Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Confesiones...Traduzida [AyA] TERMINADA


Capítulo: 11? Capítulo

6195 visualizações Denunciar


Suponho que deve fazer Poncho rir muito, ele gosta disso. E também suponho que....


Ai já basta, isto não esta me ajudando, continuo igual. Ja necessito um poço de paz, é desgastante estar assim. Ja não me sinto só triste, agora estou doente. Outra vez minha garganta. Não posso me descuidar, não posso descuidar da minha gente, eles não tem culpa de nada, não merecem me ver assim. Necessito tomar uma decisão. Posso continuar chorando e ver como ele se afasta mais e mais. Ou posso continuar chorando (por que a quem engano? sou a mais chorona, e também isto ainda não esta tão superado) mas ao mesmo tempo fazer um esforço se de não reconquista-lo ao menos de não perde-lo.

Mas e se o motivo de andar com ela, na verdade foi algo eu fiz? Me devo sentir culpada?

Não acordei uma manhã sabendo que estava apaixonada pelo Poncho, digamos que foi algo que fui captando com o tempo. Coisas que melhor dizendo se tornam habituais e sem importancia, de repente descobres que são vitais para você, que sem essas coisas não poderia viver, como fosse dar conta em uma casa que se sente só sem ele, ou buscar seu cheiro impregnado em minha almofada.
E rapido descobre que a pesar de conhecê-lo e te-lo tanto tempo convivendo com você as mariposas no estomago nunca desaparecem, e o mais importante de tudo é que descobre que é a única pessoa que pode odiar com a mesma intensidade com que a ama. Odeio ele por fazer tanto efeito em mim e ao mesmo tempo amo que o tenha.

Agora que estou doente ele tem se comportando divinamente comigo. Se passa por mim, checa se já tomei as pastilhas, procura fazer com que eu não fale muito para não me desgastar assim é ele que faz toda a conversa, obviamente evitando temas incomodos, me conta de todas as burradas que fez em Londres, me empresta seu ipod para ouvir as canções novas que baixo, ou simplesmente fica comigo em silencio enquanto me obriga com os olhos a terminar a comida. Não necessitamos dizer nada, simplesmente ficarmos perto um do outro é reconfortante.


E odeio isso, odeio que com esses gestos me faça esqueçer o triste que tenho estado e odiar que morro porque me abraça ou que fique comigo em meu quarto enquanto eu durmo, mas não posso. E como não ama-lo? Me tem cuidado como uma princesa, nos concertos se tem passado me vendo, me consola quando choro por la impotencia de nao poder cantar ao maximo. Como não amar suas atençoes? Tudo é natural, já não tem nada forçado, o que ele faz é por que tem vontade, não posso evitar não sorrir nem sentir no estomago uma apreensão cada vez que me vê, não posso evitar.
Mas quem me assegura que vamos continuar assim? Me sinto tão insegura aparentemente as coisas estão estaveis mas me restam poucos dias "sozinha" com ele. Em uns dias mais nós vamos para Espanha, em uns dias vai voltar pra ela, e eu? não sei se vou poder suporta-lo. Me tranquiliza ele estar aqui porque o tenho a uns passos de distancia, sei o que faz e aonde vai. Mas no dia em que voltarmos para o Mexico fora de nossos compromisos já não vou ver ele.
Me encantaria pensar que com certeza chegando ele termina com ela e tudo volta ao normal, mas não sei porque me faço de tonta, ele nem sequer me disse nada, mas não sei o que ele pensa, todas minhas conclusoes são baseadas no que eu sinto em relação a seu comportamento.

Não sei devo enfrenta-lo e falar com ele de uma vez por todas, acabar com tantas perguntas que eu tenho feito em toda a viajem ou deixar as coisas assim e esperar ver como avança sua relação com Claudia.


Ja ate dou risada da ironia de tudo, se me tivessem dito o que me esperava não sei tinha acreditado. Agora me arrependo de tantas atitudes que tive e decisões mal tomadas. Devia ter deixado de lado o rolo com a Dul, ela me quer e entende o que passou com Poncho e comigo, sei que no principio não foi tão facil digerir mas era algo que já ia ver e se ela que era a principal afetada nos apoiava o que importava o resto do mundo? creio que ate ela foi a mais surpreendida quando contei que não havia aceitado andar formalmente com Poncho, erro meu, feito esta. Outra mas? Não devia deixar a relação começasse a se tornar tão aberta, tao livre, o que passava com nós dois não era só paixão, havia e creio que ainda tem um sentimento forte, assim que me pergunto por que compartir o meu garoto quando o podia ter só para mim? Tantas cenas de ciumes que poderiamos ter evitado por as duas partes. Também feito esta. Devia, devia, devia, bla bla bla, já nem importancia tem me lamentar.

Mas apesar de tudo tem algo de que não me arrepende e isso é ter entregado a ele tudo de mim.
Meu sonhos e minhas realidade. Meu corpo e meu espirito.

Não sei o que nos espera quando regressarmos, mas quando ele ver ela, desejo com todo meu coração que ao menos um segundo se lembre de mim. Que lembre da nossa história.

Comprovado. O tempo não ajuda. É impossivel arrancar alguem de tão dentro. Quem disse que se podia mentiu. Esta legal! Ja passou bastante tempo desde do acontecido, bastante tempo, bastantes viagens e um montão de tentavas. E na verdade eu merecia a porrada que levei a alguns meses atras, mereci por ser muito confiada, por ser pretenciosa, por querer mudar meu destino.

Já não me lembro bem da primeira conversa a só que tivemos depois que se acabou. Como quando um tem muita vontade de saber algo e se concentra só nas palavras chaves, nessas que nos fazem sentir conformados. E assim foi, a final o que lembro dessa conversa é

"Any, terminei.."


E com isso fui feliz, e não nos falamos mais.


Na realidade nem fazia falta. Foi bastante obvio o que ele sentia, trazia uma cara de perdedor porque não podia estar com ela e a Odeia, a odiei por faze-lo sentir assim, e o odiei mais ele por ser retardado, caprichoso, por querer também mudar seu destino.
Agora lembro dele e me comove muito, me da coisas e me da uma vontade horrivel de ir abraça-lo e consola-lo - a pesar de que é estranho porque é algo bastante superado- mas nesse momento, como uma boa garota ciumenta, me sentia feliz, satisfeita. Ver ele com o "rabo entre as pernas" eu o provocava, bombardeava ele com comentarios para faze-lo saber - obviamente na frente de todos- o pouquinho que havia durado o capricho.

Mas não aguentei. Sim sou fraca com ele. Sou o que queria que fosse. Me converto no que da vontade a ele. Nada mais esse olhos e tres lindas palavras bastaram para o que perdoasse ele.
E meu coração, meu estomago e algo mas me pediam aos gritos estar com ele, sentir ele perto.



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): georgina

Este autor(a) escreve mais 10 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Mas não. Me ganhou algo, não sei de onde dentro de mim, não sei se foi quando lembrei a inchação que me deixou nos olhos depois de ter chorado tanto, ou me dar conta que apesar de que estava descobrindo e reconhecendo meu amor por ele, também descobri com tudo isso que tem uma Anahí que mesmo disposta a apaixonar-se e afrontar ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 32



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • carol_bsh Postado em 02/01/2021 - 14:47:56

    Oii gente, queria convidar vocês pra conhecer a minha fanfic: O melhor amigo do meu irmão - Vondy Poncho, na verdade, não é meu irmão. Minha mãe casou com o pai dele quando a gente tinha uns onze anos, e, desde então vivemos na mesma casa. Isso não é um problema, muito pelo contrário. A gente é bem amigo e se dá super bem. Temos gostos parecidos e a mesma roda de amigos. Ou quase a mesma... Christopher, (que vive me enchendo o saco), é o melhor amigo de Poncho, e vive em casa. Ou melhor, vivia. Agora ele tá voltando de um intercâmbio, ficou quase um ano na Austrália. O filho da puta deve tá mais gato do que saiu... E mais chato também, com certeza. Tenho postado todo dia, vão lá conhecer <3

  • dulnanda Postado em 23/03/2020 - 11:03:19

    Já li mas tô lendo de novo só de saber q Any escreveu isso nossa me corta o coração ver q ela sofreu tanto por causa do poncho! E ele era o único q não via isso como pode tava o tempo todo com ela e nunca percebeu meu deus &#128148; e tava com namorada e indeciso para com a Any tadinha. &#128549;&#128546;&#128557; Te amo Anahí &#9829;&#65039;

  • izabelaSpaniColungaPortillaHer Postado em 09/06/2016 - 19:12:16

    essa web me faz chorar, já li em espanhol, agora lendo em portugues. ela é muito linda. eu tenho certeza que foi a Anahi que escreveu pois ela fala com tanto sentimento, que só quem escreve assim é quem vivenciou isso.

  • ♛margareth_hale_ Postado em 20/02/2016 - 12:48:40

    Releeendo mais uma vez essa maravilhosidade bela bilionésima vez kkkkkkk Quando ao se é loucura ou não a Anahí ter escrito, a questão é que não faço ideia, poderia ter sido ela tanto quanto não poderia, no entanto apesar da duvida que sempre vai existir a final não sou ela, sigo acreditando que as coisas se passaram assim do modo como está em confesiones, nós vimos como Anahí sofreu na épocaa de Claudia e como nós sofremos e xingamos esta mulher kkkk Vivemos esta época e sofremos juntos e posteriormente surgiu Rodrigo, sabemos que ela o queria, mas realmente nunca foi Poncho. E este final que fala que ela não sabe como será depois do RBD, é tão real, pois de fato se distanciaram, de fato passou algo, pois nao vejo como normal já que obviamente se queriam tanto e diziam isto. Any está casada agora, Poncho em suas coisas e eu sigo aqui pensando nesta história, pensando em AyA, no trauma e que eles merecem uma chance de estar juntos.

  • bia_herrera Postado em 15/12/2015 - 23:15:17

    Nunca vou me cansar de ler e sofrer <3 Tenho total certeza de q foi a Anahi q escreveu <33

  • gabiacklessss Postado em 25/08/2015 - 01:57:19

    GENTE, PELO AMOR, vejo gente falando &quot;não é a anahi&quot; &quot;seria loucura&quot; &quot;ela nunca faria isso&quot; ME RESPONDAM POR QUE NÃO? Por que ela é a Anahi? é um ser humano, sem sentimentos...? Gente, por favor, a Anahi é humana, n tem loucura nenhuma em achar q é ela! Muito pelo contrário, quem conhece, quem é fã sabe, sabe como é a personalidade dela, como ela funciona, e diante disso,eu falo com toda a certeza, é ela sim! Ja li mil vezes esse &quot;desabafo&quot;, e tenho certeza que é ela. Em que mundo qualquer pessoa falaria isso? Com tanto detalhe, tanta certeza narrando, nenhuma trauamda do mundo teria essa capacidade, por favor. A os que não acreditam, revejam o lado de vcs, Anahi é rainha, é o que é, mas alem de tudo isso, é uma menina, com sentimentos, chora facil, ironica, amorosa, humana.

  • gabsherrera Postado em 16/08/2015 - 23:30:23

    vim aqui pra sofrer!! Relendo e me afogando em lagrimas pela milésima vez :( :(

  • margareth_hale_ Postado em 23/06/2015 - 23:16:02

    Ai meeeeu Deus essa web kkkkkkkkk Lembro te tela lido e surtado anos atrás no forum univision, e agora leio ela de novo, lembrando do trauma kkkkkkkkkk É muito amor demais. Arraaaasouuu traduzindo. Se é a Any ou não, não sei (é muita loucura pensar que é ela), que seja, mas é tão linda e lembra do jeitinho dela isso lembra. E esse final? Sempre quebrando meu coração.

  • bruh22 Postado em 01/11/2014 - 00:21:41

    sem comentários...

  • giopuente Postado em 11/07/2014 - 15:40:59

    Sem comentários, mto perfeita a web *_*


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais