Fanfics Brasil - Capitulo 9: Dois é melhor do que um- parte 5 100 razões pra amar você😍- Vondy, Ponny e Jelena

Fanfic: 100 razões pra amar você😍- Vondy, Ponny e Jelena | Tema: Vondy, Ponny, Rebelde, Drama, Sobrenatural, Família


Capítulo: Capitulo 9: Dois é melhor do que um- parte 5

207 visualizações Denunciar


O encarei incrédula. O que estava acontecendo ali? 


-o que... 


-Maicon?- Anahi parecia ainda estar processando o que via. 


-olá, Saviñon- ele sorriu enquanto olhava pra loira momentaneamente 


-seja lá o que for isso- falei ainda sem sentir minha respiração livre- tem outro jeito de fazer isso, Maicon... 


-calada!- bradou em um berro. No momento seguinte, senti uma ardência forte em meu rosto. Um tapa certeiro me fez cair de encontro ao chão frio daquela sala 


-não!- Anahi gritou, levantando-se e indo em nossa direção desesperadamente, em vão. No momento seguinte, caiu no chão. Uma outra pessoa a chutou em direção ao chão. 


Quem é ele? Encarei-o ainda perdida. A ardência em meu rosto parecia ter aumentado no momento que decidi me sentar, ainda trêmula. 


-Maicon...- falei em meio a lágrimas 


-não se preocupe- ele acariciou meu cabelo- você e Christian logo se encontrarão...- sorriu de uma forma monstruosa que fez com que eu me arrepiasse imediatamente. 


-do que está falando? Cadê meu irmão?- as lágrimas novamente tomaram meu rosto, havia algo na sensação das palavras que Maicon disse que me deu uma sensação de melancolia...  


-quando eu adotei e cuidei de vocês- Maicon começou- jamais imaginei que vocês me dariam tamanha decepção...- ele cuspiu no chão, ao meu lado, com desprezo- viraram amigos deles, não foi?- apontou para Anahi. 


Annie o olhou perdida, e trocou o olhar para mim 


-a..dotou?- falou ainda sem acreditar 


-onde ta o Christian? 


-calada!- mais um tapa em minha face e fui de encontro ao chão, sentindo minha boca arder e o gosto de sangue em meus lábios 


-May! 


-hoje... hoje tudo isso irá acabar! Finalmente- falou com ódio na voz- Christopher e Alfonso já chegaram para a festa- sorriu, olhando para Annie diretamente 


-Christopher? Pon...cho...? 


Pov Christopher 


Acordei com a impressão de ouvir a voz de Dulce me chamar. 


Sua voz, angelical, parecia me pedir para acordar, mas tudo o que meu corpo quer é permanecer deitado. Minha cabeça doi, meus pulmões parecem arder a cada respirar. 


O que está acontecendo? O que eu estava fazendo mesmo? 


-Christopher...?- a voz de Poncho era baixa e incosistente, como se ele tivesse uma maratona e estivesse sem ar 


-Poncho!- falei aliviado- onde estamos? 


-não sei... 


Abri meus olhos lentamente; uma dor estridente me fez levar a mão imediatamente ao olho direito. Havia ali um inchaço estranho... 


-que caralho/s está acontecendo aqui?- bradei com ódio. 


Ainda estávamos do lado de fora da casa, numa parte do jardim que estava em terra remexida, com buracos grandes, como covas... 


-quem é você?- ouvi Alfonso gritar com algo que estava atrás de mim. Me virei imediatamente, vendo um homem moreno nos olhar com desdém. 


-olá- sorriu – sou o Dan, prazer!- ele possuia uma pá na mão, e nos olhava de forma curiosa, como se estivesse nos analisando 


-o...o que está acontecendo aqui? 


-nossa, essa é a pergunta que todos vocês vão fazer?- gargalhou. Sua voz ecoou pela neblina, como um fantasma. 


-todos... nós?- Poncho repetiu para si, como se pensasse na frase 


-vocês, aquelas duas... Christian...- ele parecia se divertir ao relembrar os nomes- acho que eram Anahi e... Monica? Não... acho que era Marine... existe alguém com esse nome? 


-Maite?- adivinhei 


Ele sorriu, estalando os dedos 


-Maite! Isso! 


-o que... voce fez com elas!? 


Mais uma vez ele sorriu 


-não se preocupe, não fiz nada! Não com elas... 


Ele olhou na direção de uma das covas imediatamente. Meu olhar e de Poncho se encontraram instantaneamente. A neblina no local parecia ainda mais densa, trazendo consigo um gélido vento que parecia querer congelar meus ossos.  


Estiquei o pescoço com a curiosidade queimando em meu interior e então, gritei assustado! 


Christian estava no interior da cova, ensanguentado e sem roupas, com a cabeça aberta em um corte grande 


-Christian!- berrei em desespero, tentando me levantar até sua direção, mas algo me impediu. 


Cai no chão novamente, sentindo o peso do mundo sobre mim. Dan estava em cima de mim, literalmente sentando em cima de mim, rindo e gargalhando mais que antes. 


-calma... logo será sua vez- ele sorriu. Logo, me lembrei de uma conversa que tive com Dulce alguns meses atrás... 


~3 meses atrás~ 


Dulce ajustou sua saia mais uma vez, incomodada com meu olhar persistente. Sorri em resposta, tentando disfarçar para que Christian não percebesse 


-o que acham? Posso marcar a reunião com a Belinda? Ela com certeza iria adorar essas músicas... 


-eu gosto da ideia- Dulce disse corada- acho que Selena também pode gostar 


-Selena?- arqueei a sobrancelha, curioso 


-claro, ela tem uma carreira latina também... acho que ela poderia aproveitar essas músicas! 


-acho que a Belinda combina mais com esse tipo de música, não?- Christian comentou- desculpe... não quis me intrometer- sorriu envergonhado 


-não seja bobo, Christian- Dul sorriu novamente daquela forma mágica que somente ela conseguia. De alguma forma seu semblante em nada lembrava alguém que havia descoberto a pouco ter câncer... 


-acho que podemos enviar pra Belinda e Selena, quem responder primeiro fica com a música- falei, fechando a pasta em minha frente de uma vez. 


Ambos concordaram, acenando a cabeça. 


Christian se virou para sair da sala, quando seu celular tocou rapidamente. 


-É o Dan?- Dulce sorriu maliciosa, enquanto via Christian ficar vermelho como um pimentão 


-Dul! 


-Dan, é?- falei intretido 


-oh, é o crush novo do Christian... eles se falam tem meses já! 


-Dulce Maria!- ele falou indignado 


Caimos na risada enquanto Christian explicada que já haviam se encontrado algumas vezes, e que ele o tratava como um rei. 


-espero que vocês dêem certo, Christian- sorri- você sempre foi um cara incrível, merece alguém assim!- falei lhe dando um soquinho no ombro. 


Christian sorriu, seus olhos se encheram de lágrimas e ele apenas acentiu com a cabeça 


-obrigado Christopher... 




Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Magda

Este autor(a) escreve mais 2 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Senti meus olhos marejarem, minha respiração estava inconstante e meus batimentos cardíacos pareciam não existir a esse ponto. O vento frio, a neblina, o silencio mórbido... tudo contribuía para que eu me sentisse vazio. Nem mesmo o eminente perigo parecia me fazer querer reagir. Seria assim estar em choque?  Consegui ouvir, ba ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 922



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Janete Postado em 08/08/2022 - 09:04:54

    Por algum motivo eu tinh desfavorecido a fic kkkk perdão

  • Janete Postado em 08/08/2022 - 09:04:13

    Continua doce eu to curiosa

  • Janete Postado em 08/08/2022 - 09:03:58

    Eu to tão triste que isso aconteceu com o Christian 😭

  • Janete Postado em 07/08/2022 - 15:14:57

    to triste pelo christian mas to torcendo que a dul o ucker e o resto da galera vão ficar bem

  • Janete Postado em 07/08/2022 - 15:14:21

    oii vc voltou! continua to curiosaa

    • Magda Postado em 07/08/2022 - 22:48:19

      oiiii! voltei sim *-* vou terminar a fic, como prometido. Beijos!

  • Isa Medeiros Postado em 05/08/2022 - 11:05:16

    continua!!!

  • Isa Medeiros Postado em 05/08/2022 - 11:05:07

    continua!!

  • Isa Medeiros Postado em 05/08/2022 - 11:04:57

    continua!!

  • Isa Medeiros Postado em 05/08/2022 - 11:04:48

    continua!!!!!!

  • Isa Medeiros Postado em 05/08/2022 - 11:04:10

    continua!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais