Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: A Promessa | Tema: Belo Desastre, A Seleção, Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais, Desastre Iminente, Estilhaça-


Capítulo: Séria pra cacete

113 visualizações Denunciar


Me virei para encarar Mari, assim como Larissa, Manu e Camila. Mari não desviou o olhar de onde havia fixado, nem para saber se nós estávamos ouvindo. 


– Ali. – apontou com o queixo, levando nossos olhares a uma garota de costas, gesticulando com as mãos para duas pessoas sentadas nos bancos confortáveis.


Olhei para Julia a fim de avisar que havíamos encontrado Letícia, mas ela não tirou os olhos do grupo no bar, olhei com esperança para Mylena, mas ela também não parecia que iria se mover. Me perguntei porque estavam tão tensas, porque pareciam tão atentas a conversa da Lethicia com Celeste e as outras intimidadoras, mas eu não tinha tempo de parar para pensar, peguei a mão da Mari e a puxei até Letícia.


– Letícia! – gritei. – Você ficou... – parei quando me aproximei o bastante para ver as duas pessoas que ela conversava, quando os dois pares de olhos sorriram ao encontrar o meu.


– Não posso acreditar. – Travis disse olhando para mim, para Mari e voltando a mim. – Está, por um acaso, fazendo a cabeça da minha prima?


– Claro que não. – respondi rapidamente, revirando os olhos para o sorriso idiota no rosto dele.


– O que está fazendo aqui Mariana? – Sebastian perguntou sério, a voz dura de quem repreendia.


Ele olhou em nossa volta, olhou para a pista de dança e para as mesas procurando alguém até voltar aos nossos olhares.


– Não sabia que você viria.


– Decidi de última hora. – Mari respondeu entediada.


– E você Karlla? – Sebastian perguntou com o mesmo tom de voz. 


Me perguntou o motivo de tudo aquilo.


– Eu vim procurar Letícia. Sabe como é, ela simplesmente fugiu de nós. – respondi com um sorriso divertido no rosto, fazendo Mari e Letícia rirem baixo.


Travis balançou a cabeça em negação para mim, mas o ignorei. Iria perguntar o que estavam fazendo ali, mas era mais que evidente.


– E como a encontramos, vamos voltar. – peguei no braço da Letícia e dei um passo para trás. – Foi bom ver vocês rapazes. – falei com um sorriso, virando pelos calcanhares.


– Maxon sabe que está aqui? – Travis perguntou fazendo meu rosto enrubescer, meu corpo arrepiar e meus pés travarem no chão.


– Na verdade... – falei ao me virar. – Ele provavelmente está em uma festinha com os amigos e eu estou em uma festinha com as amigas. Dia das garotas. – falei dando de ombros, Letícia concordou com a cabeça.


– Eu vou chutar seu traseiro por não ter nos convidado. – Sebastian disse a Travis que riu concordando com a cabeça.


– Hey pessoal! – a voz desesperadamente britânica, rouca veio atrás de nós. – Opa! Olá meninas. – Jamie disse ao nos virarmos. Ele sorria e segurava dois copos grandes de cerveja. – Servidas?


– Não, obrigada. – Mari respondeu.


– Ficou louco Jem? – Sebastian exclamou, novamente com seu tom de repreensão. – Nem a Karlla, muito menos a Mariana irão beber. – e eu tive que rir. 


Rir e revirar o olhos.


Rir e jogar a cabeça para trás porque chegava a ser ridículo esse instinto protetor que Sebastian tinha pela prima e agora adotando em mim.


– Estou bebendo, Sebastian. – falei. – Mas realmente não gosto de cerveja.


– E você Mari? – Travis perguntou com os olhos arregalados, as sobrancelhas no alto da testa com o choque.


– Ah, qual é? Eu já tenho idade, vocês poderiam deixar de serem um pé no saco.


– Isso ai Mari! – Jem exclamou animado, erguendo a palma da mão para ela bater e eu sorri, ele poderia ser legal.


– Então, nós já vamos. – falei virando a cabeça em direção a Julia que conversava com My. 


 Distraídas ao grupo que Lethicia estava, distraídas para ver meus olhos em uma súplica para sairmos dali, distraídas para ver que Lethicia deu as costas para o balcão, deixando as garotas e Celeste tocarem sua bebida. Apertei o olhar para tentar ver com mais nitidez, aquilo era estranho para mim, era suspeito demais. Lethicia ameaçou se virar, mas Celeste a segurou pelos ombros, sorrindo para as garotas como uma criança malvada aprontado alguma. Dei um passo para trás para ver o balcão, havia cinco shots de alguma bebida, alinhados para serem tomados, havia um único mais cheio do que os outros e poderia ter sido coisa da minha mente inimiga, poderia ter sido minha vista nada confiável depois de tanto álcool, mas vi alguém despejar um líquido azul em um dos copos enquanto as outras colocavam as mãos na boca impedindo risadas altas.


–... Ela deve ter perdido o sentido da audição. – ouvi alguém dizer ao meu lado, fazendo os outros rirem.


Me virei e vi todos me encarando, os meninos desconfiados demais com uma sobrancelha erguida e as meninas com um sorriso divertido no rosto, não havia percebido quando Manu ou Camila ou Lari chegaram a nós, não percebi quando Travis a reconheceu e puxou a mão da Camila para beija-la como um cavalheiro, como um príncipe que só Maxon sabia ser.


– O que? – perguntei assustada, voltando a olhar para Lethicia que ria com o copo vazio nas mãos.


– Você está muito bêbada ou é impressão minha? – Manu perguntou, apertando os olhos analisando meu rosto. 


Balancei a cabeça.


– Não estou. – olhei para Sebastian e Jamie, que não parecia acreditar e sorri. – Vocês já conhecem minhas amigas? – perguntei tentando mudar de assunto. Jamie concordou com a cabeça, sorrindo para elas com um aceno de cabeça. Sebastian continuava me encarando. 


– Sebastian Maddox, esta é Emanuela Wayland. – falei puxando-a pelo braço, para o campo de visão dele.


– Manu. Por favor, eu prefiro Manu. – ela disse apertando os olhos para mim.


– Sebastian. – ele disse finalmente, tirando os olhos de mim e desviando para o rosto da Manu, para os cabelos caídos nos ombros, para a blusa um pouco justa e o sorriso que estava no rosto dela. – É um prazer, Manu. – ele disse com um sorriso charmoso, se inclinando para beijar seu rosto. 


Procurei Camila e ela conversava com Travis, um sorriso no rosto as vezes concordando com a cabeça, as vezes fazendo uma piada sobre algo. Larissa conversava com Mari e Letícia com Jamie.


– Ai está ele! – Travis gritou olhando sob nossos ombros, me deixando nervosa demais para virar, apreensiva demais com medo de o que veria. – Bem na hora! – falou desviando seu olhar para mim e eu percebi, só poderia ser Maxon, só poderia ser o irmão mais novo que tinha sua “namorada” em uma festa. 


De repente duas mãos me puxaram para trás pela cintura, uma respiração em meu pescoço e eu estava dura, gelada sem conseguir me mexer, me virar, sem conseguir falar.


– Gostei do jeans. – Maxon sussurrou em meu ouvido, fazendo meu corpo tremer, minhas pernas falharam e meus lábios se erguerem em um sorriso.


Ele me abraçou forte pelas minhas costas e ergueu a cabeça para todos que nos observavam. Eu estava nervosa sobre essas demonstrações de carinho quando estivermos na faculdade, estava apreensiva com o que minhas amigas iriam achar sobre isso e quem já tinha visto, sorria para nós como se dissesse “isso! Fiquem assim.” 


– Oi meninas. – Maxon falou e vi Larissa sorrir calorosamente, vi Manu sorrir de lado e Camila acenar com a cabeça.


– Travis ou Sebastian? – Letícia perguntou a Maxon, fracassando ao tentar não ri.


– Foi o Seb. – era a voz do Aaron, me virei rapidamente para saber quem mais estava ali e encontrei Maxon com um sorriso charmoso, o cabelo desarrumado e uma roupa que o deixava mil vezes quente. Aaron estava acenando para mim, assim como Jake. Jordan. Jordan. Jordan. E Jace.


– Rob não estava com vocês? – perguntei confusa, unindo as sobrancelhas tentando entender.


– Ele encontrou a Lethicia quando chegamos e eles saíram para conversar. – Maxon respondeu. – Mas o que deu nela?


Dei de ombros.


– Ela ficou chateada por Rob não ter avisado que estava na sua casa. – Lari quem respondeu, calma como se não tivesse um pingo de álcool no sangue.


– Bem, então vamos deixar que eles se resolvam. Onde estão sentadas? – Aaron perguntou olhando de mim para Larissa e antes que qualquer uma pudesse responder, Julia gritou ao se aproximar, puxava Mylena pelo braço e passou por mim para abraçar Maxon e cada um dos garotos.


Foi ela quem apontou para a mesa que estávamos, foi ela quem puxou Larissa e Aaron pelo braço e caminhou em direção a mesa, fazendo My, Letícia e Mari seguirem logo atrás, fazendo Travis puxar a mão da Camila para segui-las, fazendo Sebastian colocar um braço sob os ombros da Manu antes de saírem.


– Vocês estão vendo isso? – perguntei tentando não rir. Jake concordou com a cabeça observando os dois casais se distanciando.


– Parece que vocês estão sobrando. – Maxon falou aos dois, passando as mãos em minha cintura me fazendo sorrir. Jace revirou os olhos para nós e seguiu para a mesa.


– Cara, vocês dois se merecem. – Jordan disse antes de seguir o jogador do time de futebol.


Maxon riu me virando para ele, para ver o sorriso em seu rosto, para ver seus olhos vivos brilhando para mim.


– Todo mundo já sabe. – ele sussurrou dando um beijo rápido em meus lábios, me abraçando forte quase me deixando sem ar.


– Maxon Maddox! – a voz irritantemente meiga falou atrás dele, nos fazendo se virar para encontrar Celeste, talvez em sua melhor roupa, melhor posição sexy e mais duas mulheres – morenas – em seu lado. As três tinham seus olhos fixos e sorriam para Maxon, eu era completamente invisível para elas. – Não achei que veria você aqui. – Celeste disse.


– Nossa! Faz quanto tempo que não vem aqui? – a terceira morena falou, me deixando curiosa, apreensiva com a resposta se eu chegar a perguntar. 


As três me deixaram irritada pelo simples fato de não olharem para mim.


– Pois é. – Maxon disse passando uma mão em seu cabelo. – Faz muito tempo. – e sorriu para elas.


– Você poderia ter sido mais gentil e ter ligado. – a terceira morena falou e eu gargalhei por dentro.


– Maxon não é muito de ligar depois dos encontros. – falei com um largo sorriso no rosto, tendo a atenção das três e dele.


– Então eu diria para você ter cuidado, flor. – ela respondeu apontando para mim e Maxon. 


Minha mente estava em um turbilhão de emoções, meu corpo forçava para chegar perto o bastante para socá-la, mas tudo o que fiz foi sorrir e concordar com a cabeça.


– Ah! Não se preocupem. – Maxon disse com um sorriso grande no rosto, pegou minha mão entrelaçando nossos dedos me fazendo encarar cada uma com o ar de superioridade que eu estava sentindo naquele momento. – Com esta aqui, a coisa é séria pra cacete.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): ladymidnight_

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

Sorri vitoriosa, sorri superior a Celeste e as outras duas – que nem ao menos conhecia – mas não me importava. Sorri feliz por ouvir dele. Sorri pela mão em minha mão, nossos dedos entrelaçados. Sorri por simplesmente sorrir. As três saíram sem se despedir e antes que pudéssemos ir para a mesa, Jamie se aproximou b ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 1



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Ju Franco Postado em 10/09/2016 - 02:33:38

    CONTINUAAAA MINHA NOVA FIC FAVORITA NÃO ABANDONE PRA SEMPRE PFVR



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...