Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Estúpido Desejo - Vondy - Adaptada - Finalizada | Tema: Romance/Hot/Comedia


Capítulo: Capítulo 78 - Maratona 1/13

1395 visualizações Denunciar


DULCE


-Pi/nto pequeno!


Estou deitada em uma cama enorme e macia; a cama do hotel Quatro Estações. Estou usando minha fantasia de dominatrix, aquela mesma, que me fez ser alvo das risadas de dez mil pessoas. E um pi/nto pequeno faz algo parecido com cócegas no meio das minhas pernas. Fecho os olhos e tento me concentrar. O que está havendo?


Eu conheço essa sensação, a sensação das cócegas. As cócegas que não me fazem rir. Olho para Christopher pronta para implorar que ele tire o dedo mindinho e meta logo seu p/au enorme, mas quando reparo em seus olhos, não são castanhos, são verdes. E há uma pequena macha em um deles. Mer/da! A barriga protuberante toca em mim e entro em pânico. Me/rda, me/rda, me/rda! Então percebo que não é um dedo dentro de mim, mas sim o micro p/au do Edmundo. Ele me olha como se o que estamos fazendo fosse "o paraíso", e eu só quero sair desse inferno.


-Saia daqui! Não me toque. -grito e tento me afastar.


-Você me ama, Passarinha. -ele diz com a voz rouca que mais parece um grasno.


-Que me/rda está fazendo? Como entrou aqui? Não quero você, não me toque!


Ele se zanga e se afasta. E eu nem sinto a hora que ele sai de dentro de mim, para você ter uma noção do que é um pin/to pequeno. Sei que ele está gritando alguma coisa, mas estou ocupada olhando para os lados, procurando por Christopher. Onde ele está? E se ele chegar e pegar Edmundo nu aqui?


Cubro-me com o lençol e finalmente olho para Edmundo ajoelhado na cama. Ele está nervoso. Segura meus ombros, me joga de volta na cama e aproxima de mim aquele...


-Pin/to pequeno!


-Dulce! Acorde! Dulce!


Meus ombros são sacudidos por mãos, mas de repente Edmundo some e sinto o cheiro de Christopher. Abro os olhos lentamente e o vejo à minha frente. Ele parece preocupado.


-Dulce, está tudo bem! Foi um sonho. -respiro fundo e me sento também. Ele me estende um copo de água, que tomo rapidamente.


Quando ele começa a me perguntar o que sonhei, pulo em cima dele. O derrubo na cama e abaixo sua cueca: ali está! Meu menino. Ele está dormindo e mesmo assim é quatro vezes maior que o do Edmundo. Suspiro aliviada e o acaricio emocionada.


Christopher me olha como se eu fosse louca. Abre a boca para falar de novo, mas coloco seu p/au lindo e enorme na boca e ele substitui as palavras por gemidos. Estou tão desesperada que o faço go/zar rapidamente. E mesmo depois que ele go/za, fico ali, sentindo-o pulsar em minha boca, tendo a certeza que aquilo ali é a realidade.


Quando ele se acalma, me puxa para seus braços e me aperta contra ele. Preparo-me para dormir, mas ele fala:


-Com quem você sonhou? E não venha me dizer que foi comigo, porque você estava gritando pi/nto pequeno. Não poderia estar falando de mim...


-Convencido. -murmuro.


-Dulce, por favor! Não me diga que você sonhou com o Edmundo?!


-Ok.


-Ok, o quê? Ok você sonhou com ele?


-Ok, não vou dizer. -ele se levanta e me encara:


-Então você não sonhou com ele?


-Agora você quer que eu responda? -ele bufa e assente. -Sim. -repondo.


-Sim você vai dizer ou sim você sonhou com ele?


Começo a rir. Tudo isso está ridículo demais.


-Sim eu estava sonhando com ele.


-Nu?


Preparo-me para dar uma resposta espertinha quando vejo o seu rosto. Ele está com raiva.


-Sim, sonhei que ele estava me fazendo cócegas. É o que ele chama de comer!


Ele parece confuso, mas logo se joga na cama, o mais distante possível de mim. Corro o dedo por seu peito, mas ele pega a minha mão e afasta.


-Não acredito que esteja com raiva por causa de um sonho!


-Por que você sonhou com ele? Nu ainda por cima? Você estava pensando nele?


-Não. -respondo me sentando. -Christopher, que insegurança é essa? -ele se senta também e parece ainda mais irritado.


-Não estou inseguro! Você não vai desejar outro homem enquanto tiver meu p/au à sua disposição. Estou confuso. -ele se levanta e fica dando voltas. -Você não aceitou meu pedido de casamento, não quis dormir dia nenhum na minha casa, e agora sonha com seu ex! Isso só é meio inesperado.


Não sei como agir. Nunca pensei que teria que lidar com um Christopher inseguro. Arrogância é seu nome do meio, insegurança passa longe dele. Mas por que isso?


-Vou para sua casa amanhã. -digo para apaziguar o que quer que ele esteja sentindo. -E não estava tendo um sonho erótico com o Edmundo, era mais um pesadelo. -um sorriso brilha em seu rosto e ele fica me olhando. -Mer/da, Christopher! Venha aqui e me faça esquecer essa porcaria de pesadelo.


-Nem precisa pedir duas vezes. -ele diz e pula em cima de mim.


******


Estou saindo do serviço quando o vejo.


-E o pesadelo aparece! -sussurro enquanto Edmundo abre os braços com um sorriso amarelo. Como se eu fosse mesmo me jogar nos braços dele. Louco! Paro a uma distância segura, que ele ignora, dando dois passos na minha direção:


-Dulce... -ele diz avaliando meu corpo dos pés à cabeça com aprovação.


-Encosto! -respondo. Seu sorriso some e aquela expressão de causar pena surge no rosto dele.


-Eu fui à igreja Dulce, esperei por você!


-Fiquei sabendo.


Ele me olha com expectativa. Ok, vamos ser sinceros aqui. Tudo bem que ele pagou um mico "à lá Dulce" ficando plantado na igreja como um idiota, mas gente! Pi/nto pequeno! Comedor de secretárias! Não dá para perdoar esse homem. Ainda mais depois de experimentar o senhor sexo sensacional.


Edmundo continua me encarando, esperando que eu demonstre pena, e eu me seguro para não rir. Faço isso por pouco tempo, logo o enjoo me toma, preciso vomitar. Interrompo o que quer que ele estava falando e digo:


-Preciso ir Edmundo, tchau.


Viro-me para correr, mas ele segura meu braço e me puxa de encontro a ele, o rodopio que faço com o gesto me leva a beira do abismo e não tenho saída, me afasto o suficiente e vomito em seu pé, o nojo tomando seus olhos. Quero rir, muito, mas um braço enlaça minha cintura e Christopher está com um sorriso enorme no rosto.


-Olha, se não é o Edmundo Pi/nto Pequeno!


Edmundo o encara com mais raiva ainda no olhar. Quero dizer a ele para não fazer isso, quero dizer que ele já é feio o bastante, não pode fazer caretas, mas estou meio que tendo um ataque de pânico. Christopher já andava estranho desde o meu sonho com Edmundo. O que irá pensar em vê-lo ali, na porta do meu trabalho, justo no dia em que não tinha me avisado que viria me buscar? Não vou ficar dando explicações, mas tento controlar a ansiedade que me toma e me concentro na expressão dele. Ele está sorrindo.


-Uckermann. -responde Edmundo com algo parecido com nojo. -Então é verdade!


-Sim, como pode ver.


Verdade? O que é verdade?


-Sinto muito pelo incidente. -Christopher diz olhando o pé de Edmundo. -A Dulce está grávida, isso acontece muito no início da gestação.


De branco, Edmundo fica azul. E começa gaguejar.


-Grávida? A Dulce está grávida? De você?


Christopher abre um sorriso debochado.


-É claro! De quem mais seria? Cócegas não geram bebês.


Dou uma cotovelada em Christopher e Edmundo parece em choque. E pela primeira vez desde que o peguei comendo a secretária, tenho pena dele. Ele me olha ferido, exatamente como olhei para ele quando o peguei com a secretária. Sei o que ele está sentindo, mas não posso fazer nada por ele. Eu sempre desejei uma vingança, mas agora que acidentalmente consegui, vejo que na verdade não queria me vingar. Ele havia me ajudado no fim das contas; se não fosse por ele eu não teria ficado endividada, e não teria aceitado viajar com o Christopher. Indiretamente ele foi o meu cupido.


Edmundo, Christopher e eu ficamos em silêncio. Christopher não está mais rindo, acho que percebeu que isso realmente afetou o Edmundo. Ele abaixa a cabeça, derrotado e diz com a voz baixa:


-Você vai se arrepender disso, Uckermann!


Christopher parece tão surpreso quanto eu pela ameaça. Mas apenas diz:


-Acho que não!


Então Edmundo me olha, bem nos olhos, vejo a dor em seus olhos e quero me sentir culpada, mas não me sinto. Ciclo totalmente encerrado Edmundo, sua fase já passou! Ter certeza disso me faz abrir um sorriso, e ele diz para mim:


-Eu queria te dar filhos, Passarinha! Muitos. Você não precisava buscar isso em outro assim, tão rápido.


Filhos? Com o Edmundo? Eu não os queria nem com o Christopher, imagina com o Edmundo? Deus me livre ter um monte de passarinhos, nem pensar! Vou dizer isso a ele, mas ele já parece derrotado o suficiente, então apenas dou de ombros e não digo nada.


Christopher parece inquieto, me puxa para mais perto e me afasta de Edmundo.


-Precisamos ir, amor. -diz para mim e eu concordo com a cabeça. Ele olha para Edmundo ainda ali, parado, derrotado, vomitado. -Adeus, Edmundo Pi/nto Pequeno e Pés Vomitados! Espero que não procure a minha noiva novamente.


Edmundo e eu piscamos os olhos com a palavra noiva, mas tento disfarçar. Christopher só está marcando seu território, como um cachorro. Sinto-me uma cadela ao pensar assim, mas é melhor ser uma cachorra, do que uma passarinha, convenhamos!


-Ah, mas não é ela que pretendo procurar. -Edmundo responde antes de sair batendo o pé e espirrando respingos de vômito pela calçada.


Ficamos parados, Christopher ainda com os braços em volta da minha cintura. Espero ansiosamente que ele diga alguma coisa, que pergunte o que Edmundo estava fazendo ali, pois sei o quanto é ciumento e possessivo, mas ele não diz. Ele me guia ao carro e me leva direto para casa. Eu desço sem entender e espero que ele desça atrás de mim, mas buzina, arranca com o carro e vai embora. Eu não entendo a reação dele, e só posso rezar para que ele não cometa nenhuma burrice. Porque da próxima vez que ele falhar comigo, não haverá vingança que me faça perdoá-lo.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): AnazinhaCandyS2

Este autor(a) escreve mais 23 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

CHRISTOPHER Pai, eu vou ser pai. Fico dando voltas pela sala enquanto tento assimilar. Há três dias, quando recebi a notícia de que irei ser pai, foi uma maravilha. Mas estava tão concentrado em estar dentro da Dulce que não parei para pensar no que aquilo significava. Nas duas primeira noites, só queria tê-la e nem lembrei de ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 526



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Giullya Postado em 17/03/2019 - 22:24:08

    Oii diva, estava lendo aqui essa história ai pah cheguei ao fim dela e fui ver quem escrevia, tinha que ser vc né pra fic estar um arraso desses! Parabéns arrasou demais, amei do começo ao fim. Sdd bjo <3

  • Tia_Olaf Grey♥ Postado em 07/08/2018 - 21:26:52

    Venho aqui divulgar minha primeira adaptação, se chama: No limite do seu desejo - Mal sabe Anahi que nesta casa há entre os filhos um misterioso moreno de olhos verdes sedutores, tatuado, arrogante e controlador, que segue sua vida conforme traça seus desejos. O Advogado Criminalista Alfonso Herrera será sua perdição e a fará viver dentro de seus limites. Mas será que Anahi terá amor e forças suficientes para conseguir viver no limite de seu desejo? Link: https://fanfics.com.br/fanfic/58362/adaptada-no-limite-do-seu-desejo-aya-18-anah i-alfonso-aya

  • yan10 Postado em 22/03/2018 - 19:06:40

    Acompanhe essa historia de amor e traição que tá mexendo com todos os leitores, FEMME FATALE https://fanfics.com.br/fanfic/57883/femme-fatale-rebelde

  • Dul ☮ Postado em 19/03/2018 - 13:22:25

    Nossaaaaaaa! Eu ameiiiii. Li em uma semana essa fi, não vejo a hora de ver a próxima. Beijos &#10083;&#65039;

  • vondytasiempre Postado em 01/03/2018 - 08:52:41

    Gente visitem la minha fanfic https://fanfics.com.br/fanfic/57802/irresistivel-vondy-e-um-pouco-ponny-hot-rebe ldevondy

  • MissMistake_Vondy Postado em 22/02/2018 - 14:59:32

    AAAAAAAAAAAAAH não acredito que acabou :( melhor fanfic que eu ja li ... dei muitas risadas dul maluquinha é a melhor <3 PARABÉEEEEEEENS

  • vondy_forever15 Postado em 17/02/2018 - 07:18:52

    finalmente..... agora eu sei oq é ter raiva odio e felicidade td ao mesmo tempo kkkkk leitoraa nova.... já to amando

  • linevondy Postado em 14/02/2018 - 13:39:46

    Quero mais linda, me avise quando tiver outra fic ADORO Suas fics! Muita luz e muito amor e o melhor pra ti <3 Beijo lindona *-*

  • linevondy Postado em 14/02/2018 - 13:38:58

    Awntttttttt vontade de chorarrrrrrr

  • linevondy Postado em 14/02/2018 - 13:38:27

    Vou sentir muitas sdds dessa fic, desse casal e dessa autora maravilhosa *-*



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...