Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Volvere Junto a Ti | Tema: Portiñon


Capítulo: Capitulo 182

1826 visualizações Denunciar


No outro dia de manhã, era manhã de sábado. Anahi e Dulce foram almoçar na casa de Ucker e Manuela.


Anahi: Como ta mana? Cade o Ucker?


Manuela: To bem, e você? Ta na cozinha.


Anahi: Ontem vi a mamãe, nossa, que saudade que dela.


Manuela: E ela te viu? Falou com você?


Anahi: Não, não me viu. 


Ucker chegou na sala com um copo de água na mão.


Ucker: Oi meninas.


Dulce: Fala cabeçudo.


Anahi: Oi cunhadinho.


Ucker: Aqui meu amor.


Ucker entregou o copo pra Manuela permanecendo em pé. Ela tomou a água.


Manuela: Senta amor.


Ucker: Não quer mais alguma coisa? Eu pego pra você.


Manuela: Não amor, obrigada!


Ucker: Se quiser é só me pedir. E essa almofada? Espera.


Ele ajeitou a almofada que estava nas costas dela.


Ucker: Ta bom assim?


Anahi e Dulce olhavam e riam.


Manuela: Amor, ta ótimo. 


Ucker: Ta bom, vou levar o copo e volto.


Ele saiu, indo para a cozinha.


Manuela: Gente, é assim o tempo todo, ele não deixa eu fazer nada.


Elas riram.


Manuela: Ele chega a exagerar (rindo) eu disse pra ele que to grávida e não doente. Mas eu amo esse jeito dele comigo, tão preocupado, atento, atencioso.


Dulce: Ele não vai ficar em paz até esse bebê nascer.


Ucker: Tão falando de mim é?


Manuela: To dizendo aqui pra elas como você exagera amor.


Ucker: Isso são cuidados, não pode fazer esforços.


Manuela segurou o rosto dele dando um selinho longo.


Manuela: Exagerado mais eu amo. (sorriu)


A campainha tocou.


Ucker: Opa! Deixa que eu vou. (olhando pra Manuela)


O que fez todas rirem. Ele abriu a porta, era Christian, entrou, cumprimentou a todos, e se sentou no sofá junto com Anahi e Dulce. 


Anahi: E o Rafa Chris? Ele não vinha?


Christian: Não sei, acho que não vem. Brigamos ontem.


Dulce: Mas porque?


Christian: De novo pela mesma coisa, ele quer que eu me assuma pros meus pais.


Ucker: Ixi.


Manuela: Isso ta afetando a relação de vocês né?


Christian: E muito. Mas eu não posso me assumir assim, vocês bem sabem como fui criado, como são meus pais, vão nem querer olhar mais na minha cara. E sem contar a sua família Any, que sempre foi como uma segunda família pra mim, imagina a decepção deles, e da sua mãe? Se com você ela agiu assim, vai dizer comigo.


Dulce: Olha Chris, o Rafa é muito gente boa e eu gosto muito dele, mas ele não pode forçar você a se assumir, isso é algo que a pessoa tem que se sentir pronta e preparada, é sua família que ta em jogo.


Anahi: Concordo com a Dul, eu entendo ele querer ter um namoro mais livre, mas as coisas não são fáceis assim.


Ucker: Eu acho que se ele te ama de verdade, ele vai saber te esperar, e se não esperar é porque não ama.


Manuela: Ucker!


Ucker: O que?


Manuela: Não fala assim também.


Ucker: Só to sendo sincero, eu sei que fica triste com isso Chris, mas é a realidade. Se caso ele não querer te esperar, não te ama, porque quando amamos, a gente aguenta tudo, desde que a pessoa esteja do nosso lado e nos valorizando.


Christian: Eu sei, e é o que eu penso. 


Dulce: Acha que ele vai querer terminar se não se assumir?


Christian: Do jeito que anda, capaz. Só sei que temos que encontrar um meio termo, não podemos ficar brigando assim. É tudo tão complicado, as vezes da vontade de jogar tudo pro alto e me relacionar com mulheres, seria tudo mais fácil.


Anahi: Esse é o caminho mais fácil Chris, mas nem sempre o mais fácil é o que vai te fazer feliz. Digo isso porque abri mão da Dul uma vez por isso, quis viver uma vida de hétero por medo da minha família e de tudo, e passei 6 anos desejando voltar atrás de fazer diferente.


Dulce: Não desiste da sua felicidade por causa dos outros.


Manuela: E conversa mais com o Rafa, se ele te ama ele vai entender e vai esperar o seu tempo.


Christian: E se ele não esperar?


Christian sentiu as lágrimas encherem seus olhos.


Dulce: Podem ocorrer duas coisas, ou ele não te ama e você achará alguém melhor, ou ele vai arrepender e querer voltar pra você depois.


Christian suspirou tristemente.


Na casa de Poncho, eles estavam no carro indo sair para casa de Ucker e Manuela, quando Sindy se lembrou que estava esquecendo o celular.


Sindy: Ixi amor, to esquecendo o celular. (mexendo em sua bolsa)


Poncho: Onde ta? Pego pra você.


Sindy: Acho que deixei em cima da cama, quando cheguei do super mercado hoje mais cedo.


Poncho: Vou lá rapidinho.


Eles saiu do carro e foi pra dentro de casa, andou rápido até o quarto deles mas não viu o celular na cama, olhou em cima da comoda, do criado mudo, da mesinha do computador, e nada. Pegou seu celular e ligou para o celular de Sindy, o ouviu tocar mas não identificava de onde, foi seguindo o barulho e parece vir do guarda-roupa, abriu a porta do mesmo e ouviu o celular tocar dentro da  bolsa de Sindy. Desligou o celular e abriu a bolsa, como era grande deu trabalho pra achar o celular dentro dela.


Poncho: Mas essas bolsas de mulheres, carregam tudo dentro.


Ele foi até a cama e tirou algumas coisas de dentro da bolsa e foi colocando na cama, tinha um envelope na bolsa branco, não muito grande, ao ir colocá-lo na cama, viu que era de uma clinica.


No carro Sindy esperava ele, achando que estava demorando, ficou tentando se lembrar se o celular estava mesmo em cima da cama, ou onde o teria deixado, devagar foi lembrando que ao ir no super mercado ela foi com outra bolsa, e ao trocar de bolsa não pegou o celular nela, ao se lembrar disso, abriu mais os olhos e saiu correndo para dentro de casa, parecia preocupada.


Subiu as escadas correndo e ao chegar na porta parou, vendo que Poncho estava com o envelope aberto, lendo. 


Sindy: Poncho ..


Ela entrou analisando o face dele.


Poncho: Sindy .. você ta grávida?


Ele sorriu a olhando.


Sindy: Poncho, porque você abriu meu envelope?


Poncho: Desculpa amor, não sabia que queria fazer uma surpresa.


Ela andou para a janela, sem dizer nada.


Poncho: Sindy, porque ta assim? Desculpa se estraguei a surpresa.


Ela respirou fundo e o olhou.


Sindy: Não escondi porque queria fazer uma surpresa Poncho.


Poncho: Como assim?


Sindy: Eu sei que quer muito ter um filho, mas eu não quero. Não agora.


Poncho: Mas amor, você ta grávida.


Sindy: Mas não quero ter esse filho.


Poncho ficou a olhando estático, incrédulo, como ela podia dizer uma coisa dessas estando grávida?


Poncho: Como não quer?


Sindy: Não querendo. Não quero ser mãe agora, minha cabeça ta super focada pro trabalho, tenho mil projetos pra fazer, um filho agora atrapalharia tudo.


Poncho: Você ta louca, não pode ta fazendo uma coisa dessas. Deve ta doida, só pode.


Sindy: O meu trabalho não me permite ter um filho agora Poncho, a vida que tenho agora não tem espaço pra uma criança.


Poncho não acreditava na forma fria que ela dizia aquilo, nem parecia ser a mulher por quem ele se apaixonou que estava ali, ele sabia que ela vivia demais pro trabalho, mas não imaginava que ela chegaria a esse ponto.


Poncho: Como pode ser tão fria?


Sindy: Eu quero ter um filho pra poder ser mãe de verdade Poncho, estar sempre presente. E agora não vou conseguir fazer isso.


Poncho: Mas acontece que aconteceu, ta grávida, não tem como voltar atrás, será que não percebeu isso?


Sindy: Voltar atrás não posso, mas tenho a opção de não ter.


Poncho: Como assim não ter?


Sindy: Eu quero tirar Poncho.


Poncho a olhou mais incrédulo ainda.


Poncho: Nunca! Jamais! Eu não vou permitir uma coisa dessas, ta me ouvindo?


Ele se aproximou dela, nervoso.


Poncho: Se fizer algo com esse bebê eu não vou te perdoar nunca Sindy.


Ela deu uns passos para trás.


Sindy: Não pode me obrigar a ter esse filho.


Poncho: E não tem o direito de tirar um filho de mim. Não tem coração? É seu filho que ta ai, vai matá-lo.


Sindy: Não vou matar ninguém Poncho, não tenho nem dois meses ainda.


Poncho: Pelo que vi no exame, falta só uma semana pra isso.
Sindy: Poncho podemos ter filhos mais tarde.


Ela se aproximou dele com calma, segurando o rosto dele.


Sindy: Não acha bem melhor com tudo planejado? Estamos atolado em trabalho, estou com mil projetos, não vou ter tempo para um filho agora, acha certo isso? Quero dar atenção total ao meu filho, quando for ser mãe vou querer ser mãe de verdade, não deixando ele com uma babá e mal participando da vida dele.


Poncho: Isso é desculpa, não justifica querer tirar.


Poncho se afastou dela.


Sindy: Poncho por favor, a gente não precisa resolver isso assim.


Poncho: Assim como?


Sindy: Brigando, nervosos, tudo é conversado.


Poncho: Eu não vou permitir que tire nosso filho, pode me falar o que quiser, não vou mudar de ideia.


Sindy respirou fundo.


Sindy: Você ta muito nervoso, vamos conversar uma outra hora.


Poncho: Uma outra hora? É assim que trata esse assunto? Como se fosse algo qualquer?


Sindy: E o que você quer Poncho?


Ela disse em tom alto, e dessa vez meio nervosa.


Sindy: Quer brigar? Gritar? Porque é nisso que vai dar se insistimos nesse assunto por agora.


Poncho: Tudo bem, como você quiser.


Ele saiu do quarto e ela foi atrás.


Sindy: Onde você ta indo?


Poncho: Sair, esfriar a cabeça. E não faça nada ok? Nada sem a minha presença.


Sindy: Acha que vou fazer o que? Que vou correr para um hospital e tirar o bebê? Eu mesma disse pra conversarmos disso mais tarde, acha que tenho intenções de fazer algo?


Poncho: Você não seria louca!


Ele saiu da sala. Sindy se sentou no sofá passando as mãos nos cabelos.



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): angelr

Este autor(a) escreve mais 8 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Na casa de Ucker e Manuela, Maite e Angelique haviam chegando. Maite: Gente, e cade o Poncho e a Sindy que não chegam nunca? Anahi: To ligando pro celular do Poncho mas ele não atende. Dulce: E nem a Sindy. Ucker: Calma meninas, logo eles chegam ai. O almoço seguiu tranquilo, tirando o fato de terem ficados preocupados com Poncho e Sindy que n&atild ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 698



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ..Peekena.. Postado em 15/01/2018 - 13:58:15

    Amei a fanfic!!!

  • angelr Postado em 09/01/2016 - 22:43:26

    naiara_ - Avisarei por aqui hahaha

  • flavianaperroni Postado em 04/01/2016 - 00:09:07

    Linda, perfeita que roubou meu coração, caraca essa web é tao linda, encantadora e nos prende fácil, amei acompanhar mais um trabalho seu, parabéns, e obrigada a autora que permitiu a postagem da fanfic,e esperarei para ler mais webs suas angelr.

  • babiportinon Postado em 31/12/2015 - 22:23:48

    Mds que final perfeito... web perfeita amei Angel...

  • pekenna Postado em 31/12/2015 - 19:47:38

    Que lindo final! Mto linda a fic <3

  • naiara_ Postado em 31/12/2015 - 09:23:38

    Mto lindo o final..aí um mobte de neném amo mto. Mais como vamos saber da proxima ficvc vai anunciar onde?

  • Furacao Maite Postado em 30/12/2015 - 23:38:05

    Fic lindaaaaa !!! Pena que no final foi rudo tao corrido !!!! Obrigada por postar e obrigada lana por deixar!!!! Feliz ano novoooooo. Beijoooos

  • portinonnessa14 Postado em 30/12/2015 - 01:15:48

    Briga por causa se ciúmes aí que fofo mais a Dulce não precisava ser mal educada também né grosseira sem necessidade isso Que triste que vai acabar Angelr não vai mais postar nada para a gente ?

  • babiportinon Postado em 29/12/2015 - 23:52:30

    Nossaaa perdi muita coisa por aqui :O .. Nossa foi tenso o que a Any passou com a mãe dela mas ainda bem que agora ta melhorando, e agora ela é titia *-* o Fernando deve ser lindo. E a Sindy nossa que vontade de dar uns tapas, mas ainda bem que ela caiu em si e volto atras antes de arruinar seu casanento. E tadiinho do Chris ele ta sofrendo tanto, gosto muito dele. Agora sobre a situação atual que palhaçada é essa Dulce? Confia no seu taco não? Porque você mesma não foi la e esfrego na cara dessa mulherzinha que a Any tem dona? Ai ja vai brigar por causa de quem não vale a pena. Sério mesmo que ja ta acabando? :( que pena gosto tanto dessa fic. Posta mais Angel.

  • Furacao Maite Postado em 29/12/2015 - 23:24:19

    genteeeeee!!! amanhã vai ser quente!!! estou triste porque a fic vai acabar!!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais