Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: Beautiful Obsession [ Vondy ] Finalizada | Tema: DyC


Capítulo: Onze

197 visualizações Denunciar






                 Pov Christopher


 


 


Abri a porta e antes que pudesse falar alguma coisa a loira já tinha pulado em mim. Dulce tinha me provocado demais mais cedo, eu precisava de uma ajuda.


Eu estava a ponto de explodir a meses desejando seu corpo. Sonhava com ela em minha cama quase todas as noites, fora os pensamentos indevidos durante o banho, que mesmo com água fria, fazia meu membro pulsar. Como se não bastasse tudo isso, ela estava nadando de manhã, o biquíni desenhando seu corpo, as curvas mais maravilhosas que nem em meus sonhos eróticos eram tão deliciosas. A visão dela saindo da piscina acabou comigo, a água escorrendo por todo o seu corpo me fez salivar, sonhando em ser pelo menos uma gota daquela água para passear por todo aquele paraíso.


E ainda o beijo.


O maldito beijo no meu escritório, puta merda, eu poderia ter rasgado todas as suas peças de roupa e a feito minha ali mesmo. Faria isso. Na cadeira, em cima da mesa, no sofá que havia lá, até no chão, se pudesse, mas Dulce tinha que ser estraga prazeres e sair dali batendo a porta, deixando meu membro duro e doendo sem espaço na cueca box que eu usava.


Eu estava enlouquecendo, eu não ia aguentar, mas também não podia forçá-la, então fiz o que eu sempre fazia antes de tê-la em casa. Desde antes de trazê-la eu já tinha esses sonhos e pensamentos, só aumentaram quando finalmente a trouxe. Eu realmente achei que não ia mais precisar contratar putas, mas o estado que ela havia me deixado estava deplorável.


Como eu já disse, a loira pulou em mim antes que eu pudesse falar alguma coisa ao recebê-la, mas eu não me importei. Ela estava ali pra isso mesmo. Suas mãos apertaram meu corpo indo diretamente pro lugar onde sempre iam, apertando-o levemente e já descendo o zíper. Quando ela separou sua boca da minha, eu não enxergava mais Camile ali.


Seu cabelo escureceu, criando ondas até um pouco mais da metade das costas, a pele mudou de bronzeado quase laranja para clara e natural, seguindo pelo corpo cheio de silicone que se transformou nas deliciosas curvas já antes vistas que só Deus poderia desenhar tão perfeitamente.


Era Dulce na minha frente. Mais uma vez, como todas as vezes desde que eu a vi pela primeira vez voltando para o orfanato. Era ela.


No fundo, eu sabia que, como sempre, era coisa da minha cabeça, mas agradeci a minha imaginação e me deixei levar por ela, atacando novamente os lábios da minha Dulce que não era a Dulce. 


Em pouco tempo estávamos no quarto, ela já estava completamente nua e eu usava minha camiseta ainda. Só o que importava era saciar a cabeça debaixo, de qualquer forma.


- Oh Christopher! - a doce voz gemeu, um tanto rouca, me encorajando a ir mais fundo


Ela estava deitada de barriga pra cima, enquanto eu me encaixava, ajoelhado, em seu corpo, estocando violentamente. A verdade é que parecia que eu nunca me saciaria. 


- O que está acontecendo com você hoje? Não está cansando? - ela perguntou ofegante


- Hoje não Dulce, hoje eu quero mais, muito mais. - respondi.


- Quem é Dul... AAAAAH 


Seus gemidos eram cada vez mais altos e eu realmente não cansava. A imaginação não estava funcionando tão bem hoje, a verdade de que ela não era Dulce de verdade pairava em meus pensamentos, por mais que visse o rosto dela ali. Não era ela, não era. 


Foi quando o interfone soou em meu quarto. Devagar a imaginação enfraqueceu mais, a pele dela voltou a ser laranja, a íris dos olhos se abriram num azul de lente e o cabelo voltou a ser o amarelo queimado que ela deveria achar bonito. A verdadeira Dulce estava me chamando no interfone e eu não pensei duas vezes antes de sair de dentro da loira visivelmente falsa. Joguei suas pernas para o lado e ela caiu da cama, resmungando manhosamente e irritantemente. Eu não me importei e fui até o interfone. O "clic" foi ouvido, e logo depois a verdadeira voz doce soou, fazendo meus ombros relaxarem e a raiva de ser interrompido em uma das minhas ilusões eróticas sumir.


- Christopher! - ela chamou - Eu quero pizza.


- O que? - perguntei incrédulo


- Eu estou com fome, eu quero pizza. 


- Agora? - arqueei uma sobrancelha


- Sim Christopher, agora. Eu estou com muita fome.


- Mas, agora? Agora mesmo? É sério?


- Agora. Por favor. - imaginei a cena dela fazendo um bico pidão e sorri, me rendendo


- Um minuto, eu já peço pra você. 


- Obrigada. - escutei alguma coisa, como um riso


- De que sabor? - me apressei a perguntar, antes que ela desligasse


- Você sabe o sabor. - ela desligou. Era verdade, eu sabia.


Um sorriso bobo estava em meus lábios. Desde quando eu sabia sorrir assim? Oh, droga!


- Vaza. - falei para a loira, que estava voltando pra cama


- O que? 


- Sai, vai pra casa, pro puteiro. Não sei, e foda-se também. 


Coloquei minha cueca novamente e ela colocou o vestido curto colado resmungando.


- Era essa tal de Dulce não é? Você me chamou assim durante o sexo. Quem é essa vadia? - Camile gritou


Levante-me, já devidamente vestido e furioso.


- Vadia é você, querida. Ou você acha mesmo que alguém te chama pra fazer sexo sem imaginar outra na cama enquanto te fode? - ela arregalou os olhos, a boca com botox em formato de "O" - Não faça essa cara como se não soubesse que é puta. E, ah, da próxima vez que se dirigir a ela desse jeito, eu acabo com você.


- Vai me bater por causa dela? Eu te processo, Christopher Uckermann, processo!


Ri sarcástico.


- Eu não preciso de bater, não bato em mulher. Só te deixo sem emprego. Duvido que saiba fazer alguma outra coisa do que dar a bunda. Você sabe bem que posso acabar com a sua clientela, não sabe?


Ela abaixou os olhos e jogou o cabelo falso, lançando uma tentativa de olhar furioso antes de ir em direção a porta do quarto. Se virou quando estava no batente da mesma.


- Engraçado é que o super poderoso chefão Christopher Uckermann precisa de uma puta pra saciar suas vontades. Não era por você que qualquer garota já ficava de quatro? Não era você o fodão entre as mulheres? - ela riu - Acho que sua Dulce não acha isso. Ela te tem na palma da mão, como um cachorrinho treinado.


- Cala a boca e sai logo da minha casa. - falei simplesmente, fingindo não me importar com o que tinha dito


Podia ser burra, mas ela tinha razão. Era para Dulce estar morrendo por mim e fazendo o que eu queria, não o contrário. Ela tinha o poder sobre mim que eu deveria ter sobre ela, no entanto, ela parecia ser a primeira garota que não ligava para o meu corpo ou o meu dinheiro. Simplesmente estava ali porque era obrigada estar, não porque me queria. E isso me irritava. Me irritava não ser o bastante, me irritava ela não me querer como eu a queria. 


Camile saiu, pegando seu carro à frente da casa e indo embora para sei lá onde. Pelo menos estava livre de sua voz irritantemente nasalada e fina. Me perguntava se além de ter o corpo inteiro falso com milhares de cirurgias externas, também tinha feito alguma nas cordas vocais porque aquela voz estava fora de questão, nada poderia ser mais parecido com uma taquara rachada.


Peguei o telefone no andar debaixo ainda não acreditando que estava fazendo aquilo. Droga, porque eu tinha que me preocupar tanto com ela? Liguei pra pizzaria pedindo uma sabor calabresa com catupiry, seu sabor favorito.





 


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Lene Jauregui

Este autor(a) escreve mais 30 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

                  Pov Dulce   Quase uma hora depois de ter faladocom Christopher, ouvi três toques na porta. Desde o telefone a hiena não gemia mais e eu fiquei mais satisfeita com isso. - Já estou indo! - respondi aos toques,enquanto procurava a pantufa pelo quartoEncontrei e as coloquei ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 49



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ana_vondy03 Postado em 17/04/2020 - 16:11:33

    Naaaao, estou triste que acabou! Mas me diz, vem história nova por aí?? Adorei poder acompanhar essa!!

    • Lene Jauregui Postado em 17/04/2020 - 22:25:54

      Vem sim amoré, logo logo estou de volta. Um beijo

  • biavondy15 Postado em 16/04/2020 - 20:58:36

    Essa fanfic é maravilhosa, estou simplesmente apaixonadaaa

  • ttm Postado em 16/04/2020 - 20:48:42

    continua amore

  • biavondy15 Postado em 16/04/2020 - 14:54:56

    Posta mais hoje, eu vou enlouqueceeeeeeeeeeer To amando!!!!!!!!!!!

  • ttm Postado em 16/04/2020 - 12:25:45

    continuaaaa

  • lariiidevonne Postado em 16/04/2020 - 12:07:30

    Mais, mais, mais e maaaaaaais! Posta mais PF haha :)

  • dada Postado em 16/04/2020 - 11:55:39

    Cont..

  • ana_vondy03 Postado em 15/04/2020 - 18:34:44

    Aaa continuaaa amoreee S2

  • lariiidevonne Postado em 15/04/2020 - 16:08:52

    Continua por favor :)

  • ttm Postado em 15/04/2020 - 13:45:28

    continua



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...