Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Em Sua Companhia Vondy | Tema: Vondy


Capítulo: Somente Seu 2° Temporada Capitulo 17

94 visualizações Denunciar


— Eu estou aqui – digo alisando seu rosto machucado. — O que aconteceu? Você precisa ir Para um hospital. Quem fez isso com você?
Ela se senta com dificuldade na cama e diz:
— Eu já disse, fui assaltada – ela não me olha nos olhos. Isso só confirma que está
mentindo descaradamente.
— Como aconteceu?
— E-eu não sei. Foi tudo tão rápido – ela diz.
— Chamou a polícia? Roubaram alguma coisa? – pergunto.
— Não sei.
— Dulce.. – suspirei fundo. — Essa marca em seus pulsos como conseguiu? – olho-a
nos olhos e vejo que está assustada.
Ela se levanta rapidamente e fica ainda mais nervosa.
— É... Eles me amarraram enquanto vasculhava o apartamento.
— Antes ou depois de não roubarem nada? – falo irritado. Terry apenas observa.
— Eu não sei tá legal – ela grita. Parece desnorteada.
— Ela desmaiou Christopher, assim que eu cheguei – conta Terry e Dulce a olha com olhos Acusatórios.
— Então quer me fazer acreditar que os ladrões, quantos eram mesmo? – interrogo-a.
— Dois – ela diz tremendo.
— Então, quer me fazer acreditar que dois homens entraram aqui, e, antes de te amarrar, Provavelmente você conseguiu jogar um vaso em um deles. Então eles vasculharam seu
apartamento – que a propósito, está bem organizado, e que após vasculharem, saíram sem levar nada e ainda soltaram você? – disse zombando.
— Mais ou menos isso – ela diz e eu perco a paciência.
— Está me achando com cara de idiota, Dulce? – grito e ela automaticamente se retrai no canto da janela. — Eu quero saber a verdade. É tão difícil para você falar a verdade uma
vez na vida? Há tempos você mente para mim. Mente sobre tudo. Mentiu sobre ter recebido Dinheiro do Charles estando comigo – digo furioso. Tento me controlar ao ver que estou
deixando-a ainda mais assustada.
— Não é o que está pensando – ela diz rapidamente.
— Eu não penso nada. E sabe por quê? Porque eu não sei nada. Você não me conta nada.
Ela começa a chorar outra vez.
— Eu não posso – ela sussurrou.
Olho para ela. Ela está em pânico.
— Terry, arrume as malas da Dulce. Ela vai para casa conosco – digo.
— Eu não vou a lugar nenhum, Christopher – ela diz firme.
— Você vai. Estou mandando – digo mais alto do que gostaria.
— É difícil para você entender que eu não quero mais você?
— Sim. Da mesma forma que parece difícil pra você aceitar que precisa de ajuda – falo Exaltado e ela me olha com os olhos cheios de lágrimas.
— Não quero ir – ela grita assustada quando a pego pelos braços.
— Garota teimosa – grito puxando-a pela cintura e ela geme de dor.
— O que foi? – digo e ela se afasta rapidamente. dulce me olha ainda mais assustada e Vejo que tem algo a mais em tudo que me contou. — Está machucada – digo e ela fica em alerta. Aproximo-me dela e ela se debate ao
perceber que ergo seu vestido.
— Não... Não... Não, Christopher.Por favor – ela chora ainda mais.
Tiro seu vestido rapidamente. Examino-a de frente, não há nada. Ela fica envergonhada por
Terry estar tão próxima.
— Vire-se – mando.
Ela está com as mãos em seus seios tentando esconder uma parte de sua nudez.
— Por favor – ela implora. Aproximo-me e a viro tão rápido que o que vejo me faz dar um pulo para trás.
— Meu Deus – Terry sussurra levando a mão a boca. Fico alguns segundos, totalmente em
choque observando as longas marcas avermelhadas trançadas por toda suas costas e sua Bunda.
Passado o susto inicial, pego o vestido e a visto. Era demais ver aquilo.
Passo a mão pelos cabelos ainda em choque. Terry me olha horrorizada.
— Quem foi? – minha voz sai tão fria, que até mesmo eu me espanto.
Ela me olha e diz:
— Eu não sei.
Em seus olhos, vejo que está mentindo. Eu arrancarei a verdade de sua boca e matarei o maldito desgraçado que a fez sofrer desse jeito.
— Não minta para mim, porra – grito descontrolado e dou um soco no armário.
— Christopher, pare com isso – Terry me repreende. — Ela já está assustada o suficiente, não acha?
Caminho tão rápido até ela que ela gruda na parede de medo.
— Diga – ordenei.
Ela permanece imóvel.
— Diga – gritei.
— Christopher , pare! – Terry grita.
— Ele vai me matar Chris E vai matar você também – ela diz adquirindo um tom mais
pálido.
— Foi o Charles? – pergunto jogando um verde.
A forma com que seus olhos se arregalam, diz tudo.
— N-não, n-ão – ela gagueja e vejo que não se sente bem. Ela fica ainda mais branca e Quando perde a consciência, a tomo em meus braços.
— Droga!
— Ela vai ficar bem, não vai? – Terry pergunta amedrontada.
— Vamos levá-la a um hospital. Tente achar os documentos dela. Esqueça as roupas – digo E saio com ela em meus braços.
Quando passo pela guarita, o porteiro abre a portão e saímos.
— Está de carro? – pergunto a Terry.
— Sim.
— Ótimo. Vá com o meu carro. Eu prefiro levá-la no seu.
— Tá.
Coloco Dulce no banco de trás e ajeito seu vestido. Aos poucos, ela recobra a
consciência, mas fica deitada. — Aonde vamos? – ela pergunta.
— Vou levá-la ao hospital. Você precisa de cuidados médicos.
— Christopher, por favor. Não! – ela choraminga. — Não quero ter que responder sobre essas
lesões. Você não entende. Ele pode fazer algo pior comigo.
— Precisamos denunciá-lo, Dulce.
— Por favor! – ela implora.
— Tudo bem. Mas terá que ir. Precisa pelo menos fazer alguns exames. Você desmaiou e isso também não é normal – digo e ela concorda.
Ao chegarmos ao hospital, Dulce é atendida por um clinico geral.
Terry e eu ficamos na sala de espera. Quase quarenta minutos se passam e nada. Já estou Ficando nervoso.
Depois de algum tempo, o médico aparece.
— O senhor é da família da paciente? – ele me olha curioso.
— Sou o namorado dela. Christopher Uckermann – me apresento.
— Como ela está? – Terry pergunta.
— Apesar dos machucados no rosto provocados pelo acidente, ela está bem. Terá que ficar
no soro por algumas horas. Está desidratada. Quando questionei, disse que não tem tido uma
boa alimentação. Mas acontece que pelo estado em que se encontra, ela não está se Alimentando nada. E isso pode prejudicar o bebê.
— Bebê? Que bebê? – pergunto atônito. — Acho que o senhor errou de paciente. O nome
da minha namorada é Dulce, doutor.
— Isso mesmo. Dulce Savíñon– ele disse. — Não sabiam que estava grávida? Quando
disse a ela, não me pareceu surpresa.
Droga! Grávida? Ai meu Deus!
Não, não é possível.
Olho para Terry e o terror que vejo em seus olhos devem ser o mesmo que está estampado nos meus.
— Eu quero vê-la – digo impaciente.
— Claro. Por aqui.
Seguimos o médico até o final dos corredores. Entro no quarto em que está e o médico diz:
— Apenas o senhor poderá ficar com ela até ser liberada.
— Obrigado.
Aproximo-me da cama e vejo que está dormindo.
— Você vai ser pai outra vez? – Terry sussurra me deixando apavorado.
— Não sei – digo pegando na mão de Dulce.
— Christopher, você já pensou na hipótese dela ter sido... hã... Abusada? Olha só o que fizeram Com ela.
Eu não queria nem pensar numa hipótese dessas.
Lembro-me do dia em que Dulce disse que nunca transou sem camisinha com ninguém.
Então, obviamente, esse filho só poderia ser meu. Meu. Eu sabia que aquele maldito diafragma
era uma furada. Mas a sensação de saber que seria pai outra vez, de certa forma me deixou Feliz. E, eu acabaria com a vida do infeliz por tê-la machucado. Ainda mais sabendo que está
esperando um filho meu.
O ódio foi tomando conta de mim e só pensava em arrancar a cabeça daquele maldito.


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): annyg

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

Nada me tira da cabeça que foi ele quem a machucou. — Eu vou embora – Terry diz. — Cuide dela, tá bom? — Pode deixar – digo. — Christopher. Seja gentil com ela. Se quiser saber a verdade, lhe dê tempo. Ela só está assustada. — Eu sei – sussurro. Agora sozinhos, puxo a poltrona para perto de sua ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 116



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • lukinhasmathers Postado em 16/06/2019 - 12:27:19

    Ainda estou aguardando a continuação kkkk, rindo, mas é de tristeza

  • lukinhasmathers Postado em 03/06/2019 - 12:45:45

    outra que sumiu!

  • BruGomes Postado em 01/05/2019 - 00:06:29

    Hey !!!!volta aqui por favorrrrr

  • lukinhasmathers Postado em 08/04/2019 - 11:31:40

    mds que demora linda! posta logo, fica somindo assim, vai perder um leitor

  • BruGomes Postado em 05/04/2019 - 15:54:00

    To loca pra saber oq vai ser o baby ^^

  • BruGomes Postado em 05/04/2019 - 15:53:10

    Volta aqui por favor !!! Preciso de mais capítulos

  • lukinhasmathers Postado em 05/04/2019 - 14:01:30

    linda cade vc? sumiu de novo, posta logo por favor

  • BruGomes Postado em 01/04/2019 - 20:58:59

    Volteiiii continuaaaaaa por favor

  • lukinhasmathers Postado em 23/03/2019 - 10:49:42

    posta mais linda !!! tou tão triste que você sumiu

  • lukinhasmathers Postado em 22/03/2019 - 10:47:16

    Linda, posta mais, por favor... Você sumiu de novo !



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...