Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Encruzilhada - AyA | Tema: Ponny, Hot


Capítulo: Capítulo 10

104 visualizações Denunciar


POV Poncho


- Eu bem disse que era um lugar nojento. – Anjo me falou rindo.


Ela tinha acabado de me mostrar La Merced e o sol já estava se pondo, deixando o céu numa mistura de laranja com azul.


- Eu nunca mais vou olhar para esse cidade do mesmo jeito depois do dia de hoje. - Eu disse.


- Para de fazer drama. – Ela me deu um tapinha no braço. – Eu declaro encerrado, então, o nosso passeio turístico pela escória da Cidade do México.


- Foi uma tarde muito agradável, principalmente por conta da guia. – Flertei com ela, antes de perceber o quão ruim era essa ideia.


Mesmo que ela fosse a mulher mais fascinante que já conheci, ela era também uma criminosa. Me envolver com ela só tornaria tudo difícil em meu objetivo era prendê-la.


Ela fingiu não ter ouvido o que eu disse, e foi melhor assim.


- Então vamos voltar para o carro. Eu me ofereceria para te levar até a sua casa, mas sei que você não quer que eu saiba onde mora. Então eu te deixo na fábrica. – Anjo disse.


- Tudo bem, então.


Ela começou a caminhar um pouco a minha frente em direção ao carro e parecia distraída. Já eu, estava completamente alerta. Não era acostumado a lugares como aquele que nem ela, que se sentia sempre segura e intocável.


Foi por estar a todo momento olhando em volta, que percebi quando um homem esquisito andava do outro lado da calçada, olhando para ela, que já tinha alcançado a Lamborghini. Quando Anjo destravou o carro, ele começou a correr até ela.


Antes que eu pudesse impedir, ele já estava com seu braço apertando o pescoço dela enquanto apontava uma arma em sua cabeça.


- Me passa a chave do carrão, boneca.


- Calma aí, amigo. – Ela falou ao mesmo tempo em que levantava os braços e em seguida me olhou, como se pedisse por minha ajuda.


- Tá esperando o que, princesa?


- Eu vou te dar, só espere um momento.


Ele não tinha me visto, ainda estava a uma distância considerável dos dois. Sem pensar em nada, saquei a pistola de minha cintura e dei dois tiros na cabeça do infeliz, que caiu no chão.


Eu matei um homem, eu nunca tinha feito isso antes. Mas não me importei com meu código moral. Quando a vi em perigo, sua segurança se tornou o mais importante para mim naquele momento.


- Bom trabalho, estava realmente pensando em quando você iria parar de ser bonzinho e me mostraria o seu lado que eu só tinha ouvido falar. Mas sabe... – Ela se aproximou de minha orelha. – Eu poderia ter resolvido essa situação toda sozinha. – Sussurrou como se estivesse me contando um segredo.


- Então por que não resolveu? – Perguntei em descrença.


- Queria ver o que você faria. Mas você estava demorando demais! Minha vida vale tão pouco para você assim? Precisou de seis segundos para decidir me salvar? Se tivesse demorado mais dois segundos, eu mesma teria acabado com esse desgraçado.


Então ela começou a pisar com seu salto alto na cara do morto. Ela era realmente diferente de todas as outras.


- Vai sujar seu sapato inteiro de sangue assim. – Falei


- E você acha que eu me importo? Estou mais acostumada a ver sangue do que água.


Fiquei curioso com o que disse.


- Quando você começou a matar?


Ela parou por um momento, pensando em minha pergunta.


- Não vejo como você poderia me prejudicar com essa informação, então vou te dizer. Comecei a matar com onze anos.


- E por que começou tão cedo? – Tentei ir mais a fundo nessa estória.


- Isso você não pode saber. – Bufei com sua resposta.


- Você é misteriosa demais.


Ela riu de mim.


- Olha quem fala.


- Você nunca vai confiar em mim, não é mesmo?


- Talvez eu confie no dia que você me contar alguma coisa pessoal sobre você. – Ela disse.


- Eu já te contei sobre o meu pai.


- Não me contou nada que não pudesse contar para qualquer um por aí. Eu quero saber dos assuntos realmente importantes. – Ela chegou bem perto de minha boca. - Aqueles que poderiam por a sua vida em risco. – Falou próxima a mim e senti meu corpo inteiro se arrepiar. – Mas você nunca vai me dizer, então eu também nunca vou confiar plenamente em você.


- Acho que as coisas estão bem assim. Podemos sobreviver sem saber dos segredos um do outro. – Eu disse.


- Sabia que iria concordar comigo. Agora, entre logo nesse carro, que tudo o que eu mais quero é estar logo em minha casa e poder tomar um banho de banheira bem relaxante.


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): amandaportilla

Este autor(a) escreve mais 2 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

POV Anahi - Estávamos tendo uma noite maravilhosa, há semanas que não tínhamos uma foda tão boa. E então, o celular dele tocou e ele atendeu. Disse que tinha que resolver um assunto urgente para você. – Maite, minha amiga e uma das pouquíssimas pessoa em quem eu confiava , me contava em meu escritório sobre ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 105



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • anyeponcho Postado em 15/02/2018 - 21:59:59

    Quero a Any apaixonada pelo Poncho logo!!!

  • anyeponcho Postado em 15/02/2018 - 21:59:21

    Adorei a cena hot kkkkkk

  • ponnyyvida Postado em 09/02/2018 - 01:26:59

    Menina do céu, esses dois finalmente, tiveram um remember kakakak Já tava na hora. Continuaaaa linda <3

    • amandaportilla Postado em 09/02/2018 - 21:08:32

      Demoraram mesmo pra repetir a dose. Anny tava tentando evitar, mas o clima acabou surgindo na praia e ela não resistiu kkkk. Continuandooo xuxu :)

  • anyeponcho Postado em 07/02/2018 - 17:08:17

    postaaaaaaaaaaaaaa

    • amandaportilla Postado em 09/02/2018 - 00:48:31

      Postandoo xuxu

  • anyeponcho Postado em 07/02/2018 - 01:12:58

    Quero mais... Acho que agora esses dois se acertam

    • amandaportilla Postado em 09/02/2018 - 00:48:10

      Se acertaram na cama kkkkk Se bem que até agora nem fizeram na cama ainda....

  • anyeponcho Postado em 07/02/2018 - 01:12:17

    Que fuga foi essa?? Ameiiii essa adrenalina

    • amandaportilla Postado em 09/02/2018 - 00:47:24

      Super louca essa fuga da polícia hahahah

  • ponnyyvida Postado em 02/02/2018 - 02:37:21

    Meu Deus, fuga em alto estilo kakak O Poncho fica todo encantado por ela :) Any é bem corajosa e inteligente né <3 Posta mais xuxu

    • amandaportilla Postado em 09/02/2018 - 00:46:39

      Bela fuga, com direito a saltar de um viaduto kkkkk Poncho tá gamadão, também né, como não ficar, a Any é toda cheia de personalidade. Continuando amoreco :)

  • ponnyyvida Postado em 01/02/2018 - 03:07:12

    O comentário de baixo é meu hihi

    • amandaportilla Postado em 01/02/2018 - 23:31:07

      Esse site é meio bugado hahah

  • Postado em 01/02/2018 - 03:06:15

    Aí mds, agr vai acabar acontecendo oq vc tinha dito, ela vai acabar salvando ele kakaka Concordo com a anyeponcho, eles perderam mto tempo conversando :/ Continuaaa <3

    • amandaportilla Postado em 01/02/2018 - 23:30:21

      Anny heroína que precisa salvar o Poncho kkkk Eles foram muito descuidados, ficaram lá conversando (e o Poncho querendo começar um sessão de beijos hahah) sem nem se preocupar se os seguranças iam aparecer. Continuandooo :)

  • anyeponcho Postado em 01/02/2018 - 00:35:08

    Demoraram muito conversando kkkkk

    • amandaportilla Postado em 01/02/2018 - 23:26:45

      Decidiram discutir a relação enquanto estavam em cativeiro kkkkk Só esses dois mesmo


- Links Patrocinados -