Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Diga Que Me Ama ----------_------- Portinon | Tema: A&D


Capítulo: 58

205 visualizações Denunciar


Dulce Narrando



Abro um sorriso maroto ao me ver no
espelho, ajeito a minha calça de couro e estico apenas uma mão alcançando a minha jaqueta preta, a visto ficando completamente estilosa no look bad girl. A blusa que estou vestindo é uma cavada com o nome de uma banda de rock e nos pés meus coturnos novos para completar o look. Jogo os meus cabelos para trás deixando- os meios rebeldes e saio de frente ao espelho, desço as escadas com a chave em minha mão e na outra o meu celular, despeço dos meus pais com um beijo na bochecha de cada e mostro o dedo do meio para os meus irmãos, que obviamente retribuíram o gesto carinhoso.
Entro em meu carro e dou partida
seguindo a estrada de terra que vai me levar para o asfalto, liguei o radio na estação de rock e a musica da Nirvana está tocando, aproveitei para aumentar o som e cantar em plenos pulmões. Estou animada para esse jantar, porque graças a Deus os parentes da minha noiva vai embora amanha bem cedo. Assim que estaciono o carro em frente a casa dos Portilla ’s, abro o porta-luvas e pego uma balinha de menta, taco na boca e saio do meu Impala, toco a campainha.


- Mi amore – me recebeu
calorosamente em seus braços.


- Oi, amor – Seguro possessivamente em
sua cintura quando reparo por cima de seus
ombros o Bryan junto da família na sala nos
observando.


- Que gata, essa minha noiva –
me olhou de cima a baixo – Uau.


- Olha só quem fala, estou vendo a loira
mais linda desse planeta – Faço ela dar uma
girada – Que maravilhosa.


- Para, amor –  riu corada e me
puxou para um beijo carinhoso, confesso que a beijei timidamente por conta que a família dela está nos olhando, mas a latina tratou de enrolar sua língua na minha por alguns segundos e se afastou causando aquele estalo – Hum, que bala gostosa.


- Como... – Fico incrédula ao perceber
que ela roubou a bala que eu estava chupando – Ladrona!


- Obrigada – ela jogou os cabelos
para trás e me puxou para dentro de casa.


- Boa noite – Cumprimento os meus
sogros, minha linda cunhadinha e os embustes.


- Chegou a tempo, Dul – minha sogra sorriu
largamente – A comida está pronta.


- Hum, estou morrendo de fome –
Entrelaço os meus dedos nos da minha noiva.


- Percebi, quase comeu a minha filha –
Meu sogro brincou.


- Papai! – Narrí o repreendeu
extremamente envergonhada.


- Vamos logo jantar, estou com fome –
Mari nos chamou já indo para a cozinha –
Mama, bota um monte no meu prato.


- Não sou galinha para botar – minha sogra
retrucou, a pequena fez uma cara de como não tivesse entendido – Esquece.


Ri daquilo, Mari é uma menina doce e
inocente, uma combinação perfeita, que continue assim. Nos ajeitamos na mesa de jantar, Claire ficou em minha frente e sorriu para mim, apenas abaixo a minha cabeça e pego o meu prato começando a por a comida, Narrí me passou algumas frituras, salada e encheu o meu copo com uma suco natural. Começamos a jantar entre algumas conversas, Bryan contava animadamente sobre os lugares que frequenta no México, senti algo encostando em minha perna e abaixo a cabeça para verificar embaixo da mesa. A maldita da Claire está passando os pés em mim.


- O que foi, amor? – Narrí questionou
antes de levar uma garfada de peixe grelhado com legumes até a boca.


- Nada, era apenas a toalha da mesa
batendo em minhas pernas – Minto, não quero que crie uma confusão logo na janta. Respeito meus sogros.


- Estou com saudades dos burritos do
México – minha sogra comentou – Lembro que o Rick me levou para um restaurante que só vendia burritos, foi o nosso primeiro encontro.


- Eu me lembro, bons tempos – meu sogro
sorriu.


- Existe ainda – Claire murmurou e senti
novamente o seu pé em minha perna – É bom demais.


- Isso está uma delicia – Pigarreio –
Tisha, que comida maravilhosa.


- Oh querida, foi a Claire que fez.


- Ah...está boa – Sorrio amarelo.


- Mamãe cozinha bem demais – Bryan me
encarou mas logo abaixou o olhar, ele está me evitando.


- Eu sei de varias coisas que você iria
adorar comer – Claire disse diretamente para mim.


- Então... – Narrí deixou os talheres
caírem no prato e praticamente fuzilou a tia – Dulce ama a minha comida, ninguém me supera.


- Essa é a minha linda chef – meu sogro
aplaudiu.


- É mesmo, Anahí sabe o que faz e no
dia em que começarmos a morar juntas, vou engordar uns trezentos quilos – Sorri para a loira, todos na mesa riram do que eu disse.


- Não é pra tanto, amor.


- É sim minha princesa, você cozinha
muito bem – Beijo a sua bochecha, sinto
novamente o pé em minha perna subindo –
Estou satisfeita, e-eu...vou ao banheiro.


Deixo um selinho nos lábios da minha
noiva e saio as pressas querendo distancia
daquela mulher louca, uso o banheiro
rapidamente e vou para o quintal da casa, o céu está bem estrelado com uma linda lua enorme iluminando boa parte. Sinto braços me rodeando por trás, achei que fosse a minha linda noiva porem senti a diferença do cheiro e os braços são grossos, não são finos iguais da minha loira.


- Ei! – Me afasto rapidamente.


- Desculpe, eu não queria te assustar –
Claire me olhou com um sorriso de lado – Só queriam e me despedir adiantada.


- Hum – Arqueio uma sobrancelha – Não
será necessário, mais tarde você faz isso.


- É porque temos um momento a sós
agora, será bom para ter uma conversa – Claire deu um passo em minha direção.


- No caso a conversa é que a sua boca
quer a minha? Pode tirar o cavalinho da chuva – Dou um passo para trás – Eu já saquei a sua.


- Será apenas um beijinho, você nunca
mais vai me ver mesmo.


- Você não tem vergonha na cara? –
Cruzo os meus braços – Você é a porra da tia da minha noiva, não tem respeito? Anahí não merece uma tia galinha como você, puta que pariu.


- Dul...


- Tome vergonha nessa cara, uma mulher
de quarenta e tantos anos, se acha a novinha de dezoito e acha que pode me pegar? Só porque se acha bonita? – Solto uma risada irônica – Me escuta, galinha, eu amo a Narrí e eu nunca vou trai-la, porque isso é a coisa mais estupida do mundo. Sou uma noiva fiel e eu quero mais que você se foda.


- Do que me chamou?


- De galinha – Anahí foi que respondeu
– Não me segura Dulce, porque vou acabar com ela.


Arregalo os olhos ao ver a minha noiva
se aproximando da tia e dando um belo tapa na cara, Claire a olhou incrédula, não esperava por esse ato e nem eu. Ambas começaram uma briga envolvente, a mais velha queria puxar o cabelo da mais nova mas a Anahí foi mais rápido em se afastar no momento certo e aplicar mais um lindo tapa, só que do outro lado da face. Cruzo os meus braços com um sorriso no rosto, essa é a minha garota. Claire fechou a mão em punho querendo atingir um soco, mas lá estava a minha noiva agindo com rapidez e socou o seu punho bem na boca da tia, um filete se sangue se fez presente no lábio.


- Mas o que está acontecendo? – minha sogra se aproximou com o marido e com o Bryan.


- Uma briga – Respondo ainda olhando
para as duas que se pegavam no tapa, mas a
Claire não acertou nenhum na minha loira.


- Vou separa-la – meu sogro avançou mas
eu o puxei – Me solta Dulce.


- Deixe-as, Claire merece umas surras –
Volto a cruzar os meus braços – Essa vadia
estava passando o pé em minha perna enquanto jantávamos.


- Como é? – minha sogra ficou incrédula.


- Annie não pode bater em minha mãe –
Bryan tentou avançar mas eu o empurrei – Sai da minha frente.


- Quer mais um soco? - Levanto o meu
punho e o mesmo se encolheu – Foi o que eu pensei.


Anahí empurrou a tia com toda a força,
a mulher caiu no chão com os olhos arregalados e a boca saindo sangue pelo corte no lábio, a loira aproveitou para montar em cima da Claire e desferir vários socos em sequencia, acertando alguns e errando outros. Anahí saiu de cima da vadia e se afastou, Claire se levantou um tanto cambaleante, seu rosto está todo marcado por unhadas, tapas e socos. Ela levantou a mão para atingir a minha noiva, mas eu me manifestei.


- Não vai relar um dedo nela – Seguro o
seu pulso com força – Você estava me
assediando.


- VADIA, VOCÊ É UMA VADIA – Narrí
gritou – COMO OUSA FAZER ISSO? VOCÊ NÃO TEM RESPEITO POR MIM? PELA MINHA FAMILIA?


- Eu quero que vocês dois deem o fora
daqui – Tisha ordenou, nunca a vi tão séria, Claire se manteve de bico calado.


- Somem daqui, não quero ver a cara de
vocês dois nunca mais – Enrique mandou,
ambos se arrastaram para dentro de casa para pegar as malas – Que noite.


- Você está bem? – Perguntei a loira.


- Uhum – ela me abraçou – Eu
mandei bem?


- Bem demais, gostosa.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Lene Jauregui

Este autor(a) escreve mais 29 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Anahi Narrando Depois daquela treta toda, a minhaquerida tia e o meu querido primo, pegaram as malas que já estavam prontas e se partiram em um taxi sem dizer nenhuma palavra. Claire estava com uma cara avermelhada, nem se quer olhou em minha cara ou fez menção de alguma coisa, Bryan simplesmente abaixou a cabeça e seguiu a m& ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 33



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Jubs Postado em 16/01/2019 - 00:28:19

    Borboleta que vibra?

  • Jubs Postado em 16/01/2019 - 00:28:01

    Bolinha que estoura?

  • Jubs Postado em 16/01/2019 - 00:27:45

    Pau de borracha?

  • Jubs Postado em 16/01/2019 - 00:27:26

    Cinta caralho?

  • Jubs Postado em 16/01/2019 - 00:27:05

    Eu que não tenho sorte com sogros :( hahahahahahahahahahah só me dou mal

    • Lene Jauregui Postado em 16/01/2019 - 10:58:38

      Acontece Amor, mas tenho certeza de que logo vc a sorte de ter maravilhosos sogros em sua vida. Será que vc acertou? Vamos ver agora rs

  • Jubs Postado em 14/01/2019 - 22:21:14

    AF queria uns sogros desse

    • Lene Jauregui Postado em 15/01/2019 - 21:24:53

      Até eu queria rsrs Dulce teve sorte rs e a Camila tbm né,pq os pais da Dul são um máximo.

  • Jubs Postado em 14/01/2019 - 22:20:38

    HAHAHAHAHAHAHAHAA EU AMO A DULCEEEEE

    • Lene Jauregui Postado em 15/01/2019 - 21:23:09

      Vou já postar Amor,espero que goste Bjs amor

  • Jubs Postado em 11/01/2019 - 02:47:45

    Faz a Dulce bater mais nele pfvr que eu morri de rir hahahahahahahahahahah

  • Jubs Postado em 11/01/2019 - 02:46:52

    COMO EU AMO VER O HERRERA SE FODENDO HAHAHAHAHAHHAHA Até que fim esses dois empata foda vão embora, AF ninguém merece isso

    • Lene Jauregui Postado em 13/01/2019 - 20:19:13

      Kkk sabia que vc ia gostar nega'h,mas creio que e Herrera é carta fora do baralho. Bjs nega'h.

  • Jubs Postado em 05/01/2019 - 23:46:10

    Aí tomara que a Any consiga vencer seu medo!! Me diz que o Alfonso vai apanhar pfvr hahahajahajajaj

    • Lene Jauregui Postado em 08/01/2019 - 20:42:52

      Vamo ver agora nega'h,vou postar aqui,espero que goste do capítulo. Boa leitura,beijos.



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...