Fanfics Brasil - Capítulo - 085 - Maratona 5. Almas Opostas - Vondy

Fanfic: Almas Opostas - Vondy | Tema: Vondy


Capítulo: Capítulo - 085 - Maratona 5.

308 visualizações Denunciar


Dulce Maria


 


Quinta, Sexta e sábado passaram num piscar dos olhos. Na quinta-feira de manhã, Lucy me puxou para o dia das "garotas", tomamos café no shopping na companhia por vídeo de: Zora, Mai, Vivian, Fuzz, Ana Brenda e Julie. Ana já tinha espalhado que éramos "primas", Elizabeth assim que soube ligou para a irmã para segundo ela, gritar e pedir explicações. As duas se resolveram depois de uma longa conversa.


 


Tudo exclarecido entre elas.


 


As meninas falavam uma por cima da outra, o que tornou o café uma confusão divertida. Christopher e Igor tinham ficado no apartamento e Maria Paula com eles. Depois do café, Luh e eu formos as compras. Finalizamos nosso encontrinho virtual, com todos me exigindo presentes.


 


Ri.


 


Praticamente era a primeira vez que gastava o cartão de Christopher por livre e espontânea vontade. Lucy me levou para as melhores lojas, ficamos o resto da manhã em compras e fofocando. Comprei tudo que Lucy jogava em cima de mim, incluindo bolsas e sapatos. Sidney não se afastava de nós duas. Mas gastei mesmo sem pena para novas roupinhas para Maria Paula. Lucy exagerou nessa parte, mas não reclamei.


 


Era tudo muito fofo. 


 


Saímos do shopping na hora do almoço com ajuda de seguranças por tantas sacolas. Deixamos as sacolas no apartamento vazio e saímos, já que Christopher, Maria Paula e Igor tinham ido para o restaurante da Lucy. Assim que coloquei os pés no restaurante, Christopher me recebeu com um longo beijo. Minha filha passou o almoço inteiro comigo, já que a tia precisou ficar um pouco na cozinha.


 


Maria Paula estava linda e cheirosa. Não me desgrudei dela durante o almoço.


 


Quando Lucy voltou, ela exigiu minha filha de volta e me chutou junto com o irmão para fora do restaurante. Segundo ela, deveríamos aproveitar que ela está curtindo a sobrinha e ficar sozinhos tanto quanto pudéssemos.


 


Igor indicou um cinema e Christopher me levou até lá. Pegamos uma sessão das 15:11 da tarde. O filme era um ação que pouco prestamos atenção. Nossas bocas estavam muito ocupadas. Nós agarramos quase o filme inteiro. As 17:00, ficamos na sorveteria do shopping, namorando ainda mais.


 


Tudo estava tão gostoso.


 


Tão perfeito.


 


As 20:00 voltamos para o restaurante e jantamos todos juntos. Na sexta-feira de manhã, depois do mamar da nossa filha e sem seguranças, Chris me levou para conhecer um jardim que segundo, Lucy, era muito cheio. Mas assim entramos percebi o lugar vazio. Totalmente vazio. Apenas três seguranças na entrada.


 


Dulce: Não era para está cheio? - ele estacionou e saímos do carro. Olhava ao redor. E nada. Nenhum carro. Ninguém.


 


Christopher: Era sim. - segurou na minha mão e me puxou em direção para mais dentro do jardim.


 


O Fairchild Tropical Garden é um jardim botânico bem bonito e romântico. Ele tem belos lagos, jardins, vegetação e flores lindas. Muitas flores. Christopher me puxava em direção de uma parte que ficava um dos lagos, em frente do mais lindo jardim. Diversas flores.


 


Dulce: Por quê não tem ninguém?


 


Christopher: Por quê aluguei somente para nós dois hoje. - sorriu.


 


Dulce: Você o quê? - ri o encarando.


 


Christopher: Um café da manhã especial. - apontou para frente e no meio do lindo jardim florido, estava uma lindo piquenique. 


 


A enorme toalha branca, algumas pétalas jogadas, almofadas, muitas almofadas, duas cestas, taças, e até algumas fotos nossas. Quase todas que tiramos em Chicago estavam exposta, o fitei e ele me olhava de volta.


 


Dulce: Você é tão romântico. - sorri.


 


Christopher: É o começo da nossa lua de mel, então, desculpa se as vezes exagero. - tocou no meu rosto - Tudo para agrada-lá meu amor.


 


Dulce: Te amo! - o beijei.


 


Christopher: Te amo..- sussurrou largando minha boca - Vêm! - me puxou em direção do piquenique.


 


Parecia cenário de fim de filmes de romances. Tudo perfeito. Sentamos na toalha e fitei todas as fotos.


 


Dulce: Quando mandou preparar tudo isso? Você quase não sai do meu lado.


 


Christopher: Ontem. Quando estava com Lucy no shopping. - respondeu abrindo as cestas e tirando nosso café, o ajudei - Foi tudo rápido e fácil.


 


Dulce: Como sempre para os Uckermann - sorri.


 


Ajeitamos nosso pequeno banquete e apoiados um ao outro, tomamos café com calma e aos beijos. Ele tinha um braço em volta da minha cintura. Depois de admirar o lindo jardim, comentamos sobre as fotos e agora olhavamos o lago.


 


Dulce: Amei a surpresa. Amo todas as vezes que me suprrende. - ele me deu na boca uma uva - Mas não precisa fechar o jardim. Sabe disso, né?


 


Christopher: Privacidade. Aqui é muito cheio. Assim podemos ficar mais a vontade. Não tem ninguém aqui, só os seguranças lá na frente. Eles não podem sair de lá. - deixou os cachos de uvas de volta na cesta e com as duas mãos acariciou meu rosto - Quero namora-la - sorriu.


 


Dulce: Não é o quê estamos fazendo esses dias? - retribui o sorriso.


 


Christopher: Nunca vai ser o suficiente. Quero você pra mim o tempo inteiro. 


 


Dulce: Já me têm meu amor. Sabe disso. Logo, vai ser meu marido. Como você gosta de dizer, sou sua mulher e você é meu...homem. - ri. 


 


Christopher: Por quê está rindo?! 


 


Dulce: Nada. Nada. Nada. - me apressei - Só lembrei de uma música aí. - suspirei - Amo você Christopher. Como tenho sorte de tê-lo. - sorri. 


 


Christopher: Eu que tenho sorte de tê-la meu amor. - beijou meu rosto - Te amo tanto pequena. Tanto. Tanto. Tanto. - beijou minha boca.


 


Nosso beijo gostoso continuou até o ar faltar. Suas mãos afastaram meu cabelo e seus lábios foram para meu pescoço, as mãos foram direto para meus ombros tentando abaixar as alças do meu vestido. Respirei fundo.


 


Dulce: Amor, aqui..? - olhei ao redor.


 


Christopher: Por quê acha que aluguei somente para nós dois? - falou safado no meu ouvido.


 


A boca dele voltou para a minha. Nós beijamos mais apressado. Mas em seguida, larguei perguntando da camisinha, ele se afastou o suficiente para tirar a carteira e pegar quatro camisinhas e voltou para cima de mim.


 


Fizemos amor durante muito tempo ali na toalha, em volta das flores, juro que parecia a primeira vez. Algo lembrava nossa primeira vez. A forma como gememos um para outro, na boca um do outro, nossos toques, olhares, beijos, desejo...estava literalmente no paraíso.


 


Paravámos e logo voltarmos a nós entregar tão intensamente. Só quando a última camisinha foi usada, que paramos exaustos. Já passava do horário do almoço. O sol começava a esquentar de verdade, mas continuamos juntos. Chris fazia um cafuné no meu cabelo.


 


Dulce: Amo tanto isso..- murmurei.


 


Christopher: Eu sei pequena. - murmurou de volta. - Amo você. 


 


Dulce: Amo você...- repeti fechando os olhos me sentindo extremamente feliz.


 


Ficamos mais um tempo ali. Almoçamos o que sobrou do café. Quase as 16:00, juntei todas as nossas fotos, vestimos nossas roupas e formos embora, sem antes de passar no banheiro rapidinho e se livrar de certas embalagens.


 


Voltamos para o apartamento e naquela noite, obrigamos Lucy sair com Igor e ficamos sozinhos com nossa filha no apartamento. No sábado, Christopher e eu passamos o dia inteiro nas praias, conheci muitas praias uma mais linda que a outra. Lucy ficou me devendo algumas aulas de surfe, na qual ia cobrar na próxima vez que viesse. A tardezinha, já com o sol de pondo, fizemos um passeio de bicicleta na Ocean Drive. Christopher ficava jogando a bicicleta em cima de mim e eu devolvia tentando derruba-lo. Já a noite, jantamos todos juntos no restaurante de Lucy. 


 


Hoje, domingo, estávamos terminando de arrumar nossas coisas para voltarmos para o Rio. Foi tudo tão bom e tão gostoso. Ia sentir falta. Foi de verdade uma lua de mel. Mas no Rio ia continuar assim também.


 


Sorri.


 


Lucy: Titia vai morrer de saudades meu amor. - beijava e apertava minha filha triste. - Vai sentir falta de mim, não vai Maria Paula? Te amo tanto. 


 


Igor: Logo você vai para o Rio. - tentou anima-la.


 


Lucy: Mas só final do ano. - reclamou.


 


Ri.


 


Dulce: Negativo. No batizado dela quero todos vocês. - avisei puxando duas malas - Daqui alguns dias vamos fazer oficializar tudo.


 


Lucy: Mas depois do batizado, só vou final do ano. - suspirou. - Vocês moram tão longe de mim.


 


Christopher: Você que não sai de Miami. - falou entrando na sala puxando mais duas malas - São as duas últimas malas. O resto já está nos carros. - avisou pra mim. Assenti - Mas não adianta falar Lucy, você não sai mesmo dessa cidade.


 


Lucy: Miami é minha casa Chris. - balançou a cabeça - Meu lar.


 


Dulce: Sei como é cunhadinha. - sorri.


 


Lucy: Vou deixar vocês no carro. - olhou para minha filha - Enquanto isso ela vai no meu colo. - falou sério.


 


Christopher: Ainda bem que já vamos. Mais alguns dias aqui, ela rouba de verdade nossa filha. - abriu a porta e passou com as malas.


 


O segui também puxando as malas.


 


Dulce: Amor. Muito amor.


 


Já no estacionamento alguns seguranças guardaram as malas no outro carro. Lucy entregou minha filha com certo custo, estava triste. Igor abraçou a namorada.


 


Sorri para ela.


 


Dulce: No batizado irá matar a saudade de novo. - garanti. - Eu amei todos esses dias aqui. Christopher e eu tivemos uma lua de mel. - sorri sentindo Chris me abraçar pela cintura 


 


Lucy: Amei vocês aqui também. Venham mais vezes. - pediu - Por favor!


 


Christopher: Sim. Dul amou Miami. - sorriu.


 


Igor: Espero que tenha se acostumado comigo Uckermann. - provocou.


 


Christopher bufou.


 


Christopher: Vou nem te responder.


 


Nós despedimos e entramos no carro. Soltei um longo suspiro saindo de Miami Bitch, no avião ocupamos nossos lugares e coloquei minha filha em segurança na cadeirinha. Fred saiu da cabine para desejar bom voo. As 14:38 da tarde já estavamos sobrevoando a cidade de Miami


 


Seria oito horas de voo. 


 


Um longo voo até o Rio.


 


Sorri vendo minha filha dormir com a chupeta na boca. Peguei meu celular e comecei a falar com minha mãe e irmão. Christopher trabalhava concentrado no notebook. 



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): tatayvondy

Este autor(a) escreve mais 6 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Dulce Maria   Quase às onze da noite entramos no apartamento. Elizabeth, Poncho, Zora e Eddy nós esperavam na sala, Eliz foi a primeira correr para me abraçar. Sorri devolvendo o abraço. Christopher que segurava Maria Paula, a entregou para um Poncho cheio de saudades.   Elizabeth: Parece uma eternidade filha. Estava morrendo de saud ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 1579



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Ellafry Postado em 23/03/2022 - 17:47:32

    Ei amiga. Se cuida, saúde em primeiro lugar. Saiba que se precisar pode chamar. Quando voce se sentir bem, e quiser voltar, estaremos aqui. Não pensa na gente, pensa em voce e faça o que é melhor pra voce. Estou na torcida pela sua recuperação. Fique em paz, e estamos aqui para o que voce precisar.

  • ana_vondy03 Postado em 06/03/2022 - 20:21:13

    Aí amiga, não se preocupa com a gnt, se cuida e fica bem. Depressão é coisa séria e sei como são as crises de pânico pq minha mãe tbm tem, ent eu espero do fundo do meu coração que você se recupere e que quando você voltar, sem importar a data, você esteja 100% para continuar dando o seu melhor! Estou aqui desde o início da história e vou estar aqui para o final dela! Te adoro e te espero recuperada! S2 S2 S2

  • taianetcn1992 Postado em 23/02/2022 - 06:49:51

    melhoras, fique tranquila, estaremos sempre aqui por vc

  • Srta Vondy ♥ Postado em 19/02/2022 - 23:33:18

    Tome todo o tempo necessário, as verdadeiras fãs teu trabalho esperaram todo o tempo. Sei o quão empenhada e dedicada você sempre foi. Melhoras e todo o amor do mundo nesse momento tão difícil. Se cuida por favor, estou te esperando p finalizar essa história incrível

  • taianetcn1992 Postado em 07/02/2022 - 07:40:40

    quero mais post

  • taianetcn1992 Postado em 07/02/2022 - 07:40:26

    saudadessss

  • taianetcn1992 Postado em 07/02/2022 - 07:40:19

    voltaaaaaaa

  • taianetcn1992 Postado em 07/02/2022 - 07:40:11

    sumiuuuu

  • taianetcn1992 Postado em 07/02/2022 - 07:40:04

    cade vc ?

  • taianetcn1992 Postado em 21/01/2022 - 05:22:11

    Mais mais mais mais pelo amor


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais