Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Segure-se Firme - Vondy (adaptada) | Tema: Vondy, HOT


Capítulo: Capítulo 37

157 visualizações Denunciar


Christopher


Na quinta-feira, eu já estava longe de Dulce por uma semana. Eu tinha mandado para Dulce uma mensagem e pedi-lhe para levar Micah para os meus pais na manhã de sábado, que eu iria buscá-lo lá. Eu tinha passado o dia com ele, em seguida, deixei-o com meus pais, minutos antes de Dulce voltar, usando meu trabalho como uma desculpa para fugir.


Eu estava tentando me dar tempo para esquecer o quanto eu a queria. Ela tinha aceitado tão bem minhas razões para não ser capaz de estar com ela, que era doloroso. Eu não tinha certeza do que eu queria que ela fizesse.  Discutir comigo? Talvez. Talvez eu quisesse um motivo para beijar seus lábios novamente. Toca-la em lugares que eu tinha sonhado. Foda-se. Quem eu estava enganando? Eu adorava estar perto dela. Observando-a. Ela tinha um jeito só dela. Mesmo quando ela estava fazendo algo simples, eu estava completamente fascinado por ela.


Ela tinha escutado as minhas razões e, em seguida, assentiu. Era isso. Nada mais. Então, eu tinha corrido de lá e não tinha voltado. Eu não conseguia encará-la. Porque eu estava muito, muito certo que eu queria agarrá-la e beijá-la, até que ambos esquecessem que é uma má ideia, em tudo.


Tomei um gole de minha Coca-Cola e lutei contra a vontade de acender um cigarro. Não beber ou fumar estava fodidamente chutando a minha bunda. Quando eu havia recusado uma cerveja e pedi uma Coca-Cola, Rock tinha olhado para mim como se eu tivesse perdido minha mente.  Ele não entenderia. Ele nunca colocou a mão em Trisha, que não a quisesse lá.


— Preston sozinho. Isso é estranho, - disse Rock, quando ele tomou um gole da sua cerveja gelada. Eu estava desejando demais a sua bebida. Merda.


O menino bonito no nosso grupo puxou um banquinho e sentou-se com um sorriso. Ele foi contratado e feliz com isso. Verdadeiramente feliz. Ele estava sempre sorrindo. Babaca.


— Onde está Manda, - perguntou Rock.


— Ela finalmente deu um chute em você? - eu perguntei.


Preston me lançou um olhar irritado. — Não. Ela está vindo. Ela está trazendo uma amiga, - disse ele, depois sorriu de novo.


— Pare de sorrir, caramba. Doem meus olhos, - eu resmunguei, e tomei outro gole da minha Coca-Cola.


— Ignore-o. Isso é a Coca que ele está bebendo, ainda por cima é Coca-Cola. Nada adicionado. Ele está sóbrio e grosseiro, - explicou Rock.


As sobrancelhas de Preston dispararam quase ao mesmo tempo Rose Mann caminhou ao meu lado, colocou o braço em volta dos meus ombros e me deu uma boa vista para dentro de sua camisa. Eu conhecia Rose desde o colegial. Todos nós conhecíamos. Ela se mudou para a cidade quando estávamos no segundo ano, e ela imediatamente fez a torcida. Eu fodi com ela na época, mas apenas uma vez. Não a havia tocado desde então.


Ainda assim, ela tinha envelhecido bem. Ainda tinha peitos empertigados e uma cabeça cheia de cachos castanhos. — Olá, Rose, - eu disse, deslizando meu braço em volta de sua cintura e puxando-a para mais perto.


— Olá para você, Uckermann, - ela ronronou, se pressionado contra mim. Ela então mudou o seu olhar para Preston. — Você deixou a noiva para trás hoje à noite?


Preston balançou a cabeça. — Não a deixo muito fora da minha vista. Ela virá para cá em breve.


Rose revirou os olhos, em seguida, olhou para Rock. — E onde está a sua pequena senhora?


— Tenha cuidado, Rose. Nós dois sabemos que a sua pequena senhora terá seu traseiro, se você tentar flertar com seu homem. Você sabe melhor do que chegar perto do que pertence a Trisha.


Toda a mesa riu menos Rose. No tempo de escola Rose tinha feito um jogo para Rock, depois Preston tinha fodido com ela e jogou-a de lado. Trisha a tinha jogado contra os armários, quebrado várias de suas unhas, e levado um punhado de seu cabelo. Ninguém mexeu com Rock depois disso.


— O que seja, - disse Rose, em seguida, colocou a mão no meu peito. — Eu estou aqui por você, de qualquer maneira, - ela me informou. Eu estava tentando decidir se eu queria dar um presente, e ir ou não esta noite. Eu precisava fazer alguma coisa para obter Dulce fora da minha cabeça. Rose estava quente, mas também era um pouco louca. Eu não tinha certeza se eu queria mexer com a loucura.


— Não é a minha menina, - disse Preston. Girei meus olhos para ver Amanda, e eles colidiram com Dulce. Que estava olhando para Rose. Merda.


— Ei, Dulce. Ainda bem que você pode fazer isso, - disse Preston, levantando-se para pegar um banquinho para Dulce, bem ao meu lado. — Nós não vamos fazê-la sentar-se no colo de Christopher, visto que ele já está cheio de Rose. Você pode ter um banquinho. É mais confortável de qualquer maneira. - Eu vi como Dulce desviou o olhar de Rose e forçou um sorriso para Preston. Então ela olhou para mim. Ela estava à beira de explodir. Eu podia vê-lo. Preston sabia que Amanda estava trazendo-a e ele não tinha me dito. Eu ia chutar a bunda dele.


— Está tudo bem. Se eles começam a fazer merda bruta à mesa, Rock irá botá-los para fora, - Preston disse a ela, em seguida, sorriu para mim. Que merda.


Dulce foi até o banco ao meu lado como se estivesse andando na prancha. Lenta e insegura.


— Quem é esta? - Perguntou Rose, inclinando-se sobre mim e envolvendo seu braço em volta de mim, possessiva, o que me deixou puto. Ela estava tentando marcar o seu território, como se ela tivesse algum. Eu não tinha certeza que eu queria passar a noite com ela ou não. Eu não tinha feito a minha mente ainda.


— Dulce, esta é Rose Mann, - Amanda falou em um tom doce que ela não conhecia. — Ela era mais velha do que nós na escola. Ela teria sido... Um sênior em seu primeiro ano, eu acho. - O comentário sobre Rose ser mais velho tinha sido um golpe, mas vindo da doce Amanda, que estava na segurança dos braços de Preston Drake, ela era intocável, e ela sabia disso.


Dulce sorriu para Rose. — Eu não conhecia muitas pessoas na escola. Eu meio que sumia na multidão. - Essa era a maneira de Dulce dizer que ela não sabia quem era Rose. Mas também era besteira. Dulce nunca tinha se misturado em nada.


— Dulce María? Você era a namorada de Dustin, - disse Rose, reconhecendo o nome.


Dulce assentiu e forçou um sorriso, então se afastou de mim e olhou para a banda no palco. Jackdown não estava lá ainda. Eles não subiriam ao palco por mais uma hora, ainda. A nova banda do Mississippi estava tocando no momento.


— Eu pensei que você tinha perdido a cabeça e eles a enviaram para uma casa de malucos.


Dulce se encolheu, e os ombros endureceram. Era isso. Ela veio aqui com Amanda, e eu estava muito certo de que este era algo que não fazia há muito tempo. Rose não ia estragar tudo por ela. Mesmo tendo Rose no meu colo mantive minhas mãos fora Dulce.


Eu deixei cair à perna Rose foi apoiado e mudou a minha mão de sua cintura. Ela tropeçou e teve que agarrar a mesa para não cair em seu rosto. — Isso é tudo. Você pode ir agora, - eu disse a ela.


Amanda cobriu boca para não rir, e Rose olhou para mim. — Qual é o seu problema?


— Mulheres detestáveis que têm merda na cabeça. Então, por favor, tome o seu caminho, - eu respondi com um sotaque entediado.


Preston pigarreou para encobrir sua risada. — Provavelmente, você disse a coisa errada, Rose. Melhor ir antes que ele fique louco. Ele não está bebendo hoje à noite, então ele é um canhão solto.


Rose me chamou de burro, em seguida, virou-se e saiu. Eu esperei até que ela estivesse longe o suficiente, antes de olhar para Dulce. Ela estava me estudando. A tensão em seus ombros tinha ido embora. Isso era bom.


— Desculpe por isso, - eu disse, e ela balançou a cabeça.


Então ela olhou para longe novamente, de volta, em direção ao palco.


Eu tinha que ter alguma conversa fiada, porque agora Preston e Rock estavam, ambos, tentando descobrir o que diabos estava acontecendo. Mesmo que eu não tivesse certeza do que estava acontecendo no momento.


Eu abri minha boca para dizer algo assim, quando a banda começou, e Dulce começou a balançar na cadeira ligeiramente. Ela gostava de dançar. Eu não danço. Eu odiava dançar. Eu tinha que ter bebido muito para levar a minha bunda para dançar, e só se íamos dançar para caralho.


Mas vendo Dulce em seu assento com aquele sorriso em seu rosto, enquanto ela observava as pessoas na pista de dança me fez levantar e segurar a minha mão.


— Vamos. Vamos dançar, - disse eu. Eu sabia que eu tinha acabado de surpreender toda a mesa, mas mantive meu foco em Dulce.


Ela sorriu para mim e colocou a mão na minha. O pequeno vestido preto que ela usava com suas botas de cowboy me fez querer puxá-la para perto, para que cada homem aqui soubesse que ela estava comigo. Mesmo que ela não estivesse.


— Eu não sabia que você dançava, - disse ela.


— Ele não dança, - disse Preston.


Eu não reconheço este comentário. Levei-a para a pista de dança e puxei-a em meus braços, e me senti bem.


Tão fodidamente certo.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 46 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Dulce O grande corpo de Christopher me segurando perto era melhor do que a dança. E eu adorava dançar. Eu nunca tinha sido segurada perto assim e dancei com o caminho certo. Eu ficava inalando o perfume masculino de Christopher. Ele tinha um cheiro amadeirado com um toque de hortelã-pimenta. Ele olhou tão ferozmente as poucas pessoas que tinham ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 333



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • cliper_rafa Postado em 18/02/2019 - 21:56:39

    Open, coitadinho do baby Chris. Continua

  • Ellafry Postado em 18/02/2019 - 00:44:33

    maaaais

  • ana_vondy03 Postado em 17/02/2019 - 17:47:31

    Continua S2

  • rosasilva Postado em 17/02/2019 - 15:33:07

    O meu deus tadinho do Chris gente

  • cliper_rafa Postado em 16/02/2019 - 09:58:26

    Continuaaa <3<3

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:05:07

      Continuando

  • Ellafry Postado em 15/02/2019 - 11:21:53

    e o pior é que a mulher se acha certa ao contar tudo isso, sendo que ela 'largou' a filha com o filho plamor

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:38

      Kkkk desse jeito

  • rosasilva Postado em 14/02/2019 - 21:56:50

    Isso não é mae não ...Aiai Jesus e agora ????

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:21

      E agr?

  • cliper_rafa Postado em 13/02/2019 - 22:53:46

    Minina, tô de bobeira com a capacidade dessa mãe. Continue <3<3<3

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:57

      kkkkkkk

  • Ellafry Postado em 13/02/2019 - 15:42:26

    que mae filha da puta. veio fazer dulce sofrer, que fd´p agora dulce vai se fechar num mundo so dela e do filho ;x

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:02

      Tinha que vim para estragar

  • rosasilva Postado em 13/02/2019 - 07:42:07

    OH MY GOD ...... isso não é mae não... to chocada ... esse capítulo mecheu demais para mim tô em choque ... aai meu deus ela vai ficar com raiva do Chris aí meu coração ta partido ... tava tão lindo os dois em fim junto ai vem esse trem e estraga tudo o cão em

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:09:44

      Tinha que vim para estragar



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...