Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Recomerçar - Portiñon - finalizada | Tema: Portiñon


Capítulo: 133

657 visualizações Denunciar


-– Não sei, mas quando souber te digo, acho que ficarei chupando dedo hoje.


--Elas estão muito bêbadas?


--Ela está chamando minha noiva de Anny e já se abraçaram umas três vezes, vou mandar um vídeo para você daqui a pouco, agora deixa eu ir acabar a festa.


-- Vai lá, vou ficar esperando o vídeo. 


 


Dulce fez um vídeo das duas se abraçando e a Cleo falando que só a deixava casar com a ruiva porque a detetive era uma boa mulher, depois de muitas risadas e choro ela resolveu intervir.


--Vamos dormir, já são quase duas da manhã.


--Minha anjinha vem aqui me dá um abraço vai – Anahí abraçou a ruiva.


--Cleo já para a cama, vem 


 


Puxou a prima pelo braço e a levou ate a cama a jogando lá, não demorou e ela dormiu, voltou para a sala e encontrou Anahí um pouco menos bêbada que a prima.


 


– Agora é a senhora, já para o banho


 


--Só se você for comigo – Falou já tirando a blusa.


--Anny já para o quarto vai – Ordenou.


--Você sabia que estou com louquinha desde hoje de tarde, fiquei com um tesão enorme te ver bravinha daquele jeito – Abraçou a ruiva e começou a beijar o pescoço dela.


--Vem vamos para o banho, que hoje quem vai mandar em você sou eu.


 


Saiu puxando a morena ate o banheiro, essa que fez questão de tirar a roupa sensualmente para a ruiva que apenas segurava para não sorrir do estado alcoólico da noiva.


 


--Não poderia ser uma água mais quentinha não? – Anahí disse achando ruim a água gelada.


--Não assim você fica mais desperta, pois eu vou me aproveitar de você.


--Vai é ?


 


Puxou a ruiva para debaixo do chuveiro, quando ela ia reclamar Anahí a puxou para um beijo avassalador, assim começou uma noite regada de muito gemidos de prazer para ambas.


 


-- Cleo vai trabalhar hoje? – Dulce acordou sem mal ter dormido e foi ate o quarto que a prima estava.


--Hum, não quero ir – Virou para o outro lado.


--Isso significa que você tem que ir, vamos levanta.


--Eu sei que tenho que ir, mas minha cabeça não deixa, eu quero abrir os olhos, mas não dá.


--Vai olha a hora, levanta.


--O que eu tomei ontem? Estou com gosto de comida estragada na boca. – Disse sentando na cama


--Talvez foi na hora que vocês misturaram vodca com whisky em um mesmo copo.


--Cara como você me deixou fazer isso?


--Tira satisfação com sua amiga depois, agora vou lá tentar acordar ela. – Saiu do quarto rindo da situação da prima.


 


 


 


--Nossa teve festinha ontem e não fui convidada? – Maitê disse ao ver a cara de ressaca da morena


--Vai se foder e fala baixo estou com a cabeça estourando.


--E com um belo bafo também toma uma bala de menta vai -  Ucker estendeu para a amiga


--É bom mesmo, cara estou com a boca amargando, e morrendo de sono.


--Então onde foi a festa?


--Não foi festa, a Cleo estava de fossa e fui solidaria a ela olha no que deu estou precisando de uma cama e... – Parou de falar, pois os celulares dos dois amigos apitaram quase que no mesmo momento.


--Não acredito nisso – Ucker disse sorrindo enquanto Maitê gargalhava.


--O que foi tão engraçado? – Anahí perguntou sem entender


--Isso aqui – Ucker mostrou o vídeo que Dulce enviou.


--Não vejo graça nenhuma nisso. – E assim passou mais alguns dias deles em meio à zoação.


--Anjinha vou para o curso dá para você me pegar depois?


-- Eu vou provar o bolo e docinhos com Angelique, acho que dá tempo sim.


--Pronto te ligo assim que sair. – mandou um beijo no ar e saiu para a segundo semana do seu curso preparatório.


 


--Então Angelique como está se sentindo? Quase andando? – Dulce perguntou pois a alguns dias a mulher trocou a cadeira por duas muletas.


--Ai Dulce é muito bom sabe, sei que não vou ficar cem por cento mais o medico me garantiu que irei recuperar uns oitenta por cento, isso já é uma maravilha.


--É mesmo uma coisa ótima, agora vamos que estamos atrasadas. – Saíram rumo ao bufe onde escolheria o bolo e os doces do casamento.


--Nossa não aguento mais tanto doce, era para termos chamado o Ucker – Angelique disse assim que acabaram as provas.


--Era mesmo ele adora doce, só comi uns dois que eram sem açúcar, estavam ótimo.


--É ate eu gostei deles.


--Vamos pegar a Anahí antes? Tem algum problema?


--Nada é bom que faço a digestão antes de chegar em casa, agora me diz e a casa está pronta? – Engataram numa conversa ate chegar próximo à entrada do curso.


--Olha aquilo Angelique, que cachorra tá quase comendo a Anahí com os olhos – Dulce apontou para as uma mulher que conversava com Anahí em frente à saída do curso.


--Estou vendo, olha as mãozinhas dela, mas a Anahí não está dando bola.


--Mas ela não está impedindo, olha a cara de safada dela, ai que raiva – A ruiva socou o volante.


--Calma Dulce, vai lá e mostra para ela que a Anahí tem dona. – Angelique encorajou.


--É isso ai. – Olhou-se no espelho, agradeceu mentalmente por ter saído arrumada. –vou acabar com aquela vadia – Saiu do carro empossou-se de uma postura altiva e foi.


--Serio Anahí eu realmente adorei ser útil, sempre que precisar estarei aqui.


--Obrigada professora – Tentou não dá corda


--Ai não precisa chamar de professora – Falava pegando no braço de Anahí.


--Boa noite, vamos amor? 


 


Dulce não esperou elas reponderem a deu um belo beijo na morena que chegou a ficar sem ação na hora.


 


--Bo bo boa noite –Anahí disse ainda aérea.


--Demorei? – Ignorou a mulher na sua frente.


--Não, acabei de sair, er... – Olhou para a mulher parada ali e resolveu apresentar. – Dulce essa aqui é a Professora Vanessa, Professora essa é minha noiva Dulce. – A ruiva soltou a mão da morena e estendeu para a mulher


--Oi desculpa, nem te vi ai, Dulce Maria Espinosa Saviñon  – A outra olhou para a mão dela e visivelmente com raiva aceitou o comprimento.


--Prazer, já vou que está tarde, ate mais – Ela saiu e Anahí olhou para a ruiva como quem perguntasse o que foi aquilo.


--Vamos que a Angelique está no carro. – Pegou na mão dela e seguiram para o carro.


--O que houve ?


 


Resolveu perguntar, mais a ruiva não respondeu, assim que entrou no carro a ruiva virou para ela e deu uma tapa no braço na morena.


 


--Que piranha, na próxima vez eu quebro a cara dela entendeu?


--Ai isso dói o que eu fiz?


--Nada, mas deixou-a fazer, está avisada. – Olhou para frente e ligou o carro, a morena olhou para Angelique no banco de trás que estava segurando o riso, depois de uns minutos começaram a falar dos doces e logo chegaram ao prédio delas.


--Ate amanhã meninas e não se matem – Angelique abriu a porta rindo das amigas.


--Angelique não fica com essa cara eu não fiz nada, você viu – Anahí tentou abraçar a ruiva.


--Sim, mas deixou ela fazer, então vai ficar de castigo, agora só depois do casamento, saiu caminhando pra o quarto.


--Ei calminha ai, ainda falta uma semana para o casamento eu não posso ser culpada da professora ter dado encima de mim.


--Então você assume? Pronto agora acabou de conseguir agravar a pena, a partir de amanhã vamos dormir cada uma em sua casa.


--Mas aqui já não tem mais quase nada, o que restou eu levei para a casa, só tem a cama e o guarda-roupas.


--É mesmo, mas isso não vai ser atenuante vou dormir de calça jeans – Disse entrando no banheiro, Anahí balançou a cabeça em negativo pegou a toalha e foi resmungando para o outro banheiro.


 


 


--Então apanhou ontem? – Maitê perguntou assim que entrou no elevador e encontrou a amiga.


--Não, mas preferia.


--Sobrou ate para mim, fui inventar de te defender e acabei dormindo no sofá – Maitê disse triste.


--Que mulheres brava, credo eu não fiz nada.


--Mas a mulher era gostosa?


--É a professora, maior gata teve ter uns trinta anos, mas não dei bola para ela.


--Fez bem – Elas caminharam conversando ate a delegacia.


--Então quando vamos comprar nossas roupas de padrinhos mais lindo desse mundo? – Ucker perguntou assim que chegaram.


--Que tal sexta-feira, assim depois faremos uma despedida de solteira para a Anahí.


--Escutei falar em despedida de solteiro? – Cleo disse entrando na sala dos detetives


--Escutou sim, então vai rolar?


--Não sei Ucker a Dulce já está bolada comigo.


--Mas ela não precisa saber que vai ser uma despedida de solteiro e sim apenas uma bebedeira entre amigas – Cleo disse entusiasmada com a ideia.


--Não sei, se vocês sabem que se eu cair os três caem comigo não sabem? – Anahí ameaçou.


--Sabemos, mas vou enrolar o Junior e vamos para a farra.


--Então vai ser onde? Balada? – Cleo perguntou


--Isso mesmo balada


 


Eles acertaram tudo desistiram de comprar as roupas nesse dia e voltaram ao trabalho, enquanto isso a delegada e a ruiva saiam para resolver os últimos detalhes com a irmã, Angelique e a cunhada.


 


 


--Dulcevocê não acredita ontem contei para a Maitê do que houve e ela veio defender a Anahí, a mas não prestou.


--O que houve? – Livia perguntou enquanto elas estavam sentadas almoçando no shopping


--Sua irmã de maior papo com uma professora ontem, ai querida não prestou


--Você não bateu nela não foi? – Cláudia perguntou


--Não, mas mostrei para ela que a Anahí tem dona.


--É isso mesmo, corte logo, a Anny sempre foi assim, desde pequena sempre rodeada de admiradores, parece que aquele jeito fechado dela atrai aa pessoas – Livia disse.


--É mais comigo não tem vez, Estou de olho e ainda a coloquei de castigo?


--Eu também a May dormiu no sofá e se falar mais besteira dormi novamente – Angelique disse


--E você o que fez Dul? – Livia perguntou curiosa


--Agora só depois do casamento, para ela aprender.


--Nossa como vocês sapas conseguem? Um dia desses eu disse ao meu marido que iria fazer greve ele deu nos ombros e disse tudo bem, vou dormir. – Livia disse e as demais sorriram


--Eu já me fiz essa pergunta Livia a única resposta que obtive foi a quantidade de sexo que elas fazem, já foi comprovado que as lésbicas mais sexo que um casal hetero – Cláudia respondeu


--Mais sexo? Quanto?


--Não é questão apenas de quantidade e sim de qualidade e duração – Dulce afirmou.


--Como assim? – Livia aproveitou para soltar toda sua curiosidade.


--Eu li em algum lugar que em media um casal lésbico transam quatro vezes por semana, mas não é questão de dias por semana é a duração e a qualidade do sexo, que em media um casal hetero dura de trinta a quarenta minutos em todo ato, já duas mulheres em media duas a três horas. – Dulce explicou


 


-- Ai que inveja – Livia disse de forma engraçada e todos sorriram – Serio isso agora quero saber tudo – Eles começaram a conversar e a coversa rendeu bastante.



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): suzyrufino

Este autor(a) escreve mais 3 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

--Essa delegacia fica tão vazia sem minha ruiva – Anahí disse olhando para a sala da noiva que era ocupado por outro delegado já que ela tinha tirado suas férias. --Anny você sai de férias amanhã não tem o que reclamar, vamos entregar esses papeis e você vai para os braços da sua ruiva poderosa. -- ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 126



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • raylane06 Postado em 13/02/2020 - 01:18:04

    Cadê você?

    • suzyrufino Postado em 10/10/2020 - 13:24:21

      Ola, flor já finalizei a fic. Bjs tudo de bom

  • Jubs Postado em 10/05/2019 - 01:16:09

    Voltaaaaa

  • Jubs Postado em 30/04/2019 - 00:57:31

    Hey não abandona :(

  • Jubs Postado em 27/03/2019 - 22:07:08

    VOLTAAAAAAAAAAA

  • Jubs Postado em 25/03/2019 - 21:07:59

    Continua

  • Jubs Postado em 20/03/2019 - 01:35:31

    Voltaaaaaaaaa

  • Jubs Postado em 16/03/2019 - 14:56:50

    Continuaaa

  • Jubs Postado em 15/03/2019 - 22:54:05

    Cadê tu

  • Jubs Postado em 14/03/2019 - 12:27:43

    Continuaaaa

  • Jubs Postado em 05/03/2019 - 10:34:13

    Continuaaa


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais