Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Segure-se Firme - Vondy (adaptada) | Tema: Vondy, HOT


Capítulo: Capítulo 50

132 visualizações Denunciar


Presente...


Christopher


Micah estava esparramado em cima de mim, dormindo, enquanto Darth Vader arrebentou e levou nomes na televisão. O plano original era para assistir Piratas do Caribe. Mas, então, Micah disse que sua mãe gostava do Capitão Jack e que tínhamos que esperar por ela para iniciar o filme.


Claro que eu não ia deixar Dulce sentar aqui e olhar para Johnny Depp, porra. Eu tinha ejetado o DVD realmente, malditamente rápido e peguei um dos discos de Star Wars. Eu não me importei qual era. Só para Dulce não ficar pensando em outro homem.


Dulce entrou na sala com aquele pequeno roupão de seda em torno dela e seu cabelo em cachos úmidos, com o rosto limpo e livre de maquiagem. — Ele está dormindo? - ela perguntou, movendo-se em direção a nós.


— Sim, - eu disse, me perguntando se ela tinha qualquer coisa em que sob do roupão.


— Vamos levá-lo para a cama, - disse ela, curvando-se para recolhê-lo.


— Eu o pego, - eu disse a ela.


— Tudo bem. - Ela deu um passo para trás e deixou-me ficar com ele, e então ela abriu o caminho de volta ao seu quarto e puxou as cobertas para trás para que eu pudesse deitá-lo. Esta noite nós tivemos a certeza que ele fosse banhado e estivesse de pijama antes do filme.


Ela abaixou-se e beijou-lhe a pequena bochecha.


— Eu te amo, mamãe, - ele murmurou, com os olhos fechados.


— Eu te amo mais, - respondeu ela.


Quando ela se virou para sair do quarto, me abaixei e baguncei o cabelo dele. Ele era uma coisa tão pequena. Então, muito parecido com seu pai nessa idade.


— Amo você, tio Christopher, - disse ele, na mesma vozinha sonolenta.


Minha garganta fechou, e eu tive que engolir em seco para soltá-la antes que eu pudesse falar. — Amo você garoto, - eu disse a ele.


Ele puxou as cobertas sob o queixo e se aconchegou mais profundamente em sua cama.


Este momento foi tudo por causa de Dulce. Ela fez isso possível.


Porra, eu a amava. Não só porque ela tinha me dado esse garoto para ajudar a curar o que eu tinha perdido, mas porque ela tinha roubado um pedaço da minha alma com aqueles olhos grandes e aquele sorriso doce, quando ela tinha quatorze anos. Eu queria estar perto dela e mantê-la segura. Eu não sabia exatamente por que, então, eu só sabia que eu queria que ela fosse feliz. Era importante para mim.


Mas agora eu sabia por que. Ela era especial. O tipo de especial que é difícil de encontrar nesta vida. O tipo de pessoa especial que a maioria não consegue tocar. É o tipo raro que, quando você encontra, sabe que vale a pena lutar.


Sua mão suavemente tocou no meu braço. — Hoje correu bem. - Sua voz era um sussurro.


Eu passei meus dedos ao redor de sua pequena mão e sai do quarto com ela ao meu lado.


Quando ela fechou a porta atrás dela, eu era capaz de espreitar para baixo a frente de seu roupão e ver que ela estava, na verdade nua por baixo. Inferno sim.


— Espero que ele seja um dorminhoco profundo, porque eu tenho alguns planos que envolvem você nua com essas longas pernas sobre meus ombros.


Dulce olhou de volta para mim com os olhos arregalados. — Hoje à noite?


— Sim foda, hoje à noite. Eu espero que você não pense que eu estou indo para casa sem você. Eu disse que não ia a lugar nenhum e, baby, eu estava falando de verdade, literalmente. Se você está aqui, então eu estou aqui.


— Oh, - ela disse, enquanto balançava em minha direção devagar.


— Sim, oh. Leve sua bunda para aquele quarto e desembrulhe o meu presente, - eu disse, voltando-a para a porta do quarto e caminhando para dentro, em seguida, tranquei a porta atrás de mim.


A cama de casal que estava no meio do quarto, era tão pequena. Dormir ali ia ser difícil, mas eu tenho a minha king-size e a mudaria amanhã. Hoje à noite nós poderíamos lidar com uma de casal.


— Christopher?


Eu rasguei os olhos da pequena cama e os meus planos e olhei para a beleza quase nua na minha frente. — Sim?


Ela mexia com o cinto de cetim, me impedindo de ver toda a sua pele pálida e cremosa, por baixo. — Se você vai ficar aqui, está se movendo rápido. Eu não quero que Micah perca suas esperanças se em um par de semanas você perceber isso não é o que você quer.


Ela não entendeu. Claro que não. Dulce María não entendeu que ela era especial. Eu tinha uma vida inteira para mostrar a ela o quanto especial ela era.


— Isso não é algo que eu estou tentando, Dulce. Eu, porra, não estou tentando, merda. Ou eu quero ou eu não faço. E eu queria você desde que eu tinha 17 anos de idade. Admitindo-se que a merda não seja fácil. Parecia errado por tanto tempo, porque eu amava Dustin. Eu sempre vou amá-lo, e eu vou sentir falta dele até o dia que eu morrer. Mas ele tinha o que eu desejava, e mais do que qualquer coisa, eu queria que você fosse feliz. Pensei que Dustin era quem iria fazer você sorrir. Ele era quem você amava. Então, eu tive a certeza que você conseguisse o que queria. Mas ele não viu o que ele tinha. E não teve cuidado com ele. Ele não apreciou, e, no final, ele perdeu tudo muito novo. Então eu não vou mudar de ideia em poucas semanas. Eu não faço esta merda. Eu nunca fiz essa merda. Porque elas nunca foram você.


Dulce(Sienna) respirou fundo quando ela olhou para mim. Esperei que ela dissesse alguma coisa, qualquer coisa, para me assegurar de que eu não estava sozinho aqui. Que ela sentia algo mais. Que isto era diferente para ela.


Ela pegou o cinto de seu roupão e puxou-o, deixando-o cair e me dando o ponto de vista que eu estava querendo. — Mostre-me, - disse ela, em voz baixa.


Confuso, olhei para cima de seus seios para os seus olhos. — Mostre o quê?


Ela assentiu com a cabeça. — Mostre-me com o seu corpo o quanto diferente isto é para você.


Oh, foda, sim. Eu poderia fazer isso.


— Desafio aceito, - eu disse, fechando o espaço entre nós e empurrando o roupão para fora de seus braços e deixando-o cair no chão, em um montão.


Ela tremeu enquanto eu corria um dedo no vale entre os seios para seu umbigo, então voltei novamente. Tão suave. Tão perfeito. — Minha, - eu disse a ela.


Sua respiração engatou, e isso a fez balançar os seios.


Foda-se, isso era bom.


OBS: Para comemorar a chegada dos 300 comentários, foi 2 capítulos postados, espero que tenham gostado deles.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 46 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Dulce Quando entrei na garagem, a caminhonete do meu pai estava parada na calçada, logo atrás da picape de Christopher. Eu só tinha estado trabalhando por quatro horas e Christopher tinha me chamado para me informar que a minha mãe estava aqui. Porque essa era a única pessoa que poderia ser. Eu não a tinha visto em seis anos, e essa ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 333



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • cliper_rafa Postado em 18/02/2019 - 21:56:39

    Open, coitadinho do baby Chris. Continua

  • Ellafry Postado em 18/02/2019 - 00:44:33

    maaaais

  • ana_vondy03 Postado em 17/02/2019 - 17:47:31

    Continua S2

  • rosasilva Postado em 17/02/2019 - 15:33:07

    O meu deus tadinho do Chris gente

  • cliper_rafa Postado em 16/02/2019 - 09:58:26

    Continuaaa <3<3

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:05:07

      Continuando

  • Ellafry Postado em 15/02/2019 - 11:21:53

    e o pior é que a mulher se acha certa ao contar tudo isso, sendo que ela 'largou' a filha com o filho plamor

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:38

      Kkkk desse jeito

  • rosasilva Postado em 14/02/2019 - 21:56:50

    Isso não é mae não ...Aiai Jesus e agora ????

    • Dulce Coleções Postado em 17/02/2019 - 12:04:21

      E agr?

  • cliper_rafa Postado em 13/02/2019 - 22:53:46

    Minina, tô de bobeira com a capacidade dessa mãe. Continue <3<3<3

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:57

      kkkkkkk

  • Ellafry Postado em 13/02/2019 - 15:42:26

    que mae filha da puta. veio fazer dulce sofrer, que fd´p agora dulce vai se fechar num mundo so dela e do filho ;x

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:10:02

      Tinha que vim para estragar

  • rosasilva Postado em 13/02/2019 - 07:42:07

    OH MY GOD ...... isso não é mae não... to chocada ... esse capítulo mecheu demais para mim tô em choque ... aai meu deus ela vai ficar com raiva do Chris aí meu coração ta partido ... tava tão lindo os dois em fim junto ai vem esse trem e estraga tudo o cão em

    • Dulce Coleções Postado em 14/02/2019 - 21:09:44

      Tinha que vim para estragar



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...