Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: - Mentiras | Tema: AyA


Capítulo: Capítulo - CDX

1418 visualizações Denunciar


            O despertador de Anahí e o de Alfonso tocaram juntos, exatamente as 5h30 da manhã, fazendo com que os dois pulassem da cama, depois de mais uma noite mal dormida já que assim que as crianças dormiram Anahí precisou do corpo de Alfonso pressionando o dela na cama, fazendo com que ela até se esquecesse do medo que estava de que Alfonso a visse sem roupa.



- Vou precisar de um favor seu. - disse Anahí apressada, procurando uma roupa em seu guarda-roupas.



- O que você precisa? - Alfonso perguntou sem se virar para encará-la já que também estava apressado pegando seu terno.



- Preciso que você leve as crianças para a escola hoje. - pediu assim que encontrou o vestido que procurava.



- Hoje é impossível, eu te falei que eu tenho uma reunião importante as 7h. - Alfonso respondeu se virando pela primeira vez para encarar Anahí. - Qual gravata? - ele perguntou mostrando uma grafite e uma azul escuro.



- A prussiano. - ela respondeu, agora escolhendo seus sapatos.



- Azul ou grafite? Não sei o que é prussiano. - ele disse, nunca entendia as cores que Anahí falava.



- A azul. - ela riu. - Você tem certeza que não consegue levar as crianças? Também tenho uma reunião importante as 7h



- Hoje não dá, os investidores vieram da Alemanha conhecer minha pesquisa, não posso deixá-los esperando. - disse Alfonso, pegando seus sapatos.



- Esses não, o seu Armani preto combina mais. - disse Anahí, e Alfonso logo fez o que ela sugeriu e pegou seu sapato preto Armani.



Ambos até haviam planejado deixar suas roupas separadas na noite anterior, mas fora impossível depois que Anahí começara a dizer o que queria que Alfonso fizesse com ela.



- Como vamos fazer para levar as crianças? - perguntou Anahí.



- Eles podem faltar um dia. - disse Alfonso caminhando em direção a porta para tomar banho no banheiro do corredor, já que Anahí tomaria banho na suíte.



- Hoje eles não podem, tem passeio na escola do Enzo e festinha na escola da Clara, eles estão há uma semana falando sobre isso, eles não vão querer falta.



- Eu chamo um taxi e peço para a Lena levar eles para a escola. - disse Alfonso, como se não tivesse o porque de Anahí se preocupar com isso.



- Lena não está, você se esqueceu que ontem de noite ela foi para a casa dos seus pais ajudar no jantar que eles tiveram? - perguntou Anahí.



- Merda! - disse Alfonso, se lembrando de que Helena havia ido ajudar Ruth para supervisionar os preparativos do jantar que eles dariam para os médicos alemães.



- Você não tem como levá-los somente hoje? - Anahí voltou a perguntar.



- Eu já disse que não, você não pode se atrasar cinco minutos? - perguntou Alfonso.



- Não, eu já disse que hoje não vou conseguir levá-los.



- Eu vou pensar em algo. - disse Alfonso, antes de sair do quarto.



       Anahí se olhou no espelho pela ultima vez depois de ter tomado seu banho e se arrumado, se sentia bonita e confiante, como há tempos não se sentia; levou sua mão até sua barriga e sorriu, mas logo a afastou quando Alfonso voltou para o quarto, já quase pronto, fazendo com que ela se segurasse para não pular nos braços dele, já que amava vê-lo de roupa social.



Anahí fora até a cozinha, onde Alfonso havia deixado as crianças já arrumadas, comendo cereais, mesmo que Clara tenha insistido que queria tomar sorvete no café da manhã, assim como Anahí fizera naquela semana.



- Você tá linda. - disse Clara, fazendo Anahí sorrir.



- Obrigada. - ela beijou a bochecha dela e depois a de Enzo. - Terminem logo de comer porque hoje o Poncho e eu estamos apressados. - ela disse pegando uma xícara do café que Alfonso havia feito e fazendo uma careta ao beber o mesmo extremamente forte.



Minutos depois, quando Alfonso entrou na cozinha, Anahí abriu um largo sorriso antes de morder seus lábios, ela amava vê-lo de terno, e se não estivesse tão apressada teria pulado no pescoço dele e começado a despi-lo.



- Você está maravilhoso. - disse Anahí, quando Alfonso se aproximou dela para finalmente selar seus lábios aos dela lhe desejando bom dia.



- Você é maravilhosa. - ele disse sorrindo.



- Já sabe o que iremos fazer? - perguntou Anahí.



- Eles realmente não podem faltar na escola hoje? - ele perguntou, qualquer coisa levaria os dois para o seu trabalho e deixaria alguma enfermeira cuidando deles.



- NÃOOOOO. - os dois gritaram, Enzo não queria perder o passeio e Clara não queria perder a festinha. - NÃO POSSO FALTAR. - Clara continuou a gritar.



- Não gritem, eu já entendi. - disse Alfonso pegando um pouco de café. - Eu já preciso ir, não vou conseguir levá-los. - ele disse baixo, olhando para Anahí.



- Alfonso, por favor, é só hoje. - ela pediu.



- Anahí, eu tenho chegado atrasado todos os dias, hoje eu não posso. - ele colocou sua caneca na pia. - Se você quiser eu levo eles para o trabalho comigo e lá eu dou um jeito, mas eu não posso desviar do meu caminho para levá-los, sem contar que ainda está cedo para deixá-los na escola.



- Leva eles com você, quando der a hora você os leva pra escola. - disse Anahí. - Por favor, eu não posso hoje, minha promoção depende disso. - ela pediu, não podia cancelar a reunião de hoje.



- E a minha carreira depende dessa reunião, eu não posso parar no meio e dizer que tenho que levar meus filhos para a escola. - ele disse, seguindo Anahí que sairá da cozinha.



- Alfonso, eu sempre os levo...



- Porque você entra mais tarde; eu não me importaria de levá-los em qualquer outro dia, mas hoje eu não posso, há semanas eu estou te falando sobre essa reunião, você devia ter me avisado sobre a sua antes.



- Ótimo, já vi que não dá pra contar com você! - ela disse, estava com o humor exaltado por causa da gravidez.



- Se você fosse um pouco mais organizada e tivesse me contado sobre isso antes nós não estaríamos brigando por isso agora!



- Claro, a culpa é sempre minha. - ela disse ironicamente.



- Se você não deixasse tudo pra cima da hora nós não estaríamos tendo essa discussão.



- Você realmente quer perder seu tempo discutindo? Porque eu pensei que você estivesse atrasado. - ela rebateu.



- Eu estou, vou levá-los comigo para o hospital, não vou conseguir levá-los para a escola. - ele disse.



- Alfonso, eles não vão querer ir com você para o hospital hoje, a escolas abrem as 7h, você não vai se atrasar nem 15 minutos. - ela voltou a pedir.



- Depois você não sabe o porque de eu não querer ter mais filhos. - ele disse sem pensar, fazendo Anahí paralisar.



- O que você disse? - ela perguntou, querendo ter certeza do que havia escutado.



- Eu disse sem pensar. - ele disse. - Eu não queria ter dito isso...



Depois de mais cinco longos minutos de discussão, Alfonso saiu com Enzo e Anahí com Clara, já que haviam decido que levariam quem a escola ficasse no caminho para o trabalho, assim tanto Alfonso como Anahí chegaram apenas cinco minutos atrasados para suas respectivas reuniões.



       Quando saiu da reunião – a qual quase nem prestara atenção, se lembrando do que Alfonso havia lhe dito –, Anahí já estava decidida e sabia que agora nada lhe faria mudar de ideia.



Depois de buscar as crianças – já que Alfonso ainda estava em reunião –, Anahí aproveitou que havia ganho o resto do dia de folga para arrumar tanto a sua mala como a de Enzo, decidida a contar para Alfonso que estava grávida e ir embora antes que ele começasse a gritar.



- Eu amo você - disse Anahí, minutos depois de ter arrumado sua mala, já na sala, quando finalmente teve coragem de se despedir de Clara. - Não se esqueça que eu amo você. - pediu depois de depositar um beijo carinhoso na bochecha de Clara.



- Eu também te amo. - Clara a abraçou com força, tornando tudo ainda mais difícil.



- Você é como se fosse minha filha. - ela disse, se ajoelhando para ficar na altura da pequena, sem querer deixá-la.



- Então eu posso te chamar de mãe? - Clara perguntou confusa e Anahí a abraçou, deixando Enzo enciumado ao ver sua mãe dizer apenas para Clara que a amava.



Anahí engoliu o choro, havia demorado para se aproximar de Clara, justamente por medo de que isso um dia acontecesse, medo de precisar se afastar, mas antes que ela pudesse dizer alguma coisa, Alfonso chegara com um enorme sorriso de orelha a orelha, quase a distraindo do que ela tinha em mente para aquele dia, então, dando mais um beijo em Clara, Anahí se levantou, permitiu que Alfonso selasse seus lábios nos dela e foi até seu quarto, deixando Alfonso com os pequenos, sabendo que ela logo acabaria com a alegria dele.



Alfonso entrou no quarto logo em seguida, falando sem parar, empolgado, sorrindo como há tempos não sorria – o que fizera Anahí entender o porque de Clara falar corrido quando se empolgava –, mas quando Anahí entendera sobre o que ele estava falando, o sorriso abandonara seu rosto, Alfonso falava sobre uma proposta que recebera para levar sua pesquisa para Alemanha, onde teria que ficar por no mínimo seis meses.



- Podemos pensar nesses seis meses como se fossem férias prorrogadas. A Alemanha é incrível, e nós quatro poderíamos aproveitar esse tempo juntos.



– O problema Alfonso, é que não seremos apenas nós quatro, agora seremos cinco. - ela disse, pronta para se virar e pegar suas malas.



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): alinerodriguez

Este autor(a) escreve mais 4 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Alfonso parara de falar na hora, embora já soubesse disso, não esperava que Anahí fosse lhe contar daquela forma, fora então que ele vira as duas malas prontas ao lado da porta e encarara Anahí apavorado, com medo de perdê-la novamente. - Eu entendo que isso não é o que você quer, eu entendo que você tenha ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 3925



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • tatah_gioherrera Postado em 18/02/2019 - 19:09:51

    Por essa eu não esperava. Nunca imaginei essa reação da Rtuh. Tomara que nada aconteça nesse caminho da Annie até lá. Estou com medo já. Sinto que vem coisa por aí.

  • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:26:05

    Sinto cheiro de confusão e lágrimas 😭 Anahí vai atrás dele o que será que vai acontecer ? #PostaLogoSdds #QueremosMAratona PLIS

  • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 16:01:42

    Porra Ruth eu não esperava isso de vc ,vc está sendo muito ganacioda está pensando só na carrera vc não está pensando na felicidade do seu filho.

    • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 23:51:39

      Né ,ela falava tanto do Marcelo que agora ela está do mesmo jeito que ele anos atrás ,acho que a Gama subiu na cabeça dela

    • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:27:20

      Né isso a Ruth virou Marcelo é isso produção ?

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:17:21

    Go any go any goooo

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:16:57

    Ruth merece una tapas pra acordar pra vida zzzz

  • linda1 Postado em 18/02/2019 - 00:30:59

    Você, não me decepciona dona Ruth, eu não te criei pra isso. Voltei viu e já quero mais.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:51:50

    Posta mais, please.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:50:26

    Continuaaaaaaaaaaa, por favor. Não demore tanto para postar 😭😭😭. Amo essa história.

  • karla_rafaela Postado em 07/02/2019 - 00:43:00

    Amooooooo a Clarinha!!!!!!

  • vicunhawebs Postado em 04/02/2019 - 16:22:36

    Nova leitora. Ainda tô no início da história, mas já tô.amando

    • daicavalcante Postado em 06/02/2019 - 21:53:46

      Tua vai amar , já li mil vezes e li denovo e denovo rsrsrs



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...