: Ainda bem. Ai depois do jantar vão vir pra cá.


Sindy: Só faltou o Ucker e a Manu aqui.


Dulce: Aqueles safados não querem mais voltar da lua de mel. (rindo)


Eles continuaram conversando, pediram uma pizza e bebiam cerveja enquanto esperavam a pizza. No jantar de negócios Angelique, ela estava super elegante, de vestido. Estava sentada com Ricardo esperando os outros chegarem, mas não demorou muito e chegaram. Viu um senhor se aproximando, junto com uma bela mulher, com certeza sera a arquiteta, ela tinha a pele clara, olhos verdes, cabelos escuros e lisos. Os dois se aproximaram da mesa e ela se levantou para cumprimentá-los, junto com Ricardo. Ela e a tal mulher ao se verem frente a frente ficaram se olhando.


XxX: Angel?


Angelique: Micaela?


Ricardo: Já se conhecem?


Micaela: Bastante!


Angelique estava surpresa e não parecia tão a vontade quanto Micaela, com esse reencontro.


Ricardo: Bom, então nem preciso apresentá-las. (sorriu)


Micaela: Que bom rever você Angel. (sorriu)


Angelique: É, uma surpresa.


Micaela: E como você está?


Angelique: Estou ótima! E você?


Elas se cumprimentaram com beijos no rosto.


Ricardo: Angelique, esse é Roberto Rios, e Roberto essa é a Angelique, nossa melhor arquiteta da empresa! (sorriu)


Angelique: Prazer senhor Roberto, e Ricardo exagera as vezes.


Roberto sorriu simpático e se cumprimentaram com um aperto de mão.


Roberto: Prazer é meu Angelique, e pelos seus trabalhos sei que ele não está mentindo.


Eles sorriram. Ricardo também cumprimentou Micaela e logo se sentaram.


Roberto: Bom, mas vocês duas se conhecem de onde?


Micaela: Do colégio tio, a gente era da mesma sala no terceiro ano, mas como ela mudou de colégio perdemos contato.


Ricardo: Mas como esse mundo é pequeno, e hoje se reencontram já formadas e vão trabalhar juntas, fazendo as contas 8 anos depois.


Angelique: É, que coincidência né? 


Micaela: Ou será destino?


Angelique não disse nada e apenas sorriu sem graça. Depois deixaram os assuntos particulares de lado e foram ao que interessa, os negócios, o projeto que iam fazer juntos. O jantar correu tranquilo, Angelique estava no banheiro, retocava seu batom quando Micaela entrou.


Micaela: Ta gostando do jantar? 


Angelique: Sim, ta agradável.


Angelique colocou o batom na bolsa.


Micaela: To muito feliz por ver você, eu não pude dizer antes porque o jantar se trata de negócios e não da pra ficar tendo conversas pessoais.


Angelique: É, não da mesmo. (sorriu forçada)


Micaela: Então eu tava pensando se depois do jantar a gente podia ir pra outro lugar beber um drink, por a conversa em dia, afinal anos que não te vejo.


Angelique: Na verdade Micaela, eu tenho um compromisso depois daqui. Ai, sabe como é né, tão me esperando.


Micaela: Seu noivo, ou noiva? (olhando pra aliança dourada na mão direita dela)


Angelique: Noiva!


Micaela: Entendi. Bom, numa próxima então? 


Angelique: É, numa próxima. Bom vou voltar pra mesa.


Ela saiu e Micaela ficou a olhando sair, admirou na bela mulher que ela havia se formado, na verdade sempre foi linda assim desde quando era mais nova. Depois de um certo tempo o jantar acabou e foram embora, se despediram normalmente e cada um seguiu seu caminho.


Na casa de Rafael, Christian se sentiu super a vontade durante o jantar, foi muito bem recebido e a família dele era muito acolhedora, estava feliz por eles serem assim, tornava o namoro deles mais fácil, pelo menos por uma parte não teriam que se esconderem e mentirem.


No apartamento de Anahi e Poncho eles estavam se divertindo muito, matando a saudade de Dulce e ela deles, estavam relembrando os velhos tempos. A campainha tocou, Dulce foi atender porque sabia que era Angelique e Christian, assim que abriu a porta foram muitos abraços.


Angelique: Nem acredito que veio pra ficar.


Dulce: Dessa vez eu vim. Oi Rafa!


Rafael: Tudo bem?


Eles se cumprimentaram com beijos no rosto.


Dulce: Tudo maravilhoso! (rindo)


Eles entraram e se juntaram aos outros nos sofás. Angelique deu um selinho em Maite se sentando do lado dela.


Maite: E ai amor, como foi lá?


Angelique: Tranquilo amor, o projeto vai ficar super bacana.


Maite: E o tal dono e a arquiteta lá da outra empresa, são legais?


Angelique: Sim, bem legais. (sorriu forçada) Bom, e o que tão bebendo ai?


Maite: Cerveja, vou lá pegar pra vocês.


Maite estranhou Angelique não falar mais sobre o jantar, ela sempre fala detalhes, mas vai ver é porque tava com todo mundo ali e queria curtir e deixar o trabalho um pouco de lado.


Eles ficaram conversando e ligaram pra Ucker e Manuela. A noite foi correndo divertida para todos, estavam muito felizes pela volta de Dulce e por ela e Anahi terem se acertado, agora tudo estava completo. Ficaram até meia noite e depois Christian e Rafael foram pro apartamento de Rafael dormir lá, Maite e Angelique para o apartamento delas e Poncho ficou com Sindy em seu apartamento e de Anahi.


3 dias depois, segunda-feira.


Angelique estava com Micaela a sós em sua sala, desde o jantar não ficaram sozinhas, pois teve a reunião no dia seguinte, depois o fim de semana. Angelique mostrava um desenho sobre o projeto no computador.


Angelique: Acho que essa parte vai ficar legal assim.


Micaela: Vai ficar ótimo!


Angelique olhou a hora no computador.


Angelique: Bom, ta na hora do almoço.


Ela se levantou da cadeira arrumando uns papeis na mesa. Micaela também se levantou da cadeira que estava ao lado da dela.


Micaela: A hora passou rápido.


Angelique: Bastante.


Micaela: Angel, tava pensando, porque não almoçamos juntas?


Angelique: Não da, vou jantar com minha noiva.


Micaela: Ah sim. Bom, e que horas vamos sair pra por o papo em dia?


Angelique a olhava.


Angelique: A não sei Micaela, vamos trabalhar juntas, tempo não vai faltar.


Micaela: Mas não quero ficar falando de trabalho com você.


Angelique: E quer falar de que? Do pe na bunda que você me deu?


Micaela a olhou surpresa, não achou que ela ia tocar no assunto assim, tão explicitamente.


Micaela: Nossa, foi bem direta.


Angelique: Olha Micaela, não da pra a gente sair e bater papo como amiguinhas, e acho que nossa relação nesse reencontro  deve restringir apenas a coisas profissionais.


Angelique falava firmemente, mas calma.


Micaela: Ainda não me perdoou não é?


Angelique: Agora isso não faz mais diferença.


Micaela: E porque me trata assim então? Se ainda tem mágoa, é porque ainda sente algo ai.


Angelique riu irônica.


Angelique: Ta insinuando o que? Que ainda gosto de você? 


Micaela: Se não sentisse mais nada, não estaria assim, não teria nem um tipo de ressentimento.


Angelique: Não é que eu ainda sinto algo por você, até porque já fazem 8 anos, foi no colégio ainda. Mas a última lembrança que tenho de você não é boa, então não da pra ficar fingindo. A Micaela que eu lembro me deu um pé na bunda, porque queria liberdade, não queria compromisso, porque me achava grudenta, melosa e me lembro bem você dizendo na minha cara que isso não era vida pra você, e me disse isso tudo depois de 1 ano de namoro. Assim, do nada, despedaçou meu coração.


Micaela: Porque não da uma chance a essa Micaela que ta aqui na sua frente, sou outra, te garanto. Eu me arrependo do que fiz a você, não me orgulho disso, eu era muito nova ainda, muito criança, imatura pra entender o que era um relacionamento de verdade.


Angelique: O que você quer com isso tudo Micaela?


Micaela: Ser sua amiga, só isso. 


Angelique: Amiga?


Micaela: O que mais eu poderia querer com você? Você ta noiva, não posso querer mais do que sua amizade.


Angelique até ficou aliviada ao ouvir isso, sinal que não teria problemas. 


Angelique: Fico aliviada em ouvir isso.


Micaela: Quer saber? Você é uma convencida, achando que tava te querendo.


Elas riram.


Angelique: É que a forma que ficava me olhando e insistindo pra a gente sair, não pude pensar em outra coisa.


Micaela: Me desculpe, quer saber, confesso que quando te vi te achei lindíssima, coisa que você sempre foi, e eu quis mesmo ficar com você, mas ao saber que tem uma noiva, tirei meu cavalinho da chuva. Se você ainda é a mesma Angel de antes, nunca trairia sua noiva, não é mesmo?


Micaela encarou Angelique nos olhos.


Angelique: Com certeza você ainda me conhece muito bem. Eu a amo, e muito!


Micaela: Ela tem muita sorte. E de pensar que um dia tive essa mesma sorte e não dei valor.


Angelique: Bom, tenho que ir agora, se não vou me atrasar.


Micaela: Claro, também vou indo.


Elas sairam da sala e pegaram o elevador juntas, pelo caminho Angelique tocou nos assuntos sobre o projeto, logo chegaram ao estacionamento e cada uma entrou em seu carro e seguiram seus rumos.


Na fazenda Dulce estava na sala conversando com seu pai e Marichelo. Anahi havia ido pro haras.


Daniel: Então dessa vez veio pra ficar mesmo né? (sorrindo)


Dulce: Sim papai, não saio mais daqui.


Marichelo: Que bom Dulce, seu pai sente muito a sua falta, todos nós sentimos.


Dulce: Tem certeza que sente falta dessa chata aqui?


Elas riram.


Dulce: To brincando Mari, é que quando convivemos aqui, sei que não fui uma menina muito boa e te tratava muito mal. Agora com o passar dos anos que virei adulta nos vimos só no casamento do Ucker e enfim, acho que não tem lembranças muito boas de mim.


Marichelo: Mas eu sabia que você era apenas uma adolescente Dul, que havia passado por uma mudança na sua vida muito difícil com a separação dos seus pais e pra uma garota da idade que você tinha, essas coisas são bem difíceis. 


Dulce: Que bom saber disso, agradeço pela compreensão.


Marichelo: E onde estão suas coisas?


Dulce: No apartamento da Any e Poncho, como cheguei tarde da noite lá tava mais perto do que aqui.


Ela e seu pai se olharam, ele sabia o motivo real das coisas dela estarem lá.


Marichelo: Já vi que vai fazer igual Any, se divide entre aqui e o apartamento na cidade. As vezes ela fica por lá mesmo, quando ta muito cansada do trabalho.


Dulce: Acho que vou sim. (rindo) 


Daniel: E sua mãe filha? Ela disse que no fim do ano vai voltar também.


Dulce: Sim, agora que arrumou um gatão (rindo) estão com planos de se casarem e abrirem uma empresa juntos aqui no Brasil mesmo.


Daniel: Nossa que bom, sua mãe batalhou muito e merece ter algo dela, sua própria empresa, além de ser muito inteligente e entender bem dos negócios, com certeza dará muito certo.


Dulce: Ela está muito animada e eu também.


1 semana depois:


Anahi e Dulce estavam no escritório da fazenda, estavam se beijando com vontade e ofegantes, Dulce colocou Anahi sentada em cima da mesa e se encaixou entre suas pernas, Anahi entrelaçou suas pernas em volta dela e Dulce apertava sua cintura com vontade e os beijos cada vez mais intensos. Nesse momento bateram na porta e logo elas ouviram a voz de Marichelo, se assustaram e rapidamente Dulce se separou de Anahi, e a mesma desceu da mesa, nesse instante Marichelo abriu a porta.


E agora meu povo ferrou hein



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): angelr

Este autor(a) escreve mais 8 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Marichelo: Ah estão ai (sorriu) tava procurando vocês. Anahi e Dulce deram um sorriso nervoso, Marichelo acabou percebendo. Marichelo: Ta tudo bem com vocês? Anahi: Sim, claro mamãe. Marichelo: Parecem nervosas, não sei. Dulce: Er .. impressão sua. Anahi: Então mamãe, o que queria com a gente? Marichelo: Vim pergun ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 698



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ..Peekena.. Postado em 15/01/2018 - 13:58:15

    Amei a fanfic!!!

  • angelr Postado em 09/01/2016 - 22:43:26

    naiara_ - Avisarei por aqui hahaha

  • flavianaperroni Postado em 04/01/2016 - 00:09:07

    Linda, perfeita que roubou meu coração, caraca essa web é tao linda, encantadora e nos prende fácil, amei acompanhar mais um trabalho seu, parabéns, e obrigada a autora que permitiu a postagem da fanfic,e esperarei para ler mais webs suas angelr.

  • babiportinon Postado em 31/12/2015 - 22:23:48

    Mds que final perfeito... web perfeita amei Angel...

  • pekenna Postado em 31/12/2015 - 19:47:38

    Que lindo final! Mto linda a fic <3

  • naiara_ Postado em 31/12/2015 - 09:23:38

    Mto lindo o final..aí um mobte de neném amo mto. Mais como vamos saber da proxima ficvc vai anunciar onde?

  • Furacao Maite Postado em 30/12/2015 - 23:38:05

    Fic lindaaaaa !!! Pena que no final foi rudo tao corrido !!!! Obrigada por postar e obrigada lana por deixar!!!! Feliz ano novoooooo. Beijoooos

  • portinonnessa14 Postado em 30/12/2015 - 01:15:48

    Briga por causa se ciúmes aí que fofo mais a Dulce não precisava ser mal educada também né grosseira sem necessidade isso Que triste que vai acabar Angelr não vai mais postar nada para a gente ?

  • babiportinon Postado em 29/12/2015 - 23:52:30

    Nossaaa perdi muita coisa por aqui :O .. Nossa foi tenso o que a Any passou com a mãe dela mas ainda bem que agora ta melhorando, e agora ela é titia *-* o Fernando deve ser lindo. E a Sindy nossa que vontade de dar uns tapas, mas ainda bem que ela caiu em si e volto atras antes de arruinar seu casanento. E tadiinho do Chris ele ta sofrendo tanto, gosto muito dele. Agora sobre a situação atual que palhaçada é essa Dulce? Confia no seu taco não? Porque você mesma não foi la e esfrego na cara dessa mulherzinha que a Any tem dona? Ai ja vai brigar por causa de quem não vale a pena. Sério mesmo que ja ta acabando? :( que pena gosto tanto dessa fic. Posta mais Angel.

  • Furacao Maite Postado em 29/12/2015 - 23:24:19

    genteeeeee!!! amanhã vai ser quente!!! estou triste porque a fic vai acabar!!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais