Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Indomitable | Tema: Herroni


Capítulo: Capítulo 44

143 visualizações Denunciar


 


Maite agora deitada em sua cama, olhava para a janela, ainda sem acreditar na notícia. Alfonso pulava de um lado para o outro, mostrando a maior felicidade em ter dois filhos, ele já havia ligado para todos os seus amigos e contado a eles a grande novidade.


-Você está me deixando enjoada – Maite falou se apoiando nos antebraços enquanto olhava para Alfonso que literalmente tinha um sorriso de uma ponta a outra  


-Estou feliz Mai, muita energia está aqui dentro, tenho que descarregar ela, já pensei em correr na praia, em fazer bastante coisa, mas não quero sair do teu lado – Alfonso falou indo se deitar ao lado de Maite.


-Sei uma ótima forma de gastar essa tua energia – Maite falou engatinhando na cama e passando as pernas ao redor da cintura de Alfonso, sentando em cima de seu membro que já começava a dar sinais de vida – pelo visto já foi captada a informação – ela rebolava lentamente em cima do seu homem que tinha suas pupilas dilatadas de tesão.


-Maite – grunhiu Alfonso impulsionando seu corpo para cima e apertando a cintura da morena para que parasse os movimentos – não brinca com fogo – gemia Alfonso traçando com os lábios um caminho que percorria seu pescoço, rosto, orelhas, e descia para o colo, deixando um rastro de fogo por onde aqueles lábios passavam. – Você tem um brilho diferente sabia? E um gosto ainda mais delicioso.


Alfonso falava tirando a roupa que Maite estava e admirava o corpo da mulher que agora concebia os seus filhos, era algo que ele nem imaginava passar no momento, filhos, e agora tudo acontecia de uma forma que ele nem sentia se quer.


-Eu amo você – falou Alfonso olhando nos olhos de Maite, que sorriu e passou as suas mãos pelo corpo de Alfonso, que estremecia de prazer, ele via o que Maite no momento parecia querer algo bruto, mas hoje ele ia fazer tudo com calma, e sedução. Ele anteviu quando ela ia descendo suas mãos para pegar seu pênis, mas ele riu baixinho e segurou suas mãos falando – hoje será diferente Mai, eu quero te idolatrar, amar você, amar seu corpo da forma mais calma que nunca nenhum dos dois viu.


Maite apenas assentiu encarando os olhos de Alfonso que tinha um sorriso mais do que lindo, ele começou a distribuir beijos pelo rosto e pescoço da morena, que apenas respirava já ofegantemente. Ele delicadamente tirou-a de seu colo, e a deitou sob a cama, apoiando nos seus braços ele ainda beijava o pescoço de Maite, que começava a sentir seu corpo se acender.


Alfonso acariciava o corpo de Maite, com as mãos, com a boca, com seu próprio corpo, deixando-a com um fogo diferente do que já tinham sentido – você tem o corpo mais maravilhoso que já vi, perece que você foi feita para mim, nossos corpos se encaixam de uma forma que ninguém consegue ter – falava Alfonso descendo seu corpo e seu rosto, que por onde passava, deixava um rastro de calor, até que o mesmo chegou em sua intimidade, e por cima da calcinha ele começava a acariciar, fazendo Maite se retorcer em baixo dele.


-Alfonso – gemia Maite impulsionando seu quadril para cima de encontro o rosto de Alfonso, que agora descia a calcinha de Maite com os dentes, ela já sentia seu corpo todo pegajoso de suor, e a atmosfera do quarto começava a mudar, parecia que tudo estava nos eixos, até a luz da lua entrava pela janela do quarto e iluminava os corpos apaixonados, tudo parecia estar no limite dos apaixonados, quando Maite sentiu seu corpo começar a ser envolvido por pequenas convulsões que iam aumentando, a cada caricia que ela sentia, Alfonso estava fazendo a festa com sua buceta, passando a língua e a penetrando com seus dedo, foi quando seu corpo começava a dar sinais de seu êxtase que ela sentiu o membro de Alfonso ir invadindo seu corpo de forma mais deliciosa possível, ela sentia cada centímetro que entrava, e era com se o mundo ficasse muito mais colorido e sua respiração estivesse sendo engolida por algo muito poderoso. – Alfonso gemia Maite tentando movimentar seu corpo para que Alfonso aumentasse o ritmo, mas ele a parou, começando os movimentos de vai e vem, movimentos esses lentos e ritmados que eles sentia como se fosse a salvação para eles.  


Maite que já estava a um ponto de gozar, sentiu sua intimidade se contrair e em espasmos ela sentir a libertação, Alfonso viu quando os olhos dela ficaram opacos e soube que ela já tinha gozado, o que o impulsionou a continuar as penetrações com ritmos e cadência. Lentamente Alfonso aumentava os movimentos, enquanto ele mordia o pescoço de Maite, que sentia todo o seu corpo gritar e clamar por Alfonso, ele já tinha conquistado todo o seu ser.


Alfonso sentia seu corpo mais perto da libertação, e continuava cadenciando seus movimentos, mas quando sentiu Mate gozar novamente, ele mesmo se libertou, eles já tinham vivido diversas aventuras sexuais, mas hoje eles colocaram todo o sentimento no ato, deixando de lado toda a gana que sempre envolvia a transa dos mesmos.


-Eu amo você Alfonso, amo você como nunca amei ninguém na vida – Maite falou num sussurro sentindo seus olhos se enxerem de lágrimas que já escorriam e aumentaram quando ela viu Alfonso colocar as mãos em seu abdome e falar baixinho -Papai ama vocês e muito – Maite olhava para Alfonso sentindo seu coração apertado por não estar conseguindo demonstrar que querendo ou não, seus filhos já eram amados, pois o medo que sentia era maior do que muita coisa nessa vida – me perdoa Poncho, me perdoa por não estar conseguindo aceitar essas crianças, eu sou um monstro que não ama os próprios filhos – Maite falava chorando bastante, seus nervos estavam totalmente abalados por tudo que tinha acontecido em tão pouco tempo.


Alfonso sentia seu coração ser apertado ao ver que a morena tão forte, estava desabando em lágrimas, ele apenas segurou sua mão, apertando firme e olhando para ela enquanto falava baixinho – você não é um monstro Mai, é simplesmente uma garota com medo, eu vou estar com você, sempre e sempre está me ouvindo? – Maite assentiu com a cabeças, ainda que lágrimas escorressem por seu rosto, e ela sentisse que era muito errado o que ela sentia pelos bebês em seu ventre. E uma promessa ela fazia a si mesma, que iria mudar, iria fazer de tudo para que esses sentimentos mudasse – Dorme Mai, você está exausta, e amanhã é um novo dia – Alfonso falava deixando beijos em seu rosto, fazendo com que ela começasse a se acalmar, até pegar no sono, e não ver o sorriso no rosto do homem ao seu lado.     


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): taynaraleal

Este autor(a) escreve mais 12 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Maite havia acabado de acordar, mas parecia que seu corpo não respondia a seus estímulos, pois ela queria ficar cada vez mais tempo deitada, seu corpo estava pesado, e alguns lugares estava doloridos, além de um enjoo que não ia embora antes de meio dia. -Bom dia – falou Alfonso em pé, perto da porta com uma bandeja de café da ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 474



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • crisjhessi Postado em 18/02/2019 - 15:11:11

    Caraca tantas emoções... UAU... Espero que os bebês fiquem bem, agora que ela aceitou a gravidez, não poderia tira-los agora..... Continuaaaaaaaaaaaaa

  • crisjhessi Postado em 14/02/2019 - 19:07:33

    Maizinha sempre em perigo.... O que foi dessa vez?????

    • taynaraleal Postado em 16/02/2019 - 18:45:07

      Vamos descobrir agoraa

  • narinhaherroni Postado em 14/02/2019 - 00:16:52

    O que aconteceu com a MAI? Ela vai ficar bem não é? Posta logo

  • narinhaherroni Postado em 14/02/2019 - 00:16:05

    Que história maravilhosa. Estou em êxtase. Essa mistura de romance, sexo e ação me encanta

  • narinhaherroni Postado em 14/02/2019 - 00:15:20

    Aaa nem se preocupe. Vou está aqui. Mas não desiste

  • narinhaherroni Postado em 14/02/2019 - 00:14:29

    Tadinha da Mai. Ela realmente devia se afastar. Mesmo que ela não queira

  • narinhaherroni Postado em 14/02/2019 - 00:13:49

    Você voltouuuuuu. Quanto tempo meu pai.

  • crisjhessi Postado em 01/02/2019 - 15:59:22

    eita lasqueir ameiiiiiii.... continuaaaaaaaaaaaaa someee assim não poxa

    • taynaraleal Postado em 07/02/2019 - 11:54:29

      OIII que bom que gostou. Desculpa, é que escrever ta um pouquinho complicado sabe, mas to tentando. Não quero abandonar

  • milenapereira Postado em 19/10/2018 - 13:41:10

    QUERO MAIS CAPÍTULOSSS , CADÊ VOCE ???

    • taynaraleal Postado em 07/02/2019 - 11:55:00

      Logo logo tem mais, com fé em Deus

  • Maiterroni Postado em 18/10/2018 - 09:43:43

    Não vejo a hora da Maite aceitar essa gravidez dela! Será uma família linda a do nosso Herroni.

    • taynaraleal Postado em 07/02/2019 - 11:57:13

      Logo ela vai aceitar, com fé em Deus



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...