Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: DESTINADOS/ Adaptada/ VONDY | Tema: VONDY


Capítulo: plano

360 visualizações Denunciar


Decidida a averiguar aquilo, Dulce sussurrou:


-Sara, tenho que ver essa  xícara quando tenha restos. -Eu entendo bastante de ervas, e tenho certeza de que poderei saber o que ela lhe está dando.


Inquieta pelo que havia acadado deouvir, disse:


-Além disso, tem que me ajudar a entrar no quarto dela. -Tenho que ver o que essa mulher guarda na arca.


A criada assentiu com um sorriso. Confiava em sua senhora, apesar das mulheres dos arredores falarem mal dela.


-Está bem, milady. -Para mim, será uma honra.


-Vou deixar isto aqui -disse Dulce, tirando um lindo bracelete e deixando-o o cair no meio do mato -Agora vamos entrar, e quando ela nos vir, vou fingir que estou muito aborrecida por ter perdido meu bracelete. -Certamente, com sua gentileza, ela se oferecerá para procurá-lo. -Você a acompanhará e eu entrarei em seu quarto.


-Milady -sussurrou Sara temerosa -Tem certeza?


-Absoluta -assentiu Dulce, já andando em direção ao castelo.


Para aplacar o nervosismo de  Sara, brincou:


-E depois, quero que me conte com quem faz esses seus passeios pelas torres.


Começaram a atuar quando viram Morgana, e  ela rapidamente se ofereceu para ajudar, diante de lágrimas que afloravam sem controle nos olhos de Dulce. Então, Sara e Morgana, deixando Dulce sentada cabisbaixa em uma cadeira, foram para o local onde ela dizia ter perdido o bracelete.


Assim que as viu sair, Dulce se levantou e enxugou rapidamente os olhos. Ao se certificar de que haviam atravessado o pátio, ela recolheu as saias correndo em direção aos quartos dos criados. Ficavam na parte de baixo do castelo. Mas uma mãopoderosa a pegou e, com um puxão, fez com que voltasse.


-Aonde vai com tanta pressa?


-Ia avisar Susan - pensou rapidamente ao ver seu marido, padre Gowan e Christian observando-a com estranheza -Para que amaanhã faça carne ensopada para o almoço.


-E precisa ir agora? -disse Christopher, certo de que aquilo não era verdade.


Segurando com força o pulso dela, guiou-a até uma mesa, onde Marlon os observava pensando que seria testemunha de uma de suas brigas.


-É melhor sentar conosco.


"Maldição, Christopher", pensou ela, contrariada.


-Agora não! -Mais tarde.


Conseguiu se livrar das mãos de seu marido, que olhava para ela sisudo, enquanto Christian sorria para o padre Gowan e seu avô.


-Sério Christopher. -Advertiram-me que Susan é uma mulher muito estrita no que se refere às refeições, e não quero atrapalhá-la sem lhe dar tempo para preparar as coisas nas condições que lhe peço.


-Sua mulher  tem razão -assentiu Marlon, dando-lhe uma mão.


Às vezes seu neto era exigente demais.


-Susan fica terrivelmente resmungona quando não lhe damos tempo para mudar os pratos.


-Oh, sim -assentiu padre Gowan -Seu humor às vezes é azedo, mas suas mãos para cozinhar são excepcionais.


-Onde está Lucca? -perguntou Christopher, temendo que alguma travessura do menino fosse a razão da aflição de sua esposa.


-Ali brincando com o filho de Edwina -disse Christian.


E voltando-se para sua cunhada, disse, divertido:


-Já que vai a cozinha, diga a Susan que estou com vontade daquele prato especial dela. Vai gostar.


-Ah, tenho certeza. _susan cozinha tão bem! -assentiu Dulce.


Depois de dar um beij rápido em seu marido, ela seguiu apressada para a cozinha.


-Ah... cunhada! -chamou Christian sem poder conter o riso - O prato especial de Susan se chama haggis.


Ouvindo isso, seu estômago se encolheu. A imagem dos pulmões, coração e fogado de olvelha cozidos nas tripas do animal fez seu estômago revirar. Dando um sorriso matador a Christian,  que só ele viu, saiu, decidida a fazer o que pretendia.


Chegando a porta do quarto de Morgana. Viu que ninguém passava por ali, abriu-a e entrou rapidamente. O quarto não era luxuoso, mas talvez mais do que costumava ser o aposento de um criado. Então, viu o baú. Aprximando-se dele, mas , ao tentar abri-lo, viu que estava trancado. 


Amaldiçoou e procurou a chave ao redor. Depois de olhar em vários lugares, por fim a encontrou em um dos bolsos de um roupão escuro que estava dentro do armário. Com nervosismo, correu para o baú. Quando ouvi a fechadura estalar, abriu a tampa e, incrédula, viu bolsas de couro e potes de unguento de cores diferentes. Para que Morgana tinha tudo aquilo se dizia não saber nada de plantas?


Com cuidado, tentou não deixar nada de fora do lugar. De súbito um pedaço de linho amassado lhe chamou a atenção; ao pegá-lo ali embrulhado um broche em forma de lágrima com pedras preciosas. Admirou sua beleza e viu que estava quebrdo. Deixou-o no mesmo lugar em que estava.


Aós fechar o baú, colocou a chave no bolso do roupão, saiu do quarto e correu para o salão. passou por Christian, padre Gowan, Marlon e Christopher, que olharam para ela com curiosidade. Mas ao ouvir a voz de Morgana e Sara, Dulce quase peulou de cabeça para chegar a cadeira.


-Encontramos miledy! - disse Morgana, entrando triunfante com o bracelete na mão, seguida por Sara.


-Oh, obrigada! -sorriu Dulce, respirando com dificuldade por causa da corrida.


Isso fez sua emoção mais plasível ao abraçar amorosamente Morgana e dar uma piscadinha para Sara que balançou a cabeça.


-Este bracelete representa muito pra mim. -E se o tivesse perdido, acho que morreria. -Obrigada Morgana. -Você é maravilhosa!


-Não é para tanto -disse a mulher, justo no momento em que Christopher aparecia, olhando para elas com desconfiança. -Se me  desculpam, vou terminar o que estava fazendo.


-Dulce, o que aconteceu? -perguntou Christopher ao vê-la tão acelerada.


-Não se preocupe - informou Morgana, passando por ele, mas sem olhá-lo -Sua mulher perdeu uma coisa, e eu a encontrei. -E ela está tão emocionada que quase não consegue falar.


-Milady, preciso ir à cozinha, tenho certeza de que Susan requer minha ajuda. -despediu-se Sara, desaparecendo atrás de Morgana.


De novo os dois ficaram sozinhos. E diante do olhar de seu marido, Dulce tentou recuperar a compostura.


-Não sei o que está acontecendo aqui -disse Christopher com desconfiança -Mas adoraria que me contasse antes que fique sabendo por terceiros.


Com um sorriso que derrubou a rigidez de seu marido, ela murmurou:


-Venha aqui meu amor!


Ela o sentou na cadeira, sentou-se em seu colo. Coma sensualidade que sabia que derretia seu marido, sussurrou:


-Christopher, por que acha que estou fazendo algo estranho?


-Porque a conheço e sei quando não está dizendo a  verdade -disse ele.


Os la´bios de sua mulher percorriam seu pescoço e os dedos dela escavavam perigosamente em seu cabelo.


-E agora sei que está tentando me fazer parar de perguntar.


-Senti sua falta hoje -riu ela ao ver que ele começava a sorrir.


-Que estava fazendo Dulce? -insistiu Christopher.


Ele sabia que aquela bruxinha havia aprendido a enrolá-lo -algo que, aliás ele adorava.


-Embora não acredite eu estava ajudando Sara. Preciso ter uma  amiga em minha casa nova -sussurrou Dulce, vendo que seu marido começava a sorrir -E agora, beije-me e pare de me olhar com esses olhos de falcão.


-Olhos de Falcão? -gargalhou Christopher.


-Sim.-Faz isso quando tenta adivinhar alguma coisa.


Debochada, ela começou a imitá-lo.


-Normalmente, fecha um pouco o olho esquerdo, inclina a cabeça e crava seu olhar dourado. Esse é seu olhar de Falcão.


-Você é deliciosa -sorriu ele, beijando-lhe a  boca com vontade.


-Por São Ninian! -disse Christian ao passar por ali com Marlon e o padre Gowan.


Dulce e Christopher se levantaram rapidamente da  cadeira ao serem surpreendidos.


-Por acaso não tem um quarto para dar rédea solta a suas paixões?


-Louvado seja Deus! -sussurrou o padre Gowan olhando para o outro lado, enquanto Marlon gargalhava.


-Bem pensado -disse Christopher sorrindo ao ver a cara de seu avô.


E pegando a mão de Dulce, vermelha como um tomate, disse enquanto se dirigiam à escada:


-Obrigado, Christian, por me sugerir o lugar.


E então, Christopher e Dulce desapareceram de vista.


-Creio que daqui a pouco -riu o velho junto a Christian -teremos algumas crianças correndo por este castelo.


-E eu batizarei a todos -assentiu o padre Gowan, certo disso.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Lucas

Este autor(a) escreve mais 5 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Marlon estava encantado com os novos residentes da casa. Estava cada dia mais feliz vendo seu neto Christopher, temido por centenas de homens por sua coragem e habilidades, desmanchar-se diante dos sorrisos daquela mulher. Sem que Dulce soubesse, Marlon às vezes a observava do balcão de seu quarto e se maravilhava ao vê-la cuidar de Lord Draco ou cavalgar ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 64



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Nat Postado em 24/01/2019 - 10:27:58

    Alguém sabe quem é a autora/autor do livro original?

    • deehsantos53_ Postado em 14/05/2020 - 18:13:57

      Megan Maxwell- desejo concedido

  • Soyvondy Postado em 19/08/2018 - 14:41:32

    Continua por favor!!

  • bels Postado em 19/08/2018 - 10:13:08

    continua por favor!!!!!!!!!!!

  • samira17 Postado em 18/08/2018 - 20:28:44

    Continua por favor

  • oioioi Postado em 18/08/2018 - 19:58:40

    Continua

  • samira17 Postado em 18/08/2018 - 14:46:51

    Continua por favor

  • Soyvondy Postado em 17/08/2018 - 19:28:39

    Continua!!!! TT-TT

  • samira17 Postado em 17/08/2018 - 15:37:51

    Cadê você continua

  • Soyvondy Postado em 17/08/2018 - 06:18:54

    O melhor soco da vida!! Anahí virou uma idiota, aff.... Continue!!!

  • samira17 Postado em 16/08/2018 - 22:31:47

    Continua por favor



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...