Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: O Destruidor de Corações - Vondy | Tema: Adaptada


Capítulo: HOT

134 visualizações Denunciar


 Após um longo dia, eu costumo tomar uma taça de vinho para ajudar a descontrair e
relaxar. Às vezes, eu tomo um banho para ajudar meus músculos tensos a se soltarem. Hoje à
noite, já estou na segunda taça e estou morrendo por um banho. Entre Chris na parte da manhã e
William à tarde, eu estou precisando do conforto da água quente para relaxar minha cabeça.
Sento-me na água quente e fico quase de molho.


 Quando estou suficientemente relaxada, eu finalmente permito que o meu cérebro reconstitua o meu dia. Eu reproduzo o beijo de William na minha cabeça. Foi doce. Gentil. Familiar. E estranhamente ousado para William.
Mas foi o seu sorriso e as palavras no final que foram mais surpreendentes. Ele acha que Chris
não vai durar. Que, eventualmente, vou voltar a mim e as coisas vão voltar ao normal. Eu
provavelmente deveria ficar irritada com sua suposição. Mas, honestamente, como eu poderia
culpá-lo? Até eu achei que Chris era errado para mim. Passei anos me convencendo do que eu queria, o que seria bom para mim. Eu fiz um trabalho tão bom que William acredita que ele me
conhece melhor do que eu.


 Dispenso os pensamentos sobre William rapidamente e passo o resto da minha celestial
impregnação na água quente pensando apenas em um homem. Christopher Uckermann. O jeito que ele me toca. Agarra-me tão apertado, como se ele tivesse que fazer isso, como se não houvesse outra escolha. Eu lembro de suas mãos sobre mim hoje. Ele não somente passou as mãos pelo meu corpo, sentindo minhas curvas, mas também suas pontas dos dedos pressionando dentro de mim, enquanto ele me sentia. Realmente me sentia. De uma forma que eu sei que ele está gostando de me tocar quase tanto quanto estou gostando de ser tocada. Antes de Chris, eu nem sabia que havia uma diferença na maneira como um homem pode passar a mão no meu corpo.
Mas há, essa diferença é o que faz a minha mente tremer.


 Tenho alguns segundos de prazer com a visão de Chris em minha cabeça, quando meu telefone, apoiado na pia, toca e me tira da minha fantasia. Isso me assusta, e acabo jogando água por todo o chão quando eu salto para atender.
Seco as minhas mãos de qualquer jeito e resolvo voltar para a banheira enquanto eu
atendo a ligação. Falando no diabo.


— Oi. — Sua voz é rouca e baixa e um calafrio percorre meu corpo, embora eu esteja imersa em um banho quente. Me sinto como uma adolescente novamente. Animada ao ouvir a voz de um menino do outro lado do telefone.
— Oi. Como foi seu dia?
— A parte do meio foi ótima.


 Eu sorrio, mesmo que ele não possa me ver. Sim, eu sou uma colegial com uma paixão
tão grande que estou sorrindo quando ele diz “oi” no telefone.


— Mmmm... essa foi a minha parte favorita do dia também.
Chris ri. — Onde você está? Parece que você está em um túnel ou algo assim.
— Na banheira.
Chris solta uma onda forte de ar e sua voz se torna baixa e rouca. — Você está nua agora?
— Aham. E eu estava pensando em você quando o telefone tocou.
— Ah, sim, no que você estava pensando?
— Na maneira como você me toca.
Chris geme. — Você estava se tocando?
A minha resposta é honesta e sai antes que eu possa pensar melhor sobre oferecer a
verdade. — Acho que eu estaria, se você não tivesse me ligado.
— Merda. — Então ele fica em silêncio por um longo minuto e espero que ele diga algo
mais, mas ele não diz.
— Qual é o problema?


— Você está me matando, Dul. Sinto como se eu tivesse catorze anos com você. Passo
metade do tempo com tesão só de pensar em você. Eu não vou conseguir dormir depois disso.


 Eu sorrio, sentindo-me satisfeita por não ser a única a me sentir como uma adolescente
hormonalmente enlouquecida.


— Talvez você devesse tentar tomar um banho.
Chris fica quieto por um minuto. Estou prestes a perguntar se ele ainda está na linha,
quando ele finalmente fala. Sua voz é baixa. — Toque-se para mim, Anjo. — As palavras são
tensas e a voz grossa, pairando no ar.
— Eu... eu nunca... — Quero dizer a ele que eu nunca fiz sexo por telefone ou me
masturbei para um homem antes, mas as palavras estão presas na minha garganta.
— Você pode. — Chris sente a minha hesitação e não vai permitir.
— Não é...
— Seus mamilos estão duros? — Deus, eu amo a sua voz.


 Olho para os meus mamilos, que mal estão cobertos pela água. Eles estão inchados e
salientes e eu acho que eles ficaram ainda mais inchados nos últimos minutos.


— Sim. — Minha resposta sai num sussurro.
— Toque em um. Esfregue o dedo sobre a parte superior dele para mim.


 Eu deixo de lado a minha hesitação e faço o que ele pede. Lentamente, passo meu dedo
sobre o mamilo duro fazendo um pequeno círculo. Meus mamilos, já inchados, respondem, e
incham ainda mais, o suficiente para que eles não consigam ficar abaixo da superfície da água.
Agora, eles estão saindo da água do banho. Não estão mais protegidos pela quentura, o ar frio
encontra-os e é como se cada nervo do meu corpo estivesse ligado às pequenas protuberâncias
salientes que espreitam para fora. Um choque de eletricidade percorre todo o meu corpo. Se
eu tivesse fechado os olhos, eu poderia jurar que Chris estava soprando sobre eles. A sensação
me surpreende e eu nem sequer tento mascarar o nó na garganta.


Chris geme. — Aperte. Com força.


 Eu aperto. Agarro meu mamilo inchado entre meus dedos e aperto firmemente. Outra
onda de eletricidade percorre minhas terminações nervosas. Só que, desta vez, todos os
diferentes caminhos percorridos chegam ao mesmo lugar, no mesmo momento exato... meu
clitóris. Um gemido baixo escapa dos meus lábios.


— É bom, não é, Anjo?
— Sim — admito, minha hesitação lentamente derretendo.
— Você precisa colocar o telefone no viva voz. Coloque-o perto de você.


Eu faço o que ele pede.


— Feche os olhos.


A voz de Chris no alto-falante do telefone faz com que o que estamos fazendo se pareça ainda mais íntimo, como se ele realmente pudesse estar de pé, perto de mim, dizendo-me o que
fazer. Eu fecho os olhos, pronta para imaginar que ele está no banheiro comigo.


— Pegue a outra mão e toque o seu clitóris. Eu sei que já está inchado pra mim. Finja
que eu estou aí com você, te observando. Estou sentado atrás de você, olhando você se tocar.
Eu adoro ver você. Você é tão sexy.


 Eu deslizo a mão pelo meu corpo e deixo a voz profunda e familiar de Chris preencher
meus sentidos. Eu quase esqueço que é a minha própria mão que está esfregando meu clitóris
excitado em pequenos círculos, quando ouço a necessidade em sua voz. É tão carnal. Outro
pequeno gemido escapa e Chris responde com um grunhido, um som ecoando de puro prazer
masculino. Isso me deixa ousada.


— Você está duro? — Eu finalmente encontro coragem para fazer mais do que ouvir.
— Duro como pedra. Eu quero estar dentro de você. Profundamente dentro de você. Eu
preciso tomar a sua bocetinha apertada, amor.


 Oh, Deus. Meu corpo aperta com suas palavras e eu consigo, literalmente, sentir suas
palavras rolarem pelo meu corpo.


— É isso que você quer? Você quer o meu pau duro dentro de você, não é?
— Sim. — Minha voz é rouca e necessitada. Eu me empurro com mais força contra a
parede da banheira, minha bunda esfregando contra o ferro fundido. Eu finjo que é Chris atrás
de mim. Sua dureza atrás de mim enquanto eu me sento entre suas pernas e ele me observa
enquanto eu me toco.
— Deslize dois dedos em sua boceta molhada. Eu preciso estar dentro de você.


 Hesito por apenas um segundo antes de fazer o que ele manda, mergulhando dois dedos
dentro de mim profundamente. Um som escapa da minha garganta, é um cruzamento entre um
gemido e uma palavra, e eu nem tenho certeza de qual era.


— É isso aí, Anjo. Dentro e fora. Eu estou dentro de você. Mais rápido. — A voz tensa
de Chris soa tão desesperada quanto eu me sinto. Eu o imagino. Seus ombros largos e os
braços musculosos. Seus belos olhos verdes em mim. Observando-me. Seu quadril
empurrando para baixo em direção a mim. Seu pau longo e grosso. Deus, seu pau.
— Oh, Deus — eu gemo quando sinto o tremor inconfundível correr por mim quando o
orgasmo começa a tomar posse.
— Goza pra mim —Chris fala e o tom de comando detona meu clímax e se espalha por
meu corpo. Sinto os espasmos comprimirem meus dedos enquanto meu corpo pulsa
descontroladamente.


 Eu ouço o nome de Chris sendo chamado mais e mais, mas não registro que o som vem de
mim. Eu já completamente rendida ao meu orgasmo, bombeio meus dedos dentro e fora do
meu corpo, enquanto sinto a minha libertação, até que estou perseguindo a última onda com
pequenos tremores.


 Poucos minutos depois, nossas vozes soam diferentes. Elas estão nebulosas e roucas e
me pergunto se nós dois conseguiremos dormir bem esta noite.


— Você também... — Minha voz falha. Eu quero saber se ele gozou. Não estou completamente certa do que eu faria se ele não tivesse, mas agora que encontrei a minha felicidade, percebo que não faço ideia se ele estava se tocando também.
Chris ri da minha quase pergunta. — Sim, meu anjo. Nós dois vamos dormir bem esta
noite.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): GrazihUckermann

Este autor(a) escreve mais 3 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

 Acho nossos assentos no ginásio onde vai acontecer a luta e meu meio-irmão Max estáanimado com o quão perto estamos sentados. Perto do ringue. Ou, seria perto da gaiola, jáque, tecnicamente não há um ringue, mas sim uma gaiola? Nós não sentamos tão perto naprimeira e única luta que eu tinha id ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 18



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • bels Postado em 07/04/2018 - 20:35:05

    Muito amor por essa história! Linda Linda!

  • deia2017 Postado em 30/03/2018 - 14:24:39

    Lindo amei

  • deia2017 Postado em 05/03/2018 - 20:34:22

    Nao para nao por favor

  • dulcete.vondy Postado em 05/03/2018 - 09:23:12

    Comecei a lerrr, acho que ja já termino todos os capítulos já postados e antecipadamente já peço, posta maisssss

    • GrazihUckermann Postado em 05/03/2018 - 19:55:38

      Seja bem vinda ^^

  • deia2017 Postado em 12/02/2018 - 13:20:55

    Leitora nova já estou amando

    • GrazihUckermann Postado em 12/02/2018 - 21:49:55

      Seja bem vinda ^^

  • samayra Postado em 02/02/2018 - 11:02:58

    To viciada msm, anciosakkkkkk bjs, posta mais

  • beatris Postado em 02/02/2018 - 09:30:50

    Gostei da primeira vez deles. Invejinha branca da Dul. Eu tbm tô mto afim de saber do passado dela. Ainda falta muito? Continua linda

    • GrazihUckermann Postado em 02/02/2018 - 10:32:40

      Ainda vai demorar um pouquinho para Dulce falar sobre o passado dela... Continuando..

  • samayra Postado em 31/01/2018 - 11:30:52

    kkkkkk estou amando essa históriakkkkk

    • GrazihUckermann Postado em 01/02/2018 - 13:47:56

      Que bom que está amando. Seja bem vinda ^^

  • beatris Postado em 30/01/2018 - 15:40:29

    Kkkkk oh céus agr até eu fiquei frustrada com essa interrupção nam

    • GrazihUckermann Postado em 01/02/2018 - 13:47:34

      Próximos capitulo tem Hot, corre pra ler ^^

  • beatris Postado em 30/01/2018 - 11:38:56

    Amei kkkk o Cris parece ser tão romântico e tão fofo me diz onde posso encontrar um homem desse pra mim, que eu pago rsrsrs

    • GrazihUckermann Postado em 30/01/2018 - 14:04:38

      Olha, eu não sei, mas se você saber onde achar um homem desse não esqueça de avisar ^^ Continuando..


- Links Patrocinados -