Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: - Mentiras | Tema: AyA


Capítulo: Capítulo - CDLII

254 visualizações Denunciar


Alfonso avisou Anahí que levaria as crianças para a mansão, já que ambos estavam sonolentos e que assim que eles tivessem dormido, ele voltaria, Anahí resmungou, já que também não via a hora de ir dormir, e Alfonso riu, concordando com ela, assim que ele voltasse daria um jeito de sair de lá com Anahí.


Alfonso precisou lutar contra a vontade de se jogar na cama e ficar ali dormindo com as crianças, já que ele passara o dia sonolento e ainda estava cansado por ter passado sua manhã no hospital.


Maite e Anahí haviam aproveitado que todos saíram da mesa para sair também e irem até o jardim da mansão, mesmo com o frio que fazia do lado de fora; Anahí queria conversar com ela, queria saber como ela estava se sentindo, mas estava receosa já que a mesma não havia lhe contado sobre a briga com William.


- Estou te achando tão abatida. – Ela disse, procurando a melhor maneira de iniciar aquela conversa.


- Não pensei que seria tão difícil ficar sem ele, eu não achava que eu estava tão dependente assim dele. – Confessou Maite. – Me sinto vulnerável. – Ela disse e Anahí sabia perfeitamente como ela estava se sentindo já que também se sentia assim quanto a Alfonso.


- Você vai tentar falar com ele? – Perguntou Anahí, enquanto esfregava seus ombros com as mãos, tentando se aquecer.


- Eu não sei, tenho medo dele não querer falar comigo e isso me deixaria pior do que eu estou. – Foi sincera, se William a desprezasse ela não poderia suportar. – Eu fui cruel demais, eu o comparei com o pai biológico dele.


- Você precisa conversar com ele, falar que sente muito, dizer como se sente, Will é uma boa pessoa, tenho certeza que ele irá te ouvir. – Ela disse, cruzando seus braços como se estivesse se auto abraçando por causa do frio.


- Com licença. – Disse Lorenzo se aproximando enquanto tirava seu paletó, e Anahí se perguntou de onde ele havia surgido, já que ela pensava que estava sozinha com a Maite no jardim. – Está frio demais pra vocês ficarem aqui do lado de fora. – Ele disse, colocando seu paletó nos ombros de Anahí, que não teve tempo de recusar.


- Obrigada. – Ela agradeceu timidamente.


Lorenzo aparentava ser tão gentil e educado que Anahí começara a se perguntar se tudo o que ele dizia sobre Alfonso era verdade e se Alfonso realmente era tão arrogante se tratando de seu lado profissional.


- Finalmente te achei. – Disse Alfonso se aproximando e Anahí pode perceber pelo maxilar cerrado de Alfonso que ele estava tentando controlar sua raiva por vê-la conversando com Lorenzo e coberta pelo paletó dele.


- Herrera. – Lorenzo o cumprimentou, mas seu tom era carregado de sarcasmo.


Alfonso preferiu fingir que Lorenzo não estava lá, passando por ele e ficando ao lado de Anahí, se controlando para não demonstrar seus ciúmes e seu lado possessivo, já que as coisas entre ele e Anahí pareciam finalmente terem se acertado.


- Bom, eu já estou indo, vim apenas me despedir, foi um prazer te conhecer Anahí. – Disse Lorenzo e Alfonso bufou, ainda se segurando para não responder Lorenzo de forma rude.


- O prazer foi meu. – Respondeu Anahí.


Alfonso tirou o paletó dos ombros de Anahí o devolvendo para Lorenzo e antes que o mesmo pudesse falar alguma coisa, Alfonso tirou seu paletó e colocou sobre os ombros de Anahí.


- Muito gentil da sua parte. – Disse Alfonso ironicamente.


- Guarde sua ironia pra você Herrera. – Disse Lorenzo vestindo seu paletó. – Ela estava com frio e eu emprestei meu paletó, apenas isso, não sou igual a você, respeito relacionamentos. – Ele disse e Alfonso riu ironicamente. – Eu já vou, como sempre, foi um desagrado vê-lo Herrera.


Anahí e Maite se olharam surpresas, Lorenzo havia dado a entender que Alfonso havia atrapalhado seu relacionamento com alguém.


- Igualmente González. – Respondera Alfonso e Lorenzo se afastou antes de começar uma discussão com Alfonso.


- Conta logo. – Maite fora direto. – Que papo foi esse sobre atrapalhar relacionamentos?


- Eu não sei do que ele estava falando. – Alfonso mentiu.


- Você está mentindo. – Disse Anahí surpresa. – Por que é que vocês não se gostam?


- Eu não gosto dele porque ele é arrogante, eu fui interno dele, ele é um péssimo professor.


- E por que ele não gosta de você? – Perguntou Anahí.


- Ele e a Claudia tinham um caso quando eu comecei a sair com ela. – Confessou Alfonso.


- Pensei que você tivesse uma regra quanto a mulheres comprometidas. – Disse Maite surpresa.


- Eu tinha, mas eles não tinham um relacionamento sério. – Respondeu.


- Qual é o problema da Claudia com homens mais novos? Todo cara com o qual ela se relaciona é mais novo que ela? – Perguntou Anahí indignada e Alfonso deu de ombros.


- Boa noite. – William se aproximou, tão tímido quanto Maite estava.


- Boa noite. – Maite respondeu sem encará-lo.


- Christopher não conseguiu mesmo vir. – Comentou William.


- Ele me mandou uma mensagem, disse que o Juan está resfriado, por isso não veio. – Disse Alfonso.


- Ainda estranho ser o único de nós três a não estar casado e ter filhos. – Disse William. – Sei que você vai falar que você não está casado, mas vocês moram juntos, isso é como estar casado.


- É quase como estar casado. – Alfonso concordou. – Anahí e eu estamos bem cansados, tivemos uma madrugada conturbada, por isso já vamos pra casa. – Ele disse, queria deixar Maite e William sozinhos.


- Fiquei sabendo que você se jogou da casa da árvore, você está bem? – Ele perguntou.


- Estou, não foi nada demais. – Ele passou sua mão na base da coluna de Anahí. – Vamos?


- Vamos. – Respondeu Anahí. – Will, eu amei o seu discurso, me fez pensar sobre muita coisa. – Foi sincera e William apenas sorrira timidamente.


Assim que Alfonso e Anahí saíram do jardim puderam escutar William finalmente falando com a Maite, perguntando se ambos podiam conversar e ela prontamente aceitara, surpresa por ele querer falar com ela, assim como ele ficara surpreso por ela aceitar falar com ele.


- Eu estou exausta. – Disse Anahí tirando seus sapatos ao entrarem no quarto de Alfonso na mansão.


- Somos dois. – Ele disse começando a tirar seu o colete do terno que estava vestindo.


- Você até que está bem desejável com esse terno, mas meu cansaço é maior do que qualquer coisa. – Ela disse o fazendo rir.


- Ótimo porque hoje eu certamente te deixaria na mão, estou exausto.


- Podemos apenas tomar um banho juntos e dormir abraçados? – Perguntou.


- Essa é uma ótima ideia. – Sorriu terminando de se despir.


Depois de tomarem banho juntos Anahí vestiu apenas uma calcinha e uma camisa de Alfonso e ele vestira apenas uma cueca boxer para logo em seguida se deitar em sua cama de trás de Anahí e a puxar, encostando suas costas em seu peitoral, a abraçando.


- Eu te amo. – Ele disse.


- Eu também te amo. – Ela disse sorrindo.


Durante as duas semanas seguintes Anahí e Alfonso planejaram os aniversários de Enzo e Clara, como ambos faziam aniversário com apenas alguns dias de diferença ambos pensaram em fazer apenas uma festa para os dois, mas conhecendo sua filha como Alfonso a conhecia ele sabia que a pequena não gostaria de dividir seu dia, por isso ambos concordaram em fazer duas festinhas pequenas apenas a família e para os amigos mais chegados, como William e Maite que haviam se entendido e retornado seu relacionamento.


- Cada dia que passa eu me sinto ainda mais exausta. – Disse Anahí assim que o último convidado fora embora de sua casa após o aniversário de Clara que havia sido apenas cinco dias depois do aniversário de Enzo.


- Estou acabado. – Disse Alfonso se jogando em sua cama. – Ainda bem que os gêmeos devem nascer só no próximo mês, assim a gente tem um tempo para descansar depois de dois aniversários.


- Há chances de estarem errados e eu conseguir chegar até a 40° semana de gravidez? – Perguntou Anahí pensativa.


- Acho difícil, assim como a dra. Torres disse, eu acredito que chegue até a 36° semana. – Respondeu Alfonso.


- Você estará aqui, não estará? Você prometeu. – Ela perguntou já que Alfonso tinha mais uma viagem marcada para o próximo mês.


- Estarei. – Ele prometeu, assim como a dra. Torres dissera, os bebês nasceriam entre a 36° e 37° semana.


- Se eu te ligar quando você estiver na Alemanha e pedir para você voltar, você promete que volta na mesma hora?


- Eu prometo, eu estarei aqui quando os bebês nascerem, não há com o que se preocupar. – Disse Alfonso.


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): alinerodriguez

Este autor(a) escreve mais 4 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Na semana seguinte, após chegar de um longo plantão no hospital, Alfonso se juntara a Anahí, Helena e as crianças na sala enquanto os pequenos se revezavam tentando sentir os bebês se mexerem na barriga de Anahí. - Mexeu. – Clara gritou animada. – O bebê está mexendo. – Ela dava pulos de alegria, j&aacu ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 4004



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ginja2011 Postado em 10/10/2019 - 22:52:34

    Ainda bem que ele chegou a tempo!

  • camilaaya Postado em 05/10/2019 - 22:24:39

    Ah, eu sabia

  • ginja2011 Postado em 05/10/2019 - 15:23:03

    Agora o bicho pegou, chega rápido Alfonso!!

  • camilaaya Postado em 03/10/2019 - 23:05:37

    Ñ sei, tenho pra mim que Alfonso ñ vai ver o nascimento dos gêmeos

  • taibm Postado em 03/10/2019 - 08:29:01

    Nao para nao

  • izabelaSpaniColungaPortillaHer Postado em 03/10/2019 - 06:35:26

    fazia tempo que não lia essa fanfic, muito boa. o poncho foi idiota com a Anahí, mas pelo menos ele resolveu mudar e perdoar o Marcelo, esse Lourenço tá mexendo em casa de maribondo, kkkkk.. Posta mais!!!!

  • taibm Postado em 01/10/2019 - 22:08:29

    Amandooo continua

  • daicavalcante Postado em 27/09/2019 - 19:30:14

    Posta mais

  • taibm Postado em 24/09/2019 - 17:32:58

    Por que parou? Parou por que? Continuaaa

  • camilaaya Postado em 23/09/2019 - 21:51:52

    Sdds de ler capítulo novo, ñ acredito que já esteja quase na reta final, ñ estou preparada para o fim dela. Estou relendo ela no momento



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...