Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: - Mentiras | Tema: AyA


Capítulo: Capítulo - CDXXII

1262 visualizações Denunciar


O corpo de Anahí ainda estava se habituando as suas mudanças causadas pela gravidez, assim como ela estava se habituando ao desejo flamejante que sentia todas as noites, quando seu corpo pedia por Alfonso de forma como ela nunca imaginou precisar de um homem.


Anahí continuou a acordá-lo de madrugada, cada dia querendo algo diferente, desde sexo a comida, as vezes até mesmo querendo que ele saísse da cama e a deixasse dormir sozinha, ou querendo apenas que ele a tocasse, proporcionando prazer apenas a ela.


- Alfonso. – Anahí o chamou, o empurrando, assim como sempre fazia para acordá-lo de madrugada, quando seu corpo pedia por ele.


- Anahí, eu preciso dormir. – Ele disse, colocando seu travesseiro sobre seu rosto, e ela voltou a chama-lo manhosa.


- Pequena, não há homem que aguente esse seu ritmo. – Ele disse tirando seu travesseiro do rosto, fazendo Anahí gargalhar.


- Eu não quero transar. – Ela respondeu ainda rindo. – Poncho. – Ela o chamou, até que ele olhasse para ela. – Eu preciso comer os cannolis que a sua Nonna faz. – ela disse apreensiva, havia sonhado que estava comendo o cannoli feitos pela avó de Alfonso.


- Agora eu não vou encontrar cannoli em nenhum lugar. – Ele disse, voltando a tampar seu rosto com o travesseiro, precisando dormir, já que há uma semana Anahí o estava acordando todos os dias durante a madrugada.


- Eu não quero qualquer cannoli, Alfonso, eu quero os que a sua nonna faz.


- Eu não vou dirigir até a casa da Nonna agora. Amanhã cedo eu consigo cannoli pra você.


- Alfonso, eu preciso comer cannoli agora. Eu estou com desejo. – Ela disse, puxando o travesseiro que tampava o rosto dele.


- De 0 a 10, quanto é que você precisa comer isso? – ele perguntou, se dando por vencido.


- Mais que 10. – Ela respondeu, terminando de puxar a coberta dele.


Alfonso bufou antes de se levantar, se dando por vencido e novamente despertando para satisfazer os desejos de Anahí.


Sem ter como ir até a casa de sua avó ou ao restaurante dela naquele horário, Alfonso decidira preparar os cannolis, já que era o único da família que conhecia todas as receitas de sua avó e sabia cozinhar tão bem quanto ela.


Depois de esperar por um pouco mais de uma hora deitada em sua cama, Anahí decidiu se levantar e ir até a cozinha, onde ela sabia que Alfonso estava, já que escutara barulhos vindo da mesma e se surpreendera quando entrou na cozinha e encontrou Alfonso sem camisa, vestindo apenas sua calça de moletom – a qual ele usava para dormir –, e um avental, finalizando os cannolis que Anahí tanto queria.


- É tão sexy te ver cozinhando. – disse Anahí, que ficara por alguns minutos em silencio, o analisando enquanto ele finalizava os cannolis. – Já posso provar? – ela sorriu maliciosamente.


- Ainda estão quentes. – Ele respondeu, concentrado no que estava fazendo.


- Quente estou eu te vendo cozinhar. – Ela se aproximou dele. – Preciso transar enquanto espero para poder comer.


Anahí ficara tão surpresa e excitada ao ver Alfonso preparando os cannolis que ela não se aguentou, se aproximou dele passeando suas unhas pelas costas do mesmo, o arranhando, do jeito que sempre o fazia se arrepiar, até chegar ao nó do avental, que foi desamarrado com vontade.


Alfonso se virou, passando suas mãos pela cintura dela, a puxando, colando seus corpos, ela fechou seus olhos ao sentir aquelas fortes mãos a apertando, deixando o arrepio tomar conta de seu corpo.


Alfonso caminhou, conduzindo Anahí até que ela ficasse presa entre o balcão da cozinha e ele, então a beijou, enquanto suas mãos passeavam livremente pelo corpo dela, parando em seu traseiro, antes de pegá-la no colo e coloca-la sentada no balcão.


Alfonso não demorou para se livrar da fina camisola que Anahí vestia, e dar a devida atenção aos seus seios, sua língua macia a deixavam em chamas, cravando as unhas nas costas dele, enquanto mordia seus lábios, controlando seu gemido, até sentir o leve toque dos dedos de Alfonso sobre sua calcinha, já húmida.


- Tão pronta. - Ele rosnou, colocando um de seus dedos por dentro da calcinha de Anahí, tocando em sua intimidade.


Quando Alfonso sentiu as paredes de Anahí pulsarem, ele arrancou rapidamente a calcinha de Anahí, começou beijando seu tornozelo, fazendo com que o corpo dela se arrepiasse, esperando o que logo estava por vir, e depois de percorrer um longo caminho com seus lábios nas pernas de Anahí, ele chegou onde ela tanto ansiava, e assim que a língua dele tocou na intimidade dela, ela gemeu, fechando seus olhos e se agarrando aos cabelos dele.


O corpo tremulo de Anahí chamava por Alfonso, respondendo a cada toque do mesmo, acompanhando seus movimentos, se mexendo involuntariamente, até que ela desabasse em um orgasmo alucinante, para logo em seguida sentir seu corpo amolecer, soltando os cabelos de Alfonso, que sorria ao ver Anahí quase deitada na bancada, ofegante.


Alfonso rapidamente se livrou de sua calça e sua cueca, e ajudou Anahí a se levantar da bancada, ainda com a respiração acelerada, com seu corpo pedindo ainda mais por Alfonso.


Alfonso a virou, fazendo com que ela ficasse de costas para ele, e em seguida a empurrou, dobrando seu corpo sobre a bancada da cozinha esfregando o volume do seu membro no traseiro dela.


- Eu quero mais que isso. – Ela pediu, pronta para recebe-lo.


Atendendo ao seu pedido, Alfonso deixara as pernas de Anahí juntas, no meio das dele, e a penetrara de uma vez, fazendo com que ela precisasse morder seus lábios para não gemer alto.


Anahí agarrou a bancada, ainda de olhos fechados, se permitindo sentir todo o prazer que Alfonso lhe proporcionava, sentindo-o fundo dentro dela, que assim que empinou sua bunda e ensaiou um rebolado, pode ouvir Alfonso xingar, com a respiração pesada, aumentando seu ritmo.


- Mais! – Ela pediu, quase gritando, e ele logo obedeceu, fazendo com que poucas estocadas depois, ambos desabassem em um intenso clímax.


Alfonso deixou seu corpo cair sobre o de Anahí, ainda sobre a bancada da cozinha, mas logo se levantou, ainda com a respiração pesada, a observando, pensando no quanto era sortudo por tê-la ao seu lado.


- Agora eu já posso comer? – ela perguntou depois de alguns minutos, quando sua respiração já havia se acalmado, assim como o seu corpo.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): alinerodriguez

Este autor(a) escreve mais 4 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Alfonso acordou as 6 horas da manhã com o seu despertador tocando, pensou em voltar a dormir por mais alguns minutos, mas não queria chegar atrasado novamente, ainda mais porque hoje teria uma palestra de Ruth para os novos residentes do hospital, e ela lhe daria um sermão de duas horas se ele não assistisse a sua palestra. - Fica mais um pouco. ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 3925



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • tatah_gioherrera Postado em 18/02/2019 - 19:09:51

    Por essa eu não esperava. Nunca imaginei essa reação da Rtuh. Tomara que nada aconteça nesse caminho da Annie até lá. Estou com medo já. Sinto que vem coisa por aí.

  • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:26:05

    Sinto cheiro de confusão e lágrimas 😭 Anahí vai atrás dele o que será que vai acontecer ? #PostaLogoSdds #QueremosMAratona PLIS

  • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 16:01:42

    Porra Ruth eu não esperava isso de vc ,vc está sendo muito ganacioda está pensando só na carrera vc não está pensando na felicidade do seu filho.

    • hittenyy Postado em 18/02/2019 - 23:51:39

      Né ,ela falava tanto do Marcelo que agora ela está do mesmo jeito que ele anos atrás ,acho que a Gama subiu na cabeça dela

    • daicavalcante Postado em 18/02/2019 - 16:27:20

      Né isso a Ruth virou Marcelo é isso produção ?

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:17:21

    Go any go any goooo

  • julia_loveponny_aya Postado em 18/02/2019 - 03:16:57

    Ruth merece una tapas pra acordar pra vida zzzz

  • linda1 Postado em 18/02/2019 - 00:30:59

    Você, não me decepciona dona Ruth, eu não te criei pra isso. Voltei viu e já quero mais.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:51:50

    Posta mais, please.

  • lila Postado em 17/02/2019 - 22:50:26

    Continuaaaaaaaaaaa, por favor. Não demore tanto para postar 😭😭😭. Amo essa história.

  • karla_rafaela Postado em 07/02/2019 - 00:43:00

    Amooooooo a Clarinha!!!!!!

  • vicunhawebs Postado em 04/02/2019 - 16:22:36

    Nova leitora. Ainda tô no início da história, mas já tô.amando

    • daicavalcante Postado em 06/02/2019 - 21:53:46

      Tua vai amar , já li mil vezes e li denovo e denovo rsrsrs



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...