Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: DESTINADOS/ Adaptada/ VONDY | Tema: VONDY


Capítulo: escondida

517 visualizações Denunciar


A partida de Lady Marian foi agradável para todos. A carta para Anahi foi recebida por Rona. Mael foi com urgência até Donan para entregá-la à moça, que respirou aliviada ao saber que seus irmãos estavam juntos.


Enquanto isso, Christopher  almadiçoava, desesperado, por ser incapaz de encontrá-la. Passada uma semana, a raiva e o aborrecimento de Christopher não paravam de crescer. Mas , passado um mês, já eram insurpotáveis. Ele não dormia, não comia e só dava gritos e ordens.


Não podia parar de pensar nela, em seu sorriso,  em seus beijos carinhosos, em seu olhar maroto quando o desafiava, ou em seus olhos ao olhá-lo com amor. Porque ele não soube cuidar daquilo de que tanto  sentia falta agora?


Por que havia demorado tanto para perceber que ela era seu verdadeiro amor?


Marlon, angustiado pela ausência de Dulce e Lucca observava seu  neto dia a dia a se trancar em si mesmo. Rezava para que Dulce voltasse para a vida deles. Precisavam encontrá-la, não podiam viver sem ela.


Passado o primeiro mês, Kieran foi à fortaleza de Pherson. Tivera notícias de que Christopher estava ali. Quando o encontrou comprovou  pessoalmente o desespero e a tristeza que seus olhos refletiam. Mas não podia trair a palavra que dera a Dulce; por isso, sem fazer nenhum tipo de comentário, estimulou-o a continuar procurando-a e se calou.


A angústia que Christopher sentia a cada instante que passava sem ela o estava consumindo. Quando a prosti/tuta, Berta, de Pherson, tentou se aproximar dele, sentiu tanto medo pelo modo como a olhava que nem voltou a tentar.


"Onde está, Dulce?" -"Onde está meu amor?", soluçava aquele enorme Highlander durante as longas noites de solidão, segurando uma pequena mecha preta da longa trança que ela havia deixado.


O vazio que sentia na alma e no coração ficava cada vez maior. Ele não parou de procurá-la mesmo passado o segundo mês. MAs ninguém havia visto uma morena com um menino. Christopher fez correr a notícia pelos clãs com a esperança de que alguém lhe dissesse algo, um rumo, uma pista. Mas nada chegou. Não queria  se dar por vencido.


Viajou de novo a Dunstaffnage, mas Axel e Magno com dor no coração, tiveram que tornar a dizer que continuavam sem notícias dela. Todos se perguntavam a mesma coisa: onde Dulce havia se metido?


O mês de maio chegou. As chuvas começaram a diminuir. Os dias eram mais longos e os prados, montes e vales se saturaram de flores multicoloridas. Em todo esse tempo Dulce dedicou todos os seus dias a fazer Lucca feliz. E suas noites a recordar Christopher, seu amor.


Os vômitos que a gravidez lhe provocava no início pouco a pouco foram diminuindo. Estava melhor. À tarde, gostava de se sentar diante de  sua pequena cabana para ver seu irmão brincar. A gravidez era um segredo para Lucca e Kieran. Nem de longe eles imaginavam. Ela tomava o cuidado de usar sempre a capa por cima para que não notassem a barriga redonda que estava crescendo.


Naqueles meses duros, Kieran a visitava com frequência, mas com cautela. Sabia que se Chistopher ou qualquer outro soubesse que ela estava ali, o matariam. Em mais de uma ocasião tentou falar com ela, mas era mencionar o nome dele e ela começava a chorar pesarosamente, gritando que o odiava e que não queria saber dele.


Por isso, Kieran, diante da reação dela, calava e tentava respeitar o fato de  ela não querer saber nada sobre Christopher.


Certa tarde, quando Kieran falfava com Lucca sobre a vida dele em Donan, percebeu que o  menino falava com saudade de Anahi, Marlon, Evan, Christian Alfonso e Christopher. E ficou surpreso quando o garoto, após lhe mostrar com orgulho uma linda adaga com suas iniciais, que Christopher lhe havia dado de presente, confessou que, embora pensasse que o odiava por brigar com ele naquele dia, agora se dava conta de que o marido de sua irmã tinha razão.


Disse, inclusive, que sentia falta dele, porque sempre havia se portado muito bem com ele. Lucca queria jogar com Marlon aquele jogo estranho de pedras e  escutar as histórias que o velho lhe contava todas as tardes diante da lareira. Quanto a Christian e Evan, sentia falta de sua compreensão e seu maravilhoso senso de humor, além da proteção.


De Alfonso, suas aulas de luta. E de Anahi, seus abraços e suas piadas engraçadas. Esse tempo de solidão com Dulce, longe de todos, havia lhe  ensinado que também precisava daquelas pessoas que tanto o amavam e tanto o protegiam. Mas tinha medo de dizer isso a ela, pois só a ouvia dizer que nunca voltaria para Donan. E, em especial, que odiava Christopher.!


Só faltava uma semana para que o Handfasting de seu casamento acabasse. Isso era algo tão terrívelmente doloroso para Dulce que ela se negava a recordá-lo. Ficava louca de imaginar a felicidade de Lady Marian, a francesa odiosa, e sentia calafrios ao pensar em  Christopher beijando-a como tempos antes havia beijado a ela mesma. Mas não amado.


O dia que Kieran lhe disse que devia voltar para Dunstaffnage foi um dos piores de  sua vida. Com paciência, Kieran lhe explicou várias vezes que havia recebido uma carta de sua mãe. Tinha que ir para Aberdeen e não sabia quanto tempo levaria para voltar.


-Estou falando sério, Dulce. -Tem que voltar para Dunstaffnage -insistiu pela décima vez.


Olhava para ela e notava que havia ganhado um pouco de peso, embora as olheiras escuras sob seus olhos permanecessem, entristecendo-a.


-Não eu me recuso a voltar para lá -respondeu ela.


-Como é teimosa! -grunhiu Kieran, que nesses meses havia valorizado a paciência de Christopher com ela. -Não quer voltar porque sabe que assim que chegar avisarão Christopher, não é?


-E você, o que acha? -perguntou ela, engolindo o nó que se formou em sua garganta ao escutar esse nome.


Nervosa, ela se levantou. Pondo as mãos na lombar, alongou-se, sem  notar que com esse movimento deixava exposto seu grande segredo.


-Por Deus, Kieran! -Vá embora e faça o que tem que fazer, mas me deixe em paz. -Não quero voltar e pronto. -Mas... por que está me olhando assim?


-Por todos os santos, Dulce! -exclamou Kieran, sentindo seu sangue gelar -Está grávida?


-Porque diz isto? -murmurou Dulce, olhando a barriga enquanto alisava a saia.


Ao ver a cara de Kieran, levantou as mãos para o céu com desespero.


-Está bem! -Não posso mais negar. -Sim estou grávida! -Mas por ora, ninguém pode saber.


-Maldita sina a minha! Se antes só achava que Christopher ou algum dos seus brutos poderia me matar, agora tenho certeza. -amaldiçoou Kieran, indignado ao pensar que aquela mulher que tanto apreciava levava dentro de si o filho de seu amigo Christopher -Como vai explicar isso a Christopher?


-Não vou lhe explicar nada porque não o verei -afirmou ela, entrando com fúria na pequena cabana que vinha ocupando naqueles meses.


Kieran  a seguiu, incrédulo diante do que havia acabado de descobrir.


-Ele não precisa saber que este filho existe. Christopher tem que refazer sua vida, assim como eu a minha.


-Mas....Dulce! -replicou Kieran, observando, atônito, a barriga saliente que havia lhe passado despercebida todo esse tempo. -Está louca?


-Sim! -afirmou Dulce, olhando-o com rosto vermelho de raiva -Claro que estou louca. -E sabe por que? -Porque a cada dia que passa sinto mais saudade de uma pessoa que não me amou, nem nunca amará, e que deve estar rolando na cama com uma francesa que em breve será sua esposa.


-Escute mulher! -disse Kieran, segurando-a pelo  braço com força -Durante todo esse tempo me negou a possibilidade de falr de Christopher, mas creio que chegou a hora que vai ter que me escutar, cabeça-dura! -Você é mais cabeça-dura do que seu marido.


Com um gesto contrariado, Dulce se soltou e olhou para ele.


-Se você se  atrever a dizer uma única palavra -advertiu ela, pegando um prato de barro -juro que quebro sua cabeça.


-Não posso acreditar! -riu Kieran diante da reação dela -Você me enganou esse tempo todo dizendo que o odiava, quando na verdade é o contrário. -Você o ama tanto que é capaz de abandoná-lo para que  ele seja feliz.


-Kieran basta! -gritou Dulce, sentindo que as lágrimas começavam a deslizar pelo seu rosto sem nenhum controle -Não quero mais falar desse assunto. -Viaje, faça o que tiver que fazer, mas, por favor, deixe-me em paz!


-Está bem Dulce. -Fique tranquila. -Mas pare de chorar -sussurrou Kieran com carinho.


E saiu pela porta da cabana com um sorriso nos lábios.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Lucas

Este autor(a) escreve mais 5 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Dois dias depois, Kieran tomava uma cerveja em uma taberna longe de  Aberdeen com a certeza de que, em breve, quando Christopher aparecesse e ele lhe contasse que havia ajudado Dulce, levaria uma bela surra. Mandar uma  carta a  Christopher para que se encontrasse com ele havia sido uma decisão estudada, e, de certo modo, acertada. De início, pen ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 64



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Nat Postado em 24/01/2019 - 10:27:58

    Alguém sabe quem é a autora/autor do livro original?

    • deehsantos53_ Postado em 14/05/2020 - 18:13:57

      Megan Maxwell- desejo concedido

  • Soyvondy Postado em 19/08/2018 - 14:41:32

    Continua por favor!!

  • bels Postado em 19/08/2018 - 10:13:08

    continua por favor!!!!!!!!!!!

  • samira17 Postado em 18/08/2018 - 20:28:44

    Continua por favor

  • oioioi Postado em 18/08/2018 - 19:58:40

    Continua

  • samira17 Postado em 18/08/2018 - 14:46:51

    Continua por favor

  • Soyvondy Postado em 17/08/2018 - 19:28:39

    Continua!!!! TT-TT

  • samira17 Postado em 17/08/2018 - 15:37:51

    Cadê você continua

  • Soyvondy Postado em 17/08/2018 - 06:18:54

    O melhor soco da vida!! Anahí virou uma idiota, aff.... Continue!!!

  • samira17 Postado em 16/08/2018 - 22:31:47

    Continua por favor



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...