Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: La Descarada – Vondy | Tema: Vondy


Capítulo: Capítulo 92

109 visualizações Denunciar


Bufando, Christopher fechou os olhos, jogando a cabeça para trás no encosto de sua cadeira. Sentia a cabeça doer pelo esforço das horas de trabalho sem pausa.
Após a saída de Marcus da gestão do hotel de Nova Iorque, Christopher decidira fechá-lo por algumas semanas até que tudo achasse o seu lugar outra vez. Agora, com a reinauguração tão próxima, ele tinha que manter contato com cada setor para que tudo saísse impecável. O arranhão que Marcus causara na imagem dos hotéis Uckermann finalmente seria reparado.


Christopher ainda estava de olhos fechados quando escutou vozes alteradas fora de seu escritório. Ele mal se levantou para averiguar o que estava acontecendo quando uma Dulce raivosa irrompeu pela porta. Seus olhos encontraram os dela e a surpresa que ele estava sentindo logo foi substituída pela irritação.


– Senhor, eu juro, que tentei impedi-lá! – uma das recepcionistas justificou, ofegante por correr atrás da mulher. – Avisei que o senhor não queria ser incomodado!


– Você é uma abusada! Tá querendo levar uma justa causa, é? Fique sabendo que se eu quiser você tá na rua!


– Mas, senhora...


– Ela só está cumprindo ordens, Dulce. – Christopher interrompeu, grosso. – Pode ir. – a mulher obedeceu, amedrontada, fechando a porta ao sair.


– Christ...


– O que faz aqui? – interrompeu, frio.


– Então vai ser assim? Vai ficar me tratando assim por conta de uma mentirinha? – indagou, magoada, dando alguns passos em sua direção.


Christopher a observou, tentado a ceder aos seus encantos por alguns segundos, mas logo retomou a consciência. Dulce era linda, envolvente, esperta, o deixava louco de amor e de tesão. Nada a denunciava. A aparência de anjo jamais entregaria o quão ruim ela era. Mas ele já havia tido o gosto do quão má Dulce poderia ser, não poderia se fazer de cego diante da verdade.
Uma mentirinha é capaz destruir vidas. E não foi só a mentira contada para Alfonso. Dulce traiu Anahí. Aquela a quem ela chamava de melhor amiga. Qual era a sua garantia de que ela era sincera quando dizia que o amava? Nenhuma. E ainda tinha a forma como ela havia lhe confessado tudo, como se brincar com a vida das pessoas não significasse nada.
Traiçoeira, era o que ela era. Apenas esperando o momento certo para dar o bote.


E, apesar de saber de tudo isso, Christopher ainda a amava. Raiva e desejo. Ela era capaz de levá-lo do céu para o inferno em questões de segundos, tornando-o um viciado na adrenalina que era aquele amor doentio.


– Veio até aqui para bater na mesma tecla? Então pode ir embora. Nada do que me disser vai me convencer de que não é uma dissimulada. – disse, sua voz carregada de ressentimento.


– Vai se arrepender de estar me tratando assim, Christopher, porque depois do que eu te contar, você terá que me pedir perdão de joelhos!


Christopher estreitou os olhos em sua direção, esperando que continuasse.


Com uma falsa calma, Dulce retirou se dentro de uma bolsa grande a barriga de silicone deixada por Catarina em sua casa.
Confuso, Christopher acompanhou com o olhos os movimentos bruscos da mulher ao jogar a barriga sobre a mesa.


– Esse...– apontou, trêmula. – é o seu filho! Ela te enganou, Ucker, a Catarina te enganou esse tempo inteiro! Você me colocou de lado por causa de uma criança que não existe!


Christopher vacilou, como se tivesse levado um empurrão, abalado, sem entender a declaração da mulher à sua frente.


– Que merda é essa, Dulce? – rosnou, desacreditado.


– Eu estou dizendo a verdade! Ela não está grávida, nunca esteve! – afirmou, pulando de surpresa quando Christopher se aproximou rapidamente e a agarrou pelo braço, usando a outra mão para segura-lá pelo queixo, mantendo-a cativa.


– Cala essa boca! – ordenou, sombrio, seu olhar queimando sobre ela. – Por Deus, Dulce, que porra, não me faça cometer uma loucura! Eu não vou deixar você usar o meu filho para as suas armações! Merda, por que quer tanto arruinar minha vida?!


– Pense um pouco, eu não seria burra ao ponto de inventar uma coisa dessas. Não diga isso, eu nunca quis ferrar com a sua vida, eu te amo. Não posso deixar que continue sendo feito de idiota. – grunhiu, tentando se livrar de seu aperto e falhando. – Catarina foi até a minha casa hoje, ela sabe sobre nós dois. Não sei como, mas ela conseguiu os vídeos das câmeras de segurança do prédio onde fica o seu apartamento. Nós discutimos e acabamos rolamos no chão, foi quando eu vi...eu vi que ela não tinha mais barriga, que a falsa havia caído. – conforme as palavras iam saindo de sua boca, Dulce sentia os dedos de Christopher se apertando ainda mais em volta de seu maxilar, tornando mais difícil a sua fala. – Ela me ameaçou, Ucker, disse que vai contar tudo ao Cristiano. Eu juro, acredita em mim. Catarina nunca esteve grávida. Foi tudo um plano para evitar o divórcio.


Atordoado, ele se afastou bruscamente da mulher, fazendo movimentos negativos com a cabeça.


– Isso é loucura! Porra, não é possível! – esbravejou, possesso. – Eu mesmo fui com ela para fazer o exame de sangue! Eu vi a porra do positivo com os meus próprios olhos!


– Tudo o que eu disse é verdade! Olha só o que ela me fez! – retirou a jaqueta jeans que usava, apontando para o braço ensanguentado coberto por um tecido branco. – Se ainda sim, não acredita. Faça o teste, vá atrás, peça para ir a uma ultrassonografia ou, simplesmente, tocar na barriga dela.


Preocupado, Christopher tentou se aproximar para averiguar o ferimento, mas Dulce ergueu a mão para que ele ficasse no lugar.


– Não se aproxime, eu não quero a sua pena. A única coisa que eu quero, Ucker, é que você resolva essa situação como o homem que eu sei que você é!


Ainda sem acreditar, Christopher suspira pesadamente e se vira de costas, apoiando as mãos sobre a mesa. Suas costas subiam e desciam rapidamente por conta da respiração forte.


– Cristiano não pode saber sobre nós. Pelo menos, não ainda. – ela continuou, voltando a vestir sua jaqueta. – Ele não iria suportar.


Um silêncio se instalou e, de repente, Christopher socou a estrutura de madeira da mesa com força. Dulce se encolheu pelo susto.


– E você acha que eu estou suportando? – indagou, virando-se para encara-lá. – Em? Tem ideia do quão emocionalmente fodido eu estou desde que me apaixonei por você? Desde quando fui um egoísta de merda e trai o meu irmão?


– Ucker...


– Foda-se, Dulce. Eu não aguento mais. A única coisa que ainda me mantinha esperançoso de que eu te superaria era o meu filho e agora existe a possibilidade dele nunca ter existido. Eu não sei se vou ser capaz de me controlar se essa merda for verdade. Então para de pensar só em você e em como vai sair prejudicada se o Cristiano souber de nós dois!


– Como tem coragem de me chamar de egoísta quando tudo o que eu fiz foi vir aqui te avisar que está sendo enganado?! Eu poderia muito bem deixar que Catarina continuasse com a farsa já que tudo o que você tem feito ultimamente é me desprezar!


– Acha que eu não sei que só veio me contar porque quer que eu impeça Catarina de abrir o bico e porque acha que eu vou voltar com você? Agora eu te conheço o suficiente para saber que você só age movida por seus interesses próprios, menina. Não está nem aí para o Cristiano. – grunhiu, balançando a cabeça. – Porra, que merda, vai embora. Eu quero ficar sozinho.


– Como quiser.  – disse, entredentes, batendo a porta com força ao sair.


Mais que depressa, Christopher procurou e encontrou o número da clínica a qual ele havia levado Catarina para fazer os exames. Quando a recepcionista lhe disse que sua esposa não havia voltado para fazer o acompanhamento da gestação em todos aqueles meses, a sua ficha caiu. Mas ainda não era o suficiente, ele precisava da confirmação.
Demorou um pouco até que a linha fosse transferida para Juliana Castilho, a obstetra responsável pelo resultado do exame.


– Boa noite, senhor Uckermann. – a mulher saudou, sua voz vacilante.


– Péssima noite, eu diria. Diga-me, Juliana, eu pareço um idiota para você? – questionou com uma calma assustadora.


– Não entendi, senhor.


– Se ficar se fazendo de desentendida, será pior. Escute bem, eu te darei uma, somente uma, chance de me dizer toda a verdade. E então, se você for obediente, eu pensarei num jeito menor pior de acabar com a sua vida. Entendeu?


Quando não houve resposta, Christopher perdeu a paciência, sendo mais rude ao voltar a perguntar:


– Eu perguntei se você entendeu!


– Sim. – balbuciou, nervosa.


– Muito bem. Agora, me diga, há seis meses, minha esposa saiu daí grávida ou não?


Mordendo os lábios, Juliana engoliu em seco antes de responder em um fio de voz.


Não. Ela nunca esteve grávida, eu forjei o exame. Senhor Uckermann, por favor, não me denuncie. – implorou, engasgando com o próprio choro. – Eu só fiz por consideração a sua mãe. Ela me ajudou muito no passado.


– Espera! Minha mãe?! Cacete, claro, eu deveria imaginar que Alexandra está envolvida nisso.


Eu não tive a intenção de enganá-lo, por favor, me perdoe. Minha carreira como médica é tudo o que eu tenho. – choramingou.


– Deveria ter pensado nisso antes de infringir a lei. Aguarde a visita do meu advogado. – disse, antes de desligar sem esperar resposta.


Christopher precisou de alguns segundos para processar as informações antes de se levantar. A raiva era tanta que ele mal percebeu quando chegou em casa, estacionou o carro de qualquer jeito na garagem e partiu em busca de Catarina. 


 


Gente, vocês estão gostando? Perdemos 1 favorito :((


Volto quando tiver comentários, beijos


 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): manuhuckermann

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

Sentada em uma das poltronas da sala de visitas, Catarina tentava conter o nervosismo antes da chegada do marido. Depois do banho, ela vestiu roupas limpas, cobriu os arranhões de seu corpo com maquiagem e substituiu a barriga de silicone perdida por outra, queria aparentar normalidade. Tinha vontade de confrontar Christopher, colocá-lo na parede, tamanha era a ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 300



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • candyle Postado em 11/11/2019 - 17:30:28

    Ai Mds o que será que essa louca vai fazer?! Continuaaa *-*

  • BGOMES Postado em 11/11/2019 - 14:53:25

    Ai deus acho que ela vai atras do Cristiano pra contar sobre dulce e chistopher .. e tentar algo cm a dulce

  • camilaaya Postado em 11/11/2019 - 14:34:23

    Algo de ruim a Dulce acho que vai ser Ou ela vai entregar a vdd

  • bruninha_lindinha Postado em 10/11/2019 - 11:38:37

    Eu acho que a Catarina vai tentar fazer algo com a Dul, pode até ser q tente matar a Dul.... Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa Plisssssssssssssssssssssssssssss

  • mari_vondy Postado em 10/11/2019 - 08:13:45

    continuaaaaaaaa, acho que ela vai tentar matar a Dulce

  • camilaaya Postado em 09/11/2019 - 21:11:56

    Menina que eu tô passada com esse capítulo, ansiosa por mais

    • manuhuckermann Postado em 10/11/2019 - 00:21:55

      Postado!! <33

  • candyle Postado em 08/11/2019 - 23:04:33

    Tô adorando, a vaca da Alexandra foi descoberta tbm hehe Continuaaa *-*

    • manuhuckermann Postado em 10/11/2019 - 00:21:36

      A hora dela vai chegar kkk postado!! <3

  • bruninha_lindinha Postado em 08/11/2019 - 19:08:27

    Leitora nova, estou amando.... Continuaaaaaaaaaaaa plissssssssssssssssssssss

    • manuhuckermann Postado em 10/11/2019 - 00:21:16

      Bem vinda!! Postado!! <33

  • BGOMES Postado em 08/11/2019 - 16:43:41

    Não demore por favor :D

  • BGOMES Postado em 08/11/2019 - 16:43:05

    Ai continuaaa pelo amor de Deus.. eu adoro essa fic cada dia mais interessante

    • manuhuckermann Postado em 10/11/2019 - 00:20:55

      Obrigada!! Esses comentários me incentivam tanto. Dessa vez não demorei né kkk postado!! <3



AVISO

BAIXE O APP PARA ANDROID - https://fanfics.com.br/download/FanficsBrasil.apk

 

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

Não conseguimos todo o dinheiro necessário para pagar o DataCenter.


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...