Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Harry Potter e a Pedra de Merlin | Tema: Harry Potter, Mundo Magico... Brumas de Avalon


Capítulo: Acerto de contas

32 visualizações Denunciar


Na primeira semana de janeiro Hermione já estava de volta. Quando ficou sabendo da trapaça de Malfoy, e de tudo o que ele havia feito para humilha-la, os garotos tinham que segurá-la toda vez que via o garoto. Mas Hermione teve um lapso de raiva uma semana antes do segundo jogo da Grifinória contra a Sonserina pela taça de quadribol, Hermione ficou cara a cara com ele e o acertou com um tapa bem dado no lado direito da face que fez Draco cair tamanha a força em pleno salão principal.


– Isso é por você me humilhar na frente de todo mundo me fazendo beber aquela poção... - dizia ela batendo nas mãos. Sara , Harry e Rony que vinham atrás vêem a cena e ficam paralizados.


Harry olha para Rony e Sara dá um tapinha nas costas dos dois. - Acho melhor vocês não implicarem mais com Hermione ou vão acabar como ele...


Rony continuava pasmo ao ver Hermione tão nervosa. - Cara... ainda bem que ela está do nosso lado.


Sara estava preocupada com o exame de aparatar, e ficava a maior parte do tempo trancada no salão comunal estudando com Hermione. Ao contrário de Rony e Harry que tiveram a surpresa de ver Olívio Wood em um dos treinos da equipe da Grifinória.


– O que é que ele está fazendo aqui? - perguntou Rony a Harry quando entraram no salão comunal.


– Quem? - perguntou Hermione.


– Olívio Wood... - respondeu Harry. - Ele está aqui...


– Será que não é pelo Campeonato Inter-Escolar? - falou Sara - Pelo que ouvi Gina ele estava em um time profissional...


– Mas e o Krum? - falou Hermione - ele é quem está no lugar da Madame Hook...


– Talvez seja incompetente demais... - falou Rony provocando Hermione que fez uma cara de despreso ao olhar para ele.


– Krum é professor de Vôo... - falou Harry.


– É melhor nos aprontarmos para o almoço temos aula com Hagrid agora a tarde...vamos Sara... - falou Hermione a garota.


– Vocês não vêm? - perguntou Sara se levantando.


– Vamos ... - falou Harry mas Rony o segurou.


– Depois... Temos que falar com a prof. Minerva esqueceu?


– O que vocês tem que falar com a minha tia? - perguntou Sara.


– Coisas de garotos... - falou Rony empurrando Harry em direção as escadas dos dormitórios.


Hermione não conversou com Rony durante o almoço e muito menos durante a aula de Trato de Criaturas Mágicas. Hagrid apenas sorriu quando Harry lhe contou o motivo da briga.


– Bom garotos e garotas, vamos começar. - disse Hagrid para a turma - Quero que façam duplas para podermos ver nossos novos companheiros de trabalho...


– Deve ser mais vermes como Hagrid... - disse Malfoy dando umas risadinhas para Crable e Goyle.


Sara olhou para ele com reprovação enquanto Harry abria a boca para responder mas Hagrid tomou a palavra - Não Sr. Malfoy são cobras como o Sr...


A turma toda caiu na gargalhada inclusive Harry - Onde é mesmo que estava.. Ah sim, Quero que façam duplas..


Malfoy foi para o lado de Sara - Sara, quer ter a honra de ser minha companheira?


Hagrid vendo a cena disse: - Sara e Harry venham me ajudar com essa lindinha aqui. Sara olhou para Malfoy e deu um sorrisinho cínico. Com isso Sara foi ao encontro de Harry e Hagrid.


– Obrigado Hagrid...- disse Sara o agradesendo.


– Eu não iria deixar uma garotinha legal ficar sofrendo com aquele filhote de basilisco.- disse Hagrid sorrindo - Além do mais...acho que você vai preferir a compania do Harry. - disse isso piscando para o garoto.


Sara ficou visivelmente rubra.


– Bom, meninos - disse Hagrid - Já estão em dúplas, então cada dupla pegue seu balde de iscas e dê alimento aos seus novos bichinhos.


– Bichinhos? - disse Rony - Só Hagrid mesmo para chamar essas coisas de bichinhos...


Hagrid vem para perto dos dois, com uma caixa com duas serpentes.- Quero que fiquem com essas duas, elas não são lindas? - dizia ele com carinho olhando para as sepentes. - São as minhas favoritas...Sara pode pegar um pouco de comida para elas? Estão ali....- apontava para um canto. - É melhor vocês darem comida as suas serpentes, ou elas vão acabar se matando....


– Argh...o que é isso Hagrid - disse Sara olhando para o balde que acabava de tirar a tampa. Harry olha dentro e vê uns cogumélos rosados com pelos negros em cima.


– São Horklumps, deêm isso ás suas serpentes, só assim elas não morderam vocês quando mandar pegá-las...


– Pegá-las? - Disse aterrorisada Emília Bolstrode - Elas vão arrancar meu braço.


– Elas são inofensivas... e tem que sentir seus novos donos. - disse Hagrid calmamente.


– Como assim, sentir seus novos donos... - disse Neville amedrontado - eu não vou querer tocar uma coisa dessas.


– Essas são serpentes domésticas, são criadas como bichinhos de estimação. Prof. McGonagall se ofereceu ao Ministério da Magia para ajudá-los com essas criaturas. Elas não são lindas?


– Lindas? - disse Sara - Eu ainda não endendi o conseito dessa palavra no dicionário de Hagrid.


Harry sorriu - Que tal darmos alguma coisa para elas? -disse ele pegando alguns Horklumps.


– Fazer o quê? não é? - disse Sara pegando um cogumelo com a ponta dos dedos.


– Odeio cobras... - falou Hermione quando Hagrid lhe deu a sua.


– Com o tempo você se acostuma... - falou Hagrid - e à propósito... Essa é Lola, e vai ser a sua Rony.


O garoto fez uma careta pois Lola não tinha uma aparência muito bonita. Era verde escuro com algumas manchas amarelas e vermelhas espalhadas pelo corpo, e olhos amarelos que davam medo.


– .... Ela é a minha preferida... - falou Hagrid com orgulho.


– E existe alguma que não seja sua preferida Hagrid? - perguntou Harry.


Uma hora depois os garotos sairam da aula de Trato de Criaturas mágicas, Harry e Rony foram até a torre da Grifinória pegar seu equipamento quando Simas Finigann chega furioso.


– Quem fez isso.... - dizia ele com um pedaço de pano nas mãos.


– Quem fez o quê? - perguntou Rony.


O garoto olhou para o Rony e lhe mostrou o pedaço de pano, pelo que os garotos viram era uma camisa mas estava em retalhos nele estava escrito algumas coisas ilegíveis.


Harry pegou o pano e olhou - O que é isso?


– Era a minha camisa.... - dizia ele furioso - E agora... alguém vai me pagar por ter feito isso.


– Você ouviu o Simas... Era uma camisa... - disse Rony.


– Estou falando das escritas... - Falou Harry a Rony.


– Prof. McGonagall vai ficar sabendo disso.... - continuava o Garoto indignado. - Como podem entrar no dormitório e pegar as minhas coisas... E justamente a camisa que eu mais gostava, a minha camisa da copa de Quadribol... Você não quer me vender a sua Harry? Você tem uma igualzinha....- Dizia Simas encarando Harry que disse que iria pensar.


– Isso é estranho... - disse Rony virando o pedaço de pano para tentar entender o que estava escrito.


– O que é estranho?- perguntou Harry


– Parece um recado mas... - disse Rony - Quem usaria uma peça de roupa do Simas para mandar um recado.


Hermione e Sara que acabavam de entrar no salão se aproximaram deles e Hermione disse - Deixa eu ver isso...


O garoto lhe entregou o pano.


– Pra mim isso não parece um recado... - falou Sara examinando o pano.


– E não é, quero dizer, isso não é um recado comum.- falou Hermione


Os garotos a olham intrigados.


– Então o que é? - disse Rony.


– Eu ainda não sei mas... vou falar com Simas. - disse Hermione saindo.


Tanto Hermione quanto Sara se preocuparam demais com aquela mensagem na camisa de Simas e Harry não entendia por que elas davam tanta importância para aquilo e além disso Harry estava preocupado demais com o seu segundo jogo, esse que prometia ser muito difícil, e derrotar o seu arqui rival Malfoy e a Sonserina era caso de vida ou morte para a Grifinória. Sara se tornara o braço direito de Harry, e o garoto estava cada vez mais confiante no time mas mesmo assim não poderiam deixar os jogadores acharem que ganhariam fácil, como no seu primeiro jogo contra a Lufa-Lufa.


– O que é que vocês estão fazendo aqui? - perguntou Harry vendo Sara e Hermione debruçadas sobre vários livros de Feitiços. - Temos aula de Adivinhação...


– Por onde andaram... Procuramos vocês por toda a parte... - falou Sara.


– Fale só por você... - dizia Hermione. Que como Harry pode perceber ainda continuava brava com Rony.


– Parece que a prof.Trelawney teve um chilique... - falou Sara.


– De novo? - respondeu Rony - com esse são praticamente 12 em 3 mêses...


– Eu é que agradeço... Estava cansada de servir de vidênte para ela....- falou Sara sentando-se novamente. - Por que não me disseram que ela achava realmente que eu previa o futuro?


– Mas você não previa... - falou Harry sentando-se ao seu lado - apenas lia a mente dela...


– Por falar nisso... Eu tenho que aprender a controlar minha mente... Não aguento mais...- disse Sara.


– Isso acho que você vai ter que descobrir sozinha... Ninguém de nós sabia como você fazia isso... - respondeu Harry olhando um livro com um pássaro enorme na capa. - O que estão fazendo?


– Procurando alguma coisa sobre aquelas escritas no que sobrou da camisa do Simas.... - respondeu Sara.


– E acharam alguma coisa?- perguntou Harry.


– Nada... - disse Hermione folheando "Azarações e Maldições Antigas".


– Então já que temos esse tempo livre... Vamos treinar para o jogo de sábado... - falou Rony puxando Harry pelo braço. - Temos muita coisa para planejar...


Harry se despediu das garotas e seguiu Rony até o dormitório dos garotos para pegar sua vassoura. Durante o jantar Harry percebeu que Sara e Hermione conversavam bastante, assim como todos os outros alunos da Grifinória. Mas o assunto não era outro se não a garota que fora atacada fazia um mês.


– Fora as crises Eleanora não faz mais nada... - falou Gina a Dino Thomas e Simas Finigam que estavam sentados ao seu lado. - Madame Ponfrey acha melhor levar ela para St. Mungus, até que descubram o que está acontecendo.


Para alegria dos alunos, Professora Sprout estava presente na estufa sete no outro dia pela manhã. - Fiz o que podia pela pobre Srta. Branstone... - falou a professora decepcionada.


A aula de Herbologia não fora ruim, mas não era a preferida de Harry. Aliás, o único que gostava realmente da matéria era Neville. Ele estava se esforçando bastante nesses últimos dias, e sempre que Harry e Rony entravam no dormitório, o garoto tinha a impressão de que Neville tentava esconder seja lá o que estava fazendo. Hermione também estava desconfiada de alguma coisa, o quê, é que Harry não sabia. .


– Será que Mione está achando que Neville tem alguma coisa à ver com aquilo? - perguntou Rony a Harry enquanto iam para o dormitório dos garotos.


– Não... Neville não seria capaz de fazer esse tipo de coisa... - respondeu Harry trocando de roupa e deitando-se na cama. - Mas tem alguma coisa acontecendo com o Neville.... E Hermione sabe... .


– Vamos Harry... - falou Rony abrindo as cortinas da cama de colunas de Harry - Temos aula com a McGonagall... Se chegarmos atrasados, já viu. .


Harry coçou os olhos e tateou a cômoda procurando seus óculos. .


– Por que está com tanta pressa para a aula de Transfiguração? - perguntou Harry tirando seu pijama. .


– Vamos aprender as técnicas básicas para aparatar... Ouviu... Vamos aprender a aparatar!!! .


– E daí... Algum dia tínhamos que aprender... .


– E além disso, sei que você quer aprender a ser um animago.... E falei com a Mione... Parece que a prof. Vai começar a nos ensinar... Claro... Como ela diz :"Aqueles que se dedicarem e forem capazes teram sucesso". - respondeu Rony imitanto a voz da professora. .


– Pediu desculpas a ela? - perguntou Harry. .


– Tive que fazer isso ou Sara iria contar que... - Rony ficou com as orelhas vermelhas e não conseguia terminar a frase. .


– Contar o quê? - Perguntou Harry já advinhando o que o amigo pensava.


– É que ela está me enxendo dizendo que brigo tanto com a Mione que parecemos dois namorados... Eu disse que não... E que não gosto tanto assim da Mione... Mas ela disse que depois que dizer para Hermione, eu não vou ter como provar já que ela lê a mente dos outros...– Por que é que eu não pensei nisso antes... - falou Harry tentando não rir da cara que Rony fez. - Olha pelo lado bom... Agora pelo menos vai ter ajuda nos deveres...– E quem disse que eu queria ajuda? - perguntou Rony - Estava me virando muito bem sem ela....– Com certeza... - falou Harry duvidando.Harry terminou de se arrumar e ambos seguiram para o café da manhã. Hermione como sempre estava sentada lendo o profeta diário uma notícia na capa chamou a atenção dos garotos. .


.


.


Bruxos se reúnem para o alinhamento dos Planetas.


Bruxos de todas as partes do mundo estão em euforia pelo alinhamento dos planetas. De acordo com todos os bruxos mestres em Aritmância e Advinhação é a época mais propícia para rituais e profecias. Muitos bruxos estão se reunindo no centro de Londres para o evento que so acontece a cada 100 anos. "É muito comum encontrarmos bruxos que acham que esse fenômeno pode ajuda-los com feiticos... - Diz o Mnistro da Magia-... Mas sabemos que e apenas mais um fenomeno natural que não infuência em nada na Magia." Vamos esperar o acontecimento para tirarmos nossas proprias conclusões.


– Que tipo de feitiço ele acha que se pode fazer com os planetas alinhados... .


– Ora.. Rony-fala Hermione com um ar de importância - qualquer bruxo sabe que tudo pode influênciar a magia. E sistema solar também influência... .


– Em quê? - perguntou Rony - Da última vez que minha tia decidiu fazer um feitiço usando a influência de algum planeta, ficou 50 dias internada em St. Mungus na ala de "Consequências de feitiços mal feitos". .


– E que tipo de Planeta ela usou para influênciar o feitiço? .


– Mercúrio... .


– Me desculpa Rony... Mas seus parentes não devem entender muito de influência... Qualquer bruxo que se prese sabe que Mercúrio não influência em nada a magia... Quero dizer... Por ele estar perto do Sol, que no caso é o astro maior, ele perde toda a sua força para ele. .


– Devia ter dito isso quando tia Frida decidiu arranjar um namorado...


– Ela devia ter usado Vênus.... - disse Hermione tentando segurar o riso.


– Se já acabaram com a discução poderemos voltar ao nosso café... Está quase na hora da aula. - disse Harry. - Onde está Sara?


– A professora Minerva pediu para que fosse até sua sala... - falou Hermione.


Harry, Rony e Hermione seguiram até o quinto andar para a aula de Transfiguração. A professora estava sentada atrás da sua grande mesa quando eles chegaram. Sara ainda não estava presente e por isso Harry estranhou.


– Você não disse que ela estaria aqui? - perguntou Harry a Hermione .


No que o garoto terminou de falar Sara entra correndo pela porta com uma folha entre as mãos .


– Ah.. Obrigado minha querida. - falou a professora a olhando por cima dos óculos - pode sentar-se. .


A garota sentou-se ao lado de Hermione e cumprimentou os garotos. .


– Onde esteve? - perguntou Hermione aos coxixos. .


– Fui até a sala do prof. Dumbledore pegar umas anotações para minha tia... .


– Tenho que dizer que para vocês poderem aparatar, é preciso consentração... - dizia a prof. Encarando a turma de alunos que olhavam admirados ela aparecer no outro canto da sala. - Não se pode aparatar em Hogwarts por isso para esta demonstração tive que assinar vários formulários para o Ministério. Para aparatar é muito fácil basta você se consentrar e dizer a palavra mágica "Transportus" e é claro pensar aonde você quer reaparecer. Agora repitam comigo "Transportus".


Todos repetiram atrás da professora, Hermione tentava sobre tudo anotar tudo o que podia ouvir. Sara apenas prestava atenção enquanto Rony e Harry ficaram nervosos com o que a professora dizia. .


– Agora vamos lá... Sr.... Weasley queira vir aqui por um momento. .


Rony olhou para Harry com os olhos terrivelmente arregalados de temor. Levantou-se e foi até a frente. .


– Bem... Sr. Weasley, quero que feche os olhos e pense em um lugar aqui dentro da sala, veja bem... Dentro da sala para fazermos o primeiro teste. Rony fechou os olhos e os apertava tentando se consentrar. .


– Agora pense em que lugar você quer ir.... E diga "Transportus".


Rony tentava se consentrar mas não conseguia, estava nervoso demais para prestar atenção em algo. .


– Vamos lá Sr. Weasley, é só fechar os olhos e consentrar no seu objetivo. .


Rony começou a pensar na sala de aula, e começou a sentir seu estomago dando voltas. Pensava em aparecer ao lado da mesa de Harry e Hermione mas uma palavra dita pelos presentes fez com que ele fosse parar em cima da mesa de Hermione. .


– Ahhhh!!! - gritou a garota com o susto.


– Muito bem Sr. Weasley, mas precisa se consentrar mais... Com um pouco mais de treino você consegue....


Rony desceu da mesa com as orelhas tão vermelhas que pareciam que tinha levado um biliscão em cada uma.


– Como é que é? - perguntou Hermione - Qual é a sensação? .


– Arrree, Hermione você vai fazer isso também.... - disse Rony enquanto a professora chamava Neville Longbottom para um teste. O garoto como sempre era desajeitado, acabou aparatando embaixo da mesa de Harry e Rony. Hermione como sempre conseguiu aparatar perfeitamente, Harry teve uns problemas com a localização que queria. Ele queria aparecer do lado da mesa de Sara, mas acabou aparatando próximo a porta. No entanto Sara foi a única que não fez as atividades e por isso Harry achou estranho. .


– Por que você não fez ? - perguntou Harry a Sara enquanto iam para o salão principal jantar. .


– Sei lá.... - respondeu Sara.


– E você não acha que deveria tentar? - falou Hermione. .


– Minha tia me deu umas dicas... Sabe naquela noite em que eu disse que estava com ela... - falou Sara - acho que ela percebeu que não gosto de fazer isso. .


– E por que? - falou Rony indignado - É a melhor coisa de ser um bruxo... Claro depois do Quadribol... .


– Deixa de ser tonto Rony... - respondeu Hermione zangada. .


– Então me mostra outras coisas boas que um bruxo pode fazer... .


– Venha comigo.... - falou Hermione puxando o braço do garoto. .


– Eles não tem jeito mesmo... - falou Sara vendo os colegas desaparecerem no fim do corredor. - O que você acha que Hermione vai mostrar ao Rony? .


– Vai saber.... - respondeu o garoto. .


Eles andaram até o salão principal Sara seguiu os corredores com Harry, o garoto subiu para a o dormitório pegar sua Firebolt enquanto Sara mergulhou nos livros de DCAT. Quando chegou, viu seu álbum de fotos aparecendo debaixo do seu travesseiro, o pegou e começou olhar a foto do seu padrinho Sírius. Um vazio tomava conta do seu peito e uma raiva tão grande começou a sentir no seu coração. Sírius foi a coisa mais próxima que já sentiu de uma família, e agora não o veria mais. .


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): vision2018

Este autor(a) escreve mais 2 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Durante toda a semana Harry não ouvia outro assuntou a não ser a transferência da aluna da Lufa-Lufa para o Hospital dos Bruxos. Agora pelo que o garoto havia ficado sabendo, suas crises estavam cada vez mais freqüêntes. Em todos os corredores podia-se notar o nome de Eleanora no meio das conversas, mas na véspera da prova de DCAT, os alunos da Grifinória só falavam de azara ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 5



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Magda Postado em 07/04/2019 - 20:22:27

    continua amore, ta otima!!

    • vision2018 Postado em 08/04/2019 - 08:53:27

      Mais um capítulo postado ^^. Espero que goste.

  • Magda Postado em 06/04/2019 - 22:07:24

    oie desculpa o sumiço! vou ler, continua :3

  • Magda Postado em 04/04/2019 - 16:41:08

    eu AMO HP!!! Vou começar a ler, continua

    • vision2018 Postado em 04/04/2019 - 20:38:37

      Com toda certeza vou continuar... a fic dos marotos é baseada na trama de um RPG que euera a ADM, e acabei usando como trama principal essa história do HP que eu já tinhakkkk por isso não é cópia viu? kkkk Só exclarecendo kkkk mas eu vou continuar pode apostar ^^



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...