Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Almas Opostas | Tema: Vondy


Capítulo: Capítulo - 042.

127 visualizações Denunciar


Dulce Maria


Abri os olhos ao sentir beijos na minha barriga, subindo até o meu pescoço. Ao mesmo tempo que minha filha começa a se agitar como todas as manhãs no mesmo horário de sempre.


Sorri.


Christopher: Bom dia meu amor! - sussurrou no meu ouvido.


Dulce: Bom dia...- falei levando minhas mãos até a barriga esperando nossa filha ficar quietinha.


Christopher: Já passa das dez, minhas meninas precisam tomar café. - falou voltando para minha barriga fazendo uma trilha de beijos - Bom dia princesa do papai. - beijava e acariciava dando total atenção para minha barriga.


Fiquei olhando com um grande sorriso ao ver como ele venerava nossa filha.


Dulce: Você me deixou cansada...- fechei os olhos ainda sorrindo.


Nossa filha ficou quietinha e ele voltou a ficar ao meu lado.


Christopher: O quê eu posso fazer? É tão irresistível pequena. - começou a beijar o meu pescoço.


Ri.


Dulce: Já se olhou no espelho, Chris?


Ele me encarou.


Christopher: Ninguém chega aos seus pés - tocou no meu rosto - Eu não sou nada perto de você. - falou sério. Eu ia rebater, mas ele levou um dedo aos meus lábios - Hora de tomar o café e curtir o hotel.


Dulce: O quê vamos fazer hoje?


Christopher: Os nossos amigos estão aproveitando as quadras agora, então, podíamos ir para a piscina e depois a gente ver com eles.


Levantei da cama arrumando o cabelo e segui em direção ao banheiro. Christopher continuou no mesmo lugar parado na cama.


Dulce: Está esperando o quê? - sorri pelo convite e entrei no banheiro.


Na mesma hora ouvi seus passos apressados.


 


 


[...]


 


 


Todos os nossos amigos já tinham tomado café e estavam desde de cedo nas quadras de futebol, tênis e basquete aproveitando. Depois de uma longa ducha, Christopher e eu colocamos nossos trajes de banho, coloquei um biquíni azul, uma saída de banho branco e óculos, já ele uma sunga super sexy que marcava muito bem a bunda dele.


Suspirei.


Aquele homem era gostoso demais.


Antes de sairmos do quarto, ele ligou para Mary para saber sobre o outro filho dele, Liam, bebê dele com Cheryl. Eles passaram alguns minutos conversando na varanda do quarto. Quando retornou, guardava de volta o celular no bolso da bermuda e tinha um semblante leve.


Dulce: Está tudo bem com eles? - perguntei enquanto arrumava o meu cabelo.


Christopher: Sim. - tocou no meu ombro e beijou minha bochecha - Te amo...- sussurrou.


Sorri.


Dulce: Eu que te amo! - beijei seus lábios.


Já no restaurante, Christopher me serviu um banquete e enquanto tomávamos café, Fuzz e Derrick apareceram para nós fazer companhia. Eles estavam suados e cansados pelos esportes na quadra. Os outros continuavam jogando e se divertindo.


Fuzz: Esse hotel é maravilhoso. Edgar vai lucrar demais. - falou enquanto levava uma garrafa de água até a boca.


Derrick: Nunca joguei tanto futebol como hoje mais cedo. - sorriu - O que vocês vão fazer depois? Piscina..? - perguntou enquanto roubava um pão de queijo do meu prato.


Dulce: Sim. E não pega meu pão de queijo - bati na mão dele rindo.


Christopher: Vamos ficar um pouco na piscina e depois a gente ver com os outros.


Fuzz: Podíamos sair a noite, só para ver a cidade, quem sabe ir em algum bar..? - deu a idéia me encarando - Aqui é tão lindo. Você vai gostar muito Dul.


Christopher: Se ela estiver disposta. - tocou na minha mão onde tinha o anel.


Dulce: Vamos. Vai ser legal! - sorri.


Christopher: Você não bebe pequena.


Dulce: Mas vocês sim.


Derrick: Podíamos ir no lugar no bar, em algum restaurante. Depois podíamos caminhar um pouco pela cidade e voltamos. - sugeriu.


Fuzz: O bar só foi uma sugestão, gostei da ideia do restaurante. - tocou no rosto suado dele sorrindo.


Christopher: Vocês dois estão sério mesmo..? - levantou uma sobrancelha.


Derrick: O que posso fazer? A patricinha me conquistou! - sorriu.


Fuzz bateu na cabeça dele.


Ri.


Dulce: Eu nunca vou ficar com a filha do governador...- imitei a voz dele.


Fuzz revirou os olhos.


Fuzz: Ele sempre me amou! - sorriu.


Dulce: James...? Nem morta! - imitei a voz da Fuzz.


Derrick riu.


Christopher: Toda implicância é amor.


Derrick: Quase isso, as vezes é ódio mesmo. - olhou as horas no relógio do pulso - Vamos tomar uma ducha? Vou para piscina com vocês. - me encarou.


Fuzz: Vamos! - levantou - Hoje perdi tudo o que comi ontem. - se espreguiçou.


Quando eles foram embora, terminamos nosso café e seguimos em direção da piscina coberta. Estava com sol de fato, mas tinha um vento friozinho, a piscina era aquecida e era em frente do jardim.


No caminho, encontrávamos outros hóspedes e alguns da equipe de segurança, não vi Sidney em lugar nenhum, mas sabia que ela estava por perto. Ela nunca saía de perto de mim, mesmo quando estava com Christopher.


A piscina estava vazia, não tinha ninguém nas espreguiçadeiras, estávamos sozinhos. Retirei a saída de banho deixando em uma das espreguiçadeiras e ele a roupa, entramos na água aquecida. Fechei os olhos relaxando automaticamente.


Christopher: Te amo...- falou quando nós encostamos na borda. Suas mãos foram para o meu rosto - Sei que estou falando isso o tempo todo. Mas é uma coisa que nunca vou parar. Eu amo você.


Sorri.


A verdade é que desde que voltei não paravamos de dizer "Te amo". Não foi fácil para nenhum de nós dois os meses que ficamos separados, mas sem dúvidas para ele foi muito pior. Acreditar que nunca mais ia me ver ou dizer essas palavras para mim, foi...um inferno para ele e agora que estávamos juntos novamente, ele não podia se controlar, mesmo que quisesse.


Dulce: Eu que te amo! Amo nossa família e...- toquei em seu rosto - Sou e estou completamente feliz ao seu lado. Apesar de tudo que anda acontecendo, as coisas ruins, sei que nada poderá destruir o nosso amor. É para sempre...


Christopher: Sempre...- uniu nossas testas - Não vejo a hora da nossa princesa nascer, quando isso acontecer, acho que vou literalmente explodir de tanta felicidade. - uma mão tocou na minha barriga - Vocês duas são minha vida. Sem vocês, eu não existo.


Dulce: Também não existo sem vocês dois. - fechei os olhos - It`s the family I asked for so much...(É a família que tanto pedi)...


Christopher: Seu inglês é perfeito...- falou me dando vários selinhos.


Dulce: I learned from the master(Aprendi com o mestre). - sorri.


Passei meus braços em volta de seus ombros e o beijei com todo meu amor. Ele retribuiu da mesma forma.


Quase uma hora depois, todos nossos amigos estavam na piscina também. Maite e Zoraida estavam em cima de seus namorados, nos ombros, brincando de guerra uma com a outra, Pablo, Gael, Derrick e Fuzz brincavam de vôlei em outra parte da piscina, já Vivian, eu e Christopher estávamos nas espreguiçadeiras.


Christopher e eu dividiamos uma, enquanto Vivian estava em outra ao nosso lado. Edgar tinha ido falar com algum dos outros hóspedes. Vivian tocava na minha barriga sentindo minha filha mexer.


Vivian: Não dói mesmo..? - fez careta.


Ri.


Dulce: Não. As vezes ela mexe com muita força e dói só um pouquinho, mas nada que me faça gritar.


Vivian: Então dói! - concluiu.


Dulce: Não. - neguei. - É bom. - sorri.


Vivian: Masoquista! - riu tirando a mão da minha barriga - Essa barriga é linda. Acho que nunca vi uma grávida tão linda quanto você Dul. Sério.


Christopher beijou meu rosto.


Christopher: Falo isso todos os dias. A gravidez só fez bem à ela. - tocou no meu cabelo e voltou a beijar meu rosto.


Dulce: Está acabando. Só mais algumas semanas e ela nasce. - suspirei.


Vivian: Ansiosa pelo parto?


Mordi os lábios.


Dulce: Sim.


Christopher: Se eu pudesse passar por isso no lugar dela, eu passaria. - falou sério - Só de imagina-lá com dor...- balançou a cabeça e fechou os olhos como se tivesse torturado.


Vivian: Te conhecendo, com certeza você iria no lugar da Dul. - sorriu


Dulce: Amor..- o encarei - Já conversamos sobre isso.


Christopher: Eu sei.


"AHHHHHHHHHHHHHHHHH"


Zoraida berrou quando caiu na água.


Maite gargalhou.


Vivian riu.


Vivian: É melhor que ela não esteja com nenhuma hematoma pelo corpo na próxima semana. - se referia a Zora olhando para ela - Temos muito o quê fotografar. E um desfile em breve.


Dulce: Fico tão feliz em ver todos assim...- murmurei olhando a bagunça.


Christopher: E eu fico feliz por você está feliz...- beijou minha testa.


Sorri.


 


 


[....]


 


 



Pablo: Sinceramente, espero que isso não tenha sido uma má ideia. - comentou atrás de mim - Quer parar, Dul? Quer uma água..?


Gael: Ela está ótima para uma grávida que não para de andar à dez minutos.


Christopher: Se a gente não chegar em um minuto, vou te levar no colo. - avisou enquanto segurava na minha mão.


Estávamos fazendo uma pequena trilha, indo para o alto da montanha ao lado do hotel para ver o por do sol. A caminhada era de poucos minutos e Christopher só aceitou ir, porque Edgar garantiu que lá em cima teria mesas e cadeiras para que eu sentasse, Vivian e Derrick levavam baldes de água, suco e espumante.


Idéia de Christian que queria fazer um brinde com todos ao por do sol, mas pela maneira que Christopher sorriu, diria que seria ali que ele, enfim, pediria minha irmã em casamento. Eu sabia que eles já tinham planejados tantas formas de pedi-lá em casamento, mas acho que nada seria tão bonito como esse.


Romântico pelo lugar e pelo por do sol, cercados de amigos verdadeiros e muito íntimo. Era o cenário perfeito para pedir minha irmã em casamento. Acho que não teria outra forma melhor que essa que era tão a cara dela.


Sorri.


Dulce: Estou ótima. Não estou cansada, estamos andando tão devagar que vamos chegar amanhã.


Zoraida: Já estamos perto...- falou mais à frente.


Um minuto depois, saímos de dentro das árvores e mato e entramos no topo da montanha, à vista era bonita e daqui alguns minutos o por do sol ia começar, tinha várias mesas e cadeiras de madeira pura e uma delas tinha um banquete à nossa espera.


Vivian: Espero que gostem do nosso piquenique improvisado. - sorriu deixando os baldes de bebida na mesa e mexendo na comida - Aqui tem de tudo, sanduíches, frutas, doces, pães..


Christopher me arrastou para a primeira cadeira e me sentou. Suspirei. Não tinha ficado cansada, mas era muito bom sentar. Ele tirou de dentro de um dos baldes uma garrafinha d`água e me entregou.


Eddy: Daqui alguns minutos vai começar...- avisou olhando as horas no relógio do pulso.


Bebi minha água observando todos se aproximarem da mesa para bisbilhotar, Christopher ficou ao meu lado e como os outros mexia nos cestos de comida.


Zoraida foi a primeira à abrir o espumante e servir nas taças, todos começaram a pegar a bebida, pra mim e para Christopher ela colocou suco e nos entregou sorrindo.


Zoraida: Irmãos..- piscou.


Maite: Isso aqui é lindo. - falou ficando ao meu lado e tomando um gole do espumante.


Edgar: Com o por do sol fica ainda mais lindo. - sorriu.


Pablo: Ainda não estou com fome. - empurrou um sanduíche que o namorado o ofereceu.


Antes que Christopher fizesse um prato com tudo do banquete para mim, segurei em seu braço e o beijei.


Dulce: Também estou sem fome.


Depois da piscina, formos almoçar e em seguida formos conhecer o estábulo, depois os meninos ainda quiserem ficar um pouco na sala de jogos brincando de sinuca, enquanto nós meninas ficamos brincando de cartas(baralho), Fuzz e Vivian ainda tentou ensinar para Mai, Zora e eu o jogo de poker.


Já no final da tarde, Edgar e Vivian sugeriu que deveríamos ir ver o por do sol no alto da montanha. Mais tarde íamos sair para jantar e conhecer um pouco da cidade. Todo esse rolê ainda não me deixou exausta como achei que ficaria.


Sorri.


Gael: Está na hora...- falou puxando Pablo para mais próximo da beira.


Christian: Deixa eu colocar mais pra você...- pegou a taça de Maite já vazia enquanto todos íamos para onde Pablo e Gael estávamos. Christian foi o último a se aproximar já com a taça tanto dele quanto de Mai cheias.


Ficamos em círculo e abraçados aos nossos companheiros olhando o Horizonte, o vento frio ficou mais forte a ponto de nossos cabelos começarem a bagunçar. Fuzz suspirou.


Fuzz: Tem razão Vih. Isso é lindo. - comentou baixo agarrada à Derrick.


Vivian: Eu sempre tenho razão. - falou sorrindo e abraçada à Edgar.


O pôr do sol incrível, forte, começava a desaparecer. Era muito lindo. E acompanhando com a vista das montanhas e o frio, era o cenário perfeito para qualquer coisa.


Christopher segurou no meu rosto me obrigando à olha-lo.


Christopher: Obrigado por me escolher, pela nossa filha e de aceitar o meu...outro...bebê. - falou baixo hesintando mas extremamente sério - Sei que ele não devia fazer parte dos nossos planos, do meu plano e que não é fácil essa situação, acho que nenhuma outra mulher ia aceitar isso, mas você não é qualquer outra mulher. É o amor da minha vida, a razão da minha existência. Obrigado por me amar e aceitar uma parte minha que não existia, mas agora existe. Eu te amo demais pequena, acho...quer dizer..- se corrigiu - Tenho certeza que ninguém nunca, jamais amou alguém como eu te amo. Não com a mesma intensidade e devoção. Você nasceu para mim.


Essa pequena declaração me deixou emocionada.


Dulce: Você é minha vida Chris. Esse amor é tão forte, único e verdadeiro que daria tudo por você, inclusive minha própria vida. Eu te amo tanto e para sempre. Enquanto ao seu outro bebê, já o amo por ser seu, não tem nada que venha ou que seja seu que eu não ame.


Christopher grudou nossas testas.


Christopher: Obrigado por me amar meu amor.


Dulce: Obrigada você por me amar.


Sorrindo o beijei.


Nós afastamos apenas quando o ar faltou, enquanto controlavamos nossas respirações, Edgar sugeriu o brinde, segurando nossas taças, as únicas que tinha suco ao invés de espumante, prestamos atenção nele.


Edgar: Pela nossa amizade, que dure por muito e muitos anos. - levantou sua taça e encarou minha barriga - Que nossa amizade transmita para nossos filhos e que passe para os filhos deles.


Levantamos nossas taças e brindamos sorrindo, encarando o restinho do pôr do sol, tomamos o líquido de nossas taças ao mesmo tempo.


De repente Maite começou a tossir desesperada, como se estivesse engasgada ficando rapidamente com o rosto vermelho. Sem oxigênio. Ela não conseguia respirar e começava grunir e chorar desesperada. Todos começaram a se desesperar voando pra cima dela.


Christian: MEU DEUS! NÃO ERA PARA VOCÊ TER ENGOLIDO! - gritou desesperado deixando a taça em mãos cair ao chão para socorre-lá.


Derrick: O QUÊ ELA ENGOLIU? - gritou largando a taça ficando atrás das costas dela fazendo imediatamente a manobra de heimlich que aprendemos na faculdade.


Christian: A PORRA DO ANEL! - respondeu desesperado ao lado dela.


Arregalei os olhos.


Dulce: MEUS DEUS! TIRA ISSO DELA RÁPIDO! - gritei começando a me tremer a medida que a cor da minha irmã começava a mudar.


Christopher: COMO ISSO FOI ACONTECER? FAZ ISSO MAIS RÁPIDO!


Zoraida: CALMA MAI! - gritou levando as mãos até a cabeça - DESENGASGA A MINHA IRMÃ AGORAAAAAA - gritou para Derrick.


Gael: ELA JÁ ESTÁ FICANDO ROXA! BATE NAS COSTAS DELA RÁPIDO.


Pablo: FAZ MAIS RÁPIDO CARA! RÁPIDO PELO AMOR DE DEUS!


Fuzz: PRESSIONA SUAS MÃOS COM MAIS FORÇA! - gritava enquanto o auxiliava com rapidez.


Edgar: RÁPIDO CARA! MAIS RÁPIDO!


Vivian: MEU DEUS DO CÉU! MEU PAI AMADO! SENHOR DEUS!


Todos gritavamos desesperados, Maite agonizava e chorava completamente desesperada, seu rosto agora ficava num roxo absolutamente forte. Até que Derrick a impressionou com tanta força que seu corpo foi para frente e o maldito anel voou de sua boca. Ela voltou na mesma hora a respirar com certa dificuldade, mas já respirava.


O suspiro de alívio de todos foi alto.


Derrick: CARALHO! - gritou aliviado.


Christian: MEU AMOR! - a abraçou fortemente - ME DESCULPA! ME DESCULPA! ME DESCULPA! DESCULPA! DESCULPA! DESCULPA! OBRIGADO MEU DEUS! OBRIGADO! - falava ainda desesperado.


Maite respirava devagar e com os olhos fechados. Para dar mais espaço à elas, os outros se afastaram um pouco.


Zoraida: Graças à Deus! - murmurou.


Eu ainda me tremia e percebendo isso, Christopher me arrastou para a cadeira mais próxima. Eu respirava fundo enquanto olhava minha irmã se recuperar do enorme susto.


Por Deus!


Christopher: Calma pequena! - pediu - Está tudo bem. A Mai já está bem. - garantiu tocando no meu rosto. - Precisa se acalmar, pensa na nossa filha.


Assenti.


Pablo: Como o anel foi parar na taça dela? - encarou a direção onde o anel voou.


Gael: Por pouco ela...


Eddy: Agora está tudo bem. - abraçou Zora - Ela está bem. Respira! - pediu.


Christian: Meu amor me desculpa..? - segurou com as duas mãos o rosto dela, ele continuava desesperado - Morena, eu não queria...eu não sabia, eu não pude...eu...- se enrolou nervoso.


Vivian: Dar um tempo pra ela Christian.


Fuzz: Como isso aconteceu..? - cruzou os braços agora calma.


Derrick: Afinal, acho que vamos ser bons médicos. - abraçou Fuzz pelos ombros.


Fuzz: Você foi fantástico. - sorriu - Será o melhor médico do mundo. - beijou a bochecha dele.


Derrick: Graças à você que ficou me auxiliando. - sorriu. - Obrigado loirinha.


Christopher não tirava os olhos de mim, nem suas mãos. Por isso, quando voltou a falar sua atenção estava em mim, mas a pergunta não era para mim.


Christopher: Você é demente José Christian Chávez Garza? - perguntou com raiva evidente na voz.


Christian suspirou sem tirar os olhos da minha irmã que começava a voltar à sua cor normal.


Christian: Eu não achei que fosse..- ele próprio se interrompeu balançando a cabeça como se estivesse torturado.


Christopher: De todas demonstrações, você escolheu a mais estúpida.


Christian: Eu sei. - sua voz era de dor.


Maite: O...- respirava fundo - O q..uê? - inclinou a cabeça.


Christian: Eu quase te matei. - negou - Era para ser o dia mais feliz da sua vida, mas eu quase...te matei. Me desculpa! Desculpa! Desculpa! Desculpa! - a abraçou fortemente.


Zoraida: Você é um imbecil. - se aproximou dele furiosa - De todas as formas de pedir minha irmã em casamento, você escolhe a mais estúpida e idiota, você quase a mata seu filho de uma put...


Eddy: Zoraida! - a repreendeu.


Maite se afastou dele e o encarou.


Gael se afastou um pouco do grupo olhando o chão.


Maite: Cas..ame..nto? - seus olhos demonstravam surpresa.


Christian negou.


Christian: Fiquei meses planejando isso e enfim quando achei uma forma que fosse o mais parecido com você, a que mais tem a sua cara...eu..- negou - Me perdoa meu amor, por favor, me perdoa.


Pablo riu.


Pablo: Com toda certeza esse pedido de casamento ela jamais vai esquecer..


Derrick: Pablo! - o repreendeu.


Christian: Óbvio que agora que eu quase a matei, você não irá querer mas nada comigo e...


Maite: Sim. - deu um pequeno sorriso.


Vendo-a sorrir, foi que soltei um suspiro e meu corpo relaxou. Minha irmã estava bem. Ela estava bem. Christopher pôde relaxar ao meu lado.


Christian abaixou a cabeça com os olhos fechados.


Christian: Eu sei morena, digo..- se corrigiu - Maite. Eu nunca quis, eu não sabia que...eu...eu não..- se enrolou.


Maite: Sim.


Christian: Mesmo assim não anula o fato de quê eu...- levou as mãos até a cabeça - Eu nunca vou me perdoar, eu...


Maite: Chris, cala a boca! - mandou com voz baixa e trêmula. - Sim.


Christian a encarou.


Christian: Sim, o quê...?


Revirei os olhos e Christopher bufou ao meu lado.


Ele era tão lerdo!


Maite: Sim. Aceito casar com você. - deu outro pequeno sorriso.


Christian: Mesmo quase a matando..? - arregalou os olhos.


Maite: Sim. Foi um...acidente. - respirou fundo - Eu o amo. Você era o que eu procurava sem saber. Já moramos juntos, é praticamente um casamento. Mas sim. Sim. Sim. Sim. Aceito ser sua esposa.


Christian: Eu decorei tantos falas, tantos textos para pedi-lá em casamento e..


Maite negou.


Maite: Eu o amo por isso e muito mais. - segurou na mão dele - Agora estou bem.


Christian tocou com a mão livre o rosto dela ainda com preocupação.


Christian: Tem certeza?


Ela assentiu.


Maite: Sim. Digo sim. Sim. Quantas vezes forem necessárias. - sorriu.


Christian: Mai...- fechou os olhos - Que droga! Não tenho mas o maldito anel..


Gael: Esse aqui? - se aproximou deles com o pequeno anel na mão.


Maite e Christian encararam o anel.


Vivian: Pede de forma correta...- falou baixo o incentivando - Anda bocó!


Acabei rindo.


Christian pegou o anel agradecendo ao Gael e por instinto o limpou na camisa.


Todos riram.


Christian se afastou um pouco e sem desgrudar dos olhos de Maite, se ajoelhou diante dela. O sol já estava nos seus últimos minutinhos. Respirando fundo, segurou o anel entre os dedos.


Christian: Como nada que acontece na minha vida é de forma diferente, era claro que meu pedido de casamento ia ser comigo quase matando você...- fechou os olhos por alguns segundos e balançou a cabeça - Maite! Eu não sou muito bom com as palavras, mas quero que saiba que você é a dona do meu coração, eu..- a encarou profundamente - Eu nunca amei alguém como amo você, nem de perto. Você mudou minha vida, meu jeito de pensar e não imagino minha vida sem você. Morar com você, mesmo tendo que me dividir com meus avós no Texas, tem me feito o homem mais feliz do mundo e eu quero mais, eu sempre quero e sempre vou querer mais de você e com você. Quero que seja ainda mais minha, quero que todos saibam que tenho a mulher mais linda e incrível do mundo como esposa, quero ter filhos e envelhecer com você. Eu te amo muito minha morena. Quer casar comigo..? - sorriu.


Maite fungou.


Maite: Sim Christian. Sim. Sim. Mil vezes sim meu amor. - sorriu abertamente.


Christian colocou o anel em seu dedo e beijou sua mão. Levantou e a beijou.


Batemos palmas e os meninos assobiaram alto.


Enxuguei uma pequena lágrima que caiu do meu rosto. Christopher me abraçou e beijou minha testa. Fechei os olhos.


E sorri completamente feliz.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): tatayvondy

Este autor(a) escreve mais 6 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Dulce Maria Voltamos para o hotel quando escureceu, depois do susto, o pedido de casamento conseguiu amenizar a situação horrível à poucos minutos. Por isso, nossa saída para a cidade ainda estava de pé. Maite e Christian eram os mais animados obviamente. O anel que Christian escolheu com ajuda do meu noivo, era discreto e lindo, c ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 1182



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Bvondy Postado em 09/04/2021 - 01:10:27

    Aaaaa continuaaaa porfa

  • ana_vondy03 Postado em 05/04/2021 - 16:55:28

    Aaaaa tem que matar essa louca de.uma vez!! Coitadinhos dos dois, Maria tá dando trabalho, mas logo logo essa fase passa e é só curtição kkkk Uiii, Lucy e Igor, Qm diria hein? Espero q esse lance de certo! Continuaaa amoreee S2

  • taianetcn1992 Postado em 05/04/2021 - 08:56:22

    meu pai eterno

  • Vondy Forever Postado em 05/04/2021 - 04:53:40

    So digo mais uma coisa querer eu ter um christopher na minha vida.kkkkkk

  • Vondy Forever Postado em 05/04/2021 - 04:52:54

    Nossa fiquei com medo dessa pequena briga deles mais ainda bem que se resolveram. Gente eles estão se saindo muito bem como pais de primeira viajem e também fiquei um pouco triste pela a dulce pensar que a maria paula odeia ela mais ainda que o christopher fez ela entender que não é assim. Gente que familia mais linda. Estou com medo da anahi querer vingança o que com certeza ela quer.

  • Ellafry Postado em 04/04/2021 - 01:58:34

    nossa mano, tanto drama de ambas pra dizer algo que ela já sabia kkkkkkkkkkkkkk

    • tatayvondy Postado em 05/04/2021 - 00:15:30

      Não, é? Kkkk

  • Ellafry Postado em 04/04/2021 - 01:47:30

    em uma enquete de quem é mais ciumento, a familia uckermann fica em primeiro empatados kkkk

    • tatayvondy Postado em 05/04/2021 - 00:14:50

      Verdade kkkkkkkkkk

  • ana_vondy03 Postado em 01/04/2021 - 21:10:19

    Hahahaha Maite com ciúmes! O Christopher como pai é tão perfeito! Da vontade de por ele e a Dulce num potinho! Continuaaa amoreee S2

    • tatayvondy Postado em 05/04/2021 - 00:14:10

      Eu sou muito a Maite kkkkkk Christopher realmente é um pai perfeito! Ele é incrível! Maravilhoso e se deixar fico aqui dando vários adjetivos para ele kkkkk Continuando *-*

  • taianetcn1992 Postado em 01/04/2021 - 06:03:44

    amandoooooo. cara eu estava sumida daqui, mas ja voltei

    • tatayvondy Postado em 05/04/2021 - 00:11:30

      Eu percebi, heim? Fico feliz que voltou *-*

  • Vondy Forever Postado em 01/04/2021 - 03:30:32

    Que lindo os dois cuidado da maria paula kkkkk Espero Que a ana brenda não atrapalhe vondy mais acho que não. Continua

    • tatayvondy Postado em 05/04/2021 - 00:10:40

      É lindo mesmo *-* Ana Brenda...hum...Continuando *-*



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...