Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: O Erro (Adaptação Vondy) | Tema: Vondy, amores improváveis


Capítulo: Capitulo 27- p04

145 visualizações Denunciar


 — Que horas são?  — ela pergunta.  — Tô com preguiça demais para levantar a cabeça.
Ergo o rosto para ver o relógio.  — Dez e trinta e dois.
 — Quer terminar de assistir ao filme?
 — Claro.  —  Me abaixo para pegar o laptop, que apita no instante em que o toco.  — Hum… acho que tem alguém ligando pra você no Skype.
Ela espia a tela, em seguida dá um pulo de pânico.   — Ai, não. Veste a calça!
Franzo a testa.  — Por quê?
 — Porque é minha mãe!
Se eu ainda tinha algum resquício de ereção, ela desaparece num passe de mágica. Subo a calça e fecho o zíper, enquanto Dulce acomoda o computador no colo. Seus dedos pairam sobre o botão, então ela olha para mim.  — Vá uns vinte e
cinco centímetros para a esquerda, se não quiser que ela te veja.
 — Você não quer que ela me veja?
Dulce revira os olhos. “Eu não ligo. Na verdade, ela sabe tudo sobre você, então seria melhor dar um oi. Mas entendo se não quiser conhecer minha mãe
agora.
Dou de ombros.  — Por mim, tudo bem.
 — Tá. Se prepara. Ela tá prestes a ensurdecer a nós dois com…
Um grito de júbilo. O ruído mais agudo do planeta.
Por sorte, sua voz se reduz a um decibel tolerável quando ela começa a falar.  — Querida! Êêê! Você atendeu!
O vídeo preenche a tela, revelando uma loira muito atraente que parece jovem demais para ser a mãe de uma menina de dezenove anos. Sério, ela parece ter uns trinta. Se muito.
 — Oi, mãe  —  cumprimenta Dulce.  — Será que quero saber por que você tá acordada às cinco e meia da manhã?
O sorriso que ela oferece como resposta é absolutamente diabólico.
 — Quem disse que dormi?
Dulce comentou que a mãe é extravagante, impulsiva e que age mais ou menos como uma adolescente; agora vejo que não estava exagerando.
Ela geme.  — Por favor, me diga que você passou a noite acordada pintando, e não… fazendo outras coisas.
 — Nada a declarar.
 — Mãe!
 — Tenho quarenta e quatro anos, querida. Espera que eu viva como uma monja?
Quarenta e quatro? Uau. Não parece nem um pouco. Sua resposta descontraída me faz rir, o que faz com que seus olhos castanhos se estreitem.
 — Dulce Maria Saviñon , tem um homem sentado ao seu lado? Pensei que era uma pilha de lençóis, mas isso é o ombro de alguém! —  A mãe dela suspira.
 — Se identifique, senhor.
Sorrindo, me aproximo da câmera para que veja meu rosto.  — Boa noite, sra. Ivers. Ou bom dia, acho.
 — A sra. Ivers mora na Flórida. Pode me chamar de Josie.
Engulo uma risada.  — Josie. Sou Ucker.
Outro arquejo.  — O Ucker ?
 — É, mãe. O Ucker   — confirma Grace, com um suspiro.
Josie olha de mim para Dulce, em seguida faz uma cara séria.  — Querida, gostaria de um momento a sós com Ucker . Vá dar um passeio ou algo assim.
Meu olhar alarmado se volta para Dulce, que parece estar tentando não rir.
 — Ei, você disse que não tinha problema  — ela murmura. Em seguida, dá um beijo na minha bochecha.  — Tenho que fazer xixi. Fiquem à vontade.
À medida que Dulce pula para fora da cama, literalmente me abandonando, o pânico toma conta. Dulce me deixou à mercê da mãe. Merda.
Devia ter me escondido quando tive a chance.
No momento em que Dulce sai do quarto, Josie pergunta:  — Ela já foi?
 — já. —  Engulo em seco.
 — Ótimo. Não se preocupe, vou ser rápida. E só vou dizer isso uma vez, então é melhor ouvir direito. Dulce me disse que ia dar outra chance a você, e
apoio totalmente essa decisão. —  Ela fita a câmera com uma expressão ameaçadora.  — Dito isso, se magoar a minha filha, vou pegar o primeiro avião,
aparecer na sua porta e espancar você até a morte com uma fronha cheia de barras de sabão.
Apesar do tremor atemorizado que a ameaça me provoca, não posso conter uma risada. É uma forma muito específica de violência.
Quando respondo, o humor se foi e minha voz é ríspida.  — Não vou magoála  —  prometo.
 — Ótimo. Ainda bem que isso está resolvido.
E, juro, a mulher tem personalidade múltipla, porque, num piscar de olhos, está radiante de novo.  — Agora me conta tudo sobre você, Ucker. Está estudando o
quê? Quando faz aniversário? Qual é sua cor favorita?
Engulo outra onda de risadas e respondo às perguntas aleatórias que ela atira na minha direção, a toda velocidade. Mas não me importo. A mãe de Dulce é hilária, e levo apenas alguns segundos para descobrir de onde sua filha herdou o senso de humor e a tendência a tagarelar.



Três minutos depois, o telefone de Josie toca. Ela diz que precisa atender e promete ligar de volta, em seguida a tela fica preta. Estou prestes a baixar o
laptop, mas, quando ouço passos se aproximando da porta, tenho uma ideia.
Também conhecida como a vingança perfeita para a traição de Dulce.
Assim que a porta se abre, olho fixamente para a tela e ajo como se ainda estivesse conversando com sua mãe.  — E ela enfiou o dedo na minha bunda
quando tava me chupando. Foi bom pra cacete. Nunca pensei que ia gostar de ter alguma coisa naquele lugar, mas…
Dulce grita, horrorizada.
 — Ai, meu Deus!  — Ela se joga na cama e pega o laptop.  — Mãe, não ouve o que ele tá falando! É brincadeira… — Então ela para, abruptamente, piscando para a tela antes de se virar para me encarar.  — Seu idiota.
Eu me encolho de tanto rir, o que só a deixa mais irritada. Logo Dulce está batendo em mim com os punhos pequeninos, como se pudesse de fato me
machucar.
 — Você é terrível!  — ela grita, gargalhando e dando murros inúteis ao mesmo tempo.  — Achei mesmo que tinha dito aquilo a ela!
 — Era essa a ideia. —  Dou risada, em seguida nos giro para colocar Dulce de costas na cama e me posicionar em cima dela.  — Desculpa. Não consegui evitar.
Ela ergue a mão e dá um peteleco na minha testa.  — Babaca.
Meu queixo cai.  — Você acabou de me dar um peteleco?
Ela me dá outro.
 — Você acabou de me dar outro peteleco?
Agora é Dulce que está gargalhando, porque estou fazendo cócegas nela sem parar. Enquanto se contorce na cama e tenta escapar de meus dedos
implacáveis, chego a várias conclusões.
Um: nunca me diverti tanto com uma menina na vida.
Dois: não quero que isso acabe nunca.
E três…
Acho que posso estar me apaixonando por ela.


 


Amor vc percebeu agora? Você está apaixonado por ela a muito tempo....


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): dayanerodrigues

Este autor(a) escreve mais 5 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

DULCE — Ele simplesmente apareceu no meio da reunião de vocês? — Maite parece estar se divertindo muito ao pegar seu café. É a primeira vez que a vejo desde o encontro desconfortável no início do mês, e estou surpresa por me sentir tão à vontade. Não houve nenhum silêncio constrangedor, ne ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 399



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • binha1207 Postado em 15/01/2021 - 19:39:15

    Eta....agora vai.... Posta mais... Pq parou?

  • nathalia_muoz Postado em 15/01/2021 - 19:05:44

    Holaaaa continúa

  • vondysaviñon Postado em 14/01/2021 - 20:43:04

    volta logo com mais

  • binha1207 Postado em 14/01/2021 - 18:57:20

    Só por esse 3 dias deles.... Posta mais vai...

  • aucker Postado em 14/01/2021 - 17:22:35

    Agora vai, certeza

  • vondysaviñon Postado em 14/01/2021 - 15:51:19

    ansiosa por esses dias deles juntinhos

    • dayanerodrigues Postado em 14/01/2021 - 16:17:23

      *-*

  • vondysaviñon Postado em 14/01/2021 - 15:51:00

    Ucker tá apaixonado por ela desde a primeira vez que bateu na porta dela. não da nem pra enganar kkkk

    • dayanerodrigues Postado em 14/01/2021 - 16:16:50

      verdade viu, ela conquistou rapidinho o coração dele

  • vfrota Postado em 14/01/2021 - 15:47:58

    Eitaaaa! Agora vaiii???

    • dayanerodrigues Postado em 14/01/2021 - 16:16:12

      será???

  • vfrota Postado em 14/01/2021 - 15:05:26

    Me acabo de rir com esses dois

    • dayanerodrigues Postado em 14/01/2021 - 16:15:50

      eles são muito engraçados

  • vfrota Postado em 14/01/2021 - 15:05:12

    Uckerzinho já tá apaixonado faz teeeempo! Nem tente se enganar

    • dayanerodrigues Postado em 14/01/2021 - 16:15:09

      né não kkkk



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...