Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Segure-se Firme - Vondy (adaptada) | Tema: Vondy, HOT


Capítulo: Capítulo 38

190 visualizações Denunciar


Dulce


O grande corpo de Christopher me segurando perto era melhor do que a dança. E eu adorava dançar. Eu nunca tinha sido segurada perto assim e dancei com o caminho certo. Eu ficava inalando o perfume masculino de Christopher. Ele tinha um cheiro amadeirado com um toque de hortelã-pimenta.


Ele olhou tão ferozmente as poucas pessoas que tinham esbarrado em mim na pista de dança lotada, que ninguém estava ficando perto de nós agora. Ele também me segurava tão perto dele que eu me senti como se fossemos uma só pessoa. A música passou de lento para mais de uma batida sexy, e eu escorreguei minhas mãos até os ombros e movi os quadris ao som da música, deixando minha cabeça cair para trás e fechando os olhos. Isso era bom. Ou mais como fantástico. As mãos de Christopher apertaram meus quadris, e eu amei como isso me fez sentir. Mesmo que nós estivéssemos só dançando. Para este momento, eu era dele. E eu adorei.


Sua perna se moveu entre as minhas e eu esfreguei contra ele, só para congelar a partir do contato e inspirar bruscamente. Ele era muito mais alto do que eu, o atrito me batia apenas no lugar certo. Segurei a frente de sua camisa com força em meus punhos. Nós estávamos em uma pista de dança e eu não podia foder com a sua perna. Mas tudo o que eu tinha que fazer era mover meus quadris um pouco, e eu sentiria a pressão celeste novamente.


Sua mão estava na minha, e ele estava me puxando da pista de dança antes que eu pudesse decidir o que fazer a seguir. Eu pensei que ele estava com raiva de mim e nós estávamos indo de volta para a mesa, mas quando olhei ao redor, estávamos indo para o lado oposto. Parecia que estávamos indo para uma porta nos fundos. Isso era um banheiro? O que ele estava fazendo?


Christopher empurrou para fora do seu caminho às pessoas que não se moviam por conta própria, e então ele estava batendo a porta e nós estávamos fora no escuro. Não havia luzes de estacionamento, apenas mato.


— Abra suas pernas, Dulce, - ele ordenou, e me pressionou contra a parede. — Levante sua saia e abra as pernas, - disse ele de novo, desta vez com um rosnado.


Eu estava muito assustada para discutir. Parecia que ele queria o que eu queria, então eu fiz exatamente como ele disse. Eu puxei o meu vestido e abri minhas pernas.


Em seguida, sua mão estava lá, me colocando, enquanto ele respirava pesadamente. — Isso... Não devemos fazer isso. Eu não sou esse cara. Você lembra-se que eu lhe disse que eu não sou esse cara. Mas não com você me fodendo na dança, Dulce. Você me entende? Eu, porra, não danço.


Eu estava confusa. Ele tinha dançado comigo. Ele deslizou seu dedo dentro da minha calcinha e eu não me importei mais. Agarrei seus braços e gritei de alívio e prazer. Ele realmente estava me tocando. Isso era real. E se eu estivesse dormindo, eu realmente não queria acordar.


— Tão molhada, - disse ele, apertando os lábios contra meu pescoço. — Essa lisa e pequena buceta quente, vai me matar. Você é demais. Eu quero um gosto de você, e eu não posso manter minhas mãos longe de você mesmo que eu saiba que isso vai lhe machucar. Eu não quero lhe machucar.


Ele não estava me machucando agora. Eu mal conseguia formar palavras, enquanto ele deslizava o dedo dentro da minha entrada. Eu apertei seus braços e ofegava.


— Eu quero foder isso. Eu quero você. Eu quero estar dentro de você. Filho da puta. Agora eu quero estar dentro de você, tão malditamente, que meu pau está prestes a rebentar para fora desse jeans. Mas isso vai ser tudo o que é. Não vamos fazer isso de novo. Eu não faço relacionamentos. Eu não quero você ferida.


Ele queria-me foder. Só desta vez e, em seguida, ele iria estar feito comigo. Queremos ser amigos de novo. Ou ele seria apenas tio do meu filho. Eu poderia viver com isso? Poderia me dar a ele sabendo que era só dessa vez?


Não.


Eu queria mais.


Eu amava Dustin quando eu tinha dormido com ele. Talvez eu não estivesse apaixonada por ele, mas uma parte de mim amava Dustin. Eu não estava pronta para o sexo, então, mas eu o amava e ele queria. Ele me amava, e tinha sido o suficiente. Mas isso não era amor, com Christopher. Ele não me ama. Ele nunca amaria.


Seu dedo deslizou para fora de mim, então circulou meu clitóris, e me senti muito bem. Estar com ele seria o momento mais épico da minha vida. Eu sabia disso. Mas e depois? Gostaria de encontrar uma maneira de seguir em frente? Amar alguém? Como eu poderia amar alguém? Se eu me amarrava a Christopher desta forma, eu não seria capaz de deixá-lo ir. Não, em meu coração. E não mereço ser amada? Para saber qual era a sensação de ser amada como Preston amava Amanda? Saber que o homem ao meu lado só queria a mim?


Ele estava certo. Eu merecia mais.


Eu o empurrei, e ele foi sem luta. Fechando os olhos, eu peguei a minha respiração. — Eu quero mais. Eu não posso. Eu não posso fazer isso com você e não significar nada para você. Se você vai se afastar de mim, então eu não posso fazê-lo. Eu vou querer mais. Eu não quero um gosto de algo que eu nunca poderei ter.


Abri os olhos. As mãos de Christopher estavam enfiadas nos bolsos, e ele abaixou a cabeça quando ele respirou fundo. Ele parecia derrotado. Eu me senti derrotada. A jovem dentro de mim que achava que Christopher Uckermann era o meu príncipe encantado, estava percebendo que ele não era. Ele era um homem. Assim como qualquer outro.


— Eu sinto muito, sinto muito para caralho, - disse ele, ainda sem olhar para mim.


Era isso. Eu não podia voltar para dentro. Não depois de ele me arrastar para fora de lá, assim. Eu chamaria Amanda e pediria desculpas, depois. Agora eu só queria ir para casa.


Eu não lhe disse adeus. Eu iria vê-lo novamente em breve. Ele viria ver Micah. Gostaria de fingir que eu não sentia algo por ele. Eu agiria como se ele não tivesse me machucado. Eu iria lidar com isso. Eu era boa em sobreviver. Eu poderia sobreviver a isso.


Felizmente, Amanda havia ido para o Like Bay comigo, então eu tinha o meu carro aqui. Preston a tinha deixado na minha casa mais cedo, e ela me ajudou a me vestir. Ela não precisava de mim para dar-lhe uma carona para casa. Eu subi no meu carro e dirigi em direção a casa. Para colocar o meu pijama e abraçar o menino que me amava no sofá. O único homem na minha vida que eu seria o suficiente. Eu sempre teria o meu filho.


Eu ainda estava a três milhas de casa, quando o carro começou a falhar. Isso tinha acontecido uma vez antes, e eu tinha conseguido pô-lo em marcha de volta depois que ele morreu. Isso só não precisava acontecer agora, em uma estrada tão escura.


Puxei o carro para o lado da estrada, quando ele desistiu da luta. Esperei alguns minutos e tentei liga-lo, mas ele estava completamente morto. Eu não podia ficar aqui a noite toda. Eu tinha que me mover. Além disso, eu tinha andado três milhas para casa antes. Talvez não à noite, mas eu tinha andado três milhas.


Peguei minha bolsa e peguei minhas chaves comigo, então fui o resto do caminho para casa a pé. Meus pés iam ter bolhas, depois de caminhar três milhas dentro das botas. Esse era o menor dos meus problemas, no entanto. Na parte da manhã eu tinha de encontrar um serviço de guincho que eu pudesse pagar.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 46 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Christopher Eu não ia voltar para dentro, depois que ela foi embora. Em vez disso, encostei-me à parede e coloquei minha cabeça para trás, enquanto suas palavras voltaram para mim, em uma corrida. Ela queria mais. Ela não estava disposta a deixar-me levá-la e ser só isso. Ela sabia de sua autoestima. Ela não estava di ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 333



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • cliper_rafa Postado em 18/02/2019 - 21:56:39

    Open, coitadinho do baby Chris. Continua

  • Ellafry Postado em 18/02/2019 - 00:44:33

    maaaais

  • ana_vondy03 Postado em 17/02/2019 - 17:47:31

    Continua S2

  • rosasilva Postado em 17/02/2019 - 15:33:07

    O meu deus tadinho do Chris gente

  • cliper_rafa Postado em 16/02/2019 - 09:58:26

    Continuaaa <3<3

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:05:07

      Continuando

  • Ellafry Postado em 15/02/2019 - 11:21:53

    e o pior é que a mulher se acha certa ao contar tudo isso, sendo que ela 'largou' a filha com o filho plamor

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:38

      Kkkk desse jeito

  • rosasilva Postado em 14/02/2019 - 21:56:50

    Isso não é mae não ...Aiai Jesus e agora ????

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:21

      E agr?

  • cliper_rafa Postado em 13/02/2019 - 22:53:46

    Minina, tô de bobeira com a capacidade dessa mãe. Continue <3<3<3

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:57

      kkkkkkk

  • Ellafry Postado em 13/02/2019 - 15:42:26

    que mae filha da puta. veio fazer dulce sofrer, que fd´p agora dulce vai se fechar num mundo so dela e do filho ;x

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:02

      Tinha que vim para estragar

  • rosasilva Postado em 13/02/2019 - 07:42:07

    OH MY GOD ...... isso não é mae não... to chocada ... esse capítulo mecheu demais para mim tô em choque ... aai meu deus ela vai ficar com raiva do Chris aí meu coração ta partido ... tava tão lindo os dois em fim junto ai vem esse trem e estraga tudo o cão em

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:09:44

      Tinha que vim para estragar



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...