Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Volvere Junto a Ti | Tema: Portiñon


Capítulo: Capitulo 188

955 visualizações Denunciar


Ela se afastou de Dulce, que quase babou ao vê-la usando uma camisola preta, super sexy. Dulce sentiu seu corpo já chamar pelo dela, se excitando ainda mais apenas de olhar e imaginar o que iria fazer com ela.


Dulce: Ficou linda ..


Dulce a puxou pela cintura colando seus corpos, se escorou na porta, com as mãos apertando a cintura dela com desejo. Em seguida novamente passando os braços em volta da cintura dela, pressionando seus corpos.


Dulce: Gostosa ..


Anahi se virou de costas para ela, encostando bem o seu bumbum no quadril dela, e todo seu corpo nela, começando a roçar devagar.


Anahi: O que mais?


Fechou os olhos ao sentir a respiração forte de Dulce em seu ouvido e as mãos dela em seu quadril a pressionando mais contra seu corpo. 


Dulce: Ficou uma delícia .. 


Dulce sentia o coração disparando cada vez mais, quanto mais Anahi mexia, mais sentia o fogo subir por entre suas pernas. Colocou o cabelo de Anahi para o lado, começou a beijar sua nuca, com uma mão acariciava um seio dela e com a outra pressionava o corpo dela contra o seu. Depois deslizou os lábios com beijos para a lateral do pescoço dela, dando chupadas, beijava de língua e algumas mordidinhas, deixando Anahi completamente arrepiada e molhada. A mesma roçou com mais vontade no quadril dela, assim deram um gemido baixo, juntas. 


Anahi não aguentou e se virou de frente pra ela novamente, precisava dos lábios dela nos seus, o beijo era cheio de desejo. Foram andando pra cama, ao se aproximarem Anahi jogou Dulce na cama. Dulce caiu deitada com os cotovelos apoiados no colchão, ficaram se olhando com desejo. Anahi apagou a luz deixando apenas a do abajur acessa, deixando o quarto a meia luz, andou até a cama onde Dulce a esperava ansiosa cheia de tesão. Se deitou sobre ela, encaixando seus lábios, Dulce apertava as costas dela cheia de desejo, girou seus corpos na cama, sem perder tempo Anahi tirou a blusa dela e o sutiã, logo depois abriu o short dela o descendo junto com a calcinha, por fim Dulce estava nua sobre ela.


Agora ela quem girou seus corpos, se sentando no quadril de Dulce. Começou a se mover, ainda de camisola, se movia devagar, roçando suas intimidades como dava, Dulce ofegou e olhava ela sentada em seu quadril, se movendo mordendo o lábio inferior, com aquela camisola sexy, quanto mais Anahi se mexia, mais seu coração disparava e o tesão aumentava. Suas mãos estavam na cintura dela, apertando, pressionando o corpo dela mais contra o seu. Se sentou a beijando nos lábios, um beijo cheio de urgência, e sem demora foi tirando a camisola dela e todo o resto.



Anahi permaneceu sentada no quadril dela, roçando sua intimidade molhada na dela, e pro desespero maior de Dulce, ela segurava seus braços acima da sua cabeça, estava sendo uma deliciosa tortura, a deixava com mais tesão ainda, querer tocá-la e não poder, e muito menos gemer alto. Anahi se movia devagar, segurava a vontade de fazer mais rápido e o gemido alto. Rebolou e Dulce mordia o lábio ofegante, gemendo baixinho e movendo seu quadril como dava. Anahi inclinou seu corpo, levando um seio a boca dela, Dulce dava chu..padinhas, e passava a pontinha da língua, quando foi chupá-lo novamente, Anahi afastou o seio da boca dela, a deixando mais louca ainda com a pirraça. Anahi passava o bico do seio nos lábios dela, quando ela ia chupá-lo, ela afastava.



Fazia força em seus braços para se desprender, mas Anahi segurava com força. Dulce estava indo a loucura com aquilo. Depois de torturar Dulce por um bom tempo, Anahi quem não aguentou mais, soltou os braços de Dulce e deixou ela a dominar, Dulce a virou na cama, ficando por cima, possuída pelo tesão, se encaixou entre as pernas de Anahi, roçava suas intimidades com loucura, beijando e chupando o pescoço dela, ambas estavam ofegantes com seus corpos em chamas, Anahi se movia como dava, arranhava as costas de Dulce e gemia baixinho, afastava suas pernas o máximo que conseguia, queria senti-la cada vez mais. Quando a vontade de gemer alto vinha, elas se beijavam abafando seus gemidos, estava difícil de se conterem.


Faziam amor ali, se sentiam como a 6 anos atrás, quando faziam amor naquele mesmo quarto, escondidas, tomando cuidado para ninguém ouvi-las. Dulce se movia cada vez mais e logo go..zaram juntas, como sempre, com intensidade. Depois fizeram amor mais duas vezes e pegaram no sono com rapidez, estavam cansadas pelo dia agitado.


No outro dia, 06:00 da manhã Dulce beijava as costas de Anahi, sonolenta.


Dulce: Amor, tenho que ir pro meu quarto antes que sua mãe acorde.


Anahi resmungou algo e permaneceu de olhos fechados.


Dulce: Preguiça, to indo.


Anahi se virou a fazendo se deitar novamente, deitando sua cabeça no peito dela.


Anahi: Todo mundo já sabe da gente amor, sossega vai.


Anahi suspirou ainda de olhos fechados, se aconchegando no conforto dos braços de Dulce, quase dormindo novamente.


Dulce: Mas dai a sua mãe ver que dormir aqui, vai saber o que a gente tava fazendo. Ela ainda ta se acostumando com a gente.


Anahi: Relaxa vai, ela vai achar que você ta no quarto.


Anahi a abraçou mais, Dulce sentia a respiração dela em seu pescoço, aquele abraço gostoso e o sono que ela iniciava era mais gostoso ainda. Sorriu ao ver como ela pegava no sono novamente, não conseguiu se mover dali, queria que fosse pra sempre ela em seus braços daquela forma, beijou sua testa e fechou os olhos, pegando no sono em seguida.


No apartamento de Maite e Angelique elas acabam de preparar o café, em meio a risadas e beijinhos. Christian chegou na cozinha, parecendo que um caminhão havia passado por cima dele. Estava pálido, com a cara toda amassada, inchada e com olheiras. 


Maite: Olha ele ai, ta bem?


Angelique: Vivo pelo menos né?


Ele não andou, se arrastou para uma cadeira, se sentando.


Christian: Água, por favor!


Ele abaixou a cabeça sobre os braços, em cima da mesa.


Christian: To morrendo.


O estomago dele revirava, a cabeça doida e ainda estava zonzo. Angelique foi pegar a água e Maite se sentou na cadeira ao lado dele.


Maite: O Chris, o que te deu pra beber desse jeito? (fazendo carinho nos cabelos dele) Minha vontade é de te dar uns tapas sabia?


Ele levantou a cabeça e Angelique deu o copo a ele.


Angelique: Tinha que ver o estado em que você chegou aqui ontem, nem lembra né?



Christian: Não sei nem como cheguei aqui.


Angelique: Poxa Chris, olha o perigo que correu, não faz mais isso.


Angelique se sentou na outra cadeira, ao lado dele.


Maite: O que aconteceu ontem?


Christian: Fui afogar as mágoas, eu e Rafael terminamos. E acabei exagerando, quanto mais eu bebia, mais queria beber pra esquecer.


Maite e Angelique se olharam, com pena do amigo, era visível o quanto ele estava sentido por isso.


Maite: Bom, vamos cuidar de você primeiro e depois conta tudo pra nós. 


Angelique: Isso mesmo, podemos começar por um banho pra ver se melhora essa cara de ressaca.


Maite: E depois comer algo.


Christian: Ah não, não desce nada no meu estomago.


Maite: Ah mas vai comer algo sim. Vem, te levo pro quarto e você toma seu banho.


Angelique: E eu, vou acabar o café e fazer aquele suco de laranja geladinho que você gosta.


Maite o ajudou a ir pro quarto, enquanto Angelique voltou a preparar o café da manhã.


Certo tempo depois Christian desabafou tudo a elas.


Christian: E foi isso, ele me deixou ir embora, me deixou sair por aquela porta sem nem tentar me convencer  ficar. Depois fui pra um barzinho e bebi todas, amargurado.



Maite: Mas encher a cara não vai resolver nada Chris, só piora as coisas.



Christian: Eu sei, mas sabe aqueles dias em que você não quer ser você? Eu só queria por algum tempo esquecer o que aconteceu.



Angelique: Eu imagino como ta se sentindo, dói demais ver que a pessoa que a gente ama, não é capaz de fazer pela gente, o que faríamos por ela.



Christian: Ele não é capaz de me esperar, acho que quando a gente ama, passamos por cima de tudo, abrimos mão de muitas coisas. Mas ele é egoísta e não quer abrir mão de nada, quer tudo do jeito dele.


A semana passou tranquila, apenas Christian que estava desanimado, todo
triste. Preocupados com ele, o pessoal resolveu levá-lo a uma boate, já que ele
estava desanimado e não queria sair pra nada, iam tentar destraí-lo um pouco.
Ao invés de irem na boate que sempre frequentavam, acharam melhor ir em outra,
além de Christian respirar novos ares, não correria o risco dele encontrar
Rafael por lá, ou seus amigos em cumum, seria chato ter que ficar ouvindo eles
perguntarem por ele e porque não estavam juntos. Foram todos, menos Ucker e
Manuela, como o filho era rescem nascido, acharam melhor não saírem.
 


Ao chegarem na boate, que assim como a outra era GLS, estava lotada, ao
entrarem viram gente bonita e animada por toda a parte, dançando, bebendo,
conversando e alguns se beijando. O ambiente era bem animado e agradável.
 
Anahi: Bem que falavam que aqui era bacana.



Dulce: Gostei do lugar.



Maite: O que achou Chris?



Christian: Ah, legalzinha.



 
Ele disse em um desanimo aparente.


 
Angelique: Ah Chris, animação vai.



Poncho: Não fica assim cara, essa noite vamos nos divertir.



Sindy: Olha quanta gente bonita em volta.



Christian: É, vocês tem razão, afinal não vim aqui pra ficar me
lamentando né?


 
Christian tentou se animar e ia se esforçar pra isso, estava comovido em
como seus amigos estavam se empenhando para fazê-lo se sentir melhor. E a
melhor forma de agradecer seria se animando, eles mereciam.
 


Poncho: Bom, vamos cair na pista já? Ou querem aquecer bebendo algo?



Anahi: Vamos pegar umas bebidas e dançar um pouco.


 
Todos concordaram. Pegaram sua bebidas no balcão, apenas Sindy que não
pegou bebida alcoolica, apenas um refrigerante, pois estava grávida e não queria
afetar o bebê. Dançaram umas 3 musicas e se sentaram. Christian estava no terceiro
copo de bebida e o virava com facilidade, não dando intervalos muito grandes de
um gole entre o outro, o que preocupava a todos, se olhavam vendo como ele
estava indo rápido demais. Anahi falou baixinho com Dulce.


 
Anahi: Eu to achando que Chris ta exagerando na bebida.



Dulce: Também, ta bebendo muito rápido.


 
Elas acabaram de falar e ele se levantou, dizendo que ia ao banheiro.


 
Maite: Gente, é só eu que to reparando como o Chris ta bebendo?



Poncho: Não! Ele ta bebendo demais e muito rápido.



Sindy: Daqui a pouco ta bêbado já, e a noite mal começou.



Angelique: Vem cá, e essa história que ele tomou outro porre na semana,
é verdade?



Anahi: Pior que é, e dessa vez foi parar lá na fazenda.



Dulce: Os pais dele viram e ele prometeu não fazer mais aquilo, só que
já to me arrependendo de ter trazido ele aqui. Pelo jeito vai acabar
embebedando de novo daquele jeito pela terceira vez.



Maite: Vamos ter que ficar de olho.



Logo Christian voltou e foram dançar, ocuparam ele bastante na dança pra
não beber muito. Dançaram mais umas musicas, alguns foram ao banheiro e logo
depois estavam todos sentados na mesa novamente. Conversavam animadamente,
quando alguém se aproximou da mesa, chamando por Anahi, todos pararam a
conversa reparando na bela mulher que estava em pé próxima a cadeira de Anahi,
com um largo sorriso no rosto a olhando.



Anahi: Oi?



Anahi a olhava sem entender.



XxX: E então, não vai me cumprimentar decentemente? 



A mulher estendeu a mão e ninguém na mesa estava lembrando de vê-la em
alguma lugar, imaginaram que fosse uma amiga de Anahi de algum outro lugar. Já
Anahi a reconhecia menos ainda, Dulce não estava gostando nada da graça toda da
mulher pra cima de sua namorada, ainda mais por ser tão bonita e sorrir com
aquele sorriso enorme, olhando Anahi com intensidade.



Anahi: Bom, sem querer parecer grossa, mas eu te conheço?



Anahi disse educadamente e a tal mulher permanecia com a mão esticada,
para não ser mal educada, e pra não deixar a mulher no vácuo segurou na mão
dela, sendo puxada levemente e assim acabou se levantando. Tentou puxar na
memória de todas as formas quem ela poderia ser, mas em vão, apesar de lá no
fundo, aquele rosto não ser totalmente estranho.



XxX: Nossa, eu me lembro de você e pelo que vi nem lembra de mim né?



A mulher brincou fazendo um pequeno bico, aquilo soou meio infantil, o
que fez Anahi rir.



 XxX: E a propósito, boa noite gente!



Ela cumprimentou a todos, que a cumprimentaram de volta.



Anahi: Olha, me desculpe mas realmente não me lembro de você.



XxX: Sou Ana Paula, lembra?



Anahi: Ana Paula?



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): angelr

Este autor(a) escreve mais 8 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Dulce só pensava consigo mesma porque ela não dizia logo de uma vez quemera, e acabava com aqueles rodeios cheios de simpatia pra cima de Anahi. E alémdisso, estava curiosa pra saber quem era essa tal mulher, qual grau deconhecimento tinha com Anahi, e pra ela, o rosto dela também não era estranho. XxX: Sim! Nos conhecemos a muito tempo at ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 698



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ..Peekena.. Postado em 15/01/2018 - 13:58:15

    Amei a fanfic!!!

  • angelr Postado em 09/01/2016 - 22:43:26

    naiara_ - Avisarei por aqui hahaha

  • flavianaperroni Postado em 04/01/2016 - 00:09:07

    Linda, perfeita que roubou meu coração, caraca essa web é tao linda, encantadora e nos prende fácil, amei acompanhar mais um trabalho seu, parabéns, e obrigada a autora que permitiu a postagem da fanfic,e esperarei para ler mais webs suas angelr.

  • babiportinon Postado em 31/12/2015 - 22:23:48

    Mds que final perfeito... web perfeita amei Angel...

  • pekenna Postado em 31/12/2015 - 19:47:38

    Que lindo final! Mto linda a fic <3

  • naiara_ Postado em 31/12/2015 - 09:23:38

    Mto lindo o final..aí um mobte de neném amo mto. Mais como vamos saber da proxima ficvc vai anunciar onde?

  • Furacao Maite Postado em 30/12/2015 - 23:38:05

    Fic lindaaaaa !!! Pena que no final foi rudo tao corrido !!!! Obrigada por postar e obrigada lana por deixar!!!! Feliz ano novoooooo. Beijoooos

  • portinonnessa14 Postado em 30/12/2015 - 01:15:48

    Briga por causa se ciúmes aí que fofo mais a Dulce não precisava ser mal educada também né grosseira sem necessidade isso Que triste que vai acabar Angelr não vai mais postar nada para a gente ?

  • babiportinon Postado em 29/12/2015 - 23:52:30

    Nossaaa perdi muita coisa por aqui :O .. Nossa foi tenso o que a Any passou com a mãe dela mas ainda bem que agora ta melhorando, e agora ela é titia *-* o Fernando deve ser lindo. E a Sindy nossa que vontade de dar uns tapas, mas ainda bem que ela caiu em si e volto atras antes de arruinar seu casanento. E tadiinho do Chris ele ta sofrendo tanto, gosto muito dele. Agora sobre a situação atual que palhaçada é essa Dulce? Confia no seu taco não? Porque você mesma não foi la e esfrego na cara dessa mulherzinha que a Any tem dona? Ai ja vai brigar por causa de quem não vale a pena. Sério mesmo que ja ta acabando? :( que pena gosto tanto dessa fic. Posta mais Angel.

  • Furacao Maite Postado em 29/12/2015 - 23:24:19

    genteeeeee!!! amanhã vai ser quente!!! estou triste porque a fic vai acabar!!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais