Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: - Mentiras | Tema: AyA


Capítulo: Capítulo - CDXLII

324 visualizações Denunciar


Mesmo após dias a proposta de Marcelo de trazer sua pesquisa para perto ainda estava na cabeça de Alfonso, ele sabia que qualquer coisa que Marcelo pedisse o dr. Frank aceitaria, mas o que o impedia de aceitá-la era o seu orgulho, que não queria que ele tirasse nenhuma vantagem por ser um Herrera Rodriguez.


Clara já estava em casa, recebera alta poucos dias depois e só após a alta de sua neta que Marcelo voltara para casa, junto com Manuela que ficara ao lado de Alfonso durante esses dias.


Alfonso tentara ser mais presente durante as próximas semanas, recusando longos plantões e voltando ao seu horário normal no hospital, mas mesmo assim ele sentia como se seus dias não tivessem horas o suficiente.


Assim que as crianças dormiram Alfonso se jogou em sua cama, exausto, se perguntando como faria quando os gêmeos nascessem.


- Está tudo bem? – Perguntou Anahí, se sentado ao lado de Alfonso, que assentiu. – Nós estamos bem? – Perguntou preocupada e Alfonso novamente assentiu. – Estou te achando distante, digo, você está aqui, mas a sua cabeça não.


- Eu estou tentando Anahí. – Ele disse na defensiva, o que menos queria agora era começar uma discussão. – Eu realmente estou tentando.


- Eu sei, eu sei, mas estou preocupada com você, estou preocupada com a gente...


- Eu só preciso de um tempo para me acostumar com essa correria, só até eu me ajustar a tudo isso.


- E se isso tudo for demais pra você? E se você não conseguir se ajustar a isso? – Ela perguntou, era visível o desgaste físico e mental de Alfonso.


- Então eu passo a pesquisa para outro médico. – Ele foi sincero, seu orgulho faria com que ele preferisse abrir mão de sua pesquisa a pedir um favor como aquele para Marcelo.


- Não faça isso, por favor, se você fizer isso você vai me culpar...


- Eu não estou te culpando...


- Está! – Ela o interrompeu. – Você pode não perceber isso, mas você está sendo cruel, você está me afastando de você Alfonso, e isso me assusta.


- Eu não te culpo por nada, eu só estou exausto, eu não sei o que fazer e eu detesto me sentir assim. – Ele foi sincero. – Eu detesto me sentir fora de controle.


- Preciso saber que estamos bem...


- Nós estamos bem, pequena, nós estamos bem. – Ele disse, e em seguida a abraçou, fazendo com que ela se tranquilizasse.


- Quando você volta para a Alemanha? – Ela perguntou com a cabeça apoiada no ombro de Alfonso.


- Daqui a duas semanas, tenho um jantar com a Antonella. – Ele respondeu. – E uma reunião na editora.


- Um jantar com a Antonella? Só vocês dois? – Ela perguntou voltando a encará-lo, por mais que confiasse em Alfonso, cada vez que ele ia para a Alemanha e dizia que havia se encontrado com Antonella, ela precisava controlar seus ciúmes.


- Onde você quer chegar com isso, Anahí? – Ele perguntou.


- Você tem se encontrado bastante com ela, não tem? – Ela perguntou tentando não deixar transparecer seus ciúmes.


- Quase todas às vezes em que eu vou para a Alemanha e eu sempre te aviso antes. – Ele respondeu, se Anahí queria sinceridade, ele seria sincero. – Mês que vem ela virá para o jantar beneficente da fundação da Manu e do William, eu não entendi direito o porquê de a Ruth tê-la convidado, mas acho que é porque ela quer que eu assine o contrato logo.


- E por que você não faz isso? Por que não assina logo esse contrato? – Ela perguntou curiosa.


- Eles colocaram uma condição no contrato, a qual eu não sou muito favorável. – Ele respondeu.


- Qual?


- Eles acham que eu sou muito reservado quanto a minha imagem, querem que eu apareça mais na mídia, venda minha imagem como um Herrera Rodriguez.


- Mas você não quer fazer isso. – Ela concluiu.


- Gosto de levar uma vida tranquila, sem contar que sempre que o meu nome é citado é para especular sobre a causa da minha briga com o Marcelo e eu sempre acabo sendo o filho rebelde que se voltou contra o pai. – Desabafou.


- Talvez as coisas possam ser diferentes agora que vocês começaram a se entender.


- Nada será diferente, não é porque Marcelo e eu paramos de brigar quando nos vemos que estejamos nos entendendo. – Ele disse se levantando da cama, estava cansado precisava apenas de um banho e uma longa noite de sono.


Assim que Alfonso entrara no banheiro Anahí pegara seu celular e digitara “Alfonso Herrera Rodriguez” em um site de buscas e mesmo as notícias mais recentes sobre ele traziam em algum paragrafo alguma especulação sobre sua briga com Marcelo, até mesmo notícias sobre sua pesquisa reservavam um parágrafo para especular sobre a briga que pai e filho tiveram.


No entanto fora uma notícia sobre seu relacionamento com Alfonso que chamara a atenção de Anahí “Alfonso Herrera Rodriguez, solteiro ou comprometido? Analisamos as últimas fotos do herdeiro de apenas 24 anos e descobrimos algo que talvez ninguém tenha reparado”.


- Que merda é essa? – Anahí perguntou para si mesma enquanto lia o restante da matéria em um site de fofocas sobre celebridades.


“A questão é que em nenhuma das fotos tiradas nos últimos dias Alfonso aparece com uma aliança em seu dedo, o que nos leva a acreditar que o bonitão continua solteiro e livre, mesmo após ter engravidado a estilista Anahí Giovanna Puente Portilla de 24 anos...”


Anahí não precisara ler toda a notícia para decidir o que fazer e no dia seguinte, assim que saíra do ateliê, ela fora diretamente até uma joalheria e depois de longos minutos escolhendo, comprara um par de alianças de compromisso para usar junto com Alfonso.


Anahí sabia que Alfonso não era do tipo que precisava de aliança em qualquer outra coisa que simbolizasse o relacionamento que eles tinham, mas ela queria que soubessem que ele estava sim em um relacionamento com ela.


- Você chegou tarde, está tudo bem? – Perguntou Alfonso, quando Anahí finalmente chegou em casa e entrou na cozinha, onde Alfonso e Helena serviam o jantar para as crianças.


- Precisei resolver uma coisa assim que sai do ateliê. – Ela respondeu, se xingando mentalmente por ter esquecido de avisá-lo que demoraria a chegar.


- Que coisa? E por que você não avisou? – Ele perguntou, Anahí não era do tipo que sumia sem dar explicações.


- Vamos jantar e depois conversamos sobre isso, pode ser? – Perguntou, só agora percebendo o quanto estava com fome.


Depois de colocarem as crianças para dormir, Anahí finalmente tomou coragem de conversar com Alfonso, embora temesse que ele a achasse insegura e ciumenta pela decisão que tomara.


- E então, onde você foi que não pode nem me avisar que demoraria para chegar? – Ele perguntou após entrar em seu quarto e encostar a porta.


- Ontem eu acabei lendo algumas notícias em um site de fofocas...


- Você não deveria ler essas coisas, eles inventam muitas coisas somente para lucrar. – Ele tentou explicar para Anahí.


- Eu sei, mas o que eles escreveram não era de fato mentira, porque você não usa uma aliança, então isso faz com que as pessoas pensem que você ainda está solteiro. – Ela disse, não queria parecer insegura, já que há algum tempo havia deixado a Anahí insegura para trás, mas ainda havia pontos em que ela sabia que precisava melhorar sua confiança tanto em si mesma como em Alfonso.


- E eles estão falando que eu estou solteiro porque não uso uma merda de uma aliança? – Ele perguntou, embora já soubesse a resposta.


- Sim, por isso eu demorei, fui comprar uma aliança de compromisso, eu sei que você não gosta dessas coisas, mas pelo menos assim eles não vão mais dizer que você está solteiro porque não usa uma aliança.


Alfonso ficou parado por um momento, analisando o que Anahí havia feito e ela analisava assustada sua reação, imaginando que em qualquer momento ele começaria a dizer o quanto aquela atitude dela havia sido ridícula e ela teria que concordar com ele.


- Tudo bem. – Ele por fim concordou, passando a mão em sua nuca. – Se pra você isso é importante então usaremos uma aliança.


- Você está falando sério? – Ela perguntou surpresa, já que essa não era o tipo de reação que esperaria de Alfonso.


- Estou, se usar uma aliança é importante para você, então nós usaremos uma.


- Eu já comprei, agora só precisamos esperar que fiquem prontas. – Ela contou, ainda surpresa com a atitude de Alfonso.


Uma semana depois, no dia em que Anahí lhe entregara sua aliança, a qual era dourada e grossa, como se ela quisesse deixar claro para quem a visse que Alfonso estava comprometido, o mesmo buscava por sua aliança, a qual ele não sabia onde havia deixado.


Alfonso já havia retornado em todos os setores do centro médico no qual ele se recordava de ter passado naquele dia, mas nem mesmo com a ajuda de algumas enfermeiras, ele conseguira encontrar sua aliança e ele sabia o quanto isso deixaria Anahí furiosa.


Não que ele não quisesse usar a aliança – embora ele acreditasse que isso fosse desnecessário –, se isso era importante para Anahí, ele não se oporia, no entanto havia alguns momentos no centro médico em que ele não podia usar uma aliança, por isso era obrigado a tira-la.


Devido algumas normas de segurança, era comum que os cirurgiões deixassem guardado seus relógios, anéis, pulseiras, piercings e até mesmo alianças; Alfonso até pensara em deixar sua aliança guardada em seu armário assim que chegara ao centro médico, mas ele logo fora chamado para uma emergência, por isso saíra correndo sem se preocupar com sua aliança, e agora não se lembrava de onde a havia deixado.


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): alinerodriguez

Este autor(a) escreve mais 4 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Alfonso saíra tarde do hospital, devido a uma cirurgia que aparecera quando ele já estava indo embora, por isso ele enviara uma rápida mensagem para Anahí, já que ela sempre o esperava acordada. “Chegarei tarde, não espere por mim acordada. Te amo” – Escreveu Alfonso antes de entrar no centro cirúrgico. Qua ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 4004



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ginja2011 Postado em 10/10/2019 - 22:52:34

    Ainda bem que ele chegou a tempo!

  • camilaaya Postado em 05/10/2019 - 22:24:39

    Ah, eu sabia

  • ginja2011 Postado em 05/10/2019 - 15:23:03

    Agora o bicho pegou, chega rápido Alfonso!!

  • camilaaya Postado em 03/10/2019 - 23:05:37

    Ñ sei, tenho pra mim que Alfonso ñ vai ver o nascimento dos gêmeos

  • taibm Postado em 03/10/2019 - 08:29:01

    Nao para nao

  • izabelaSpaniColungaPortillaHer Postado em 03/10/2019 - 06:35:26

    fazia tempo que não lia essa fanfic, muito boa. o poncho foi idiota com a Anahí, mas pelo menos ele resolveu mudar e perdoar o Marcelo, esse Lourenço tá mexendo em casa de maribondo, kkkkk.. Posta mais!!!!

  • taibm Postado em 01/10/2019 - 22:08:29

    Amandooo continua

  • daicavalcante Postado em 27/09/2019 - 19:30:14

    Posta mais

  • taibm Postado em 24/09/2019 - 17:32:58

    Por que parou? Parou por que? Continuaaa

  • camilaaya Postado em 23/09/2019 - 21:51:52

    Sdds de ler capítulo novo, ñ acredito que já esteja quase na reta final, ñ estou preparada para o fim dela. Estou relendo ela no momento



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...