Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: REENCONTRO OU UMA NOVA CHANCE? -AyA - RBD - PONNY | Tema: Rbd


Capítulo: Capítulo 12

609 visualizações Denunciar


30 de dezembro de 2019


 


POV. Poncho


 


Após acordar, dei banho no Daniel e me arrumei para encontrar Hernando, sai de casa por volta das 9:30, cheguei ao café que costumávamos nos encontrar e ele já me esperava em uma mesa. 


Hernando: Hola, Poncho! Como estás?


Poncho: Bem meu amigo e você? 


Hernando: Bem bem, mas vamos ao que interessa, o caso que você me passou é simplesmente um dos mais sujos que já peguei, como deves saber tem muita coisa envolvida e coisas perigosas. 


Poncho: Si, mas disesses que tens já tens umas coisas, o que são?


Hernando entrega uma pasta com algumas fotos e um pen drive, nas fotos pode-se ver Velasco entrando e saindo de Saunas frequentadas por homosexuais em Chiapas, uma das fotos mostra o interior do local, com ele aos beijos com um homem, aparentemente mais novo que ele. 


Poncho: Caray! Isso aqui é muito bom! Vai destruir a imagem de pai de família perfeito desse safado!


Hernando: Sim, isso que pensei, ainda não é suficiente para forçar uma quebra de contrato e não respalda quanto a guarda das crianças, fora que esse cara tem muitos esquemas que podem o levar pra cadeia, mas pra isso eu preciso de mais tempo. 


Poncho: Claro, cara. Posso esperar e usar isso aqui pra conseguir algumas vantagens


Hernando: Bom, eu não vou demorar, mas continuarei nas investigações e assim que tiver mais coisas te aviso


Poncho: Obrigada amigo, já depositei uma quantia pra ti e por favor cuidado e descrição com tudo isso, sabes que confio em ti!


Hernando: Pode deixar, nos vemos Poncho e feliz ano novo!


Sai do café louco de vontade de mostrar a Annie o que tinha de provas, mas não podia arriscar. Farei isso quando estiver com ela em Acapulco. 


 


POV. Dulce


Amanhã é o dia da viagem e até agora não falei pro Paco sobre os meus planos,  estranhei que ele não questionou sobre pra onde iremos, então decidi tomar coragem e falar. 


Dulce: Paco, mi amor. Estava pensando em irmos amanhã para Acapulco para a virada, o que achas?


Paco: O que? Nada disso, eu ja tinha combinado de passar aqui na capital com alguns amigos e você está inclusa nisso, já que és minha esposa.


Dulce: E por que você não me disse nada? 


Paco: Não achei que precisava, deduzi que passariamos juntos como ano passado. 


Dulce: Você precisa parar de tomar  decisões por mim!


Paco: Ei ei porque o estresse? Não fiz nada demais!


Dulce: Fez sim! Não me consultou e por isso vai passar o ano sem mim!


Paco: Deixa de história Dulce! Você tá usando isso só para não sair de casa- Eu realmente estava me aproveitando da situação, mas não seria para ficar em casa - Preferes passar trancada aqui do sair com meus amigos


Dulce: Você sabe que não gosto deles, mas não passarei só, vou viajar com meus amigos e você não vai me impedir e também não quero que vás!


Paco: O que?? você viajando sem mim? TÁ LOUCA?


Dulce: Não! tô muito consciente e não quero passar a virada com você! - Saio da sala batendo os pés e entro no meu quarto para arrumar uma pequena mala. Paco me segue e entra berrando no quarto.


Paco: QUE RAIOS DEU EM VOCÊ? 


Dulce: Vou pra casa da minha mãe, Feliz Ano novo, Paco! 


Saio de casa, entro no carro e começo a dirigir sem saber para onde ir, se eu fosse para a casa da minha mãe ela faria um escandalo porque briguei com o Paco por um motivo besta, decido dar algumas voltas e acabo em frente a um local que nunca imaginei voltar...


 


 


Pov. Anahí


Os preparativos para a festa de reveillon seguem a todo vapor na casa da minha família, graças a Deus estou tendo um pouco de paz, Velasco ainda me liga todos os dias, mas tenho recusado todas as ligações. Sinto que ele enviou alguém para me espionar, mas não quero me preocupar com isso agora. Decido ir para a varanda aproveitar o vento da tarde, sinto Emiliano inquieto no meu ventre, como se já estivesse louco para sair e me conhecer. Acho que deste sentimento me vem a inspiração para compor uma música, coisa que há tempos eu não fazia. 


"Ha pasado todo tan deprisa
Día a día vi correr la vida
Tú llegaste y me ensañaste a respirar


(Tudo aconteceu tão rápido
Dia após dia eu via a vida correr
Você chegou e me ensinou a respirar)"


Comecei a pensar em como minha vida mudou, como eu me sentia vazia e solitária antes de ser mãe, Manu chegou e me trouxe um sopro de vida, uma nova chance. 


 


"Tu sonrisa no conoce el miedo
Yo he llenado de algodón el suelo
¿Qué no haría para no verte llorar?


Eres la raíz que me enseñó a aterrizar
Mi fragilidad y mi fuego


Tuve que ver tus ojos
Para entender lo todo
Y en todos mis deseos
Habitan tus latidos


(Seu sorriso não conhece o medo
Enchi o chão com algodão
O que eu não faria para não ver você chorar?


Você é a raiz que me ensinou a abrandar
Minha fragilidade e meu fogo


Eu tive que ver seus olhos
Para entender tudo
E em todos os meus desejos
Estão suas pulsações)"


 


 


Lembro que quando ele nasceu me senti apavorada, como eu cuidaria de uma criança se nem ao menos estava cuidando de mim? Mas assim que vi os olhos azuis assim como os meus, entendi que eu não precisava saber tudo, que ele me ensinaria tudo, que eu viveria para realizar os seus sonhos e desejos, que eu morreria antes de deixar algo de ruim acontecer com meus filhos, percebi que não era mais a garota indefesa que esperava o príncipe azul, agora eu era mãe, e isso me fez mais forte, mais segura de quem eu sou. Consigo quase finalizar a música e sinto as lágrimas caindo, sei que um dia vou poder viver plenamente com meus filhos, sem medo, sem privações e com a certeza que estaremos protegidos. Mas como tudo que é bom dura pouco, Mac entra na varanda me chamando que o Velasco ligou para ela, já que eu não atendia. 


Mac: Vai sis, fala logo com ele, já é a quarta vez que ele me liga hoje!


Anahí: Tá, me passa o celular. 


~Ligação on~


Velasco: ATÉ QUE ENFIM, ANAHÍ


Anahí: Velasco, eu estava tendo um dia maravilhoso até ter o desprazer de ouvir sua voz. O que você quer? 


Velasco: Quero falar com meu filho! Ele é meu filho, Anahí, não podes me privar disso


Anahí: Será mesmo que é? - decido provocar- porque meu eu sei que ele é, Manu é uma criança tão maravilhosa pra ter um pai como você. 


Velasco: ANAHÍ NEM BRINCA COM ISSO! VOCÊ NÃO SERIA CAPAZ DE TER FEITO ISSO! 


Anahí: Vai saber se o esperma que injetaram em mim não é de outro? Ou se eu andei por outras camas já que você claramente não gosta de mulheres, não sabe satifazer nenhuma e eu claro, morro de nojo de você. 


Velasco: Anahí, passa o telefone agora pro Manu, você só ta fazendo isso porque está longe e e grávida, sabes muito bem que posso te destruir e acabar com tudo que você ama com um simples telefonema! Então para de gracinhas e me deixa falar com meu filho - Decido nem responder, levo o celular até o Manu e aguardo até que ele desligue. 


O ódio que tenho só de ouvir a voz desse homem, não posso ficar assim, meu bebê não merece sentir isso, então decido ligar para a pessoa que mais sinto falta. 


 


~Ligação on~


Poncho: Ani! Que bom que você me ligou! estava com saudades de te ouvir. 


Anahí: Oi mi amor, eu também estava, já decidiu onde vai passar o ano novo?


Poncho: Huuuum, estás querendo me convidar? jajaja


Anahí: Sabes que a vontade de te ter aqui é enorme, mas é perigoso. 


Poncho: Eu sei, mas to pensando em viajar com o Daniel e a Diana, precisamos esclarecer umas coisas e um tempo em familia acho que fará bem. - O QUE? COMO ASSIM ELE VAI VIAJAR COM A MULHER? E O DIVÓRCIO? E AS PROMESSAS? Calma, Anahí. Respira, ele ainda é casado e você também. 


Poncho: Ani? Ainda ta ai? tudo bem?


Respiro fundo, tento ativar meu modo atriz e respondo. 


Anahí: Sim sim, espero que vocês se divirtam. -Acho que fui seca demais, parece a Anahí do passado tentando esconder os ciúmes. 


Poncho: Huum, não se preocupe, não mudou nada do que eu te falei. Confia em mim. 


Anahí: Ta bem, Alfonso. Não posso exigir nada de você e sei que você não é mais o mesmo moleque - Isso Anahí, mostra que agora és madura e segura de si. 


Poncho: Ai ai Ani, te conheço. Mas olha, agora eu preciso desligar, eu tenho umas coisas pra te contar, então assim que voltares para a capital podemos tentar nos ver, pode ser? mas apesar disso te ligo mais tarde.  - Será que ele vai voltar com a mulher? - Ta bom?. 


Anahí: Não sei se conseguirei voltar para a capital, Velasco ta no meu pé. 


Poncho: Daremos um jeito, preciso te ver - Ele fala isso com uma voz tão doce, ai que saudade dele, do cheiro, do beijo, de sentir o abraço dele. 


Anahí: Eu também, até mais tarde então, besos. 


Poncho: Besos, mi amor. - MORRI, ELE ME CHAMOU DE MI AMOR, então ele não vai voltar com a mulher!


~Ligação off~


Ai Deus, me ajuda para que esse ano de 2020 seja o ano da minha felicidade! 


 


Pov. Poncho


Eu precisava falar algo para que a Anahí não desconfiasse da surpresa, sei que ela ficou chateada e com ciúmes, conheço bem quando ela tá assim, mas tenho certeza que ela vai amar. Arrumo as coisas do Daniel e deixo ele na casa da mãe da Diana. Maitê , sempre cheia dos contatos conseguiu um jatinho para nos levar até Acapulco, parece que vai ser uma volta no tempo mesmo, marcamos de nos encontrar às 19 horas no aeroporto, então volto para casa e arrumo minhas malas, parece que esse reveillon vai ser um dos melhores, espero que seja só um indício das maravilhas que 2020 nos trará...


 


 


 



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): mand2519

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).




Loading...

Autor(a) ainda não publicou o próximo capítulo



Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 14



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • ligia Postado em 02/11/2020 - 00:21:40

    Coitada da Any ninguém merece esse Velasco, espero que ela goste da surpresa do Poncho, estou ansiosa para ver a reação dela.

  • ligia Postado em 17/10/2020 - 22:06:14

    Só acho que a Any vai amar a surpresinha do Poncho, super ansiosa para ver a reação dela,

    • mand2519 Postado em 31/10/2020 - 19:48:10

      Siiim, ela nem imagina!

  • ligia Postado em 16/09/2020 - 21:17:00

    Estou gostando de ver a Any se impondo.

  • ligia Postado em 12/09/2020 - 01:01:30

    Amei a participação da Ana Paula kkk. A liberdade esta cantando para o Poncho que maravilha.

    • mand2519 Postado em 16/09/2020 - 18:09:31

      Ana Paula vai representar as traumadas kkkk Poncho só está no aguardo kkk

  • ligia Postado em 08/09/2020 - 00:15:03

    Boa sacada utilizar a "Teoria do PRI" , agora só falta o Poncho se divorciar da Diana e se tornar o super-herói da Any.

    • mand2519 Postado em 10/09/2020 - 22:16:01

      O divórcio tá chegando! Espero que logo ele esteja livre

  • ligia Postado em 31/08/2020 - 14:42:03

    Curiosa para saber o enredo dessa conversa.

    • mand2519 Postado em 07/09/2020 - 16:24:30

      prontinhooo

  • ligia Postado em 23/08/2020 - 23:58:44

    Continua, estou ansiosa por esse reencontro.

    • mand2519 Postado em 28/08/2020 - 18:35:09

      O beijo vai demorar só mais um pouquinho kkkk

    • ligia Postado em 25/08/2020 - 23:12:31

      Ficou perfeito, amei a Any dando um chega pra la no Velasco, melhor que isso só se tivesse beijo A Y A, mas acredito que esta cedo para isso ainda né kkk

    • mand2519 Postado em 25/08/2020 - 14:47:58

      Acabei de postar! Espero que gostes!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais