Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Dark Traces | Tema: Original


Capítulo: Reuniao

72 visualizações Denunciar


Imagem relacionada


Matt estava com as mãos na cintura. Ele suspirou um pouco e depois voltou a olhar para Lisa e Donavan.


- Voce está propondo o que eu acho que voce está propondo?


- É o único jeito, Matt.


- Mas e a corporação?


- Que se dane a corporação! - Exaltou Donavan


- Voces nao podem fazer isso. Quero dizer, nós temos um trabalho para fazer.


- E é por isso mesmo que temos que fazer isso, Matt. A investigaçao já está em grandes proporções. Temos que garantir que nada saia do controle. E se tiver alguém lá dentro? Precisamos investigar. Precisamos usar  todas as armas para que conseguirmos pegar esse assassino.


- Ela está certa, Matt. A investigaçao está em um nivel muito forte, o único jeito de garantir o sucesso é trabalhar em segredo para que peguem o assassino. 


Matt suspirou e ficou pensativo. Ele olhou para eles.


- Está bem, então. Eu ajudo.


- Viva. - Disse Donavan, irônico e revirando os olhos


- Apesar que vai ser uma pena trabalhar com o Donavan. - Disse Matt, olhando para ele


- Eu também nao estou nada feliz de trabalhar com voce, mas o que eu posso fazer? Isso é para o bem da investigaçao, além do mais, a Lisa me convenceu.


- A lisa te convenceu? Desde quando ela é sua parceira?


- Parece que voce é tão incompetente que ela está sobrando.


- Ora, eu estava -..


- Chega disso. Venham, tenho algo para mostrar. - Interrompeu Lisa


Lisa caminhou até a mesa de jantar e abriu um notebook. Ela colocou em um player para os dois verem o homem encapuzado sequestrando Camille. Matt e Chyntia olharam para o video e ficaram impressionados.


- Esse é..?


- Nós nao sabemos quem ele é. Mas eu suspeito que seja nosso assassino.


 - Se for verdade, temos que devolver a câmera de segurança para o Clarker. Ele vai querer ver o que contem nas filmagens. - Disse Matt


- E nós vamos. Mas temos que ter cuidado sobre quem está lá dentro. 


- E a imagem nao dá para ver o rosto do homem. Como vamos acha-lo? - Perguntou Matt


- Temos a fisionomia dele, podemos fazer um retrato falado com as poucas características que temos. - Disse Donavan


- Espere, aumente um pouco o zoom na camisa do homem, Donavan.


Donavan aumentou o zoom do video e Matt aproximou o rosto.


- Acho que que já vi essa marca de roupa em algum lugar.


- Que bom pra voce, Matt. Isso nao quer dizer nada.


- Temos algumas estaturas físicas que podemos utilizar para diminuir as buscas. Donavan, papel e caneta.


- Está achando que sou seu empregado, Matt?


- Nao. Mas já que está aqui faça algo de util.


- Eu vou fazer algo de útil dando um soco bem no meio da sua cara.


- Pelo o que eu lembre eu que te dei um soco.


- Meninos, chega! Está ficando ridiculo. - Interrompeu Chyntia


- A repórter tem razão. Vamos nos concentrar no caso. - Disse Donavan


Matt suspirou e revirou os olhos. Donavan sorriu  se divertindo.


Eles passaram um tempo analisando detalhadamente as imagens da camera de segurança. Matt estava sentado na frente da tela do notebook, enquanto Chyntia estava escrevendo algo em outra mesa. Lisa voltou para o local com canecas de café e Donavan rapidamente pegou uma caneca.


- Até que enfim, Parker.


- O que ele está fazendo? - Perguntou Lisa


- Reclamando.  - Disse Matt olhando para as imagens


- Nao. Eu estou esperando o idiota do Matt terminar. E falando nisso, o que voce está fazendo ai?


- Eu estou verificando os arredores do beco para ver se encontro alguma coisa. Alguma coisa antes ou depois que possa nos ajudar.


- Eu nao tinha pensado nisso.


Lisa olhou para Chyntia.


- O que voce está fazendo? - Perguntou ela


- Estou tentando fazer uma analise dos horários de funcionamento do departamento e dos funcionários. Assim poderemos ter uma ideia geral de quem entra e sai. Talvez ajude a achar quem raptou o corpo de Camille.


- Eu gostei da ideia. - Lisa sorriu pra ela


- É, foi brilhante. Acho que podemos dispensar o Matt.


- Ei! Eu estou bem aqui.


- Estamos vendo. Sua vontade de aparecer é evidente.


Matt revirou os olhos e depois olhou para a câmera de segurança. Ele arregalou os olhos.


- Pessoal, venham aqui rapido.


Todos se reuniram em volta de Matt. Ele ampliou a câmera e pausou a imagem. Na imagem aparecia uma van preta estacionando logo depois. Donavan apertou os olhos. Lisa olhou para a imagem surpresa.


- É a van que raptou Camille!


- Nós nao conseguimos acha-la, mas agora com a imagem.. - Disse Lisa


- Ela pode ser localizada. - Matt sorriu


- Ótimo. Eu quero pegar aquele cara.


Todos se prepararam para irem embora. Donavan foi na frente de todos e nao se despediu de ninguém. Enquanto Matt estava preparado para ir, Lisa o chamou:


- Espera Matt. Posso falar com voce um minuto?


- O que voce quer, Parker?


- Voce está.. Bem? O que está acontecendo?


Matt suspirou e depois olhou para ela.


- Eu me sinto desconfortável de estarmos fazendo praticamente uma investigaçao por conta própria e estarmos escondendo isso da corporação.


- Mas nós nao estamos escondendo, Matt. Nós vamos divulgar as informações na hora certa. Só estamos garantindo que as informações nao caiam nas mãos erradas e que isso nao atrapalhe a investigaçao.


- Eu entendo.. Eu acho..


- Nós estamos bem?


- Nós estamos. 


- Eu quero que saiba que eu te chamei porque eu confio em voce.


- Eu também confio em voce, Parker. Até amanha.


Matt sorriu e saiu da casa. Lisa olhou para baixo pensativa.


Horas depois, já de manha, Lisa estava mais motivada para pegar o assassino, ela sentia que eles estavam no caminho certo para acha-lo. Ela se arrumou rapidamente e logo foi para o departamento. Ela se sentou na sua mesa e Clarker logo saiu da sala dele.


- Bom ver que estão todos aqui. Tenho uma surpresa. Com vocês, o doutor Theodore Pitterson.


Todos aplaudiram, menos Matt que revirou os olhos.


- Olá a todos. Eu fiquei sabendo do ocorrido com seu colega, eu estava em uma palestra fora do pais e nao pude dar minha assistência, mas agora eu estou aqui.


- Ele vai nos ajudar nesse caso.


- O que? - Perguntou Matt


- Nao vou interferir no seu trabalho, agente. Meu trabalho será mais clinico. Irei ajudar seu colega a se recuperar. Quando ele ficar bom, ele contará a vocês tudo o que presenciou.


Mais aplausos viram. Matt olhou para o lado pensativo. Quando todos voltaram a sua rotina normal, Matt se aproximou de Donavan.


- Donavan, voce consegue copias da camera de segurança?


- Tenho amigos que trabalham com videos que me devem um favor ou dois.


- Ótimo.


- Eu vou com ele. - Chyntia sorriu


- E quem disse que eu quero companhia?


- Estou nesse caso tanto quanto voce. Agora espere um pouco, preciso falar com Clarker.


Donavan suspirou. Matt se aproximou de Lisa.


- Oi. Pode me ajudar nas câmeras de segurança?


- Mas é claro.


- Na sua casa, hoje a noite.


- Tudo bem Matt.


 Matt sorriu pra ela. Lisa sorriu pra ele também.


- Bom, até a noite, então.


- Vou te esperar lá.


- Quer ver os novos relatórios?


- Claro. Vamos lá.


Os dois se afastaram. O celular da mesa de Lisa começou a tocar, e um nome apareceu no visor "Pai" enquanto eles conversavam.


 


 


 


 


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): karollabele

Este autor(a) escreve mais 3 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
loading...
Prévia do próximo capítulo

Lisa estava conversando até voltar para a sua mesa e ver o seu celular vibrando. Ela pegou o celular e quase deixou cair no chão. Seu pai estava ligando para ela depois de muito tempo. Lisa arregalou os olhos e sentiu sua pele congelar. Matt se aproximou dela. - Parker? Está tudo bem ai? - Eu preciso.. Ir ali um momento. Lisa se afastou da mesa com ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 0



Para comentar, você deve estar logado no site.


loading...

AVISO

Boa noite, estou reassumindo a administração do site (Ricardo Barros), o único usuário que responde pelo site é o Admin ou Ricardo Barros.