Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Melhor Que Já Tive - Vondy (finalizada/adaptada) | Tema: Vondy, HOT


Capítulo: Capítulo 9

257 visualizações Denunciar


MAIO 26 / 7:40 PM


Dulce Espinoza


Eu sabia que depois do terceiro copo de vinho tinto estava no meu limite. O quarto copo tinha sido uma decisão idiota, mas ele estava sorrindo com a minha descrição animada daqueles que acreditam que a terra é plana e era tão raro esse novo Christopher mais escuro sorrir que eu senti como se tivesse conquistado a besta toda vez que seus lábios se curvavam. Era como se eu desejasse ver. Eu estava embriagada, mas tinha certeza de que, se estivesse completamente sóbria, me sentiria da mesma maneira.


A mão de Christopher estava descansando no meu braço enquanto eu reclinava de volta em seu peito. Depois de jantar, tomamos nossas bebidas no sofá e continuamos nossa conversa sobre a crença na terra plana e o quão ridículo isso parecia. Então se transformou em um debate sobre o homem caminhando na lua e se realmente aconteceu. Em algum momento entre o quarto copo de uísque e o terceiro copo de vinho, ligamos a televisão e onde eu havia deixado Game of Thrones em pausa apareceu na tela.


Christopher me olhou como se ele tivesse me pegado numa travessura antes de pressionar o play. Eu tive que explicar várias coisas para ele, mas ele parecia estar envolvido e entendendo o que estava acontecendo. Ele estendeu o braço e me disse para me recostar. Eu fiz isso sem questionar. Foi assim que terminamos dois episódios e o resto de nossas bebidas.


Meu foco não estava no programa, mas em como ele cheirava bem. Quão duro era seu corpo e quão perto sua mão descansava no meu peito direito. A luxúria levantou sua cabeça e eu sabia que minha respiração estava um pouco rápida. Embora eu estivesse tentando controlá-lo e não me empolguei demais com minha imaginação. Eu sabia que deveria encerrar a noite, oferecer a ele o quarto de hóspedes, pois ele bebeu demais para dirigir e já era tarde, e depois me levantei antes que eu fizesse algo estúpido. O vinho havia piorado as coisas e eu sabia disso.


O próximo episódio estava prestes a começar quando Christopher se afastou de mim e eu o vi pousar o copo. Apenas a pequena distância e espaço entre nós me decepcionou. Eu estava tentando me levantar, mas a mudança real dele não tinha sido algo para o qual eu estava preparado. Antes que eu pudesse aceitar que nossa noite havia terminado e esse calor delicioso que eu tinha passado nas últimas horas e meia, ele se recostou e voltou à sua posição.


O necessitado me aconchegou de volta contra ele como um maldito cachorrinho. Eu deveria estar com nojo de mim mesma, mas isso era bom demais para me importar. Inspirei profundamente e o cheiro dele fez meus mamilos endurecerem. Eu estava me perdendo na minha pequena fantasia sexual. O vinho era para agradecer por isso. Não que fosse preciso vinho para me fazer querer Christopher Uckermann. Eu o queria sem o vinho. Mas o vinho me deixou pegajosa e incapaz de agir como se eu não estivesse querendo rastejar por cima dele.


"Dulce." Sua voz era mais profunda e rouca que o normal. Estremeci um pouco e apertei minhas coxas. "Continue assim e eu vou te foder neste sofá."


Eu congelo. Só por um segundo. A palavra foder me assustou tanto quanto me excitou. Nenhum homem jamais me avisou que estava prestes a me foder. Uma garota normal deveria se ofender com isso, certo? Quem queria saber que eles seriam fodidos?


Eu.


Aparentemente, eu queria que Christopher Uckermann me dissesse que ele ia me foder. Porque eu literalmente gemia com antecipação e agarrei sua camisa no meu punho como se eu estivesse tendo certeza de que ele não fosse embora e que ele seguisse com sua ameaça.


Ele virou o corpo lentamente e depois se moveu sobre mim até que eu estava deitado de costas e ele estava olhando para mim. "É isso que você quer?" Sua voz era dura e exigente. Isso só me deixou mais louco. "Você quer que eu te foda?"


"Sim", eu sussurrei meus olhos fixos nos dele.


"Diz. Diga que você quer que eu te foda.” Ele passou a mão na minha coxa e continuou por baixo do vestido que eu estava usando.


"Eu quero que você me foda", eu disse as palavras que ele queria e sorri maliciosamente. Ele queria que eu pedisse, então eu jogaria esse jogo.


Ele rosnou e a lenta facilidade com que ele se movia mudou. O vestido foi levantado e levantei minha parte superior do corpo para que ele pudesse removê-lo completamente de mim. Eu fiquei com nada além das calcinhas de renda branca que eu escolhi, não pensando que ele as visse, mas porque elas me faziam sentir bonita. Ele parou e seus olhos observaram meus seios e estômago antes de passar para a calcinha. As duas mãos dele alcançaram os lados da renda e eu levantei meus quadris para que ele pudesse deslizá-los pelas minhas pernas. Ele fez isso rapidamente, não me dando tempo para me ajustar à minha repentina nudez.


Eu estava nua. Nada escondido dos olhos dele. Eu corei, mas o calor em seu olhar faminto foi a causa, não vergonha. Ele queria isso tanto quanto eu. A dor entre minhas pernas ficou mais forte e eu me mexi embaixo dele em um apelo silencioso. Ele abaixou a cabeça em resposta e lambeu meu mamilo esquerdo antes de puxá-lo em sua boca e chupar com força. Meu grito de prazer o fez morder quando ele moveu a mão para deslizar entre as minhas pernas e passar um dedo deliberadamente sobre o meu clitóris sensível. A dor aguda da mordida misturada com a satisfação de seu toque desejado me deu um sobressalto requintado.


"AH", exalei com um grito alto. Sua boca se moveu para o meu peito direito para chupar, mas sua mão continuou me provocando com dedos grandes e ásperos. Deslizando sobre o calor lá e me deixando mais louca de desejo do que nunca.


"Isso", ele disse, enfiando um dedo dentro de mim enquanto segurava meu olhar. "Você me quer aqui dentro?" ele estava perguntando novamente. Eu tremia embaixo dele como um maníaco necessitado. O que mais ele exigia como afirmação, eu queria que ele me fodesse. Assim como ele já me perguntou. Eu estava disposta e implorando. Se ele não o fez logo, eu posso morrer.


"Sim!" Eu parecia tão desesperada quanto me sentia.


"Controle de natalidade?" ele perguntou enquanto desabotoava o jeans, mantendo os olhos em mim.


Eu balancei a cabeça. Embora nenhum homem tivesse entrado em mim sem camisinha. Eu era muito rigorosa com a segurança. Eu deveria contar a ele. Eu deveria exigir que ele usasse um... Mas percebi naquele momento, por pior que fosse Christopher Uckermann, confiei nele. Com isso, eu confiei nele.


Ele agarrou minha perna esquerda e a puxou mais alto na dobra do braço. Nossos olhos se seguraram enquanto ele balançava os quadris e me encheu com um impulso firme.


O trecho de sua entrada me fez ir de sons de gratidão a implorar por isso. Ele era grosso e isso me esticou. A dor de seu tamanho, no entanto, era emocionante mais do que qualquer outra coisa. Eu nunca tive um homem em mim com um pau tão grande. Havia algo a ser dito sobre isso e eu poderia me tornar viciada. Cada impulso tocou o ponto certo sem que eu tivesse que manobrar meu corpo para ajudá-lo. Quão incrível foi isso? Perdi-me a sensação de não ter certeza de que sobreviveria a isso. Quanto prazer uma pessoa poderia experimentar antes que fosse demais?


"Puta merda, você é molhada", ele gemeu, olhando para mim. Suas pupilas eram grandes e a escuridão em seus olhos parecia quase sinistra. Foi emocionante. Aquele brilho sinistro me encarando. Seu corpo cobrindo o meu. "Tão malditamente molhado", ele amaldiçoou, mas havia satisfação em seu tom.


Suas descrições grosseiras do meu sexo me enviaram direto para o meu primeiro orgasmo. Eu arqueei minhas costas debaixo dele e agarrei seus braços quando ele explodiu dentro de mim. Eu nunca tive um orgasmo assim. Antes deste momento, todos os meus orgasmos eram de contato direto com meu clitóris. Este não era, e senti mais umidade lubrificar nossa união. Eu tinha feito isso? Meu corpo tremeu com a experiência. Não consegui pensar mais. Seu hálito estava quente no meu ouvido. Eu senti seus lábios roçarem contra minha têmpora. Meus olhos ainda não se abriram e o calor da respiração dele contra o meu pescoço me fez tremer.


"Essa é apenas o primeiro, querida. Eu não terminei com essa buceta doce. Parece bom demais. Não tenho certeza se posso parar de foder.” Suas palavras fizeram exatamente o que ele sabia que elas fariam.


Acendeu o fogo dentro de mim novamente. Quantas vezes ele seria capaz de fazer isso? Enquanto eu ofegava e agarrava seus bíceps, ele bombeava com mais força em mim. Eu podia ver o mesmo desespero insano em seus olhos que eu senti, e eu levantei meus quadris para encontrar seu impulso. Fome de estar lá novamente. Comecei a gritar o nome dele quando entrei em um belo caos no fundo e passei pelas ondas de prazer sem saber de nada, exceto o quão impressionante era isso.


Eu estava fraca quando desci de volta à terra, mas quando Christopher saiu de mim, meus olhos se abriram e eu quis protestar. Antes que eu pudesse formar palavras para dizer a ele que queria mais, ele estava me levantando e me virando para me inclinar sobre as costas do sofá. Meu estômago pressionou contra as almofadas e suas mãos agarraram minhas coxas e afastaram minhas pernas. Entendi então o que ele estava fazendo, e me inclinei mais para frente e empurrei minha bunda na direção dele.


Suas mãos grandes agarraram minha cintura com força, e ele se moveu por trás de mim. Com um empurrão duro, ele me puxou de volta quando ele bateu em mim. Me esticando novamente com seu comprimento duro. Me fazendo gemer alto com a minha ganância por mais do que ele poderia me dar. Ele agarrou a parte de trás do meu cabelo com uma mão e apertou meu quadril com a outra. O controle da maneira como ele lidou comigo deve ser assustador. Mas não foi. Christopher era diferente. Ele não era o mesmo cara que eu já conheci, mas confiei nele sem questionar.


"Você me pediu para te foder", disse ele com um tom áspero que me fez tremer. Eu gostei quando ele falou assim enquanto estava dentro de mim. "Agora eu acho que não consigo parar", ele avisou quando começou a se mover mais rápido com golpes tão duros no tapa de nossos corpos enquanto bombeava dentro de mim ficando mais alto. Como fez seus gemidos. "Sim, porra, sim, Deus, sua bunda é perfeita." Ele segurou minha bunda nas mãos. "PORRA!" ele gritou quando o calor de sua libertação disparou dentro de mim. O calor, a maneira como seu corpo tremia, a umidade crescente agora nos revestindo, ambos me enviaram para o terceiro e último orgasmo. Antes que a escuridão me envolvesse e me puxasse para baixo. A liberdade de me deixar levar era linda.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 52 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

MAIO 27 / 5:03 AM Christopher Uckermann Estava vestido por mais de trinta minutos. Eu já deveria ter saído. Foi a coisa certa a fazer por nós dois. Dulce foi sem dúvida o melhor sexo que já tive na minha vida. Não houve nem um segundo próximo. Estar perto dela me facilitou e me deu uma paz que se tornou tão estranha p ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 130



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ana_vondy03 Postado em 14/05/2020 - 07:54:09

    Aaaa cheguei atrasada para o final, mas só posso dizer que amei poder acompanhar mais uma de suas histórias!

    • Dulce Coleções Postado em 16/05/2020 - 18:50:25

      Kkkk quem não é atrasada na vida kkkkk, que bom q gostou Aninha *-*

  • juliaf Postado em 13/05/2020 - 08:53:05

    nossa caiu uma lágrima aqui, final perfeito como sempre, você arrasa ♡

    • Dulce Coleções Postado em 13/05/2020 - 18:42:15

      Assim eu choro *-*, muito obrigada por ter acompanhado a história e gostado.

  • ttm Postado em 12/05/2020 - 20:11:31

    adoreeei o fim sz

    • Dulce Coleções Postado em 13/05/2020 - 18:41:48

      Fico muito feliz por ter gostado*-*

  • ana_vondy03 Postado em 10/05/2020 - 19:36:25

    Aaaaa não! Ja é o penúltimo! Vo chora! Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:51:35

      Vamos nos abraçar e chorar juntas Aninha

  • 🌹Queen🌹 Postado em 09/05/2020 - 19:22:38

    Mds o penúltimo. Vou choraaar

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:51:12

      Já estou deitada em posição fetal aqui

  • juliaf Postado em 09/05/2020 - 17:56:16

    Aaaaaaa eu sumi alguns dias e já está no penúltimo capítulo, eu to amando essa reta final,continue a escrever estou ansiosa pelo desfecho e pra ler novas fanfics suas. Bjoo sua linda

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:49:57

      Ain, vamos deitar em posição fetal e chorar cm o último capítulo... Com o fim dessa hj, hj msm já começarei outra aqui.

  • Dulcete_015 Postado em 09/05/2020 - 17:33:28

    Continuaa

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:48:48

      Continuando

  • ana_vondy03 Postado em 07/05/2020 - 19:12:57

    Aí deus! Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 09/05/2020 - 17:16:02

      Continuando amore

  • jujuflor Postado em 07/05/2020 - 01:10:12

    Leitora nova estou lendo a sua fic mas não cheguei onde está, mas creio q mais tarde eu chego, mas já estou amando oq estou lendo... Continuaaaaaaaaaaaaaa plisssssssssssssssssss

    • Dulce Coleções Postado em 09/05/2020 - 17:15:51

      Aí q bom q esteja gostando... Pena q só falta 2 capítulos pra acabar;-;

  • ana_vondy03 Postado em 04/05/2020 - 22:48:50

    (Só espero q ele n faça a burrada de abandonar a Dul) Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 06/05/2020 - 19:55:11

      Ele q não seja doido kkkkk



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...