Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Corvo - Trendy | Tema: Trendy, Dulce, Poncho, Máfia


Capítulo: Capítulo 17

53 visualizações Denunciar


Alfonso


Entre lidar com a bagunça no clube e tentar rastrear os movimentos dos armênios, minha manhã tem sido nada além de uma merda completa. 


Quando eu pego um vislumbre de Ivan Malikoff caminhando entre os escombros, é a cereja no topo. Donovan está ao seu lado, dando-me um encolher de ombros apologético e aborrecido. 


"Eu disse a ele que estava ocupado", diz Donny. "Ele não aceitaria um não como resposta." 


Mantenho minha mão para cima para que ele saiba que pode recuar e sacudo a cabeça em direção ao meu escritório. Ivan me segue pelo corredor, seus frios olhos azuis reparando em tudo com um sorriso no rosto. Pau, porra. 


Ivan é todo cheio de besteiras e sem cérebro. Ele teve a cabeça vagabundeando algumas vezes demais para contar, e tudo o que ele realmente é bom tem a ver com seus músculos. Eu arriscaria um palpite de que o circo seria mais adequado para ele do que a máfia russa. 


Eu ocupo um assento na minha mesa que tem sangue respingado e cruzo meus braços.


"A que devo o prazer, Ivan?" 


Um grunhido sai do peito em forma de barril e ele aponta um dedo gordo em minha direção. 


"Alexei me disse que você está protegendo a menina."


"Você não precisava vir todo o caminho até aqui para confirmar isso. Eu teria dito pelo telefone." 


Sua cabeça balança lateralmente em desgosto. 


"Ela é um problema", ele cospe. 


"Para mim, ela não é." Eu encontro o seu olhar. "Mas eu não fiz qualquer coisa com seu pai." 


Estou surpreso que suas narinas não estão soltando vapor. Esse cara me lembra uma versão muito maior e mais burra de Donovan. Sem contar quantos corpos que ele teve de colocar no chão para encobrir sua agenda de cabeça quente. 


"Ela te disse isso?", pergunta Ivan. 


"Não", eu respondo. "Vi o relatório da polícia. Você deixou sua marca sobre a porra de sua testa para o mundo ver, campeão. Se você cair por causa disso, é por causa de seu próprio gênio, não a garota." 


Ele amaldiçoa-me em russo, chamando-me de cão imundo. Provavelmente ele não tem uma pista que eu sei exatamente o que ele está dizendo. Eu não gosto dessa picada. Parte de mim o odeia em nome de Dul.


Foi seu temperamento que colocou em movimento os eventos que a moldaram para a pessoa que ela é. A menina que tinha que cuidar de si mesma nas ruas com a idade de treze anos. Tudo porque este idiota não poderia lidar com o seu ego. 


"Eu quero vê-la morta", diz Ivan. 


Os músculos do meu corpo queimam com uma raiva que eu não estou totalmente acostumado. Eu tenho metade de um conceito para bater Ivan no chão sangrando e adicionar mais isso à confusão. Eu me sinto protetor de Dul. Demais. Eu preciso me policiar e lembrar-me quem é a grande figura aqui. 


"Não é com você." 


Ele olha para mim e encolhe os ombros. "Quanto vai demorar?" 


"Não é negociável."


Ele não pisca. Ou se move. Seus olhos são maçantes e ele não está ouvindo uma coisa maldita que estou dizendo. Duvido muito que ele vai voltar atrás sobre este assunto. Se Viktor soubesse que ele estava aqui, ele teria suas bolas. Mas Ivan sabe que não vou delatá-lo. 


"Diga-me por que você quer que ela morra", eu insisto. "Ela não viu nada. Não sabe nada. Então por quê?" 


Ele dá de ombros. E aí está. É o princípio para ele. Dul é a lembrança do pai, que o derrotou no ringue. O que ele nunca poderia medir até aqui. Observando a luta desencadeada seu ego. 


"Você precisa deixá-la ir, Ivan," eu aviso. "Por causa da aliança. A menina está sob minha proteção agora, e nada que você diga vai mudar isso." 


Seus olhos piscam juntos e os braços definidos se contraem. Ele gostaria de vir para cima de mim também, sem dúvida. Se fosse qualquer outro dia, ele poderia ter mesmo considerado tentar. Eu ficaria feliz em dizer-lhe que o sentimento é mútuo. Acabar com este pau para Dul me traria nada além de recadinhos carinhosos no meu peito. Mas com a maneira como as coisas estão agora eu não posso. 


Ele caminha para a porta, mas faz uma pausa para olhar para trás em mim. 


"Considere-o esquecido", diz ele. "Mas você deve manter um olhar atento sobre essa garota. Pelo menos comigo, sua morte seria rápida. Não posso prometer o mesmo para os outros". 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 39 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Dulce Tendo Christopher ao redor para tomar conta todo o dia significava que eu não poderia verificar a casa de Alfonso como eu queria.  No entanto, isso realmente não importa. Eu duvido que ele tenha alguma coisa aqui. O lugar é muito pouco decorado, com apenas o básico. As poucas coisas que eu tive a chance de olhar, foi seu quarto e seu ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 77



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • brina_sz Postado em 15/08/2018 - 17:03:09

    Posta mais!! *.*

    • Dulce Coleções Postado em 18/08/2018 - 01:14:09

      Postando*-*

  • bartrendy Postado em 14/08/2018 - 20:35:18

    Posta mais!!!

    • Dulce Coleções Postado em 15/08/2018 - 16:32:24

      Postando*-*

  • beatris Postado em 31/07/2018 - 18:47:49

    Até agr tu só adaptou 3 né ? Que merda o christopher tá fzd socorro porra. Continua gata que o negócio ficou tenso agr

    • Dulce Coleções Postado em 04/08/2018 - 01:11:33

      Isso, só 3... Tá sentindo o cheiro da merda q o Christopher vai fazer?

  • beatris Postado em 31/07/2018 - 11:33:33

    Os outros da sequência podem até ser bom mais nenhum supera o corvo .

    • Dulce Coleções Postado em 31/07/2018 - 12:58:21

      O 5 livro chega aos pés de o corvo kkkkkkk, também irei adaptar ele

  • beatris Postado em 26/07/2018 - 20:40:26

    Cara eu tô amando isso sim

    • Dulce Coleções Postado em 28/07/2018 - 00:55:41

      Que bom que esteja gostando, eu já estou depre pq está perto de acabar kkkk

  • beatris Postado em 18/07/2018 - 21:22:11

    Sabe só agr eu me dei conta que o poncho não disse toda a verdade a dulce sobre os russos pq eles queriam que ela tbm se casasse com um deles mais poncho nunca falou dessa opção. É tão estranho a forma como os livros pintam o amor de uma forma que as pessoas seriam capazes de por tudo e todos de lado sem se importar com nada mais que a pessoa amada.

    • Dulce Coleções Postado em 19/07/2018 - 01:28:10

      Sim, os livros são estranhos nesse sentido... Sobre o Poncho será q ele será sincero sobre tudo? Duvido muito

  • beatris Postado em 15/07/2018 - 15:53:17

    Quem dera eu ser pega assim quando meu namorado decide que me odeia kkkkkk

    • Dulce Coleções Postado em 17/07/2018 - 01:05:16

      Kkkkkk já pensou nisso

  • beatris Postado em 13/07/2018 - 18:53:23

    Tomara que a Dulce não consiga fugir. Continua linda

    • Dulce Coleções Postado em 14/07/2018 - 02:11:14

      Será que ela vai conseguir? Continuando *-*

  • beatris Postado em 02/07/2018 - 12:09:53

    Estou bem melhor sim obg. Tá chegando a hora da verdade até q enfim

    • Dulce Coleções Postado em 03/07/2018 - 01:52:34

      Logo logo os dois vão descobrir a vdd... Que bom que está melhor

  • beatris Postado em 30/06/2018 - 20:18:11

    Obg pela maratona. Tive uma crise muito forte de sinusite esses dias e fiquei tão ruim que até olha pro Cell doía p isso me ausentei. Gostando muito de vê esse lado carinhoso do poncho mais quero vê até onde vai sua lealdade e dedicação quando descobri a verdade.

    • Dulce Coleções Postado em 30/06/2018 - 20:40:11

      Oh gata está melhor? Eu sei como é essas crises... Bom sobre Alfonso será q ele fará merda quando descobrir a vdd? Não precisa pedir obrigada pela maratona *-*


- Links Patrocinados -

AVISO

Novidades na plataforma, na parte superior você encontra um novo ícone "B" que dá acesso ao novo BLOG do Fanfics. Tem novidades chegando lá. Corra!