Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: - Mentiras | Tema: AyA


Capítulo: Capítulo - CDXVIII

1868 visualizações Denunciar


Na manhã seguinte, Alfonso e Anahí estavam terminando de se arrumar para enfrentarem mais um cansativo dia de trabalho, quando escutaram Clara gritar, já que havia caído dos últimos degraus da escada, fazendo com que Alfonso e Anahí saíssem correndo do quarto, em direção a escada, para ver porquê a pequena havia gritado.


- Meu joelho. – Ela gritou chorando, escandalosamente, como sempre fazia quando caia ou se machucava.


- O que foi meu amor? – Anahí desceu as escadas correndo, preocupada, mesmo Alfonso a avisando que esse choro era manha.


- Meu joelho está doendo. – Ela chorou, sentada ao chão, levando suas mãos até seu joelho, o juntando a seu corpo.


- Deixa a mamãe ver. – pediu Anahí, sem se dar conta do que estava dizendo, se abaixando para ficar em uma altura mais próxima de Clara, fazendo Alfonso sorrir, já que finalmente Anahí estava se permitindo aproximar de Clara.


Depois de um cansativo dia de trabalho, Alfonso e Anahí jantavam com as crianças e com Helena, Clara falava empolgadamente sobre ter mais dois irmãozinhos, já que agora era só sobre isso que ela falava. Enzo continuava enciumado, sem se aproximar muito de Alfonso, era nítido que o pequeno estava triste, deixando claro o quanto aquilo o machucava, e quando Clara perguntara se isso faria com que ela também fosse irmã do Enzo, ele começara a chorar, dizendo que não queria nenhum irmão.


Alfonso tentara acalmá-lo, mas o mesmo não o deixou se aproximar, indo para trás da Anahí, escondendo seu rosto na mesma quando Alfonso tentou conversar com ele.


Depois do jantar, Alfonso estava conversando com Helena, enquanto ele colocava a louça na lavadora e ela terminava de fazer o chá que sempre fazia para ele, Alfonso comentava sobre o ocorrido durante o jantar – o que ela presenciara, já que sempre jantava com eles -, ele dizia que não sabia o que fazer, e ela lhe dizia que isso logo passaria, foi quando Clara começara a gritar desesperada, fazendo com que Alfonso se assustasse e saísse correndo da cozinha, a tempo de encontrar Enzo convulsionado, enquanto Anahí fazia o que era preciso – o virava de lado e o segurava com cuidado para que ele não se machucasse durante a crise.


Assim que despertara da crise, Enzo começara a chorar assustado, assim como sempre acontecia, e Anahí o abraçou, preocupada, já que não adiantava quantas crises Enzo tivesse, ela nunca se acostumaria com isso e sempre se assustaria ao vê-lo tendo uma crise.


- Está tudo bem. – Ela disse tentando acalmá-lo.


Na hora de dormir, Enzo pedira para dormir com Anahí, e Alfonso fora dormir no quarto de hospedes, mas pode escutar o pequeno perguntando se ele não brigaria com a Anahí depois, assim como Rodrigo fazia.


- Ele não vai brigar. – Respondera Anahí tentando tranquilizá-lo.


Assim como para Anahí era tudo muito novo, para Enzo também era novidade ter uma figura paterna que se preocupasse com ele e não brigasse sem motivos, o deixando assustado, por isso ele não queria que Alfonso o deixasse por causa dos bebés que logo viriam.


- Não vai me dar tchau? – perguntou Alfonso, depois que Clara lhe deu um abraço apertado para se despedir dele e Enzo continuou afastado.


- Tchau. – disse Enzo balançando sua mão para se despedir, mas Alfonso logo deixou suas malas no chão e o pegou no colo, e ele também lhe abraçou.


- Promete que vai me ligar todos os dias? – perguntou Anahí.


- Prometo. – Ele selou seus lábios aos dela.


- Estou tão orgulhosa de você – disse Helena, o fazendo sorrir.


Alfonso colocou suas últimas malas no taxi que estava estacionado em frente à sua casa, voltou a se despedir de Enzo e Clara, pedindo para que eles se comportassem durante essa semana, para em seguida selar seus lábios aos lábios de Anahí.


- Vou sentir sua falta durante essa semana. – Ela disse, não conseguia imaginar como seria dormir sozinha naquela cama espaçosa, assim como não saberia o que fazer quando de madrugada seu corpo pedisse desesperadamente por ele.


- É só uma semana. – Ele sorriu. – Prometo te ligar todas as noites. – disse, antes de lhe beijar pela última vez e entrar no taxi, que logo deu partida.


Já era 1 hora da manhã quando Alfonso colocou suas malas no chão do enorme quarto em que ficaria hospedado, em um dos hotéis mais luxuosos da cidade, Alfonso tirara seu celular do bolso e enviara uma breve mensagem para Anahí, apenas para que ela soubesse que ele já havia chegado no hotel.


“Cheguei no hotel.”


Alfonso pegara uma roupa em sua mala e fora até o banheiro, ele precisava de um banho rápido e quente para relaxar e conseguir dormir.


Assim que voltou ao quarto e pegara seu celular antes de se deitar na espaçosa e confortável cama king size, ele vira que Anahí havia respondido a sua mensagem.


“Já estou com saudade, vai demorar muito para você voltar pra casa?”


Ele logo a respondeu, já deitado na enorme cama, sentindo falta de ter Anahí ao seu lado.


“Você não deveria estar dormindo?”


Ela respondeu e mandou junto uma foto dela deitada na cama deles, junto com Clara e Enzo que já estavam dormindo.


“Impossível dormir sem você aqui. A cama ficou vazia demais sem você, por isso esses dias eles vão dormir aqui comigo.”


Alfonso apagara a luz do quarto e ascendera a pequena luminária que ficava perto da cama.


“Queria estar aí com você. Te amo.”


Anahí sorrira ao ler a mensagem dele.


“Também te amo. Boa noite.”


“Boa noite”


Essa fora a última mensagem que ele mandara antes de dormir, já que na manhã seguinte teria um longo dia pela frente.


Alfonso já estava em sua quinta noite em Berlim, e todas as suas noites estavam sendo assim, com ele antes de dormir trocando algumas mensagens com Anahí – mensagens que as vezes eram extremamente quentes –, mas era inevitável que as mensagens não tomassem esse rumo, já que Anahí parecia querer provoca-lo, dizendo o quanto sentia sua falta e o quanto o seu corpo sentia a falta dele, isso sem contar as fotos que ela lhe mandava, apenas de lingerie, o que fazia com que ele quisesse desesperadamente voltar para casa.


“As crianças não quiseram dormir comigo hoje, me sinto sozinha nessa cama tão grande.”


Ela enviou para Alfonso, seu corpo nunca precisou do dele tanto quanto estava precisando agora.


“Eu adoraria estar aí com você, não tenho dormido direito sem você ao meu lado.”


Ele logo respondeu, desejando estar com ela agora, depois de um dia tão estressante quanto ao que tivera.


“E o que você faria comigo se estivesse aqui agora?”


Ela perguntou, seu corpo já não aguentava mais ficar longe dele.


“Tem tanta coisa que eu gostaria de fazer com você agora, eu adoraria deixar suas pernas tremendo enquanto você geme meu nome.”


Ele enviou a mensagem, já sabendo onde aquela conversa os levaria.


“Mesmo de longe você mexe comigo Alfonso, faz com que eu me toque imaginado que é você quem está me tocando.”


Ela responde, seu corpo sentia tanta falta do corpo dele que ela já não se reconhecia mais.


“Eu adoraria ver isso.”


Ele respondeu, e logo uma chamada de vídeo apareceu no visor de seu celular, e ele logo a aceitou e se surpreendeu quando vira Anahí com uma camisola transparente, passando a mão em seu corpo, fazendo com que cada parte do seu corpo despertasse, querendo estar ao lado dela.


Anahí se tocara, chamando por ele, que lhe dizia onde e como ela deveria se tocar, a incitando até que ela atingisse seu clímax, com seu corpo tremendo, mas não totalmente saciado, já que nada se comparava a ter o corpo de Alfonso pressionando o seu.


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): alinerodriguez

Este autor(a) escreve mais 4 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Na manhã seguinte, depois de ter ficado até as 2 horas da manhã conversando com Anahí, Alfonso estava passeando pelas ruas de Berlim quando encontrou uma pequena loja de roupas infantis e sorriu entrando na mesma, as vezes lhe surpreendia o quanto estava ansioso pela chegada dos gêmeos. Alfonso saiu da loja com três enormes sacolas de ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 3925



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • tatah_gioherrera Postado em 18/02/2019 - 19:09:51

    Por essa eu não esperava. Nunca imaginei essa reação da Rtuh. Tomara que nada aconteça nesse caminho da Annie até lá. Estou com medo já. Sinto que vem coisa por aí.

  • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:26:05

    Sinto cheiro de confusão e lágrimas 😭 Anahí vai atrás dele o que será que vai acontecer ? #PostaLogoSdds #QueremosMAratona PLIS

  • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 16:01:42

    Porra Ruth eu não esperava isso de vc ,vc está sendo muito ganacioda está pensando só na carrera vc não está pensando na felicidade do seu filho.

    • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 23:51:39

      Né ,ela falava tanto do Marcelo que agora ela está do mesmo jeito que ele anos atrás ,acho que a Gama subiu na cabeça dela

    • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:27:20

      Né isso a Ruth virou Marcelo é isso produção ?

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:17:21

    Go any go any goooo

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:16:57

    Ruth merece una tapas pra acordar pra vida zzzz

  • linda1 Postado em 18/02/2019 - 00:30:59

    Você, não me decepciona dona Ruth, eu não te criei pra isso. Voltei viu e já quero mais.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:51:50

    Posta mais, please.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:50:26

    Continuaaaaaaaaaaa, por favor. Não demore tanto para postar 😭😭😭. Amo essa história.

  • karla_rafaela Postado em 07/02/2019 - 00:43:00

    Amooooooo a Clarinha!!!!!!

  • vicunhawebs Postado em 04/02/2019 - 16:22:36

    Nova leitora. Ainda tô no início da história, mas já tô.amando

    • daicavalcante Postado em 06/02/2019 - 21:53:46

      Tua vai amar , já li mil vezes e li denovo e denovo rsrsrs



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...