Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Eu e Você Juntos Quase Sem Querer (Vondy)


Capítulo: A Cartada Final

799 visualizações Denunciar


Eram duas da madrugada e ela ainda permanecia acordada, não podia acreditar no que estava acontecendo, aquele incompetente não conseguiu acabar com Dulce. Maldito era! Como teria Christopher para si se Dulce estava em seu caminho! Isso porque logo a polícia viria atrás dela, Memo a denunciaria como cúmplice ou até mandante só para pegar uma pena mais leve, colocando a culpa em suas costas. Precisava fugir, mas não sem antes destruir a mulher que lhe tirou a chance se ter o melhor dos homens, e essa era Dulce María!


Belinda: (com olhos cheios de raiva) Eu te odeio Dulce María, vou acabar com você! Você não vai ficar com o meu homem, ele será meu e de mais ninguém!


Seguiria os passos de Dulce e faria de tudo para estar perto para poder acabar com ela de uma vez por todas!


De manhã


Dulce acordava de um sonho maravilhoso, sonhara estar num campo todo florido brincando com os filhos e o marido, eles eram um casalzinho, o menino loiro, muito parecido com Chris, a menina de cabelos negros, idêntica a mãe. Eles corriam por todos os lados no jardim e deixavam os pais entre sorrisos e abraços felizes.


Pegou o carro e saiu rumo a clinica para poder agendar algumas consultas e reparou em um carro que saíra desde a rua de sua casa a seguindo. Não sabia quem poderia ser, e mesmo assim o carro estava muito perto. Quando olhou no retrovisor pôde ver um rosto familiar: Belinda!


Seus olhos arregalaram-se de medo, Belinda não estava com a cara das melhores. Dulce acelerou um pouco mais para dar tempo de fugir, porém o outro carro seguia em velocidade igual, não poderia imaginar o que se podia fazer.


Andavam por toda a cidade enquanto os carros estavam dando o melhor de si. Dulce decidira ligar para Christopher e lhe pedir ajuda, mas estava tão nervosa que temia pela própria segurança.


Dul: Meu Deus, não deixe que nada aconteça aos meus bebês. – Ela pedia tentando segurar as lágrimas.


Belinda parecia ser puro ódio, focava-se no carro à frente e imediatamente tudo o que girava a seu mundo era tirar Dulce Maria da estrada.


Belinda: Vai me pagar sua praga! – A voz não expressava seu repúdio a mulher do amado.


Dulce contou até 50 e lentamente pegou o telefone, ligou para Christopher que estava na discagem rápida.


Chris: Alô? – Disse o amado do outro lado da linha. Dulce pegou a interestadual que por sorte estava vazia.


Dul: Chris? Meu amor. – A voz saiu trêmula. – Belinda está seguindo meu carro, está louca.


Chris: O que?? – Desesperou-se. – Calma Dulce (ela começou a chorar do outro lado da linha). – Linda, calma, onde estão agora? (ela passou o local) Consegue ver a placa dela? (Dulce passou o que conseguia ver). – Ok! Amor fica calma, estamos correndo praí.


Ligou para a polícia rodoviária mexicana, os amigos e familiares todos foram para o departamento de polícia. Em minutos, subirão ao céu 5 helicópteros da força tática seguindo os caros identificados de perto. Dulce viu a movimentação e pensou em Christopher, sorriu.


Belinda viu helicópteros sobre seu carro e então percebeu o que se passava, estava sendo seguida.


Belinda: Cadela! – Gritou e socou o volante. Ligou todos os faróis e piscou-os incessantemente sem tirar os olhos do carro de Dulce, estava a 150 Km/h.


A polícia viu aquilo como sinal de que a fugitiva e opressora já tinha ciência de que estava sendo seguida.


Dulce, num ataque altruísta, pegou um atalho na rodovia e entrou rápido. Aprendeu a dirigir com seu pai ainda muito jovem, Fercho adorava chama-la de “pilota de fuga”, agora seu corpo era adrenalina e nada mais, sem medo ou desespero, somente instinto. Muniu-se de coragem e manteve as mãos no volante. O celular tocou e ela colocou no viva-voz.


Chris: Amor, estamos bem atrás de vocês. – Ela podia ver o desespero na voz do marido. Ficava preocupada com aquele tom, e sabia que não poderia perder aquilo, não ele como quase perdeu.


Dul: Eu sei amor. Sei qual o jgo ela e não vou entrar.


Chris: Dulce não faça nenhuma besteira.


Dul: Não sei que tipo de covarde ela pensa que eu sou, mas eu não vou dar esse gostinho a ela.


Chris: Te amo! – Ouviu a voz dele como se fosse um sopro apenas. – Volte pra casa.


Dul: Eu vou voltar, Chris, eu te prometo. Te amo!


Dulce desligou o telefone e começou a preparou seu plano.


 


................................................................................................................................................................


.........: Senhor, estamos bem atrás deles. Já entrei em contato com a família da senhorita Schull e eles estão dispostos a um acordo caso ela seja presa.


Antônio: Ela será, quem essa garota pensa que é para tentar machucar a minha filha? – Deu um soco na mesa, e Chris que estava no outro extremo da sala se juntou ao sogro para tranquilizá-lo.


Chris: Calma, tio Antônio, por favor. Vamos trazê-la para casa. Sua filha é forte e sabe o que está fazendo.


Antônio: Ela não é nenhuma corredora de Fórmula 1, Christopher. Ela vai se machucar.


Chris: Não pense assim.


May: Tio, tia Blanca não está bem! – Disse a menina pálida como nada.


Antônio: Vou ficar com ela. – Virou-se para Chris – Por favor, cuide disso, meu filho.


Chris: Pode deixar.


.................................................................................................................................................................


Dulce via a gasolina acabando e ficou nervosa, teria que pensar em algo rápido para que pudesse se livrar de Belinda.


Dulce acelerou um pouco mais na faixa esquerda da pista, diminuiu um pouco a velocidade e pareou o carro com o dela. Viu os olhos soltando faíscas e então apertou o freio com todas as forças.


Belinda sobressaltou-se a frente e agora Dulce, atrás do carro perseguia-a. Dulce fechou a distância entre os dois carros e batia na traseira de Belinda. Os policiais estavam prontos para a retaliação, a vítima estava intimidando o carro da perseguidora.


Belinda toma trancos na direção do carro e começa a jogar o volante de um lado para o outro, tentando se desvencilhar da rota de Dulce e tomar as rédeas da situação, porém Belinda encosta perto demais do gard rail da pista e perde o controle. Dulce diminui a velocidade e roda, parando com o carro atravessado na rodovia.


O carro de Belinda começa a capotar em direção a uma curva e bate em alta velocidade contra uma ribanceira, o carro explode e voa-se pedaços do carro por todos os lados. Dulce se protege dentro do carro e olha estarrecida para a cena.


.................................................................................................................................................................


Christopher atravessou toda a multidão e abraçou Dulce forte.


 


Chris: Meu amor, que bom que você está bem. – Beijou-a apaixonadamente.


Dul: Eu tô bem, nós estamos. – Beijou Christopher outra vez. – Vamos pra casa, não quero mais estar aqui. Belinda ... – Não conseguiu falar.


Chris: Eu sei, a família dela estará aqui em breve. Mas não falemos mais disso. Vamos embora.


Eles voltaram para casa e a alegria foi uma só, amigos e família esperavam pelo regresso de Dulce sã e salva e no fim, nada teria sido melhor, tudo teria finalmente seu final feliz.



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Bruna

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

3 anos depois...   Dulce acabava de receber as novas fotos da Lua de Mel de Anahí e Alfonso em Paris. Os dois haviam finalmente reconhecido o amor entre ambos e agora estavam casado e felizes como deveria ser. Maite e Christián estavam noivos e viajando pelo mundo, conhecendo novos lugares e culturas, se amando muito e inclusive grávidos finalment ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 2338



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Iara Uckerman Postado em 12/01/2016 - 23:09:58

    Nossa essa finc eu uma da minha favorita!

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:02

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:01

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • maby Postado em 07/09/2011 - 17:52:00

    maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss ssssss:)

  • blandul Postado em 03/09/2011 - 01:57:55

    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU TAVA MORRENDO SEM A TUA WEB, posta mais pelo amor de Deus.

  • lorenafernandesvondy Postado em 26/08/2011 - 22:54:37

    Oiii , leitora nova
    na verdade eu já lia a web e nunca tinha comentado
    Mas a web ta Maravilhosa
    posta mais

  • maby Postado em 14/08/2011 - 00:43:18

    ahh, que fofo ele de principe, espero que o memo apodreza na cadeia...posta maissssssssssssssssss:)

  • mirellyvondy Postado em 28/07/2011 - 14:45:37

    amigaaaa!!!
    demorei mais to aqui lendo sua web viu!
    ela ta superçegaç!
    omg o que vai acontecer agora (ronendo as unhas aqui)
    bjin!

  • jajagrego Postado em 11/06/2011 - 01:19:08

    Gente essa web tbm e muito legal
    http://www.e-novelas.com.br/?q=webnovela&id=11332

  • jajagrego Postado em 10/06/2011 - 17:32:27

    A web ta d+++


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais