Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Te Amo Pela Segunda Vez | Tema: A rainha do gelo e o caçador


Capítulo: O primeiro encontro

97 visualizações Denunciar


                    Capítulo 10                           


                  O primeiro encontro


Já são 16:11hs, encostado junto a uma árvore, eu espero por Beatriz, a cada trinta segundos olho o relógio, ela está atrasada, e eu já estou arrependido de tê-la convidado para ir à casa do Senhor Antônio. Onde eu estava com a cabeça? Ok. Ela é linda, é atraente; parece que também se amarrou em mim, mas leva-la a periferia é o mesmo que cavar minha própria sepultara, a garota é rica mora em uma mansão, se ela ver o bairro onde eu moro, pode me associar a uma pessoa de má índole. Eu sei que isso pode acontecer, moradores de bairros pobres são rotulados de marginais, traficantes, noiados... As pessoas não fazem uma distinção, o preconceito é tão grande que julgam sem refletir, na periferia há gente honesta e trabalhadora, lá não tem somente bandidos e traficantes. Mas os ricos não sabem disso.


Penso em pegar o primeiro ônibus, e cair fora, esquecer a proposta patética, voltar para casa e fingir que nada aconteceu. Mas depois, que desculpa eu daria? Que eu estava doente? Que meu tio morreu? Ela é muito inteligente para acreditar em tolices como essas. Para extravasar a agitação interior, dou um forte chute na árvore, meu dedo maior estala, uma dor fina sobe até meu calcanhar, faço uma careta e chamo um palavrão. Eu não estou só indeciso, estou ansioso, agitado, nervoso. Solto todo ar retido nos pulmões, sinto-me meio covarde.


Caralho! O que está acontecendo comigo? Eu tenho vinte três anos, e estou com medo de sair com a garota mais linda do mundo? Isso é bem patético. Ok. Eu tenho vários motivos para ter medo, sei que posso trazer sérios problemas para essa menina. Mas e daí? Ela quer tanto quanto eu. Admito que convida-la para ir a periferia foi um idiotice, ela pode se sentir ameaçada por alguns “tipos” que comumente transitam nas ruas, eu já estou acostumado a conviver com eles, mas ela... Qual será a reação dela ao ver os nóias e as crianças pedindo dinheiro! Não posso expô-la a situações constrangedoras, seria insano. Ela não merece ver o que eu sou obrigado a ver todos os dias.


Alguns minutos a mais, o carro prata estaciona rente a calçada, eu me aproximo, ela desce o vidro, e sorri para mim, não consigo corresponder ao riso, estou inquieto, preocupado. Terei que pedir desculpas e dispensa-la. só não sei como fazer isso.


— Oi. — Ela me saúda entusiasmada. Os olhos dela estão brilhando. Eu não tenho o direito de acabar com essa felicidade.


Não respondo ao cumprimento, tenho que ter coragem para desconvidá-la, sem machucá-la. Ela pede para que eu entre no carro, dou a volta e entro fechando a porta, ela está tão empolgada, que me dá pena desaponta-la. Infelizmente é a decisão mais sensata, eu não sou um rapaz bobo, sei que ela nunca foi a periferia, e sei muito bem que certas cenas podem chocá-la. Ela é uma moça rica que nunca andou descalça, e nunca comeu pão amanhecido.


— Desculpe pelo atraso. — Diz ela em voz baixa.


— Não tem problema... Eu estava pensando em...


— Estava pensando em? — Diz me interrompendo. Ela ri, as covinhas em suas bochechas me fascinam, eu engulo em seco, estou tão nervoso que demoro a responder, e quando respondo minha voz sai insegura.


— Em... em  mudar nosso programa... Poderíamos aproveitar a tarde para um passeio menos sofrível. Isso, se você quiser,


— Menos sofrível? — Ela franze a testa.


— Olha... Visitar doentes não é muito agradável,  nem sempre temos as palavras adequadas, além do mais, podemos estar forçando uma situação. Falo mais confiante.


— Por quê? — Tem um ponto de interrogação na testa dela.


— Por quê? — Eu penso um pouco ante de concluir, tenho que encontrar as palavras certas para convencê-la. — Veja bem... O senhor Antônio acabou de perder o emprego, eu praticamente tomei o lugar dele, deve ser constrangedor ele perceber que infelizmente o tempo dele já era, Eu não quero que ele sinta isso.


— Talvez você tenha razão, ele deve tá muito infeliz por não poder trabalhar, ele adorava cuidar do jardim.


— Pois é. Foi o que eu pensei. Falo dando um suspiro de alívio.


         Ela me olha, está um pouco triste, percebo o quanto é doce, inocente. Ela deve estar morrendo de pena do velho Antônio, é mesmo uma garota diferente,  levá-la a periferia definitivamente não é uma boa ideia.


         — Bom, então para onde vamos? — Pergunta-me.


— Poderíamos passear, ir à praça, ao centro. Sei lá, fazer algo mais divertido, se você quiser, podemos ir à beira do rio.


— É. Parece uma boa ideia. — Ela diz com voz compassada.


— É uma ótima ideia! Vai ser divertido. — Animo-a.


— Tudo bem... Eu acho que preciso de um pouco de diversão. — Diz num meio riso.


Ela liga o carro e sai em direção a praça central, agora estou mais tranquilo, fui mesmo um babaca em convidá-la para ir a Zona Leste. Qual retardado convida uma garota como a Beatriz para um tour na periferia? Nenhum cara em sã consciência faria uma tolice dessas; a não ser eu, que as vezes sou meio idiota.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): vandalore

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

  Enquanto dirijo pelas ruas de Porto Velho, penso na mudança de planos feita por Thomas, de início acreditei nos argumentos dele, as palavras tinham sentido, agora pensando bem, acho que foi uma desculpa para não me levar a Zona Leste; o que não seria nada estranho, talvez ele esteja com vergonha de me apresentar  o bairro onde mora, o ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 8



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • vandalore Postado em 15/02/2019 - 12:04:22

    Galera, eu estou indo para a fazenda, e lá não tem internet, então, por alguns dias, eu não poderei postar os capítulos, mas assim que eu retornar, volta tudo ao normal. Ah! E obrigada pelas visualizações.

  • vandalore Postado em 11/02/2019 - 12:05:26

    OIEE!! Estou feliz com as visualizações, me ajudem a fazer essa fanfic bombar, amo escrever e quero fazer isso cada vez melhor, obrigada de verdade, e se puderem compartilhar o link, seria muito bom.

  • vandalore Postado em 11/02/2019 - 00:05:37

    Galera. muiiiiito obrigada pelos acessos!!!

  • vandalore Postado em 10/02/2019 - 13:29:00

    Uau! A cada dia mais inspirada! Que tal comentarem sobre a minha fanfic, dar uma opinião, falar sobre as personagens, sobre a narrativa... Querer saber sobre o espaço e outros elementos referentes a Te Amo Pela Segunda Vez.

  • vandalore Postado em 08/02/2019 - 19:45:34

    Amores! Amanhã eu posto um novo capítulo, tenho que trabalhar, alguém tem que pagar as contas...

  • vandalore Postado em 08/02/2019 - 17:44:58

    Amores, eu vou fazer um resumo da história da Beatriz e do Thomas, para que vocês se inteirem um pouco. Pelo que vocês já perceberam é uma narrativa sobre o romance entre Beatriz e Thomas, ela é uma garota rica, ele é um rapaz pobre, então é evidente que a família dela não vai aprovar o namoro, e eles terão que enfrentar muitos problemas se quiserem ficar juntos.

  • vandalore Postado em 08/02/2019 - 16:04:37

    Oi pessoas! Amores, eu queria que vocês comentassem sobre a história, não importa se a crítica é positiva ou negativa, o que realmente importa é sua opinião sincera. Estou aguardando ansiosa.

  • vandalore Postado em 08/02/2019 - 11:01:43

    Galera, eu agradeço a todos que estão visitando minha fanfic, to muito feliz com a receptividade, desculpem não postar os capítulos todos os dias, é que as aulas começaram e voltei a trabalhar, então vou postando na medida do possível.



AVISO

Vocês conhecem o Blog do Fanics Brasil? Lá tem dicas, tutoriais e matérias de como escrever bem uma fanfic.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...