Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Doce Coisinha - Trendy, Vondy | Tema: Triangulo Amoroso


Capítulo: Capítulo 12

160 visualizações Denunciar


Eu tinha planejado falar com Christopher sobre o meu segundo emprego hoje. Mas ele se foi antes que eu pudesse pegá-lo. Quando o jantar chegou e se foi e ainda não havia sinal dele, eu estava sem tempo. Vestindo um par de shorts e camiseta, subi as escadas para dizer a Portia que estaria no trabalho hoje à noite, mas que voltaria a tempo de fazer o café da manhã.


Ela tinha ido embora a maior parte do dia com suas amigas em uma partida de tênis. A salada de farro e couve que eu fiz para o jantar pareceu agradá-la, mas ela não falou muito. Ela gostava de me dar ordens e reclamar. Agora ela não parecia gostar muito de nada.


Eu finalmente a encontrei lá embaixo no bar servindo uma bebida. "Você está indo. Ele sabe?” Ela disse sem se virar para olhar para mim.”


"Não. Eu nunca tive a chance de contar a ele.”


Ela suspirou e tomou um gole quando se virou. "Se ele chega em casa e precisa de algo de você, o que você espera que eu diga?"


Eu não tinha ideia do que ela deveria dizer. Eu não esperava que ela dissesse alguma coisa.


"Eu não sei. Eu vou explicar amanhã.”


"Se você ainda tiver um emprego amanhã", ela disse levianamente, passando por mim fora do quarto.


Eu não podia me preocupar com isso agora. Sim, esse trabalho pagou mais, mas não seria o suficiente. Eu tive que trabalhar em outro emprego. A casa estava limpa, a casa da piscina estava limpa, mantimentos eram estocados em ambos os lugares. Eu até deixei um jantar quente na casa da piscina para o caso de ele estar com fome quando chegasse em casa. Isso foi tudo que eu pude fazer.


Eu puxei minha bolsa para cima no meu ombro e saí pela porta dos fundos em direção ao estacionamento onde eu estava autorizada a manter meu carro.


"Deixando? Você tem mais tempo livre do que eu esperaria, considerando seu salário.”


Eu parei e fechei meus olhos com força. Eu não posso contar a Alfonso. Ele era amigo de Christopher. Eu tive que lidar com ele. Ele também disse a Christopher que eu tinha ido embora, então eu precisava dar uma explicação. Um que eu esperava que fosse dado a Christopher corretamente.


“Acabei de conseguir um segundo emprego. Eu completei todos os meus deveres para hoje. Eu planejei falar com Christopher sobre o meu segundo emprego, mas ele se foi esta manhã antes que eu tivesse uma chance.”


Alfonso olhou para mim. Qual foi raro. “Um segundo emprego? O que, eles não estão pagando o suficiente agora? Você tem um lugar livre para morar, comida e uma quantia ridícula de dinheiro e acha que precisa trabalhar em um segundo emprego? Isso não é exatamente crível. Mentir para Christopher não vai te beneficiar.”


Eu realmente odiava ele. Ele era um homem escuro, bonito e cruel. Por que ele estava sempre aqui? Ele não tinha um emprego ou estava apenas a viver do dinheiro do pai?


"Não é mentira. Eu posso provar para ele se eu precisar. Agora, se você me der licença, eu não acredito que tenho que discutir minha renda com você.” Passei por ele e na escuridão em direção ao meu carro.


Eu não estava ansioso para esta noite. Eu estava nervoso e esperava poder fazer esse trabalho. Eu nem sabia o que seria esperado de mim. Eu não recebi muita descrição do trabalho.


Uma vez que eu estava no meu carro e indo embora, dei um suspiro de alívio. Eu estava quase preocupado que Alfonso me seguisse até o meu carro, continuando com seu questionamento intrusivo. Se Christopher quisesse detalhes e provas, eu daria a ele. Mas Alfonso não era meu chefe. Ele não era nada.


A viagem até o clube durou apenas treze minutos sem muito tráfego. Se tivesse sido duas horas antes, essa viagem levaria uma hora. Mas ir trabalhar às oito da noite tinha algumas vantagens. Eu tinha limpado e fazendo compras o dia todo, então meus pés doíam e eu só queria tomar um banho e me sentar. Ou deitar-se. Isso não ia acontecer tão cedo, no entanto. Eu tive que trabalhar nas próximas sete horas. A ideia me deixou ainda mais exausta. Eu tive que imaginar o sorriso de Heidi para me dar força para estacionar o carro e entrar no meu novo local de trabalho.


A primeira pessoa que vi quando entrei na porta da frente foi a ruiva da noite anterior que me levou ao escritório de Carey. Ela acenou para mim. “Eu preciso te dar um uniforme. Então Neil estará lhe mostrando as cordas hoje à noite. Você pode obscurecê-lo e fazer anotações.”


"Ok", eu disse correndo para segui-la pelo mesmo corredor em que eu estive ontem à noite que levou ao escritório de Carey.


Nós passamos por sua porta e fomos até o fim. Uma porta azul que dizia que os funcionários só estavam à nossa direita. A ruiva abriu e nós entramos. Havia uniformes em cabides ao longo da parede dos fundos e vestiários. Havia também espelhos, banheiros e um chuveiro.


"É aqui que nos vestimos, usamos as instalações e fazemos pausas", disse ela enquanto caminhava até os uniformes e tirou um da prateleira. "Um quatro correto?"


Eu assenti.


"Coloque isso." Ela se abaixou e pegou um par de saltos altos vermelhos que tinham dedos brilhantes. "Use estes."


"Eu preciso de um oito", eu disse a ela, não querendo ter que apertar meu pé em outro sapato.


Ela se sentou e pegou outro par. "Aqui. Eles correm pequenos. São noves.”


A ideia de andar de saltos não parecia tão ruim agora que eu sabia que meus dedos não ficariam apertados a noite toda. "Obrigada."


"Certo. Vista-se e depois saia para a frente. Neil estará esperando por você.”


"Quem é Neil?"


Ela parou na porta. "Cara alto. Cabelo loiro escuro. Ele estará procurando por você. Apenas vá para frente.”


"Ok", eu respondi quando ela saiu. Eu ainda não sabia o nome dela. Ela não era exatamente do tipo amigável.


Eu me ocupei mudando para o uniforme de trabalho, e então parei na frente do espelho de corpo inteiro e estremeci. A saia era tão curta que eu estava com medo de me curvar. Eu teria que assistir isso hoje à noite. Deslizando nos calcanhares, me senti mais vulnerável do que nunca, como se estivesse em exibição. Eu não gostei de atenção. Essa roupa ia me chamar atenção.


Eu sempre poderia continuar procurando outro bom trabalho noturno. Isso não tem que ser para sempre. Não era como se eu fosse o único vestido desse jeito. Havia outros servidores que se vestiam com pouca frequência e, mais do que provável, os clientes também. Este era um clube. Eu tive que me superar.


Depois que eu me dei uma conversa estimulante, eu fiz o meu caminho pelo corredor em direção à frente, onde Neil estaria esperando por mim. A primeira pessoa que vi foi o cara que tinha me conhecido do lado de fora do escritório de Carey na noite passada e bateu em sua porta. Ele era alto com cabelo loiro escuro. Quando ele me viu, ele me acenou. Era o cara que eu deveria seguir, Neil. Ou pelo menos eu assumi que ele era.


"Dulce, correto?" Ele perguntou estendendo a mão. "Eu sou Neil."


"Sim, e é bom conhecê-lo oficialmente", eu disse a ele.


Ele sorriu. "Sim, eu estava com pressa ontem à noite ou eu teria sido mais amigável."


"Isso é bom. Eu pensei que você fosse amigável o suficiente.”


Ele passou a mão pelos cabelos e olhou ao redor do lugar. As pessoas estavam entrando, mas ainda não estavam ocupadas. “Esta é a primeira multidão. Eles estão aqui para comer a comida do bar e fazer alguma socialização diante da multidão. Uma multidão de segunda à noite não é tão ruim assim. É a noite mais lenta da semana para nós. É por isso que Carey veio em breve para começar. Esta é a noite em que ele gosta de treinar seus novatos.”


Neil apontou para a ruiva. “Isso é Shauna. Ela é a gerente das garçonetes e recepcionistas. Ela está aqui há cinco anos. Ela não é a pessoa mais legal por perto, mas trabalha duro e garante que o lugar funcione bem.”


Ele começou a andar e eu segui. “Se você precisar de alguma coisa, venha a mim primeiro. Shauna não gosta de lidar com os pequenos detalhes. Ela lida com os grandes problemas. Eu sou o segundo no comando e lido com as pequenas coisas. Se é demais para mim, eu a envolvo. Ela é grande na cadeia de comando, então não vá diretamente até ela, a menos que eu mande você. Ela parece bonita, mas ela pode ser monstra em você em um segundo.”


Nós caminhamos para a área de anfitriã, e ele deu um tapinha na bancada que ficava entre mim e os convidados quando eles chegaram. “Se os convidados chegarem até você, eles passaram pela segurança. Eles terão em pulseiras azuis que têm o nosso logotipo se tiverem menos de 21 anos. Você vai cumprimentá-los, pegar qualquer sacola, envoltório ou jaqueta - que não será muitas nesta época do ano - e registrá-los. Marque o item deles com um número usando esses tíquetes e, em seguida, distribua a outra metade. Coloque seus itens naquela sala. No inverno, este é um trabalho mais ocupado. Muito mais de um aborrecimento e temos três pessoas trabalhando na frente, em seguida, por causa disso. Neste momento, não será um grande problema. Comigo até agora? Alguma pergunta?"


Isso pareceu fácil o suficiente até agora. Meus nervos haviam diminuído e eu assenti. "Não eu entendi. O que mais?"


“Aprendiz rápido. Eu gosto disso. Ok, você vai olhar para este gráfico e decidir em qual tabela, área de seção para acomodá-los. Se eles pagaram por reservas VIP, você terá que ficar de pé longe da multidão e entrar em contato comigo ou com quem estiver em serviço cuidando do VIP. Nós vamos sentá-los. Você não lida com eles, você cuida do resto.”


As próximas horas continuaram assim. Eu segui o Neil e ele nunca parou de falar. Ele estava constantemente me ensinando alguma coisa. Eu até peguei algumas sacolas de compras e um envoltório de seda e os marquei no cheque. Quando as duas da manhã rolaram, o lugar estava quase vazio e me disseram que eu poderia ir embora.


Afundando no banco da frente do meu carro, eu escorreguei dos meus calcanhares e me estiquei. Eu posso fazer isso.


Eu toquei o bolso escondido da minha saia. Havia cinquenta dólares de clientes que me deram gorjeta. A senhora com o envoltório de seda tinha me dado uma nota de vinte dólares quando devolvi o embrulho para ela. Os outros trinta dólares vieram de um grupo de caras que eu sentei. Neil disse que se eles me derem uma gorjeta, agradecerem e aceitarem. Então eu fiz.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 45 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

As três horas e meia que dormi na noite passada pareceram mal fechar os olhos. O alarme disparou na minha cabeça e, por um momento, achei que estava em casa em nosso trailer único. Eu ainda estava na cama, era uma manhã de escola e eu ia apertar o botão soneca. Mas quando eu abri meus olhos para encontrar o alarme ruidoso, vi a máquin ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 59



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Ellafry Postado em 16/07/2019 - 01:18:25

    ela ainda vai sofrer por estar apaixonada aksopaksoaksopak certeza. todo mundo sofre OPSKAPOSKAPOKSPAOKO

  • Ellafry Postado em 11/07/2019 - 22:41:19

    quero nem imaginar a dor que ela sentia nos pes

    • Dulce Coleções Postado em 15/07/2019 - 16:23:19

      Pense numa dor

  • candyle Postado em 11/07/2019 - 19:52:11

    Christopher foi muito fofo agora *-* Continuaaa

    • Dulce Coleções Postado em 15/07/2019 - 16:22:28

      Não foi, continuando

  • Ellafry Postado em 09/07/2019 - 22:40:42

    maaais

    • Dulce Coleções Postado em 11/07/2019 - 16:02:34

      Continuando

  • candyle Postado em 05/07/2019 - 18:09:55

    Continuaaa

    • Dulce Coleções Postado em 09/07/2019 - 01:08:28

      Continuando

  • Ellafry Postado em 30/06/2019 - 21:34:26

    'Você vai se casar com ela?' Heidi perguntou heidi melhor pessoa kkkkkkkkkk

    • Dulce Coleções Postado em 05/07/2019 - 16:07:51

      kkkkkk

  • candyle Postado em 30/06/2019 - 12:05:35

    Ai que fofuraaa *-* Continuaaa!

    • Dulce Coleções Postado em 05/07/2019 - 16:06:51

      Continuando

  • Ellafry Postado em 28/06/2019 - 00:13:04

    deixa ele te levar dulce. aproveirtaaa

    • Dulce Coleções Postado em 29/06/2019 - 22:17:08

      Só deixa kkkkk

  • Ellafry Postado em 25/06/2019 - 21:26:05

    continuaaa

    • Dulce Coleções Postado em 26/06/2019 - 16:31:48

      Continuando

  • candyle Postado em 23/06/2019 - 23:39:35

    Continuaa

    • Dulce Coleções Postado em 26/06/2019 - 16:31:10

      Continuando



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...