Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Você Era Minha - Vondy (adaptação)(finalizada) | Tema: Vondy


Capítulo: Capítulo 8

170 visualizações Denunciar


Dulce


O casamento de Harlow e Grant foi fácil de celebrar pelo simples fato de Harlow estar viva e em cima do altar com seu bebê. Eu tinha ido ao casamento e derramado lágrimas de felicidade por que Grant tinha sua mulher e filho. Ele não os tinha perdido depois de tudo.


Agora, três meses depois, eu não só tenho outro casamento para participar, como eu tenho que estar presente. Eu não poderia apenas aparecer por algumas horas e fingir sorrir. Nós passaríamos quatro dias em uma ilha privada que Cristian tinha alugado para o casamento. Ele queria fazer uma coisa bem íntima, em um lugar que ele não precisasse convidar cada membro do Country Club. Então, ele alugou essa ilha perto da baía da Flórida que era usada para casamentos e outros eventos especiais. Apenas os familiares próximos e os melhores amigos tinham sido convidados, com todas as despesas pagas.


Mas, tinha o fato de que Christopher também estaria na festa de casamento. Eu teria que estar perto dele em um ambiente social na frente de todos meus amigos por longos quatro dias. Apesar de estar feliz por Maite e Cristian, estar perto de Christopher não será fácil.


Maite tinha me dito que Thad seria meu acompanhante no casamento. Depois do meu ataque bêbado em um clube há um tempo, quando eu berrei com Christopher, todos sabiam que alguma coisa ia mal entre nós, mas eles não conseguiam imaginar o que. Eles apenas assumiram que eu estava perdendo minha mente. Maite não teria a chance de colocar Christopher como meu acompanhante, apesar de que isso teria mais sentido antes do meu colapso. Christopher era primo de Pablo e tudo.


Eu estava no aeroporto privativo fora de Rosemary Beach. Dean Herrera ofereceu o jatinho privado do Slacker Demon’s para nos levar à ilha. Cristian e Maite tinham enviado os bilhetes de avião para o resto dos convidados. Exceto é claro, para os membros dos Slacker Demon’s que também foram convidados. O avião iria levá-los para ilha, mais tarde na semana.


Maite estava em pé na parte inferior das escadas que conduzem ao avião, conversando alegremente com Anahí. Essas eram as minhas amigas. Eu as amava. Estar com elas não deve ser difícil. Respirando fundo, eu alcancei a alça da minha mala de rodinhas e me dirigi para o avião.


O olhar de Maite se moveu para mim e seu sorriso aumentou. Ela estava tão feliz. Maite teve tanto o que superar. Eu me lembrei da garota que tinha chegado em Rosemary Beach – refugiada e assombrada por seu passado. Maite nem mesmo se parece mais com aquela garota. Ela não era uma vítima. Ela era uma sobrevivente.


“Nós estamos todas aqui agora.” Maite falou e adiantou-se para me abraçar. “Eu estou muito feliz que você está indo. Obrigada.” Ela sussurrou em meu ouvido enquanto me apertava forte antes de me soltar.


“Eu não perderia isso por nada nesse mundo.” Eu disse a ela.


“Eu levarei isso, senhorita.” Um homem falou, estendendo as mãos para minha mala.


Eu entreguei a minha bagagem para a tripulação e, em seguida, olhei para Anahí. “Hey, você” eu disse sorrindo. Anahí era minha melhor amiga. Por causa dela eu tive Pablo. Ela me mostrou que me fazendo digna de amor era o caminho para obter o cara que eu queria. De muitas maneiras, Anahí tinha me ajudado a encontrar uma parte da garota que eu fui uma vez, antes de Christopher. Não totalmente, mas uma parte tinha voltado por causa de Anahí.


Um dia eu tinha sido como Anahí. Forte, confiante, independente. Mas como tudo e mais na minha vida, Christopher tomou isso de mim.


“Você está bem?” Ela me perguntou, estudando meu rosto. Apenas Anahí tinha a coragem de me perguntar se eu estava bem. Todos os outros tinham parado de me perguntar, preocupados com minha reação. Eu gostaria de dizer a ela que o entorpecimento passou. Mas isso tinha sido substituído pelos sentimentos que eu estava segurando novamente. Eu tinha que lidar com tudo isso.


Mas não agora. Esse era o final de semana especial de Maite e Cristian. Eu não iria arruinar isso com a minha tristeza. “Eu estou indo bem. Eu ia aparecer na última semana, mas tive que trabalhar até mais tarde por vários dias.”


Anahí levantou uma das sobrancelhas para mim. “Fale isso para o Nate. Ele ficou perguntando pela tia Dulce nos últimos dias. Ele está acostumado a te ver pelo menos uma vez por semana, você sabe.”


Aquele pequeno tem sido uma das luzes da minha vida. Eu amo aquele menino. Eu tinha tido tanto medo que não seria capaz de chegar perto dele quando ele nasceu. Eu temia que, vendo Anahí e Alfonso com seu bebê, seria demais para mim. Eu pensei que sentiria arrependimento e dor quando olhasse para ele. Mas isso não aconteceu. Nate ganhou meu coração com seu doce sorriso de bebê. Ele era um sedutor desde o primeiro dia. "Ele vai ficar aqui neste fim de semana?" Perguntei, olhando para o lado do avião, sentindo-me culpada por não o visitar agora.


“Ele está vindo amanhã à noite com Dean. Seu avô quer mantê-lo em casa e nos dar uma noite sozinhos na ilha.”


Eu balancei minha cabeça. A ideia de que Dean Herrera, o deus do rock, estava tomando conta de um bebê era apenas engraçada. Mas ele ama aquela criança.


“Certo senhoritas, levem a fofoca para dentro. Está na hora de irmos para o sul.” Cristian falou do topo das escadas do avião. Seus olhos estavam focados nos de Maite. Eu conheço Cristian desde criança. Vê-lo com Maite nunca para de me surpreender. Ele nunca tinha sido do tipo de constituir família. Mas Maite era seu mundo.


“Venham já para dentro.” Replicou Maite.


Eu não fiz uma varredura do interior do jato, mas eu senti seus olhos assim que eles me encontraram. Christopher estava aqui. A pressão de seu olhar fez as coisas difíceis. Desconfortáveis. Eu não quero sentir nada.


“Dulce” A voz de Harlow chamou em um cumprimento feliz e eu me virei para vê-la sentada em um dos sofás de couro que cobriam o interior do avião.


Ela não estava segurando Lila Kate. Eu não esperava que ela deixasse seu bebê para trás também. Especialmente desde que ela continuava tão pequenininha. Ela tinha quatro meses agora, mas ela nasceu prematura. Ela era uma coisinha pequena, mas era tão perfeita. Assim como sua mãe.


Eu fui para me sentar ao lado de Harlow. “Onde está Lila Kate?” Eu perguntei. Eu também não a tinha visitado ultimamente. Harlow balançou sua cabeça para a esquerda do avião e eu olhei por cima para ver Grant em pé no bar com sua pequenina em seus braços enquanto ele gentilmente a balançava e falava com ela suavemente.


“Ele a está colocando para dormir. Eu tive que implorar para ele trazê-la no avião. Ele estava completamente surtado com a ideia dela voando. Mas daí levou um mês para que ele a levasse em um carro. Eu duvido que qualquer um poderá segurá-la enquanto nós estivermos no céu. Nem mesmo eu.” Ela disse com uma risada divertida.


Vendo Grant segurar sua menininha tão cuidadosamente e protetor, me lembrou do homem em pé no hospital encarando as portas pelas quais Harlow tinha sido levada às pressas quando entrou em trabalho de parto. Ele tinha ficado lá perdido e imóvel por horas. Isso tinha sido duro para todo mundo. Eu senti como se estivesse perdendo Pablo de novo, mas Grant estava uma bagunça. Eu não rezo com muita frequência, mas naquela semana, eu tinha orado muito. “Isso é adorável.” Eu disse.


“Deus, não é? Eu juro, quando ele faz esse tipo de coisas, eu quero atacá-lo. Acende-me completamente.”


Eu ri, e isso foi uma risada verdadeira. Senti-me bem. Eu senti falta de sorrir. Eu não sorria mais frequentemente. Nate era minha risada semanal. Ele sempre me fazia esquecer com seu charme de menino pequeno.


“O que está tão engraçado por aqui?” Anahí perguntou, pegando o assento do meu outro lado.


“Papai Grant é excitante para Harlow!” Eu disse com uma risada, olhando para ela.


Anahí sorriu enquanto olhava para Grant, que agora tinha a cabeça enfiada perto de Lila Kate enquanto ele continuava balançando para trás e para frente. “Ele está tão, tão fofo. Eu juro. Eu não consigo imaginar Alfonso com uma bebezinha. Mas vendo Grant com Lila Kate me faz querer uma.”


“Outro bebe tão cedo?” Harlow perguntou a Anahí.


Anahí sorriu e encolheu os ombros. “Talvez não ainda. Nate ainda precisa ser o bebê por mais um tempo. Além disso, ele já é um punhado. A coisa de andar é difícil, mas a coisa de correr é ainda mais difícil. Eu não posso pegá-lo quando ele se solta.”


Eu precisava disso. Eu me sentei enquanto as minhas amigas discutiam suas crianças e contavam histórias sobre suas vidas diárias como mães, me fazendo rir. Eu as amava juntamente com suas famílias. Por mais ou menos dois anos, eu tinha perdido tanto, me fechando para qualquer emoção. Eu estava cansada disso. Talvez o entorpecimento saindo era uma coisa boa.


(Já entenderam pq Dulce odeia Christopher?)


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 39 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Christopher Oito anos atrás... Dulce tinha se tornado um vício. Embora eu soubesse que não poderia tê-la, eu não podia ficar longe dela. Vendo seu rosto se iluminar quando ela me via também era muito, muito surpreendente. Depois que ela andou na traseira da minha moto naquele fim de semana por todo o caminho até Nova Orleans ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 166



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • capitania_ Postado em 20/07/2018 - 00:21:29

    Já acabou ? Amei fanfic..

    • Dulce Coleções Postado em 21/07/2018 - 00:53:39

      Infelizmente acabou ;-;

  • Ellafry Postado em 11/07/2018 - 12:48:32

    poxa. ja acabou? amei tanto *-*

    • Dulce Coleções Postado em 12/07/2018 - 01:52:48

      Triste fim ela ter feito só um livro ;-; Que bom que gostou *-*

  • sahprado_ Postado em 10/07/2018 - 23:03:24

    Ahh pena que acabou tão rápido! :( Mas amei a história, boa escolha!

    • Dulce Coleções Postado em 12/07/2018 - 01:51:53

      Eu queria q fosse 2 livros ;-; Que bom que gostou*-*

  • deia2017 Postado em 10/07/2018 - 17:00:20

    Amei

    • Dulce Coleções Postado em 12/07/2018 - 01:51:18

      Que bom que amou*-*

  • capitania_ Postado em 09/07/2018 - 23:35:57

    Aaaaah maravilhosos. . Amando ,continua logo

    • Dulce Coleções Postado em 10/07/2018 - 13:05:07

      Continuando *-*

  • sahprado_ Postado em 09/07/2018 - 12:31:54

    Mas genteee esses dois são puro fogo hein! Kkkk a curiosa aqui queria mt saber como foi a primeira vez deles rs será que vai aparecer em algum capítulo?

    • Dulce Coleções Postado em 10/07/2018 - 13:04:40

      Puxei pela memória mas não aparece em nenhum capítulo a primeira vez, só os primeiros toques etc kkkkkk

  • Ellafry Postado em 09/07/2018 - 10:23:44

    UUUUUUUUUIIIII quentes. quw lindos

    • Dulce Coleções Postado em 10/07/2018 - 13:03:02

      Lindos né *-*

  • sahprado_ Postado em 05/07/2018 - 15:41:47

    EU TO SURTANDO

    • Dulce Coleções Postado em 09/07/2018 - 00:01:18

      PODE SUTAR

  • Ellafry Postado em 05/07/2018 - 14:56:06

    ouwn, que lindos

    • Dulce Coleções Postado em 09/07/2018 - 00:00:50

      Lindos demais*-*

  • capitania_ Postado em 05/07/2018 - 14:50:06

    Aaaaaaaaah essa fanfic é muito FODA ,eles irão casar-se ,que lindo, e irão morar juntos A aaaaaaaaah . Continua logo

    • Dulce Coleções Postado em 09/07/2018 - 00:00:24

      Esse livro é maravilhoso*-*, pena que só falta dois capítulos para acabar;-;


- Links Patrocinados -

AVISO

Novidades na plataforma, na parte superior você encontra um novo ícone "B" que dá acesso ao novo BLOG do Fanfics. Tem novidades chegando lá. Corra!