Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: A Promessa | Tema: Belo Desastre, A Seleção, Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais, Desastre Iminente, Estilhaça-


Capítulo: Lance Maddox

113 visualizações Denunciar


Um loiro – que eu nunca havia visto antes – estava em frente a mesa segurando sua bandeja e encarando os irmãos Maddox repreendendo-os com o olhar. Eu mesma não queria encará-lo e ser pegue com aquele olhar e virei o rosto percebendo Júlia e Mylena nos observando de longe do outro lado do refeitório. As duas tinham seus braços cruzados no peito e olhos fixos no homem de pé que nem mesmo me notaram observando-as.


– Isso está ficando ridículo. Quantas vezes vão brigar por causa de mulher? – o homem falou tendo minha atenção agora, meus ouvidos aguçados, meu olhar em seu rosto magro e esquelético e minha curiosidade ao lado.


– Relaxa, Jem. – era Aaron desviando o olhar do irmão para o magricela, alto demais, magro demais, loiro demais, olhos azuis demais. – Não estamos brigando. Não há mulher e...


– Ah, ta certo que eu acredito. – o homem resmungou revirando os olhos. – O que te deu hoje Max? TPM ou algo assim? – perguntou a Maxon que parecia entediado, relaxando os ombros voltando a sentar.


– Não sabia que você frequentava o refeitório. – Maxon disse. – O que houve com “sou do último ano, não devo me misturar com os novatos”? – o homem riu concordando com a cabeça, descansando a bandeja na mesa.


– O que houve foi a saudade dos meus irmãozinhos. – uma voz grossa, forte e dura falou atrás de mim. 


Todos viraram seus pescoços mas me mantive imóvel, esperando que o dono da voz viesse para meu campo de visão. Vi os jogadores do time de futebol encolherem os ombros assim como Robert, vi Jake, Conor e Jace sorrirem, as Leticias visivelmente desconfortáveis. Vi Camila deixando o queixo cair, vi Manu e Larissa encarar sem piscar os olhos e vi Maxon, o único que olhava para mim.


– Não posso acreditar! – gritou Jake levantando da cadeira enquanto sorria olhando sob meus ombros. – Devo está louco. Ou bêbado. Ou... Não. Apenas não posso acreditar. Travis Maddox dando presença no refeitório.


De repente eu me virei com os olhos arregalados, a curiosidade explodindo pelo simples fato de ser um deles. 


Um Maddox. 


Um homem de pele bronzeada com os músculos saltando da camisa de mangas compridas, cabelos raspados, olhos castanhos e um sorriso desesperadamente sexy estava ali. Ele segurava a alça da mochila em um ombro enquanto nos observava.


Não pode ser.


Não.


– De repente – dizia o mais novo Maddox que eu conhecia. – Tive um surto desses negócios de família e tive que vir ver meus irmãos. – ele caminhou em direção a Aaron levando meu olhar, minha atenção, meu desejo, meu fogo. – O mais engraçado é que eu estava certo. – falou trocando olhares com o magricela, que concordou com a cabeça.


Mais uma conversa entre olhar?


– Sim. Você tinha razão, eles realmente estavam precisando de você. Estavam quase se matando com o olhar!


– Não estávamos. – Maxon resmungou.


– Deixe-me explicar. – Aaron começou e eu queria impedir, queria jogar um pedaço de pão e lhe dá um olhar significativo para não voltar ao assunto do meu “showzinho” mas ele parecia nem me notar. – Estávamos conversando sobre a noite do karaokê, Maxon como sempre, é do contra. – os dois homens concordaram com a cabeça trocando olhares para Maxon. – Ele estava sendo o chato que sempre é.


– Mas é claro que não! Eu estava simplesmente... – Maxon parou e olhou em minha direção por um instante. 


Tentei engolir mas era impossível, garganta seca demais, boca cheia de nada e desviei o olhar.


– Sendo o chato. – Travis disse com um sorriso, passando os olhos envolta da mesa e erguendo as sobrancelhas ao chegar em nós. – Não vão apresentar suas novas amigas para o irmão?


Me pergunto se a cada vez que conhecer um Maddox, meu coração vai pular, minha respiração irá parar e farei a mesma cara de idiota como quando estou maravilhada com algo. Me pergunto se será sempre assim e até quando. Me pergunto quantos Maddox existem nessa faculdade, quantos deles no mundo e fico apreensiva ao achar que qualquer homem que conhecer será um Maddox.


Os pares de olhos estavam fixos em nós e eu não me atrevia a checar se minhas amigas o encaravam assim como eu, se estavam com caras de boba por trás da máscara de paisagem. Limpei a garganta e antes que pudesse abrir a boca, Aaron intervém.


– Ah! É claro. – disse revirando os olhos. – Letícia e Lethicia, você já conhece. – Travis concordou com a cabeça sorrindo para as duas. – Larissa, Camila, Manu e Karlla. – Aaron apontou para cada uma de nós em cada nome. Travis sorria mostrando os dentes brancos, covinhas ao lado, sexy, charmoso e atraente.


– Sou Travis. – disse com uma mão no peito. – Maddox. Este é Jamie, por falar nisso. – falou empurrando o ombro do magricela, que sorriu acenando para nós.


– Jamie Bower. Mas Jem pegou como chiclete.


– Gosto que me chamem de Cam. – Camila disse me fazendo virar o pescoço para encará-la. Ela deu de ombros e completou, – Não sei, é menos formal.


– É exatamente. – Jamie, Jem, disse.


– Cam, Mila. – Travis testava os apelidos olhando para o teto, atraindo os olhares de todos.


Eu já estava tonta de tanto virar a cabeça para olhar cada pessoa que falava, estava nervosa por não conseguir falar nada, por não conseguir engolir. Estava desesperada por uma covinha daquelas, por uma família daquelas, por encarar demais aqueles homens que acabei de conhecer, encarar os homens que eu já conhecia. 


E eu estava ficando maluca.


– Karlla geralmente não é assim. – ouvi Aaron falar meu nome e ergui rapidamente a cabeça, tonta tonta tonta. – Ela fala. – ele completou sorrindo para mim e percebi que tanto o magricela, Jem como o Maddox me encaravam.


Eu não sei o que dizer.


– Não sei o que dizer. – falei encolhendo os ombros.


– Ah. – Travis soltou um suspiro. – Pode falar sobre minha beleza. Por mim tudo bem.


Humildade não era bem o lance dos Maddox.


Apertei os olhos para o homem forte em pé perto da mesa e inclinei a cabeça para o lado estudando suas feições, cada mínimo detalhe de seu rosto, do corpo destacando entre as roupas. Reparei na cicatriz no final da sobrancelha direta, mãos fortes demais, tensas demais. Talvez ele lutasse assim como Maxon, talvez não.


Ele era bonito, muito bonito, mas ao comparar com Aaron ou Maxon, ele não me atraía tanto assim.


Limpei a garganta.


Tomei coragem.


– Eu poderia falar, se você tivesse uma.


Uma explosão de risos, piadas e gargalhadas ecoaram pelo refeitório e não percebi que a maioria das mesas ao nosso redor estava prestando atenção em nossa conversa. Travis não se importou nem um pouco, não se abateu nem um pouco. Pelo contrário, ele sorriu de lado mudando o peso do corpo para outra perna enquanto me observava. Eu não poderia desviar o olhar, de jeito nenhum eu faria e já me preparava para ouvir uma direta, um tapa na cara que ele poderia dá. Já me preparava para a resposta quando Jamie falou, limpando os cantos dos olhos.


– Essa garota – ele parou para respirar. – tem meu respeito de agora em diante. – e ergueu o polegar para mim com um sorriso no rosto que me amoleceu.


– Com certeza você não é o único que a admira. – Aaron respondeu e eu queria saber de quem ele falava, queria perguntar “ei, de quem você está falando?” mas não tive tempo, Julia e Mylena chegaram a mesa, cumprimentando todos e nos apressando para a aula. 


Eu iria perguntar “que aula?” mas seria um alívio sair dali, levantei rapidamente e as segui, Manu e Larissa logo atrás. Ouvi alguém chamar por Camila, mas não iria – de jeito algum – me virar para saber quem era e apressei os passos evitando que minha curiosidade me sufocasse. 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): ladymidnight_

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Caminhei o mais rápido que pude para ficar um passo a frente das meninas, cruzando os braços apertando frente ao peito tentando não ouvir a conversa logo atrás. “Maxon é o mais novo.” Julia falava. Era impossível ignorar a história dos Maddox. Era impossível não ficar atenta a cada palavra que sa&iacu ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 1



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Ju Franco Postado em 10/09/2016 - 02:33:38

    CONTINUAAAA MINHA NOVA FIC FAVORITA NÃO ABANDONE PRA SEMPRE PFVR



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...