Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Eu e Você Juntos Quase Sem Querer (Vondy)


Capítulo: Por Você

1025 visualizações Denunciar


Hey meninas, Feliz Ano Novo pra vocês, que venha com muita paz e prosperidade! Bom, pra começarmos bem, post hot! Espero que gostem e quero ver comentários!


 


Tirou
as roupas que faltavam e entrou, a trouxe para perto, deixando os
seios dela contra o tórax, encostaram os narizes, quase roçando os
lábios um no outro, ficaram se olhando por um instante e acariciando
o rosto um do outro, como se quisessem capturar cada segundo daquele
momento.


Dul:
Eu te amo tanto!


Chris:
Não mais do que eu te amo!


Dul:
Você é a coisa mais importante da minha vida, não sei o que seria
da minha vida se eu não tivesse te encontrado!


Chris:
A minha seria muito sem graça sem você!


Dul:
Acho que não mais que a minha sem você!


Chris:
Mas e seu namorado?


Dul:
Ex! Namorado, marido, amante, meu tudo é só você!


Chris:
(sorri) De verdade?


Dul:
(sorri) De verdade!


Chris:
Você não precisa fazer força Dulce María pra me fazer feliz!


Dul:
E nem você pra me fazer a mulher mais completa e feliz do planeta!
Eu quero te dar tudo o que você merece meu amor, sei que só tenho o
meu amor pra te dar … (é interrompida por ele)


Chris:
(coloca o dedo levemente nos lábios dela e sussurra) O seu amor é o
melhor presente do mundo, não a nada que eu queria mais que ele!


Eles
vão se aproximando lentamente e se beijam com uma paixão
indescritível, mostrando um ao outro que tudo aquilo que estava
dentro do coração de ambos, o amor eterno que transbordava o
coração, que completava e alimentava a alma, que os fazia mais que
nada um do outro.


Chris:
Não há nada que eu queria mais do que te ver sorrir todas as manhãs
pra mim, ouvir seu coração bater enquanto fazemos amor, ver seus
olhos cheios de desejo por mim!


Dul:
Eu agradeço a Deus por te colocar no meu caminho!


Eles
novamente se beijaram, Dulce enquanto o beijava ficava de joelhos na
banheira, Chris lhe acariciava as costas lentamente, o beijo aos
pouco ficou mais intenso, Dulce passava as mãos pelo peitoral do
marido que gemeu com o contato das mãos quentes e inocentes pela
pele fria.


Chris:
(entre o beijo) Você me deixa louco!


Dul:
Você é que me deixa louca!


Chris:
Eu quero você!


Dul:
Eu também te quero!


Ela
começa a beijá-la no pescoço, Dulce arqueia o corpo delirando de
prazer e crava as unhas nos braços másculos do marido.


Logo
depois e começa a beijar os seios dela depois abocanha o direito,
lambe o bico e o puxa com os dentes, enquanto o fazia a olhava se
contorcer por cima dele, ficou ali mais algum tempo ate se transferir
para o outro, fazia tudo lentamente, sem pressa.


Dul:
(geme) Chris!


Chris:
(a beijando no vale dos seios) Você é tão linda meu amor! A mais
prefeita de todas as mulheres!


Logo
ele desce para a barriga dela aonde dava beijos molhados e brincava
com seu umbigo, fazendo leves cócegas. Ela acariciava os cabelos
molhados do marido, enquanto o sentia possuir seu corpo e dá-lo um
prazer inesgotável.


Logo
ele escorregou as costas na banheira ficando frente a frente com a
intimidade dela.


Ele
então começa a beijá-la ali, a respiração de Dulce fica cada vez
mais descompassada e ela geme baixinho, Chris acariciava seu clitóris
e penetrava-a com a língua, deixando Dulce sem ar, ele era incrível
em todos os sentidos. Não demorou muito para que Dulce chegasse a um
orgasmo e derramasse na boca do marido. Ele sorveu todo o seu meu e
foi beijá-la na boca, um beijo suave e terno.


Dul:
Agora é a minha vez!


Ela
ficou de quatro por cima de Chris e o beijou por um longo tempo,
depois desceu os beijos para o pescoço, dando mordidinhas e passadas
de língua na pele molhada, subiu para o lóbulo da orelha que ela
dava leves mordidas e puxava, depois o chupando.


Em
seguida desceu os lábios pelo tórax dele o fazendo gemer, ela
começou a brincar com o mamilo esquerdo dele, os lambendo e puxando,
o que fazia Chris dizer coisas sem nexo algum.


Ela
faz o mesmo com o direito e transfere os beijos para a barriga bem
definida do marido, faz círculos com a língua no umbigo dele e
distribuía beijos molhados por ali enquanto cravava suas unhas nas
coxas bem torneadas dele.


Chris:
(geme) Pequena!


Dul:
Tá gostando amor?


Chris:
(sorri de olhos fechados e ofegando) Sua feiticeira!


Dul:
Você ainda não viu nada meu amor!


Ela
foi baixando os beijos até chegar a masculinidade dele, não pode
deixar de sorrir, era tão másculo, tão viril, um homem e tanto.


Ela
começou beijando sua ponta, logo depois o abrigando em sua boca, o
acariciando, Chris agarrou a borda da banheira com uma força
desumana, ela estava embaralhando seus sentidos. Ele proferia
palavras incompreensíveis enquanto sentia os lábios da esposa
dançando sobre seu íntimo, em pouco tempo teve seu orgasmo e Dulce
sorveu todo seu sabor, subiu e o beijou, enquanto se abraçavam e
quase se fundiam em um só. Dulce estica o braço até a gaveta e
pega um preservativo, previne o marido para o momento crucial.


Dul:
Quero ser sua meu amor!


Chris:
Pra sempre!


Dulce
montada nele se encaixou ao corpo do marido, ele mais uma vez a
beijou fazendo com que ambos suspirassem, os movimentos eram lentos e
ordenados, estavam curtindo aquele momento.


Quando
não puderam esperar mais começaram a dar um ritmo mais acelerado
aquela dança, estavam com as testas coladas, os lábios unidos e
diziam um ao outro “eu te amo”.


Chegaram
juntos ao ápice do prazer, as ondas passavam pelo corpo de ambos, o
mundo parecia parar naquele momento, estavam plenos, felizes,
saciados e realizados.


Ficaram
movimentando-se mais algum tempo até que Dulce deita-se no tórax
dele esgotada. Ficaram se acariciando e recuperando as respirações,
Dulce ouvia o coração do amado bates descompassado no peito.


Chris:
Tudo bem?


Dul:
Muito!


Chris: Vamos sair? A água tá fria e eu não vou deixar a
minha princesa pegar um resfriado! (eles riem)


Dul:
Ok! Vamos!


Eles pegam um roupão pra cada um e vão para o quarto,
Dulce se senta na cama e ele vai até o rádio colocar uma música.




Por
Você
Eu dançaria tango no teto
Eu limparia
Os trilhos
do metrô
Eu iria a pé
Do Rio à Salvador...
Eu aceitaria

A vida como ela é
Viajaria a prazo
Pro inferno
Eu
tomaria banho gelado
No inverno...
Por Você!
Eu deixaria
de beber
Por Você!
Eu ficaria rico num mês
Eu dormiria
de meia
Prá virar burguês...
Eu mudaria
Até o meu nome

Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria todo o dia
A
mesma mulher...
Por Você! Por Você!
Por Você! Por Você!
Por
Você!
Conseguiria até ficar alegre
Pintaria todo o céu
De
vermelho
Eu teria mais herdeiros
Que um coelho..
Eu
aceitaria
A vida como ela é
Viajaria à prazo
Pro
inferno
Eu tomaria banho gelado
No inverno...
Eu mudaria

Até o meu nome
Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria
todo o dia
A mesma mulher...
Por Você! Por Você!
Por
Você! Por Você!
Nã Nã Nã Nã Nã...
Eu mudaria
Até o
meu nome
Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria todo o dia

A mesma mulher...
Por Você! Por Você!
Por Você! Por
Você!
Por Você! Por Você!
Por Você! Por Você!
Por
Você! Por Você!


Chris:
(enquanto a música começava estende a mão a ela) Me concede essa
dança?


Dul:
(dá a mão para ele) Claro meu bem!


Eles
dançavam a música entre risos no meio do quarto, se olhavam
profundamente e se beijavam em meio a dança.


Chris:
Esses dias que eu passei no Brasil contigo foram os melhores de toda
a minha vida!


Dul: Igual pra mim! Eu pude ver que era você o
homem que eu queria pra vida toda!


Chris: E você é a mulher que
eu mais amo no mundo! Mas isso eu já sabia desde a primeira vez que
te vi!


Dul: Talvez eu também soubesse desde daquele dia!


Chris:
E aqui estamos nós, apaixonados!


Dul:
Felizes!


Chris:
E voltando pra casa!


Dul: Tô morrendo de saudade de todos por
lá!


Chris: Não vejo a hora de chegarmos e contar como estamos
felizes!


Dul: Eu também! Quero contar tudo pras meninas, da
viagem, da gente!


Chris:
Pena que temos que abrir mão desse paraíso!


Dul: Mas nós vamos
voltar! Juntos!


Chris: E com nossos filhos!


Dul:
(sorri) É, e com nossos filhos! (o beija)


Chris:
(a gira) Mas falando em filhos Dulce María, como vão ficar os
nossos?


Dul:
Não sei! Quantos você quer?


Chris:
Acho que uns quinze!


Dul:
(assustada) Quinze?


Chris:
Que que tem ué?


Dul:
Eu não sou uma máquina de fazer bebês amor!


Chris:
Tá! Que tal então quatro? Cinco?


Dul:
Posso pensar no seu caso!


Chris:
Então estamos de acordo?


Dul:
(sorri) Acho que sim!


Chris:
Ok! Menino ou menina?


Dul:
Menino!


Chris: Menina!


Dul: Nomes?


Chris:
Eu não sei Dul! Você tem algum?


Dul:
Também não!


Chris:
Mas isso a gente pensa depois né?


Dul:
É! Tem razão!


Chris: (a vendo bocejar faz voz de bebê) Tem bebê
com soninho!


Dul:
É! Vamos dormir amor!


Chris:
Vamos sim! Vem, deixa eu tirar esse seu roupão!


Dul:
(fingindo-se de ofendida) Mas você quer que eu durma nua com você?


Chris:
Qual é o problema! Olha, tá calor e tal e não tem nada nesse corpo
de deusa que eu já não tenha visto e amado!


Dul:
(vira-se de costas e ele tira o roupão) Ok!


Chris: (tirando o
dele) Bom, eu também vou dormir sem nada!


Dul:
(olhando o corpo do marido) Se eu conseguir dormir essa noite! É
melhor apagar as luzes!


Chris: (sorri) Porque?


Dul:
Porque eu vou ficar olhando para esse seu monumento! (ele ri) Eu
posso atacar você no meio da madrugada!


Chris: Ah é?


Dul:
Pois sim!


Chris: Você pode atacar esse seu marido a hora que você
quiser meu bem!


Dul: (dá um tapa no ombro dele) Calado Uckermann
seu tarado!


Chris:
Você ama esse tarado aqui né?


Dul:
É né? Fazer o que?


Chris:
(rouba um beijo dela) Sua linda!


Dul:
Seu gostoso!


Chris: Te amo!


Dul:
Eu mais!


Chris: Não, eu mais!


Dul:
Eu muito mais!


Chris: Tá, nós dois amamos um ao outro muito!
(eles riem) Vem, vem deitar aqui, quero dormir abraçadinho com você!


Dul:
(Dulce deita com ele e se aconchega no tórax do amado) Pronto amor!


Chris:
(cobre os dois com um lençol e lhe dá um beijo nos cabelos) Dorme
minha pequena! Boa noite!


Dul: Boa noite! (eles adormecem)


Comentem!


Besos!


Bruninha!



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Bruna

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Geeeente! Desculpem por favor a demora, mas aconteceram muitas coisa e fiquei impossibilitada de postar, mas como eu estou de volta e não posso abandonar vocês, vou postar DOIS capítulos hoje e no fim de semana posto mais um naquele mesmo esquema, daqui a pouco também posto em Todo O Amor Que Houver Nessa Vida!: Logo o dia amanheceu, o ú ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 2338



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Iara Uckerman Postado em 12/01/2016 - 23:09:58

    Nossa essa finc eu uma da minha favorita!

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:02

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:01

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:00

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • blandul Postado em 03/09/2011 - 01:57:55

    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU TAVA MORRENDO SEM A TUA WEB, posta mais pelo amor de Deus.

  • lorenafernandesvondy Postado em 26/08/2011 - 22:54:37

    Oiii , leitora nova
    na verdade eu já lia a web e nunca tinha comentado
    Mas a web ta Maravilhosa
    posta mais

  • maby Postado em 14/08/2011 - 00:43:18

    ahh, que fofo ele de principe, espero que o memo apodreza na cadeia...posta maissssssssssssssssss:)

  • mirellyvondy Postado em 28/07/2011 - 14:45:37

    amigaaaa!!!
    demorei mais to aqui lendo sua web viu!
    ela ta superçegaç!
    omg o que vai acontecer agora (ronendo as unhas aqui)
    bjin!

  • jajagrego Postado em 11/06/2011 - 01:19:08

    Gente essa web tbm e muito legal
    http://www.e-novelas.com.br/?q=webnovela&id=11332

  • jajagrego Postado em 10/06/2011 - 17:32:27

    A web ta d+++


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais