Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Melhor Que Já Tive - Vondy (finalizada/adaptada) | Tema: Vondy, HOT


Capítulo: Capítulo 12

240 visualizações Denunciar


JUNHO 07 / 7:27 PM


Christopher Uckermann


"Cruz vai se arrepender de ter um convite enviado para mim quando o irmão dele pular pela janela", eu murmurei para Bliss enquanto estávamos dentro da grande área do salão de baile para onde fomos direcionados.


Bliss cortou os olhos para mim. "Eu não acho que este lugar tenha uma janela alta o suficiente para ele realmente causar danos", ela sussurrou de volta. "Ele pode simplesmente se afogar na piscina chique que eles têm aqui."


Nate estava conversando com Woods Kerrington, que estava parado na entrada cumprimentando os convidados. Woods era o pai de Cruz e Blaze. Ele também era dono do clube. Seu avô construiu o local. Bliss e eu não tínhamos crescido neste mundo com essas pessoas e, embora tivéssemos sido criados com um estilo de vida mais rico do que a média, esse era outro domínio para nós. O um por cento enchiam o lugar e isso me fez querer uma cerveja e meu jeans. Uma multidão muito tensa para mim.


Olhei para o meu direito de ver Saffron ainda trabalhando para chamar a atenção de Blaze. Ele era o motivo de ela estar aqui. Eu viria porque era egoísta e queria ver Dulce. Saffron fez um trabalho de detetive e descobriu que eu tinha um convite. Ela me desgastou por uma semana até eu concordar em trazê-la. Além disso, deu a Holland, sua irmã gêmea, uma noite de sexta-feira livre de qualquer limpeza de Saffron. Normalmente, Holland tinha que pegar Saffron em um bar ou libertá-la da prisão nas noites de fim de semana.


Eu não era parente dos Corbins, mas eles eram como família. Eu sempre vi as gêmeas como minhas irmãs. Embora se uma de minhas irmãs agisse como Saffron, eu a trancaria no sótão até os trinta anos. A garota era cansativa.


Blaze tinha uma multidão ao seu redor e o que parecia ser um encontro dele pendurado no braço direito. Boa sorte com isso, Saffron, pensei. Não que isso a impedisse. Ela veria a outra garota como um desafio. A outra garota possivelmente perderia. Dependia de como essa crosta superior funcionava e se a Saffron poderia lidar com os diferentes tipos de impostos.


"Vamos, vamos para a mesa que Woods disse que estava reservada para nós. Nós ficamos aqui para beber e se misturar, então as pessoas da produtora falam e Blaze também antes de sairmos para ir ao teatro”, Bliss me explicou. Agarrei o cotovelo de Saffron para chamar sua atenção e depois acenei com a cabeça em direção a Nate e Bliss, que agora estavam caminhando para a extrema esquerda da sala.


Não esperei que Saffron me seguisse, porque ela iria parar se eu o fizesse. Ela não queria se afastar da linha de visão de Blaze.


"Você pode me apresentar a ele?" Saffron perguntou, dando um passo ao meu lado. Seus saltos aumentaram sua altura de cinco e nove, colocando-a no meu nível dos olhos. O que tornou mais fácil falar com ela e não precisa se inclinar e se aproximar dela. Eu não estava aqui para me acostumar com Saffron. Eu sabia o verdadeiro motivo de estar aqui e evitar o fato era inútil.


"Eventualmente", eu respondi. "Eu preciso de uma bebida e ele parece ocupado no momento."


Saffron suspirou um pouco demais. "Bem. Também preciso de uma bebida.”


"Você não tem idade suficiente para beber", respondi. Ela não iria ficar bêbada neste evento e me deixaria lidar com ela.


"Eu tenho quase vinte e um!" ela disse defensivamente.


"Você não está bebendo." A borda dura da minha voz felizmente a calou. Por enquanto, pelo menos. Eu sabia que ela não recuava fácil... Ou sempre.


Nate parou em uma mesa e puxou uma cadeira para Bliss. Uma vez que Bliss estava sentada, eu fiz o mesmo com Saffron, colocando-a ao lado de Bliss. Se alguém poderia aturar Saffron, era Bliss. Ela tinha paciência com Saffron. Eu já fiz isso antes que as coisas me mudassem. Perdi essa paciência no ano passado. Saffron era uma bomba-relógio ambulante. O pai dela não seria capaz de limpar o desastre que ela deixara para sempre. Um dia, algo aconteceria pelo qual ela realmente teria que pagar. Lamentar seria uma palavra real para ela então. E somente depois que ela passou, ela teria a esperança de mudar.


"Há Dulce", disse Bliss alegremente ao meu lado.


Apenas o nome dela e meu ânimo se elevaram. Foda-me. Todas as vezes que lutei contra o meu desejo de mandar uma mensagem para ela ou ligar para ela. Para aparecer na casa dela, e aqui estava eu ​​voluntariamente me colocando na presença dela. Para quê? Tortura possivelmente? Eu tinha desistido da minha decisão de não vê-la novamente. Essa oportunidade me deu uma chance e eu a aproveitei.


Eu ia olhar. Eu não conseguia olhar. Eu estava muito fraco para não olhar para ela. Virando a cabeça na direção que Bliss estava olhando, eu a vi parada na cachoeira do que eu pensei que fosse possivelmente champanhe. Uma taça estava em sua mão enquanto ela sorria para um homem que eu não conhecia. Aquele sorriso, sua voz e a maneira como seus cabelos se destacavam como uma auréola contra o vestido preto que ela usava, a combinação teria qualquer encanto masculino.


Em vez dos pesadelos, sofri nos últimos seis meses desde a noite com Dulce que não tive nenhum. Quando sonhei, era ela. Assim como estar na presença dela me acalmava, o pensamento dela fazia a mesma coisa nos meus sonhos. O poder dela sobre mim era uma fraqueza que eu não podia aceitar porque não era bom para ela. Minha alma estava muito danificada.


Dulce não era nada como Alice. Ela era honestidade, luz e beleza. A escuridão em Alice tinha sido mascarada, mas não para sempre. Quando vi os traços do que ela estava escondendo sob a aparência externa de Alice, já era tarde demais. Eu a amava. A escuridão não tinha sido culpa dela. Ela sofreu abuso quando jovem. Deixou uma marca que eu estupidamente pensei que poderia curar. Mas as marcas deixadas em sua vida tornaram isso impossível. Eu não poderia salvá-la de si mesma. Assim como eu não tinha sido capaz de salvar nosso filho dela.


A borda afiada que parecia uma lâmina rasgando meu peito veio com a memória. Como sempre. Engoli em seco e forcei minha respiração a permanecer calma. Não era hora de pensar nisso. Mas estava sempre lá esperando para liberar seu poder sobre mim. O horror que sempre me assombraria. A razão pela qual manter distância de Dulce Espinoza era importante. Eu era irreparável e sabia disso.


Como se ela pudesse ouvir seu nome em meus pensamentos, sua cabeça virou. O olhar de Dulce viajou sobre mim como se eu fosse invisível. Então conheceu Bliss e ela sorriu. Não, ela sorriu com um sorriso tão brilhante que fez todos os outros na sala escurecerem em comparação. Dulce voltou sua atenção para o homem à sua frente e eu o vi parecer desapontado por ele a estar perdendo enquanto ela se aproximava de nós.


Correção, fez o seu caminho em direção a Bliss e Nate. Ficou claro que ela não estava me reconhecendo. Os olhos dela olhavam através de mim como se eu não estivesse aqui. Meu lugar também poderia estar vazio. Bliss levantou-se para cumprimentá-la e Dulce a abraçou e depois fez o mesmo com o irmão, que ainda não havia se sentado, enquanto ele conversava com um homem que eu não conhecia. O homem a cumprimentou e ela sorriu para ele também.


"Você está deslumbrante", disse Bliss.


"Obrigada e como sempre você é linda", respondeu Dulce graciosamente.


Bliss então apresentou Saffron dizendo que não tinha certeza se eles já haviam se conhecido antes.


Dulce deu a Saffron o mesmo sorriso brilhante e disse que se lembrava dela do casamento, mas elas não se conheceram oficialmente. Eu assisti tudo acontecer na minha frente quando fui ignorado. Ela não olhou para mim ou agiu como se eu estivesse sentada aqui. Bliss não tinha motivos para mencionar minha presença, porque não havia necessidade de introdução. Dulce então notou alguém na direção da entrada e aquele sorriso de merda retornou.


"Volto mais tarde, preciso dizer olá. Não deixe de pegar um pouco desse champanhe. É delicioso”, ela acrescentou, em seguida, lançou um último sorriso para Saffron para que ela soubesse que estava incluída nesse comentário antes de se afastar com a leve oscilação dos quadris, como se fosse a dona do mundo. Não duvidei nem por um segundo que ela pudesse, de fato, ser dona de tudo.


Depois que ela se foi, senti os olhos de Bliss em mim. Ela não agiu de maneira diferente quando Dulce estava de pé aqui, mas notou o ligeiro na minha direção dela. Eu poderia pegar algo para beber ou lidar com Bliss agora. Tive a sensação de que esta noite iria continuar com Dulce fingindo que não estava aqui, então fui em frente e enfrentei Bliss. Sua curiosidade acabaria com o melhor dela e ela exigiria uma resposta.


Eu balancei meu olhar para encontrar o de Bliss. Ela estava carrancuda enquanto me estudava. Eu apenas olhei para ela esperando. Ela me perguntava depois que terminava de tentar descobrir por si mesma.


"O que você fez?" ela me perguntou finalmente.


Havia tantas respostas para isso. Eu poderia pedir que ela fosse mais específica, mas éramos melhores amigas desde o berçário. Não fazia sentido arrastar isso para fora.


"Posso dizer honestamente que não tenho muita certeza. Mas vou descobrir antes de partirmos."


Isso foi o mais próximo da verdade que eu poderia dar a ela. Porque, para ser sincera, a maneira como deixamos as coisas parecia que ela era boa com isso. O jeito que ela simplesmente me ignorou disse o contrário.


Bliss olhou para mim então. "Ah você sabe. Não acredito nisso por um segundo." A reprovação nela não passou despercebida. Saffron, que estava preocupada em perseguir Blaze, voltou sua atenção para a mesa.


"O que aconteceu?" ela perguntou, subitamente interessada em algo diferente da estrela de cinema.


Bliss olhou para Saffron e mudou sua carranca de aviso zangada que ela me enviou para um sorriso. "Aparentemente, nada", disse ela a Saffron. Bliss pode estar com raiva de mim por razões desconhecidas para nós dois, mas uma vida inteira sendo dois contra o resto da prole de Sea Breeze permaneceu em vigor.


Saffron não foi facilmente influenciado. Ela se virou para olhar para mim. "É sobre o modo como Dulce te ignorou?" ela perguntou.


Eu atirei Bliss meu próprio olhar irritado desta vez. Se ela não tivesse dito nada, Saffron não a teria ouvido.


Bliss parecia um pouco arrependida, mas não o suficiente para que ela estivesse deixando isso passar. Ela estava brava comigo por causa de Dulce. Mesmo que ela não soubesse o porquê. Mulheres.


Nate virou-se para Bliss, terminando a conversa. "Você quer uma bebida?" Ele perguntou a ela.


Ela desviou o olhar de mim para o marido, que ela olhou com amor. "Champanhe seria ótimo", disse ela.


Ele se inclinou para beijá-la e se endireitou. Eu pensei que ele iria sair para pegar a bebida quando ele olhou para mim. “O que você fez, boa sorte. Você vai precisar. Minha irmã não mostra piedade.” O brilho satisfeito em seus olhos era tão perto de um aviso quanto eu receberia dele. Então ele saiu para pegar a bebida de Bliss.


Não encontrei o olhar de Bliss novamente.


"Então você deixou Dulce brava!" Saffron disse como se fossem fofocas suculentas. “Oh, espere, lá vai ele. Eu voltarei”, ela acrescentou com um movimento de sobrancelhas, saltando e saindo na direção de Blaze Kerrington.


Pelo menos ela estava conversando sobre Dulce. Eu não teria que escapar ainda. Levantei-me para ir pegar uma bebida. Eu com certeza precisava de um. Com um olhar de soslaio na direção que Dulce tinha ido, eu a encontrei com bastante facilidade, já que ela fazia os outros empalidecerem em comparação quando ela entrava na sala. Ela estava conversando com outro homem que eu não conhecia e o sorriso que ela estava dando a ele tinha sua atenção extasiada. Eu duvidava que ele soubesse o que o atingiu.


Dulce pode ter agido como se não pensasse em nada da nossa noite juntos, mas pensara em algo. Ficou claro que ela estava com raiva de mim. Eu não tinha ligado e ela não estava bem com isso. Ela esperava que eu fizesse isso. Eu queria. Deus, como eu queria.


Vir hoje à noite tinha sido uma má ideia.


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Dulce Coleções

Este autor(a) escreve mais 52 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

JUNHO 07 / 9:41 PM Dulce Espinoza Antes dos créditos começarem a rolar, eu saí pela porta dos fundos do teatro. Acabei de fingir que estava feliz por estar aqui e que gostava de flertar com todos os homens com quem tinha falado. O filme tinha sido um alívio disso, mas agora tinha acabado, eu tinha medo de que alguns dos caras com quem conversei ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 130



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ana_vondy03 Postado em 14/05/2020 - 07:54:09

    Aaaa cheguei atrasada para o final, mas só posso dizer que amei poder acompanhar mais uma de suas histórias!

    • Dulce Coleções Postado em 16/05/2020 - 18:50:25

      Kkkk quem não é atrasada na vida kkkkk, que bom q gostou Aninha *-*

  • juliaf Postado em 13/05/2020 - 08:53:05

    nossa caiu uma lágrima aqui, final perfeito como sempre, você arrasa ♡

    • Dulce Coleções Postado em 13/05/2020 - 18:42:15

      Assim eu choro *-*, muito obrigada por ter acompanhado a história e gostado.

  • ttm Postado em 12/05/2020 - 20:11:31

    adoreeei o fim sz

    • Dulce Coleções Postado em 13/05/2020 - 18:41:48

      Fico muito feliz por ter gostado*-*

  • ana_vondy03 Postado em 10/05/2020 - 19:36:25

    Aaaaa não! Ja é o penúltimo! Vo chora! Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:51:35

      Vamos nos abraçar e chorar juntas Aninha

  • 🌹Queen🌹 Postado em 09/05/2020 - 19:22:38

    Mds o penúltimo. Vou choraaar

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:51:12

      Já estou deitada em posição fetal aqui

  • juliaf Postado em 09/05/2020 - 17:56:16

    Aaaaaaa eu sumi alguns dias e já está no penúltimo capítulo, eu to amando essa reta final,continue a escrever estou ansiosa pelo desfecho e pra ler novas fanfics suas. Bjoo sua linda

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:49:57

      Ain, vamos deitar em posição fetal e chorar cm o último capítulo... Com o fim dessa hj, hj msm já começarei outra aqui.

  • Dulcete_015 Postado em 09/05/2020 - 17:33:28

    Continuaa

    • Dulce Coleções Postado em 12/05/2020 - 19:48:48

      Continuando

  • ana_vondy03 Postado em 07/05/2020 - 19:12:57

    Aí deus! Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 09/05/2020 - 17:16:02

      Continuando amore

  • jujuflor Postado em 07/05/2020 - 01:10:12

    Leitora nova estou lendo a sua fic mas não cheguei onde está, mas creio q mais tarde eu chego, mas já estou amando oq estou lendo... Continuaaaaaaaaaaaaaa plisssssssssssssssssss

    • Dulce Coleções Postado em 09/05/2020 - 17:15:51

      Aí q bom q esteja gostando... Pena q só falta 2 capítulos pra acabar;-;

  • ana_vondy03 Postado em 04/05/2020 - 22:48:50

    (Só espero q ele n faça a burrada de abandonar a Dul) Continuaaa amoreee S2

    • Dulce Coleções Postado em 06/05/2020 - 19:55:11

      Ele q não seja doido kkkkk



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...