Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: A Volta da Raposa | Tema: Zorro


Capítulo: 49. Um Ato Covarde Leva o Duelo ao seu Desfecho

102 visualizações Denunciar


Tudo aconteceu muito rapidamente e os expectadores precisaram de alguns instantes para compreender o que tinha acabado de se passar.


Depois do forte barulho, o que eles viram foi a jovem Lupita Robles caída no chão, ferida e sangrando, enquanto uma pistola, na mão do Capitão, ainda fumaçava do tiro recém-disparado.


Ele não trazia a arma consigo, mas a tinha tomado do soldado que o havia amparado depois do empurrão de Diego.  Logo depois, num movimento rápido e certeiro, ele disparou contra a moça completamente indefesa.


- Ela já estava me irritando e eu precisei calar a boca dela. – justificou-se friamente.


Todos ficaram perplexos com a atitude completamente inesperada de Monastário, mas se mobilizaram, quase que imediatamente, para socorrer Lupita. Diego, por sua vez, permaneceu estático observando a cena, enquanto Monastário ria, ainda com a arma em punho. No entanto, aquele já não era mais um riso normal. O Capitão parecia ter finalmente perdido o juízo por completo e seu ato covarde foi demais até mesmo para os próprios soldados. Então Garcia, juntando toda a coragem que possuía, deu voz de prisão ao seu comandante.


- Soldados, prendam o Capitão Monastário! – ordenou ele, mesmo ainda que sem muita firmeza.


Surpresos e confusos, os soldados não souberam como reagir diante aquela ordem e apenas se entreolharam.


- Não seja ridículo, Garcia! Eu sou seu comandante! – vociferou Monastário.


- O senhor é o meu comandante, mas não está acima da lei. – argumentou Garcia, agora com um pouco mais de convicção - Atirar em um civil completamente indefeso é um crime muito grave, principalmente para um oficial do exército. Capitão Enrique Sanchez Monastário, entregue sua arma e sua espada. O senhor está preso.


- Não me faça rir, seu gordo idiota. Soldados, prendam o Sargento Garcia por se amotinar contra seu comandante! – contraordenou Monastário.


Os soldados ficaram ainda mais pedidos, sem saber a qual ordem deveriam obedecer.


- Agora saia da minha frente, seu imbecil, porque eu tenho um duelo para terminar. – assim que disse isso, Monastário empurrou Garcia para o lado, conseguindo deslocar o soldado corpulento apenas poucos centímetros, mas não imaginou que logo em seguida seria atingido em cheio por um forte soco no rosto.


O soco não tinha partido do Sargento e sim de Diego, que havia conseguido se aproximar sem ser notado, usando o soldado grandalhão como escudo.


Ao receber o golpe, Monastário caiu atordoado e dessa vez não conseguiu mais se defender. Diego estava furioso e ao ver que seu oponente se encontrava desarmado, também jogou sua espada longe e decidiu terminar aquela disputa com os próprios punhos.


Antes que o Capitão pudesse se erguer, Diego desferiu outro soco furioso que o levou de volta ao chão e também lhe arrancou um dente. Dessa vez, o rapaz não deu chance para que Monastário conseguisse se recuperar e se lançou sobre ele.


Diego o agarrou pelo uniforme e começou a desferir socos e mais socos em seu rosto. O sangue de Monastário se misturava com o sangue que escorria pelo braço de Diego.


- Você gosta de torturar pessoas inocentes? Gosta de machuca-las e fazê-las sofrer? Gosta de humilhar a todos que são mais fracos que você? Gosta? Responda seu desgraçado! – gritava Diego enquanto o esmurrava, completamente fora de si. Pela primeira vez em sua vida, ele sentia uma raiva tão grande, que achava ser capaz de tirar a vida de alguém. Por sorte, Don Alejandro estava por perto para intervir e evitar uma tragédia.


- Pare, Diego! – gritou o velho fazendeiro desesperadamente, enquanto se aproximava lentamente com o auxilio de Bernardo.


Ao ouvir a voz de seu pai, Diego parou, mas seu coração continuava cheio de raiva.


- Eu preciso acabar com esse desgraçado de uma vez por todas, meu pai! – respondeu Diego, furioso. Ele estava ajoelhado sobre o corpo de Monastário e continuava o segurando pela gola do uniforme.


- Eu te entendo e sei que ninguém o culparia se fizesse isso, mas você não é assim, meu filho. Solte-o. Por favor. – pediu Don Alejandro quase que em súplica.


- Não, pai. Isso acaba hoje! – respondeu Diego seriamente.


- Não faça isso, filho. – disse Don Alejandro tocando carinhosamente o ombro de Diego. – Olhe para ele. Ele já não pode fazer mais nada contra ninguém. Isso já está acabado.


- Escute o seu pai, Don Diego. – concordou o Sargento Garcia – Não vale a pena mata-lo. Eu garanto ao senhor que ele será preso e terá o que merece.


- Ele já foi preso uma vez, Sargento. O senhor se lembra, não é? E veja o que aconteceu: nada. Ele voltou ainda pior para nos castigar. Quem me garante que isso não vai acontecer de novo? – retrucou Diego, ofegante pela raiva e pelos golpes que tinha acabado de desferir.


Garcia não respondeu, pois sabia que ele tinha razão. Sabia que Monastário tinha amigos importantes e que talvez pudesse se safar outra vez, mas ele não podia fazer nada além de tentar cumprir as leis.


Ainda não convencido de que a disputa já tinha acabado, Diego pegou a espada de Monastário que estava caída a poucos centímetros de distância, e pressionou a lâmina fortemente contra seu pescoço. Dessa vez, Don Alejandro precisou intervir com mais veemência.


- Pare, Diego! – ordenou seriamente.


Ao ouvir seu pai sendo tão severo, algo despertou dentro dele e ele se sentiu como um garoto desobediente. Seus olhos se arregalaram e ele jogou a espada longe. Ele parecia ter voltado a si e saído do transe de ódio que o tinha dominado por alguns instantes. Quando se deu conta do que estava prestes a fazer, sentiu medo e vergonha de suas próprias atitudes.


- Meu Deus, o que eu estava fazendo? – perguntou a si mesmo.


Ele olhou para o rosto ensanguentado do Capitão e quase não acreditou ter sido o responsável por tamanha violência, e então o largou. Apesar de tudo, Monastário estava consciente, mas completamente vencido.


- O que eu fiz? Perdoe-me, meu pai! – implorou Diego ao se levantar e ir em direção a Don Alejandro.


- Não há nada a ser perdoado aqui. Você sabe que é o meu herói, o meu orgulho e o orgulho de todo esse povo.


- Obrigado por ter me impedido de cometer um crime do qual eu jamais me perdoaria.


- É para isso que servem os pais. – disse Don Alejandro com um sorriso terno, enquanto abraçava o filho.


E com essas palavras, Diego se entregou vencido às lágrimas e ao abraço reconfortante do pai, enquanto todo o povoado de Los Angeles assistia àquela cena, comovido e guardando um silêncio respeitoso.


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Claen

Este autor(a) escreve mais 3 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

- Obrigado, Sr. Zorro. – agradeceu um dos moradores que não se acanhou em se aproximar de pai e filho. Muitos seguiram seu exemplo, até que uma multidão já se aglomerava ao redor de seu herói improvável: o almofadinha, o atrapalhado, o desajeitado, Diego de La Vega. Eles ainda custavam a acreditar que era verdade, mas era. Don ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 69



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Diva. Escritora Postado em 05/04/2020 - 19:32:41

    Aí mulher!! E esse final? Fico imaginando os filhos do Diego e da Lupita <3 e me deixou curiosa para saber se o zorro um dia voltará kkk Clean, eu amei ler sobre o zorro e queria poder ler muitas outras histórias suas, viu. E se puder escreva mais sobre o Sherlock também <3

    • Diva. Escritora Postado em 25/04/2020 - 23:43:06

      Ah que isso amore, foi um prazer. Isso mesmo, escreva, escreva e escreva kkkk por favor só me avisa quando for postar, quero muito ler suas outras histórias :)

    • Claen Postado em 06/04/2020 - 00:32:51

      Obrigada por aguentar firme e forte até o último capítulo :) Confesso que foi um verdadeiro desafio para mim chegar até aqui, porque nunca havia escrito uma história tão longa. Tenho mais algumas ideias e comecei a escrever alguns rascunhos de temas variados (incluindo o nosso amigo Sherlock). Quem sabe em breve eu tenha algo legal para publicar. Até mais! :D

  • Diva. Escritora Postado em 02/03/2020 - 21:42:01

    Aii vou sentir saudades do zorro, viu? To com o coração apertado igual o Diego :( e to bem ansiosa para vê o encontro do Diego e da Lupita <3 esperando um beijo deles!!

    • Claen Postado em 11/03/2020 - 21:45:10

      As coisas andam um pouco corridas por aqui ultimamente e estou meio sem tempo para escrever, mas prepare-se, porque o penúltimo capítulo já está a caminho.

  • Diva. Escritora Postado em 27/01/2020 - 12:51:10

    Ai eu não sei se fico feliz ou triste kkk não queria que o Zorro se aposentasse mas fico feliz que ele não foi preso :) Quero casamento da Lupita e do Diego hehehehe

  • Diva. Escritora Postado em 04/01/2020 - 11:22:15

    Ai não, será que ele vai prender o Zorro? Puxa, o Zorro poderia fazer algum serviço comunitário, algo do tipo. Ele não merece ir preso!! Esperando por mais :)

    • Diva. Escritora Postado em 27/01/2020 - 12:49:04

      Oii, olha eu não sou muito chegada no tema de fantasia mas eu leio qualquer coisa que você escrever hehehe

    • Claen Postado em 04/01/2020 - 14:25:54

      O destino do Zorro já está decidido. :D Agora, respondendo a sua pergunta, eu estou tentando escrever uma história (cheia de aventura, fantasia e heróis) de minha total autoria, mas é apenas uma ideia que está tomando forma. Escrevi uns 5 capítulos, mas ainda estou analisando e vendo os rumos que ela está tomando. Se começar a fluir legal, eu publico, senão, vai ficar escondidinha aqui no meu computador. haha

  • Diva. Escritora Postado em 12/12/2019 - 20:59:22

    Ai tomara que o governador assine algum decreto de que o Zorro é um justiceiro da lei hehehehe posta mais amore e desculpa a demora.

    • Diva. Escritora Postado em 04/01/2020 - 11:20:46

      Aí só mais três, vou sentir muita saudade. E por acaso você vai começar outra fanfic?

    • Claen Postado em 14/12/2019 - 12:53:13

      Oi! Fico feliz em saber que ainda está acompanhando! Vim agradecer e avisar que a aventura do Zorro está chegando ao fim, mas continue por aí, que ainda teremos mais uns 3 capítulos pela frente. :)

  • Diva. Escritora Postado em 19/11/2019 - 14:32:39

    Eiita não esperava por essa :o cara, o Arturo tá metido nisso? Quero só vê o que vaia acontecer agora hehehe

    • Claen Postado em 20/11/2019 - 12:45:45

      :o Danadinho esse Arturo. hahaha

  • Diva. Escritora Postado em 04/11/2019 - 22:24:02

    Esses dois poderiam virar atores kkkkk ai to super feliz que agora o Monastário vai pagar pelo mal que fez ;) tenho certeza que o Governador não vai passar panos quentes nisso.

    • Diva. Escritora Postado em 19/11/2019 - 14:33:03

      Huum, vou aguardar então :)

    • Claen Postado em 05/11/2019 - 17:03:01

      Não se preocupe, porque o que é dele tá guardado. ;)

  • Diva. Escritora Postado em 20/10/2019 - 22:01:37

    Espero que o governador prenda o Monastário beem longe dali!! E que ele reconheça os esforços do Zorro em ajudar a cidade :) posta mais amore.

    • Diva. Escritora Postado em 04/11/2019 - 21:57:40

      Puxa amore que coisa chata :( mas tenho certeza que logo você vai achar outro <3

    • Claen Postado em 21/10/2019 - 17:10:50

      Oi! Eu ando meio deprê pra escrever, porque fui demitida da empresa onde eu trabalhei por 15 anos. A ficha ainda está caindo :( Mas não se preocupa não, porque essa fanfic vai conseguir chegar ao seu final! :)

  • Diva. Escritora Postado em 11/10/2019 - 20:52:39

    Maannooo!!! Ele deu um tiro na Lupita :o adorei quando o Zorro deu uma surra nele. E eu espero que o Governador mande ele ficar preso por muuuito tempo. Ahhh!!! E o Zorro e a Lupita <3 quero um casamento no casarão do Diego e com todo o povoado kkkkkkk

  • Diva. Escritora Postado em 02/10/2019 - 19:30:24

    Ai meu senhor!! O que esse monstro vai fazer agora?? Será que ele vai pegar a Lupita de refém? Posta mais Claen!!!

    • Claen Postado em 03/10/2019 - 13:37:36

      Aguarde as cenas do próximo capítulo kkkk



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...